Page 1

PROJEÇÃO ASTRAL Sabe que em condições corretas pode abandonar o corpo e viajar nos mundos subtis?

PROJEÇÃO ASTRAL

Sabe que em condições corretas pode abandonar o corpo e viajar nos mundos subtis? Começo por repetir … se reunir as condições necessárias… pode abandonar o corpo e tomar conhecimento dos mundos extraordinários não visíveis porque têm de ter em conta que existem perigos durante essas viagens e, por isso, uma vez mais estou aqui para chamar a atenção para esse facto a todos os que através deste curso a desejarem praticar. Aproveito para adicionar mais algumas informações sobre o assunto. Há muitos estudiosos afirmando que só os grandes místicos conseguem dominar esse “fenómeno”, isso não é bem assim. Há muitos milhares de anos que esse prodígio vem sendo ensinado em vários países. Está escrito e ao alcance de todos os interessados em o ler que, por exemplo, no Tibete praticam essa projeção há milhares de anos. E que todas as crianças que entram para a vida monástica, aos sete anos de idade, começam a praticar os exercícios necessários à obtenção da vidência, da levitação e da projeção. Isso demonstra que é preciso… aprender o necessário, ter conhecimento e praticar, a fim de obter ou conquistar… “as condições corretas”, necessárias à prática desse “fenómeno”. No estudo da filosofia esotérica, a projeção astral não é um assunto vulgar, no geral, só se dedicam a essa pática aqueles que sentem predisposição para tal. Dependendo de cada um, existem aqueles que costumam desvirtuar o seu objetivo e a realidade dos factos devido ao receio, incapacidade ou à própria incredibilidade. A incredibilidade é desmentida por imensos relatos das pessoas que viveram experiencias no plano astral, quando estiveram fora do corpo devido a circunstancias especiais, principalmente, as de morte aparente. Essas pessoas não possuíam qualquer conhecimento sobre o tema, no entanto, o relato que fazem é em muito dos casos verdadeiro e quando parece menos plausível, deve-se ao facto dessas pessoas desconhecerem até a existência desses mundos subtis e o desconhecimento leva qualquer a fazer interpretações fantasiosas ou baseadas nos conhecimentos do “diz-se, diz-se”, por isso o verdadeiro conhecimento sobre a vida que existe nos mundos subtis é absolutamente imprescindívil. As escolas iniciáticas cultivam esse ensino porque é indispensável à parte da iniciação espiritual. As diversas iniciações pelas quais passamos dão-nos uma forte consciencialização e responsabilidade que nos impede de abordar livre e totalmente o assunto porque em referencias básicas não é possível explicar o essencial. A explicação desse nosso silencio está baseado no conhecimento das interferências prejudiciais que podem ocorrer durante qualquer projeção. Por isso, quando ensinamos as regras, sempre chamamos a atenção para o facto da projeção astral não ser uma brincadeira ou algo fácil de manipular, como algumas vozes afirmam.


No entanto: A projeção astral é fácil …..porque é algo natural… Isto é: ela é….“regida pelas leis da Natureza” e “desenvolve-se dentro delas”. A nossa interferência é puramente de pacificidade ----é--- deixarmos que a natureza “nos passe” para a dimensão seguinte ou mundo astral ….essa passagem é feita…..através da mudança de um “foco de consciência diferente” ...daquele que habitualmente temos. Para melhor compreensão vejamos o seguinte: Aqui e agora, estão à nossa volta, ao nosso redor, todo o esplendor e toda a glória do céu. Todas as influencias dimanantes do mundo celeste atuariam em nós se fossemos capazes de compreendê-las e recebê-las. O que impede a grande maioria das pessoas de darem conta desse esplendor é unicamente o seu escasso desenvolvimento e a limitação a que estão sujeitas devido à sua “vestimenta de carne” que as impede e dar conta daquilo que nos rodeia. “Aquilo”… que faz os Mestres dizerem….”quem tem olhos que veja e quem ouvidos que ouça”. Por impossível que isto pareça aos incrédulos …essa é a realidade sensível dos ocultistas! A isso se aplica o celebre conselho e Gautama, o Buda: “Não vos queixeis nem choreis nem supliqueis, e sim, abri os olhos e vede, porque a luz vos envolve e só vos falta arrancar a venda dos olhos e olhar. E vereis algo admirável, formoso, superior a tudo o que o homem sonhou, a tudo pelo que ele chorou e suplicou, e que é sempiterno”. Também desejo chamar a atenção para o facto de dizermos que quando alguém passa de um plano para o outro, esse “passar” não significa para nós—fazermos qualquer movimento no “espaço” --trata-se apenas --- de uma mudança do foco da consciência… isto é ..o nosso cérebro alcança um grau ou nível de consciência superior idêntico ao do mundo subtil para o qual se desloca o nosso corpo…., neste caso, o corpo astral.

Porque: Cada ser humano tem em si mesmo matéria de cada um dos sete planos e um veículo ou corpo correspondente a cada um desses planos ---- e pode atuar por seu intermédio quando aprende a manejá-lo. Cada um desses veículos só corresponde às vibrações do seu próprio plano. Por esse motivo, quando se prepara a projeção há a considerar o tema da localização e “interpenetração” no plano desejado, só assim nos é possível precaver contra possíveis erros. Por


isso, a importancia de saber o que é realmente o mundo astral com todos os seus planos, subplanos e espécies de vidas aí existentes. Lembro ainda que os planos se “interpenetram uns nos outros”, isto é, no mesmo sítio onde estou sentada existe …. O plano físico, o astral e o mental… os habitantes do astral veem o plano físico…mas não veem para o plano mental (por ser mais subtil), os habitantes do plano mental veem o astral e o físico…”normalmente”…nós não vemos nenhum deles… até um dia!!!!!!

Todo o cuidado acima referido é necessário porque a projeção tem perigos. Quando o espirito se separa do corpo físico e passa ao astral apenas protegido pelo seu corpo astral, pode ter encontros com formas muito sedutoras mas cheias de artifícios, cuja única finalidade é aprisionar esse espirito. Se isso acontece, a alma pode desencarnar, através do processo morte.

Se não estivermos bem preparados e conscientes, seremos presas fáceis porque eles aproveitam-se do desconhecimento e das fraquezas de cada um.

Uma vez no mundo astral, devido às características especiais que “essa matéria mais subtil proporciona aos seus habitantes e visitantes, qualquer de nós pode esquecer-se que está fora da matéria e que deve continuar preso ao corpo denso físico que está cheio de responsabilidades carmicas, conscientes ou inconscientes. Por estes e outros motivos ninguém deve deixar-se influenciar pelas entidades ilusórias do plano astral, por isso, que ninguém se deixe ficar por muito tempo fora do corpo físico.

Quem deseja praticar a projeção deve ter, no mínimo os seguintes conhecimentos:   

O que é o mundo astral Quais os planos e subplanos desse mundo Quais os seres que habitam esse mundo:

-Saber que em cada subplano vivem entidades diferentes, com propósitos diferentes e intenções nada boas – principalmente nos densos do astral.  

subplanos mais

Aprendam a conhecer os espíritos que lá vivem e quais os que devem procurar para se manterem seguros É importante saber conhecer o que acontece após o processo “morte”, a que chamamos de transição para….

Se tiverem algumas duvidas deixem-nas um enviem uma mensagem para mim.


CURSO DE VIAGEM ASTRAL…LIÇÃO Nº 2

CURSO DE VIAGEM ASTRAL…LIÇÃO Nº 2 Continuamos no que é necessário saber para prepararem uma projeção consciente sem perigos, conhecedora do caminho a percorrer, sabendo o que existe nesses outros planos e como, de uma maneira geral, eles são constituídos, ou seja, saber o que vos espera quando fizerem a primeira projeção. Uma noção importante é ter presente que cada um dos nossos corpos, no caso presente, o astral e mental, está ligado ou vinculado a uma dimensão diferente. Isto acontece porque cada um dos corpos é composto por energia diferente das dos outros, sendo cada uma das suas frequencias ou vibrações adequadas aos seus planos. O Corpo astral é composto pelas mesmas energias que compõem o plano astral e os seus sete subplanos. O corpo mental possui as energias do plano mental e das suas respectivas sete subdivisões. É importante não esquecer isto porque devido às diferentes vibrações ou frequencias a matéria do plano astral é mais densa do que a matéria do plano mental. Devido a isso, quem se deslocar no veiculo astral não tem acesso ao plano mental. Mas quem aprende a usar, também, o corpo mental poderá, depois de se encontrar no astral, elevar a sua própria vibração, deixar o veiculo astral e projetar-se para o plano mental e seus subplanos no seu corpo mental. Tem de ser assim porque, como já sabemos, a matéria mais densa não pode interpenetrar a mais subtil; enquanto que o contrário é perfeitamente possível. Sabemos que todas as camadas, das diferentes dimensões que constituem o TODO, são assim constituídas e que, por enquanto, só temos acesso a algumas delas através das percepões ultra-sensoriais, assim como, aos subplanos mais baixos ou de maior densidade através dos desdobramentos da consciencia.


Estes planos ou dimensões funcionam como ondas de rádio, daí que se soubermos procurar as devidas frequencias conseguiremos captar as ondas que aí se encontram à espera de serem sintonizadas. O processo de projeção consciente coloca o praticante diretamente em contato com as diferentes dimensões ou planos; o corpo astral alcança a 4ª dimensão e o corpo mental a 5ª dimensão. Aqui na Terra o corpo físico habita o mundo das três dimensões; e com este coabitam os corpos astral e mental. Cada um destes corpos, bem como os atrás referenciados, (os do Espirito), “correspondendo cada um deles à forma do corpo físico”, são os veículos de transporte para a manifestação de consciência nos respetivos planos. Autoconhecimento e formas de pensar, sentir e agir positivas são indispensáveis para uma boa projeção. Esta forma de sentir, pensar e agir positivamente é indispensável para uma boa projeção porque se assim não acontecer poderão ficar estagnados aos primeiros obstáculos que encontrarem. Para entender isso basta que se lembrem que o corpo astral de uma pessoa, com baixa evolução espiritual, perde a aparencia do corpo físico e passa a ser visto como uma luz opaca e sem vida. Isto significa que qualquer dos nossos corpos reflete o estado interior do nosso eu inferior. Quem alimenta o seu interior com emoções inferiores e pensamentos distorcidos, muito dificilmente terá corpos capazes para servirem de veículo aos desdobramentos da expansão de consciência. Saber isto facilita a compreensão da dificuldade em conseguir uma projeção fora do corpo. Não esqueçam do seguinte: a) O corpo físico sustenta-se da energia dos alimentos essenciais à vida. b) O corpo astral que também precisa de sustento, alimenta-se das energias emitidas por todas as emoções e sentimentos que desencadeamos durante os dias e as noites. Boas emoções, bons sentimentos….geram boa energia. c) O corpo mental alimenta-se dos bons e maus pensamentos. Desencadeando as respetivas energias. Por isso, não se esqueçam de vigiar os pensamentos durante todo o tempo. Leembrem-se…, leram há pouco um texto sobre o “poder dos pensamentos positivos, pois é isso mesmo que é preciso trabalhar. Isto faz-me lembrar um velho ditado …”diz-me com quem andas e te direi quem és”; podemos adaptar este ditado ao nosso trabalho da seguinte forma: “Diz-me o que sentes e pensas e te direi como são os teus corpos astral e mental”. Conclusão – a pureza dos sentimentos e pensamentos modelam os corpos com a luz que permite uma boa projeção de consciência fora do corpo. Os corpos assim modelados de luz não permitem a intromissão de entidades negativas no percurso do praticante no astral, o que muitas vezes acontece aos que se projetam sem estes cuidados preliminares. Chacras e os cordões de prata e ouro Nas projeções não há que ter receio de não voltar ao corpo ou de este ser ocupado por uma entidade, durante a ausência do seu possuidor. A função dos cordões de prata e ouro é a proteger a consciência quando se afasta do corpo físico. O cordão de prata une o corpo astral ao plexo solar e o cordão de ouro une o corpo mental ao chacra do topo da cabeça, chacra coronário. Ambos os cordões ficam conetados com a parte de trás da cabeça de cada um dos corpos subtis. São eles que protegem o corpo físico da tentativa de ocupação por qualquer espécie de entidade. Estes cordões são parte integrante do próprio veiculo, mais propriamente, são componentes do corpo etéricofisico, o qual fornece a energia necessária para nos mantermos acordados no “outro lado” e serve ainda para recolher as energias mais subtis e espirituais que vêm engrandecer e sublimar o veiculo mais denso.


Embora haja instrutores que atualmente nos ensinam outras formas de projeção, penso que é uma mais valia utilizar estes antigos ensinamentos por serem os mais fáceis, já muito bem comprovados quer no resultado quer na sua forma eficaz de segurança. Os chacras são utilizados como “portas dimensionais”, que nos dão acesso a outros planos ou dimensões e até a outros universos. Eles são centros de energia ou vórtices bem conhecidos de quem se projeta. Ao ativar os chacras, os seus vórtices pulsam em alta frequência alterando toda a vibração atómica do corpo físico, projetando a “consciência desperta”, alojada nos corpos subtis, em direção ao local previamente escolhido. Embora já quase todos saibamos onde os chacras estão localizados e quais as suas funções, nas lições práticas lembrarei o essencial. Sabemos que todos os nossos corpos possuem os seus respectivos chacras, contudo, na projeção referenciaremos apenas os chacras do corpo etérico-fisico. Para terminar esta, lembro que, se por algum motivo o praticante não conseguir projetar-se, poderá, pelo menos, fazer uso das suas faculdades extra-sensoriais, desenvolvidas com o saber e a pratica adquiridas, para ver, ouvir e sentir coisas que estão além dos cinco sentidos comuns.

O VERDADEIRO HOMEM É CONSTITUIDO POR SETE COPOS…LIÇÃO nº 3







 O VERDADEIRO HOMEM É CONSTITUIDO POR SETE COPOS…LIÇÃO nº 3

 

 Esta lição é dedicada à explicação da constituição do homem a fim de conhecerem o vosso verdadeiro corpo e saberem como devem usá-lo. Depois farei o mesmo com os planos e subplanos para que possam fazer uma ideia verdadeira do sitio que irão visitar. 
 
A CONSTITUIÇÃO DO HOMEM É FORMADA POR UMA TRÍADE SUPERIOR E POR UM QUATERNÁRIO INFERIOR
 Fala-se e escreve-se imenso sobre o Homem ser constituido por Sete Corpos. Há imensas explicações e de acordo com cada ensinamento, os nomes dos corpos subtis são variados, causando imensa confusão ao estudante.
A única possibilidade para terminar com essa confusão é o estudante decorar os vários nomes que têm sido atribuídos a esses corpos. 
Aqui darei alguns desses nomes, mas existem mais, por isso recomendo cuidado. 
Em geral, quando se fala da composição do Homem, é costume dizer-se que ele é composto por:



Corpo….Alma….e… Espírito 
Este conceito, embora correcto, não está completo, como a maioria de nós já sabe.
 Neste conjunto, o que importa salientar e explicar é que
 se costuma falar de Alma e de Espírito sem se estabelecer a devida diferenciação entre os dois. 
Alma e Espírito são duas coisas completamente diferentes, como muitos de nós já estudámos, mas….
muitos outros desconhecem.
 A explicação que aqui fica, está baseada nos ensinamentos da Teosofia, Induísmo, Raja Yoga e nos Aforismos de Patênjali.
 De acordo com estes textos, na generalidade, o homem possui:

   

1. 
CORPO 


2. 
ALMA


 3. 
ESPÍRITO



Divindindo-se cada um deles da seguinte forma: 

 



1. 
CORPO 




O CORPO
 Divide-se em:
 Corpo Físico…e…
Duplo-Etérico,(Bioenergático ou etérico-fisico)

 


2. 
ALMA 




A ALMA divide-se em:
 Corpo Astral ou corpo emocional…e…Mental ou Mental Concreto

 


3. 
ESPÍRITO 




O ESPIRITO divide-se, ou melhor, é constituído por uma Tríade: Corpo Mental Abstrato…Corpo Búdico…Corpo Átmico ou Atmâ


DESCRIÇÃO DOS CORPOS


O CORPO
1 Corpo Físico e o 2 Duplo-Etérico ou Etérico-fisico ou Corpo Bioenergético






O Corpo Físico - ao qual nos referimos muitas vezes como “veículo físico”, é a ferramenta de trabalho do 
EU Espiritual ou Eu Superior ou Ego. É de matéria grosseira, visível e palpável. Do ponto de vista esotérico nada mais há a acrescentar.

 


2. 
O Etérico-fisico ou Duplo-Etérico, ou Corpo Bioenergético é menos denso, mas é visível através das fotos Kirlian, e dos clarividentes (pessoas que adquirem a capacidade da terceira visão). Este corpo pemanece ativo durante algum tempo após a morte, sendo, algumas vezes, confundido e tomado por um fantasma. Este corpo desempenha múltiplas funções importantes, como: conter os Chakras, que são vórtices de captação e distribuição de energias diversas denominadas prana, Kundalini, fohat e outras. Este corpo transmite ao físico a possibilidade de cumprir as funções para que foi criado. 
É ainda o fornecedor e recetor de energias do corpo astral e mental nas projeções fora do corpo.

 
 Ao captar as energias, fá-las circular no corpo físico, alimentando-o e preparando-o para o muito que dele se exige. Aqui e no corpo astral se devem concentrar todos os que estão ligados á cura.
 



Nota- hoje, já temos conhecimentos acerca das redes e linhas axiatonais, que modelam e energizam tudo o que existe, por isso, já podemos perceber o significado, quando falamos da nova forma de nos ligarmos, ...de curarmos, de ...nos curarmos.... e de comunicarmos com dimensões mais subtis. As linhas e a rede que compõe o corpo etérico-fisico, já pode ser ativada através das linhas e redes axiatonais do planeta, da galáxia, do universo e até, para os mais adiantados, aos super-universos. 
A ALMA divide-se em : Corpo Astral ou Corpo Emocional ...e Corpo Mental ou Mental Concreto
 Nota: - a Alma humana, ao contrário do que muitos supõem, não é imortal. 
Imortal é o Espírito. 
A Alma é constituída de duas partes distintas e independentes:


   

a parte emocional, também chamada Corpo Astral ou Emocional

 
 a parte mental, chamada Corpo Mental ou Mental Concreto.

 1. 
 2. O Corpo Astral ou Corpo Emocional é aquele que contém os nossos sentimentos, emoções e desejos tais como: amor, ódio, tristeza, alegria, medo, etc. É a parte irracional do Homem que também existe nos animais.


 3. O Corpo Mental Concreto é aquele que nos diferencia dos animais e nos dá a racionalidade, isto é, que nos dá a qualidade ou característica de ser racional, de possuirmos inteligência e raciocínio.




OBSERVAÇÃO: -
Os seres humanos possuem um outro Corpo Mental, denominado “Mental Abstracto” que, em nosso actual estágio evolutivo, ainda não está completamente moldado mas está em formação. Ele está relacionado à actividade espiritual.
 
 Estes quatro Corpos,
(físico; eterico-fisico; astral; mental) também
designados por Veículos Humanos do Quaternário Inferior,
representam a parte mortal de cada um de nós. Por isso, em cada encarnação estes corpos são substituídos por outros de matéria mais aperfeiçoada, de acordo com a evolução espiritual da encarnação procedente, constituindo, assim, a nossa personalidade transitória. O ESPIRITO divide-se, ou melhor, é constituído por uma Tríade: Corpo Mental Abstrato… Corpo Búdico… Corpo Átmico ou Atmâ 
O ESPÍRITO
 [Corpo Mental, Corpo Búdico e Corpo Átmico ou Atmã]


é o nosso "Eu" verdadeiro, a nossa parte Imortal, aquela que permanece através de todas as nossas encarnações; é aquela "Centelha Divina" que existe em cada um de nós.
 O tríplice aspeto do Espirito

 

O Corpo Mental: - é responsável pelo nosso intelecto quando focado em temas, questões e problemas relacionados à Espiritualidade. Este corpo também está em desenvolvimento, e quando alcançarmos um grau maior em nossa linha evolutiva ele se manifestará plenamente e poderemos então entender certos conceitos que ainda não conseguimos entender, como o Infinito, a Eternidade, o Bem e o Mal e o próprio conceito de Divindade. Ao usarmos este corpo nas projeções conscientes podemos entrar em contato com Mestres, Adeptos, Irmãos de Luz altamente evoluídos e muito mais. 1. 
  Corpo Búdico – está relacionado com a Intuição, a Premonição e outros Dons do Espírito, assim como o conhecimento acumulado em todas as nossas vidas anteriores.
Obs.:- O nome búdico significa iluminado e nada tem a ver com a Religião Budista. Este corpo está plenamente desenvolvido nos Mestres e muitos outros Seres de elevada evolução; para nós, por enquanto, não é possível fazer uso dele pois não podemos alcançar os planos onde eles vivem, que, como já foi referido, para haver acesso, os corpos têm de possuir as energias subtis dos respectivos planos. Muitos Mestres informam que não falam destes planos porque não conseguiríamos compreender o que lá existe por ser a 6ª dimensão, onde nossa visão, por enquanto, não conseguiria decifrar “as formas” nela existentes e viventes.

 
  O Corpo Átmico ou Atmã,
também chamado de Corpo Crístico, é verdadeiramente a Divindade que habita em nós. Estes três Corpos que compõem a Tríade Superior, são a nossa verdadeira essência e formam o triângulo sagrado.
 



Resta acrescentar que a Tríade Superior e o Quaternário Inferior são, no seu conjunto, aquilo a que denominamos de “O Septenário”, ou a Composição “Septenária do Homem”, ou “Os Sete Corpos do Homem”.
 
NOTA: : O fio de Sutratma, também conhecido pelo nome de “Ponte de Anthakarana”, é o elo que une o Espírito à Matéria, ou seja, que une a “Tríade Superior” ao “Quaternário Inferior”.
 Por este fio ou cordão é que nossas vivências e experiências dos planos inferiores fluem para a Tríade Superior e lá são "arquivadas", permanecendo no esquecimento até ao momento em que estivermos evolutivamente preparados para resgatá-las ou para nos lembrarmos delas.

O CORPO ETÉRICO, O CORPO MAIS IMPORTANTE DO HOMEM… 4ª LIÇÃO  

Publicado por Maria Helena Guerra em 9 novembro 2011 às 18:29 em CURSO VIAGEM ASTRAL ... FREE Back to CURSO VIAGEM ASTRAL ... FREE Discussions

O CORPO ETÉRICO, O CORPO MAIS IMPORTANTE DO HOMEM…

4ª LIÇÃO


A nossa natureza espiritual e a própria natureza psíquica é um resultado maravilhoso de uma grande atividade espiritual, que estamos bem longe de imaginar o seu alcance. Sabemos que tudo o que se vê e sente objetivamente não é senão a manifestação exterior de energias subjetivas e interiores. Os mecanismos do cosmos e do próprio homem são os efeitos do que acima está mencionado. É com base no que acima está recordado, que componho esta lição com o objectivo de vos despertar para o excecional valor do corpo etérico do homem. Muito pouco tem sido dito sobre ele e até quase tem sido esquecido em alguns ensinamentos esotéricos. Alice Bailey, (discípula do Mestre Djwhal Khul, o Tibetano, e co-fundadora, com Ele, da Escola Arcana da Suiça, onde ela recebeu o ensino deste Mestre na vasta obra para cima de 50 livros já publicados, todos ditados por este Mestre da Sabedora) afirma que em dada altura da obra Doutrina Secreta, publicada por Helena Blavatsky, esta explica várias coisas importantes dobre os corpos do homem e nesse ensinamento não se refere ao corpo astral, mas apenas ao corpo etérico. Diz que, mais tarde, ao ser confrontada com esse “lapso”, Ela afirmou que o ensinamento era para ser aprendido num futuro próximo, por isso, era assim que tinha de ser aprendido porque…..”não tardariam mais do que 300 gerações e o homem deixaria de possuir o corpo astral para usar apenas o corpo etérico devidamente desenvolvido, num poder muitíssimo superior ao do atual corpo astral. PARA COMPREENDER O DESENVOLVIMENTO DO CORPO ETERICO. Para compreender a importancia do corpo etérico, é necessário relembrar os componentes dos mecanismos do cosmos e do próprio homem, o que já aprendemos sobre o que existe e como se criam muitas das coisas que conhecemos. Esta lembrança pode ser resumida da seguinte maneira: Primeiro: Nada existe além da energia; e ela funciona por meio de uma substância que interpenetra e cria todas as formas e que é semelhante ao éter do mundo moderno. Acerca do éter:---- há muito tempo que se inventou o termo ÉTER; foi adotado por Isaac Newton e também serve para nós. Esse termo significa portanto a existência de uma verdadeira entidade que ocupa todo o espaço, sem interrupção, única realidade física omnipresente, que é considerada cada vez mais como aquilo de que consiste tudo no universo material. Continuando… A matéria… é energia ou espírito em sua forma mais densa, e o espírito… é a matéria em seu aspecto mais sublimado. Segundo: Como todas as formas são interpenetradas pelo éter e co-existentes com ele, cada forma possui uma forma etérica ou um corpo etérico. Terceiro: Assim como o minúsculo átomo tem um núcleo positivo, ou núcleos positivos, bem como aspectos negativos, assim também em cada forma ou corpo etérico existem centros positivos de força no meio da substância negativa. O ser humano possui também um corpo etérico, que é positivo em relação ao corpo físico negativo,… e que impulsiona esse corpo à ação e age como sua “força de coesão”, mantendo-o vivo.


Quarto: O corpo etérico do homem tem sete núcleos principais de energia, através dos quais fluem diversos tipos de energia, produzindo a sua atividade psíquica. Esses núcleos são ligados ao sistema cérebro-espinhal, e a base dessa atividade psíquica ou sede da alma encontra-se na cabeça. O princípio que rege o conjunto acha-se pois na cabeça e, deste centro, todo o mecanismo deveria estar dirigido e vitalizado por meio dos seis outros centros de força. Quinto: Somente certos centros funcionam no homem, atualmente; os outros ainda não estão despertos. Num ser humano perfeito, todos os centros são ativos e levam a um desenvolvimento psíquico perfeito e a um perfeito mecanismo. Chamo a atenção para a substancia universal porque aqui reside o “milagre” que torna o corpo etérico tão poderoso!!!!

Substancia universal: Existe uma “substância” universal, fonte de tudo, tão subtil, tão refinada, que ela está verdadeiramente muito além do que a inteligência humana pode realmente compreender. É uma “rede de luz” sempre invisível ao olho humano. A palavra-chave “substância”, que sugere algo de material, não é apropriada. Por mais subtil e fugaz que ela seja, esta “substância universal” é contudo, “num certo sentido”, mais densa que a própria matéria. Se se pudesse conceber um agente fora da substância universal, hipótese contrária a todos os fatos e todas as possibilidades, e se um tal agente externo tentasse comprimir a substância universal ou influenciá-la de alguma outra maneira a partir do exterior, descobrir-se-ia então que a substância é mais densa que qualquer outro material conhecido. Vida e substancia: Inerente à substância e formando a sua perpétua contraparte, “existe a vida”, a vida que jamais cessa. “A vida e a substância são uma única e mesma coisa”, para sempre inseparáveis, mas ao mesmo tempo são aspectos diferentes da mesma realidade. A vida é como a eletricidade positiva, e a substância, a negativa. A vida é dinâmica e a substância, estática. A vida é atividade ou espírito, a substância é forma ou matéria. A vida é o pai que a produz, a substância é a mãe que a concebe. Além desses dois aspectos, existe um terceiro…”a Atividade”. – desta Trindade, nasce o que chamamos de:----“Consciencia ou Alma” A vida é “atividade” teórica ou potencial, ela necessita de um campo de ação. Da união da vida e da substância…… surge a chama da energia ”ativa”.


Assim, temos uma única realidade,---- a “substância universal”; mas…, desta dualidade coexistente …da ” vida e substância”,… surge, ao mesmo tempo, …. uma trindade coexistente, porque a “vida é atividade”….assim coexistem a vida… a substância… e a atividade recíproca e o que daí resulta é: o que chamamos de…. consciência ou alma. Todo o mundo manifestado provém da energia e dos fatores coexistentes,… a substância e

a consciência. Tudo o que podemos ver, desde o menor grão de areia até a imensidão dos céus estrelados, do selvagem ao Buda ou ao Cristo, são produtos da energia. A matéria é a energia na sua forma mais densa ou mais baixa; o espírito é essa mesma energia em sua forma mais alta ou mais subtil. A “matéria” é pois o “espírito” cadente e “degradado” (isto acontece no processo de Involução);.. reciprocamente,…… o “espírito” é a “matéria” ascendente e glorificada (no processo de Evolução). À medida que se torna mais densa, a energia desce nos sete graus ou planos. O homem manifesta três desses graus. Ele tem um corpo físico, um corpo emocional e um corpo mental. Ele funciona em três planos; Ele é consciente em três planos. Nos planos físico, emocional e mental. Ele está a ponto de reconhecer plenamente um quarto fator, mais elevado, a Alma… brevemente ele tomará plena consciência dela. Os três planos superiores dispensam comentários nesta lição elementar. Cada um dos sete planos é subdividido em sete subplanos. Só trataremos aqui dos sete subplanos do plano mais baixo, o plano físico Todo mundo conhece os três subplanos do plano físico, os subplanos sólido, líquido e gasoso, …por exemplo, o gelo, a água e o vapor. Além destes, existem quatro subplanos mais subtis, ou então quatro diferentes formas de éter; eles coexistem com cada um dos três subplanos. bem conhecidos, e os interpenetram. O corpo etérico O corpo físico do homem não faz exceção. Ele tem também sua contraparte etérica, seu corpo etérico é positivo, ao passo que o corpo físico denso é negativo. O corpo etérico é o fator de coesão que mantém o corpo físico em vida. A contraparte etérica de um homem, ou de qualquer coisa física, é composta de substância universal, de vida universal e de energia universal. Atenção: Esta contraparte etérica não tem vida independente, nem é auto-suficiente. Ela é alimentada pelo reservatório de energia universal, do qual ela é a vida, o movimento e o ser. É pois por meio do corpo etérico que a energia funciona no corpo físico do homem. É por isso que deve ser dada muita atenção a este corpo; coisa que até aqui não tem acontecido.


Este corpo permite as projeções fora do corpo; Este corpo é de imenso relevo na cura com energias cósmicas; É, também, através dele que nos podemos ligar às energias cósmicas. Nota Como acima fiz referencia, Este corpo é tão importante, que H. Blavatsky, na Doutrina Secreta, ao referir-se à composição do corpo do homem não fez referencia ao corpo astral e só mais adiante diz que não se deve dar muita importância ao corpo astral porque passadas umas “trezentas gerações” o homem deixará de possuir esse corpo para usar apenas o etérico-fisico, devido à sua excecional composição. Isto é igualmente verdadeiro para qualquer coisa fisica. A energia universal só funciona através do corpo etérico de qualquer forma de vida. Como o homem existe em sete planos, …o corpo etérico também tem “sete pontos” de contato com a energia; mas como apenas três planos estão em atividade, os quatro outros estão ainda adormecidos, e só despertarão quando este corpo substituir o astral. Por isso, apenas existem três centros de força que estão completamente desenvolvidos e quatro que estão aguardando o despertar.

VIAGEM ASTRAL…EXPLICAÇÃO SOBRE O CURSO LIÇÃO Nº 5

VIAGEM ASTRAL…EXPLICAÇÃO SOBRE O CURSO LIÇÃO Nº 5 Queridos amigos e estudantes, sei que devem estar ansiosos por começar os exercícios; acontece com todos. No entanto, é importantíssimo que saibam que uma projeção fora do corpo só tem sucesso se for precedida de uma aprendizagem sobre o que vos espera e do que têm de fazer do outro lado. Antes de iniciar, é importante conhecer e saber…. que tem de se lidar com os seguintes tópicos, a desenvolver nas lições seguintes: 1. Existem duas projeções:

- uma projeção inconsciente e uma projeção consciente 1. 2. As substancias astral e mental, devido á sua subtileza, tomam formas, materializam-se, e imobilizam os nossos “pensamentos”, criando imagens artificiais, que se sobrepõem umas às outras, sem que o “visitante” “não


precavido”, dê por isso…ou possa fazer “algo” para se soltar……..isto quer dizer que… ninguém será capaz de vos afastar dessas ilusões, criadas por vós mesmos.

É preciso evitar isso a todo o custo …..o que só é possível através do conhecimento adequado, adquirido antes da projeção, que vos põe de sobreaviso para evitar caírem nesse estado de alteração mental. 1. 3. Já pensaram o que será projetarem-se, sem saber o que há no outro lado? Sem saberem o que vos espera e o que vos pode acontecer?

Do outro lado não existe… “espaço” nem “tempo”. Imaginam o que é estar num lugar desses? Por exemplo, se não levarem ideias pré-concebidas…..irão oscilar entre o passado e o presente, sem conseguirem distinguir, em qual, vos encontreis. No caso do futuro, ainda é pior porque esse apresenta-se de maneira inconcebível. Nele nada poderão aprender porque não passa de uma série de probabilidades que podem ser modificadas a cada momento e a cada pensamento. 1. 4. Imaginam como é o mundo astral?

Lá, como nos outros planos ou subplanos, existem cidades, templos desconhecidos, cadeias de montanhas, mares, lagos, etc., etc. Existem outros planos, alem dos nossos, e também sete subplanos para dada um deles. Aprofundar estes conhecimentos é indispensável para uma boa projeção e para uma viagem com êxito. 1. 5. É indispensável saber e conhecer as formas de vida que habitam esse plano e seus subplanos.

As formas de vida são tão variadas que vão desde as criaturas mais inferiores, geradas pela mente humana, até aos mais elevados Devas (Deuses da Natireza), cada qual ocupando a dimensão apropriada às suas vibrações. Se nada souberem dos elementais da natureza podeis ser assustados por eles e a projeção termina de imediato. Eles são apenas crianças bricalhonas, mas quem não as conhece ou sabe da sua existem, fica deveras assustado. 1. 6. Os Elementares

Com estes é necessário ainda mais cuidado, eles são formas de vida criadas pelo homem através dos seus pensamentos…podem ser boas…mas a maioria é muito má. Chamam-se “elementares”. Há muito que aprender sobre eles para que se possam defender. 1. 7. Atenção ao mundo dos mortos no astral

Esta é uma região de penumbra, onde se intercalam a luz e as trevas. Devem ter conhecimento sobre ela antes de qualquer projeção. 1. 8. Há outra consideração importante a “Ubiquidade”, que significa a capacidade de deslocação para dois ou mais locais diferentes com apenas “o mesmo corpo”. É raro, mas acontece. 1. 9. Temos de aprender a considerar as projeções “interiores”, isto é…as que se efetuam dentro do corpo de cada um de nós, onde circulamos pelos nosso sistema vegetativo, e etc.

10. Por fim, devem aprender a programar o comportamento que irão ter durante a viagem astral, para evitar precalços. Todos estes factos são importantes, todos devem ser aprendidos e praticados para que possam aventurar-se nos projeções fora do corpo. Esta explicação é para que tenham o cuidado de estudar o que aqui for ensinado para evitar posteriores contratempos e para que tenham paciência no tempo que ainda falta para que, com responsabilidade e certeza de êxito, aqui fiquem os exercícios preparatórios e as técnicas necessárias. Luz, Paz e Amor


VIAGEM ASTRAL…Considerações a ter em conta na aplicação das técnicas LIÇÃO nº 6.

VIAGEM ASTRAL…Considerações a ter em conta na aplicação das técnicas LIÇÃO nº 6 Começo por lhes recordar que cada um dos nossos corpos, que servem de veiculo de manifestação de consciência, está vinculado a uma dimensão diferente. E que a presença de dimensões ou planos estão confirmados pelos estudos efectuados por cientistas, de competência comprovada, que descobriram a existência de universos paralelos, presentes em todos os lugares ao mesmo tempo, ocupando espaços em mundos diferentes sem qualquer interferência com o homem. No mesmo sentido, os Mestres ensinaram que os planos se interpenetram… isto significa que … num determinado momento de tempo, seja ele qual for, existem, simultaneamente, diversas camadas de energia “se interpenetrando”….. essas energias são as diferentes dimensões ou planos a que constantemente nos referimos, aos quais só podemos assessar através das percepções sensoriais e desdobramentos de consciência ou projeções astrais, pelo menos por enquanto. É-nos interdito, a nós estudantes, o acesso aos planos superiores da Tríade Superior, onde habita o Espírito. Para melhor entender os planos, podemos lembrar-nos dos corpos que nos constituem e nos servem de veiculo, e que a maioria das pessoas não sabe que os possui e nem sequer se apercebe da existência deles, pois apenas consegue ver o corpo físico,… mas todos nós os possuímos,…. pois de contrário não poderíamos fazer parte da raça humana. Nesta qualidade habitamos um mundo de 3ª dimensão…o plano físico…no entanto, … ao mesmo tempo… os nossos corpos astral e mental coexistem com o nosso corpo físico ….embora em planos ou dimensões diferentes ….ou seja … O corpo astral está situado no plano astral, que é uma dimensão superior …. e o corpo mental no plano mental, que é uma dimensão ainda mais refinada. …….


Tudo isto no mesmo espaço e lugar….apenas com matérias de densidades ou vibrações diferentes...a Verdadeira Realidade é que: Todos os nossos corpos estão presentes…..aqui e agora. No processo de projeção consciente somos “colocados” (se assim se pode dizer) diretamente em contacto com essas dimensões ou planos sem que o corpo físico saia do lugar ou espaço em que está, o que acontece é que: Ao alterarmos o nosso estado de consciência passamos automaticamente para o plano seguinte, no presente caso, ao plano astral ou 4ª dimensão, onde, conscientemente, passamos a “vivenciar” o ambiente dessa dimensão, usando como veiculo o corpo astral. O mesmo acontece na projeção ao plano mental, efectuada a partir do plano astral, onde deixamos em repouso o corpo astral, para passarmos para o plano mental em nosso veiculo ou corpo mental e vivenciarmos a 5ª dimensão. Estes dois corpos são, por enquanto, os únicos veículos de desdobramento para a nossa manifestação de consciência ou alteração do grau de consciência, que sem veículo não pode projetar-se. Estes corpos, em geral, têm uma aparência idêntica ao corpo físico, no entanto, podem apresentar aparências diferentes, dependendo de individuo para individuo de acordo com a sua evolução moral e espiritual. Deste modo, cada um desses veículos ou corpos pode perder a sua aparência do corpo físico para dar lugar a uma luz, que de acordocom a evolução de cada um, pode ser uma luz mais ou menos opaca e sem vida, concordando com a baixa evolução espiritual ou pode tomar “formas “ brilhantes e muito luminosas nos casos de pessoas evoluídas, pois os nossos corpos apresentam exatamente aquilo que cada um tem cultivado em sua vida. O reflexo do estado interior de cada ser humano nos corpos com que é constituído, depende da “alimentação energértica” que o homem lhes fornece. Por exemplo, um homem que se alimente de emoções inferiores e pensamentos distorcidos não conseguirá que os seus corpos sejam suficientemente capazes de servir de veiculo para as suas alterações de consciência, nestes casos as tentativas de projeção são nulas ou muito difíceis com resultados adulterados e sujeitas a emoções e vivencias nada recomendáveis nem desejáveis. O caso contrário, é o caminho do êxito. O que aqui fica explicado mostra a grande necessidade do crescimento espiritual quer em conhecimento, sabedoria e prática para cada um porque só este crescimento é que pode permitir a regeneração verdadeira das formas de pensar, sentir e agir, que fornecem as condições para o desenvolvimento holístico do ser.


Esta evolução abrirá todas as portas, inclusive os portais da 4ª e 5ª dimensões a serem visitadas e vivenciadas com a finalidade de aí aprendermos algo sobre nós próprios, sobre a humanidade e sobre o planeta e os seus reinos. Lá aprenderemos através da constatação dos factos através dos nossos seis sentidos, nada nos será dito, a aprendizagem é tão real, quanto real é a nossa vida material neste planeta Terra tão especial.

VIAGEM ASTRAL…Exercicios Preparatórios e o que falta LIÇÃO nº 7

VIAGEM ASTRAL…Exercicios Preparatórios e o que falta LIÇÃO nº 7 Sei que alguns dos alunos que estão seguindo este curso são mais adiantados do que outros. Para esses deixo aqui os exercícios preparatórios a fim de os irem praticando. Entretanto, o restante ensino que ainda falta, mas que já é pouco, será aqui colocado e no seu final as técnicas que devem ser usadas. O que falta aprenderem é apenas acerca dos seguintes tópicos: - breve alusão aos chacras como portais de projeção; - resumo do que encontramos do outro lado; - explicação sobre o que é o mundo astral e as formas de vida ali existentes; - explicação sobre os “elementares” que ali residem, que muitos confundem com os “elementais” e ainda algo sobre o chamado “mundo dos mortos“; - breve referencia sobre as projeções “interiores”; - referencia ao comportamento que se deve adotar durante as viagens astrais; - referencia a não se ter a consciência desperta durante a projeção no sono. - finalmente serão referidas as técnicas a usar e farei ainda algumas referencias sobre sonhos. Qualquer dos temas acima referidos constam de assuntos breves mas importantes. Como já referi, quem já conhecer estas matérias pode começar a treinar os exercícios preparatórios sem qualquer problema.


Exercícios preparatórios Aqui apenas serão ensinadas as normas fundamentais da projeção consciente. Na verdade ninguém pode afirmar que estes ou aqueles exercícios preparatórios, estas ou aquelas técnicas são as melhores ou mais apropriadas para efectuar projeções com base numa boa expansão de consciência. Os exercicios preparatórios e as técnicas que aqui vou deixar irão ser boas para uns e menos boas para outros. O que devem ter em consideração é….aprenderem a projectar-se com base no que aqui for ensinado… depois a experiencia vos dirá o que devem alterar e substituir de acordo com o que a vossa consciência ditar. Então, construireis a “vossa própria técnica”, aquela que vos dará um resultado mais aperfeiçoado, de acordo com a vossa alma/espírito, e de acordo com a vossa dedicação ao que pretendem alcançar. 1. 1. Os exercícios deverão ser praticados após se deitarem, antes de adormecerem. Também os podem praticar de manhã quando acordam.

Mas qualquer dos casos pode ser alterado para um horário que seja o mais indicado ou conveniente para cada um. Há relatos de que algumas pessoas tiram mais resultado de manhã do que à noite. Mas como já disse, isso é tudo muito pessoal. Por exemplo, quando da minha experiencia, verifiquei que não podia praticar ao deitar porque adormecia e a projeção tornava-se “inconsciente”. De manhã não conseguia concentrar-me devido aos pensamentos de responsabilidade inerentes à minha profissão. Então decidi escolher um período no final do dia para praticar. O resultado foi bom e ainda hoje o uso quando desejo obter respostas para variadas coisas. No caso de alguns de vós escolherem, como eu, utilizar uma hora diurna para efectuar os exercícios e mais tarde as projeções, devem preparar o ambiente como para a meditação… vela, incenso, musica relaxante. Para quem não usa a posição de Lotus, deve sentar-se numa cadeira ou maple, recostar-se com a coluna reta bem confortavelmente, e começar o exercício. Usam-se os mantras, a concentração e a meditação para activar os chacras e acelerar a vibração dos corpos mais subtis. Os chacras são: o coronário e o frontal (3º olho ou 3ª visão), o cardíaco e o plexo solar… que são os portais responsáveis pelo desdobramento. 1. 2. Os mantras devem ser vocalizados, durante a concentração da meditação, pelo espaço de 1o a 15 minutos para cada chacra. Também se pode memorizar um determinado nº de vezes, por exemplo 30 para cada chacra.

a) Chacra coronário e frontal, mantra “i” --- iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii ……. Concentração no alto da cabeça e entre as sobrancelhas; b) Chacra cardíaco, …. mantra “o” --- oooooooooooooo… concentração no coração; c) Chacra plexo solar, … mantra “u” --- uuuuuuuuuuuuu … concentração no plexo solar, cerca de 4 dedos acima do umbigo. 1. 3. Depois de terminar a vocalização dos mantras, efectuar um exercício de respiração, cerca de 20 minutos. A respiração deve ser muito lenta e muito profunda, quer no inspirar, quer no expirar, porque quanto mais profunda for mais rapidamente se entra num estado de concentração e relaxamento, indispensável à projeção.

É imprescindível:- … autopercepção constante … concentração…e…imobilidade completa. Esta sequencia dever ser respeitada. Nota importante: o uso correto da meditação, aliado ao poder da imaginação, será de grande ajuda para visualizar a ativação dos chacras e as respetivas energias que começarão a fluir.


É muito importante fixar a atenção no interior do corpo (dos pés à cabeça) para começar a sentir todos os efeitos que aí se vão refletindo no decurso do exercício. Se tiverem possibilidade, aconselho a que arranjem um caderno e apontem tudo o que sentirem e virem em cada exercício e vão comparando com os seguintes. Gostaria que me informassem sobre o que lhes acontecer, porque assim poderei dar indicações sobre o que devem fazer.

VIAGEM ASTRAL…LIÇÃO nº 8

VIAGEM ASTRAL…LIÇÃO nº 8 Continuando com o que vos falta aprender, começo por dizer que quando pensamos em realizar uma projeção consciente, a primeira coisa a fazer é ativar os centros ou vórtices de energia …. Os chacras… pois são eles que nos possibilitam a entrada aonde desejamos ir. Os chacras devidamente ativados ou estimulados abrem-nos as portas dimensionais que nos conduzem, inclusivamente, a outros universos. Existem pessoas, não se sabe bem porquê, não conseguem projetar-se conscientemente, mesmo que bem ensinadas e treinadas. No entanto, esses mesmas pessoas podem conseguir, através das suas faculdades extra-fisicas, ouvir e sentir para além dos cinco sentidos. A representação dos Sete chacras nas projeções está baseada nas funções por eles desempenhadas junto dos sistemas glandulares do corpo físico. Eles estão conetados com órgãos importantes…. as glândulas endócrinas. Ajudar-vos-ia saber um pouco mais sobre este assunto, lendo: Comunicação por Telepensamento, o 3º Olho e o Cérebro……no grupo Caminho de Retorno. Para ficarem a fazer uma ideia de como funcionam estas glândulas através da ativação energética cerebral. Isso dará uma ideia do que acontece no processo de projeção. Por isso, devem dar merecida atenção aos chacras pois irão trabalhá-los nas técnicas que serão indicadas. Quem tiver dúvidas deverá ir ao Grupo acima indicado e ler o texto: Unificação dos chacras…preparação…saiba o que é necessário ..1ª e 2ª Parte. Os chacras que vamos trabalhar estão relacionados com o corpo etérico ou energético, mas não esqueçam que cada corpo ou veiculo superior que vamos utilizar (astral e mental), possuem os seus próprios e correspondentes chacras. Outro trabalhado importante, é o cuidado em acumular “boa” energia psíquica durante o dia, porque é esta energia que nos mantém despertos durante o tempo que permanecemos nas outras dimensões.


Para que não cheguemos esgotados ao final do dia, é necessário que se tome uma atitude passiva, algo contemplativa, no decorrer das acção diárias, a que se deve juntar uma cuidadosa auto-obervação para manter a serenidade, que será o gerador e o acumulador para o desdobramento consciente. O somatório de todas as energias produzidas pelo correto funcionamento dos chacras, mais ou menos captadas durante a jornada do dia, são a garantia de que irão manter-nos despertos durante todo o processo. Relembro, porque nunca é demais, quais os obstáculos à projeção: a) A barreira do medo. Este manifesta-se de vários modos, mas, desde que tudo seja feito de acordo com as regras, nada há a temer porque nunca estamos sozinhos, onde quer que seja. Sobre isto, depois direi algo mais; b)

Captar e manter as energias acima referidas;

c) A preguiça. É um facto que muitos desejam o desdobramento mas têm preguiça de praticar os exercícios, de proceder de acordo com as técnicas e de tomar as precauções necessárias seguindo as instruções. Esses serão avaliados, pelos próprios Guias. Durante as projeções é feita uma avaliação da persistência de cada pessoa. O bom resultado, ditará a autorização a ser concedida e a ajuda a ser prestada. Não é em vão que para a evolução espiritual é necessária Força, Vontade e Virtude. d) Ansiedade. Esta provoca o desequilíbrio emocional. Por isso, terão de aniquilá-la. É importante pois estamos interagindo com o plano astral, que se denomina também, plano emocional, isto é, o plano onde se manifestam todas as emoções. Sempre que sentirem o coração pulsar rapidamente, ele está fazendo com que percam energia e tenham bloqueios na circulação. Em qualquer dos casos acima referidos, o desdobramento consciente torna-se perigoso ou totalmente impossível. Para vencer a ansiedade, serão fornecidos alguns exercícios juntamente com as técnicas. Já referi, mas nunca é depois relembrar, que do outro lado, as barreiras do espaço e do tempo, não existem; um minuto aqui, pode equivaler a uma hora ou mais do outro lado, dependendo da matéria da dimensão visitada, ser mais ou menos subtil. Esta subtileza da matéria e a inexistência do Tempo/Espaço é o que nos facilita acessar ao passado e ter vislumbres do futuro. Sobre o futuro não devem esquecer, que o mesmo está em constante movimento e o que vêem hoje, pode não ser verdade amanhã. Outro passo muito importante é:  

a constante auto-obervação mental, para evitar que a “mente fantasie” durante a projeção, porque irá criar “ilusões”, que os principiantes tomarão por realidade. Outras vezes, vamos ao encontro de cenas reais, entramos nelas e as vivenciamos pessoalmente.

Se nessa vivencia aplicarmos os nossos conceitos pré-concebidos aqui na 3ª dimensão, terminamos sem conseguir compreender o real significado do que acabámos de vivenciar. Estas vivencias, algumas vezes são feitas, como se estivéssemos à janela de nossas casas assistindo ao que se passa na rua.


Por último, sobre o que se passa do outro lado, é muito importante não esquecerem: - que o nos é dado observar… “está condicionado”… à nossa maneira de.. “viver”.. e de …“ser”.. nesta 3ª dimensão. O Mestre nos ensina, dizendo: “não basta querer”, é necessário “merecer”. Para “Merecer “ é preciso praticar as virtudes ensinadas no esoterismo. Quem possuir um maior numero de virtudes ….. menos será condicionada a sua observação. Para quem nunca executou um desdobramento consciente, e para aqueles que já a executaram sem o devido Conhecimento e Sabedoria acontece-lhes que: Os primeiros têm imensa curiosidade em saber o que lá existe; e os segundos, que de qualquer jeito já estiveram, têm duvidas sobre o que viram e sobre o que será que irão ver. Para todos vós, e para todos os outros, os que lá nos deslocamos com Conhecimento, sabedora e, com pelo menos, algumas virtudes desenvolvidas, afirmamos que todos os que merecerem, irão ver, nos mundos superiores, tudo o que existe neste mundo físico ….. mas para além disso…. Verão cidades, templos, montanhas, planícies, Sol, mar, lagos, etc., etc., tudo de uma beleza sem igual; a paisagem e as construções, as pessoas e as cores (sem paralelo aqui na Terra) são tão extraordinariamente superiores em beleza, que não tem qualquer comparação com o que aqui conhecemos. O esplendor é de tal modo grandioso, que as palavras são totalmente insuficientes para se formar a sombra de uma ideia, mesmo no máximo significado que elas contêm.

VIAGEM ASTRAL…LIÇÃO nº 9 ..... AS TÉCNICAS PARA PROJEÇÃO

VIAGEM ASTRAL…LIÇÃO nº 9 AS TÉCNICAS PARA PROJEÇÃO

Embora ainda haja várias coisas a aprender e a ter em consideração, penso que já podem juntar esta técnica de projeção aos exercicos já aqui deixados. Assim, vamos entrar nesta prática e agradeço que me comuniquem as dúvidas e os bons ou maus resutados. Lembrem-se que cada um de nós é um mundo e que o que é bom para uns, não serve para putros. Ficarei esperando as noticias dos vossos resultados. TÉCNICA DE RELAXAMENTO PARTE A PARTE Esta técnica permite que o físico fique em total letargia; o corpo astral inicia a sua sintonização com o estado vibracional molecular existente na própria atmosfera e o processo começa, lentamente, com o autoimpulsionamento para fora do corpo físico. A técnica é simples e as sugestões apresentadas poderão ajudar a iniciar o exercício prévio de “descolagem”, cujo objetivo é o de causar os seguintes estados reaccionais baseados em estímulos:


a) Bloquear qualquer sensação táctil. b) Causar a sensação de leveza. c) Induzir o estado vibracional. Isto irá orientar a mente de forma organizada, visto a maioria dos exercícios de desdobramento não focarem qualquer preparação de sugestibilidade. Além de condicionar a mente para um desdobramento, também atinge a consciência de forma directa e eficaz, condicionando-a a tornar-se vigilante, toda vez que deslocada fora do corpo físico. Os exercícios de relaxamento fundem-se com os de concentração, pois cada parte do corpo deverá ser induzida a relaxar-se graças a estímulos subliminares do próprio cérebro. Esta espécie de auto-hipnose, se assim se pode considerar, ajudará o praticante a condicionar o corpo astral no momento da descolagem. Deve-se dar o tempo suficiente para o subconsciente absorver os comandos induzidos por si mesmo e até mesmo aceitá-los para assim se conectar automaticamente ao super-consciente, ou seja, á consciência da alma/ espírito.

EXERCICO 1. Respirem fundo e lentamente, retendo o ar o máximo tempo possível. 2. Expirem vagarosamente e quando sentirem que todo o ar foi exalado, contraiam os músculos do estômago para forçar o saída do resto do ar saturado das impurezas do corpo. 3. Repitam o processo por cinco vezes. 4. O objectivo não é dormir mas criar um estado de tranquilidade e segurança para garantir um bom resultado. 5. Os passos a seguir referidos devem ser seguidos detalhadamente. Para isso, é aconselhável que gravem uma fita ou cassete ou gravador portátil, com a vossa própria voz.

Preparação para a projeção: Ouvir a gravação. Ouvir e ao mesmo tempo refletir sobre o significado de cada frase. Não esquecer que o principal pensamento e sentimento é o de sermos…. uma alma que habita um corpo físico e que este é o seu veiculo de manifestação. Aquilo a que costumamos chamar ..”mente”.. é a própria alma. … e a alma é a ponte de ligação com o Espirito ou Eu Sou. a) Fecho os olhos e ao fechá-los sinto que o meu corpo físico começa a relaxar; b) Relaxo mais e mais… estou alcançando o mais profundo estado de relaxamento; c) Lentamente tomo consciência de que sou alma. Sou uma alma consciente que habita no corpo físico; d) Quanto mais relaxado estou, mais conscientemente sinto ser a propria “alma”…. Cada vez sinto menos o meu corpo físico; e) Eu alma, estou consciente de que posso controlar o meu corpo astral… Não deixo que o meu corpo físico atrapalhe a minha saída do corpo; f) Estou descansando profundamente o corpo físico e o corpo astral ……. os meus corpos estão em completa paz….. Sinto que o meu corpo astral começa,.. lentamente,… a deslocar-se de dentro do corpo físico,…. lentamente … subtilmente…..; g) Vejo o meu corpo astral,…. Sinto uma vibração cósmica que me trás paz e relaxamento. Sinto-me confortável e seguro; h) Estou sentindo cada vez mais relaxamento……. Sinto cada vez mais o meu corpo astral….. Vou transferir lentamente a minha consciência para o corpo astral. …; i) Sinto que toda a insegurança e todo o medo estão desaparecendo….


j) Eu “alma” sinto estar habitando o corpo astral…. Sinto plena consciência disso; k) Sinto que todo o sentimento de insucesso e desesperando estão sendo substituídos por otimismo e consfiança; l) O sentimento de falha é substituído por esperança e bem-estar enorme; m) O ódio e o amargor estão sendo substituídos por amor desinteressado; n) O amor, a paz e alegria estão dentro de mim, sinto tudo isso em mim. 

o) Relaxo mais e mais …. Eu alma sinto que a existência da vida astral se está tornando real;

p) Estou totalmente longe do corpo físico…. Mantenho a minha consciência total no corpo astral. … conto inversamente de dez para zero, para aprofundar o meu estado de relaxamento: Dez ……. Relaxo cada vez mais profundamente Nove …... Sinto uma enorme energia cosmica no corpo astral á medida que me afasto do corpo físico. A minha visão está cada vez melhor. Oito …….Todas as partículas do meu corpo astral se estão desligando do corpo físico. Sete …….sinto-me mais e mais profundamente projetado para cima. Seis …… estou subindo, subindo, subindo, cada vez mais. Cinco …. Estou envolvendo-me, deixo-me envolver cada vez mais. Quatro ….. Três …….. Dois …… Um …….. Zero Sinta o seu corpo astral e pense: Eu após a contagem de um a cinco me verei longe do corpo físico com total consciência e calma. Um ………. Se sentir uma vibração energética aceitarei a sensação com amor e não me sentirei afetado emocionalmente. Dois ……. Estou flutuando, sinto-me um pouco de vertigem, mas tenho tudo controlado. Três ……. ………. Quatro …. Estou flutuando, estou começando a criar consciência total fora do corpo. Cinco …… Pronto. Estou fora do corpo físico, estou consciente e em paz. Vou virar-me lentamente e olhar para o meu corpo físico. ……. Estou vendo o meu corpo físico. …. Daqui para diante estarei só com os meus próprios pensamentos controlados e sempre ciente da minha consciência para me amparar … não esqueço nunca que sou a alma usando o corpo astral no plano astral. A qualquer momento que desejar retornar ao corpo físico, bastará apenas pensar nele e logo me encontrarei dentro dele, totalmente consciente e não sentirei qualquer sensação ruim que me possa deixar em estado depressivo. De agora em diante, toda a vez que desejar projetar-me fora do corpo, apenas precisarei de deitar-me (ou sentarme conforme o caso) e pronunciar a palavra “Projete”, logo estarei do corpo físico conscientemente, mas apenas quando desejar …. Apenas quando desejar.


VIAGEM ASTRAL…LIÇÃO nº 10---- “fim de Curso” MAIS DUAS --- TÉCNICAS PARA PROJEÇÃO

VIAGEM ASTRAL…LIÇÃO nº 10---- “fim de Curso” MAIS DUAS --- TÉCNICAS PARA PROJEÇÃO Como disse em lições atrás, há variadas técnicas para projeção. Na lição anterior deixei uma das que considero melhor para se obter êxito, mas agora passe-vos mais duas técnicas porque há os que não obtêm êxito com uma e poderão experimentar as outras. Cada ser é um microcosmo, por isso, não admira que o que dá resultado com um não dê com o outro. Recordo que a prática dos exercícios já aqui deixados é essencial para o bom funcionamento das técnicas. As técnicas deverão ser experimentadas uma a uma até verificarem qual delas se apropria mais a cada um de vós. As duas últimas técnicas que aqui deixo são mais simples mas de bons resultados, quer seja a técnica pela imaginação gradual quer a técnica que tem por base o uso da glândula pineal. Para a obtenção de resultados ter atenção ao seguinte: 1) Nenhuma técnica deve ser experimentada sem que primeiro tenham praticado os exercicios passados em lição anterior; 2) Cada técnica deve ser experimentada, pelo menos, durante 25 a 30 dias, antes de se passar à seguinte. Técnica da imaginação gradual Após os exercícios necessários para o relaxamento, concentrem-se e visualizem uma grande tela de cinema e pelo poder da visualização vão projetando na tela todo o processo de projeção. Começam por se concentrar na tela vazia até sentirem o corpo ser invadido por um torpor o mais acentuado possível. A seguir visualizam na tela o vosso corpo astral ….(numa das lições anteriores foi indicado o formato e cor do corpo astral) e centram nele a vossa consciência. Pouco a pouco sentirão que se estão a desligar do corpo físico; visualização então o corpo astral subindo e deslocando-se em regiões superiores à físicas. Este processo deve ser consumado lentamente, etapa a etapa, tantas vezes quantas as necessárias. A falta de prática e da energia adequada (que atrás já foi referida e explicada) poderá causar duvidas de se estarão sonhando ou se estarão despertos no plano astral. Quanto a essa dúvida, terão de repetir o processo até se adaptarem à realidade e conseguirem por vós mesmos responder a essa duvida. Técnica da Glandula Pineal Esta glândula situa-se aproximadamente no centro da cabeça, muito ligeiramente para o lado esquerdo, tem o tamanho de 5 a 8 mm e a aparência de uma ervilha, atualmente calcificada por se encontrar quase sem uso de rotina. Esta glândula e a pituitária regem quase todas as parte de nosso corpo.


Nesta técnica é imprescindível que se ativem, por meditação, os chacras coronário (topo da cabeça) e o chacra ajna (entre as sobrancelhas ) usando o mantra de auxilio… “I” (i) que se pronuncia .. iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii i i i i i i i Esta estimulação dos chacras aumenta a frquencia vibratória do corpo astral projetando-o para fora do físico. Após os exercícios sempre recomendados, devem colocar-se na posição que escolheram (já ensinado), entram em meditação, e devem manter-se centrados todo o tempo no chacra “ajna” ao mesmo tempo que colocam a ponta da língua no céu da boca … esta posição estimula a glândula pineal e o chacra coronário. Depois é aguardar, sempre acordados sem se deixarem vence pelo sono. …………………… Mantras que devem ser usados diariamente Até se obter resultados porque são os mantras mais adequados para projeções fora do corpo. 1º Mantra … “ FARAON” … muito utilizado pelos gnósticos Pronuncia FFFFFFAAAAAARRRRRRAAAAAAOOOOONNNNN 2º Mantra … “ S ” Pronuncia SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS como se fosse o som de um silvo Esse silvo aumenta a vibração do corpo astral, por ser um som idêntico ao que o corpo astral emite quando se separa da matéria física e entra no seu plano. Com estas técnicas chegámos ao fim deste curso. Fico desejando que com muita força de vontade tirem proveito e obtenham resultados. Quero que saibam que este grupo continuará a estar aberto e que sempre estarei pronta para ajudar quem precisar de esclarecimentos, conselhos ou ajudas para ajustar as técnicas sempre que houver necessidade de fazer alterações.

Projeção astral  
Projeção astral  
Advertisement