Page 1

Proposta de Candidatura – NEJ UFU

Diretoria de Desenvolvimento

Lucas Tech dos Santos

Junho de 2014 1


Sumário 1.

Apresentação da Empresa Júnior .............................................................................. 3

2.

Dados do Candidato .................................................................................................. 3

3.

Histórico no MEJ ...................................................................................................... 3

4.

Objetivos da Candidatura .......................................................................................... 4

5.

Contexto atual do NEJ UFU...................................................................................... 5

6.

Propostas e Resultados esperados ............................................................................. 6

7.

Considerações Finais ................................................................................................. 8 CARTA DE RECOMENDAÇÃO ................................................................................ 9

2


1. Apresentação da Empresa Júnior

Composta exclusivamente por estudantes dos cursos de Administração e Gestão da Informação da Universidade Federal de Uberlândia, a Apoio Consultoria presta serviços de consultoria sob a orientação dos docentes da Faculdade de Gestão e Negócios. A Apoio tem como missão proporcionar a mais completa experiência empresarial a alunos dos cursos de Administração e Gestão da Informação da UFU, por meio de gestão, cultura empreendedora e serviços de consultoria, contribuindo para a formação de agentes transformadores da sociedade. Em 20 anos de atuação, a Apoio Consultoria já contribuiu para a formação de excelentes profissionais que de atuação no mercado e é referência entre as Empresas Juniores de Uberlândia e Região. No segundo semestre do ano de 2013, a empresa paralisou o atendimento aos clientes a fim de revisar todo o seu Planejamento Estratégico. Este período foi fundamental para que a Apoio voltasse a funcionar em 2014 ainda melhor, desenvolvendo seus membros com mais eficácia e alcançando maior excelência no desenvolvimento e no gerenciamento de projetos.

2. Dados do Candidato

Nome: Lucas Tech dos Santos Curso: Administração Tempo de MEJ: 1 ano e 3 meses E-mail: lucastech.apoio@gmail.com Telefone: (34) 9291-1471 Skype: lucastech1

3. Histórico no MEJ

Apoio Consultoria: Assessor da Unidade Estratégica de Negócios – Abril/Julho 2013 Assessor da Célula de Eventos – Abril/Junho 2013 Coordenador de Gestão de Pessoas – Janeiro/Junho 2014 3


NEJ Assessor da Diretoria de Desenvolvimento – Janeiro/Junho 2014

Participação em Reuniões Presenciais da FEJEMG Ouro Preto – 2013/2014 Uberlândia – 2013/2014 Itajubá – 2013 Belo Horizonte – 2014 São João Del Rey – 2014

4. Objetivos da Candidatura

Acredito que são os desafios que nos ajudam a crescer e foi justamente na Apoio Consultoria que encontrei um ambiente desafiador e propício para o meu desenvolvimento e, por isso, sempre fui movido por desafios. Portanto, acredito que a oportunidade de dirigir a equipe de Desenvolvimento do NEJ é um desafio que estou disposto a encarar, não apenas por considerar o crescimento que eu posso adquirir com o exercício desta função, mas por acreditar que estou apto para assumir esta responsabilidade e que o desempenho da minha liderança pode contribuir para o desenvolvimento da equipe e colaborar com a missão do NEJ UFU. Desde quando entrei na Apoio Consultoria, em março do ano de 2013, logo percebi o quanto o ambiente empresarial pode contribuir para o meu aprendizado e crescimento. Todos os membros sempre foram muito solícitos e prontos para auxiliar nas atividades da empresa. Nenhuma outra experiência na Universidade foi tão significativa para o meu desenvolvimento profissional como minha participação no MEJ. Desta forma, minha gratidão pelo movimento foi crescendo cada vez mais, me tornando cada vez mais motivado a contribuir para o desenvolvimento de outras pessoas, sendo este um dos motivos mais gratificantes e satisfatórios para mim. Mesmo com previsão para me formar no final de agosto deste ano (2014) pretendo continuar fazendo aquilo que gosto: participando do MEJ e contribuindo para o crescimento e consolidação das Empresas Juniores do NEJ. Por isso, minha motivação em me candidatar como Diretor de Desenvolvimento se resume no fato de que eu acredito na capacidade que o Movimento Empresa Júnior em 4


desenvolver pessoas, pois já fui significativamente impactado pelo movimento. Assim, será muito gratificante para mim poder contribuir diretamente para o desenvolvimento das pessoas e das EJs de Uberlândia na liderança da equipe de Desenvolvimento.

5. Contexto atual do NEJ UFU

Tendo em vista a missão do NEJ UFU que é de fomentar e oferecer suporte às empresas juniores da UFU, bem como as EJs em processo de criação, além de promover a troca de experiências a fim de incentivar a cultura empreendedora, e buscar representatividade perante a sociedade e comunidade acadêmica, acredito que a Diretoria de Desenvolvimento possui um papel fundamental para este fim, visto que é responsável por promover a estrutura necessária para a consolidação das Empresas Juniores e definir estratégias de compartilhamento do conhecimento. Para o NEJ UFU, o ano de 2013 foi marcado pelo processo de reestruturação do núcleo e teve como foco: a regulamentação interna de todos os processos importantes para o funcionamento deste núcleo; e regulamentação externa, referente à todos os trâmites necessários pela representatividade do núcleo perante à Universidade. Todo este trabalho foi imprescindível para que o núcleo pudesse funcionar plenamente no ano de 2014. Por isso, é necessário dar continuidade ao trabalho desenvolvido até agora pela equipe de Desenvolvimento, oferecendo suporte e gerando valor para as Empresas Juniores que se filiarem ao núcleo. Por meio do trabalho desenvolvido pelo núcleo até agora, é fácil identificar a tendência de que mais Empresas Juniores ingressem no processo de filiação. Por isso, o trabalho da Diretoria de Desenvolvimento precisa ser intensificado de forma com que atenda mais Empresas Juniores no próximo semestre, visto que no primeiro semestre houve apenas uma reunião presencial entre os membros da Equipe. Mesmo com cinco membros, o trabalho da Equipe de Desenvolvimento do NEJ poderia ter realizado um trabalho mais intenso neste primeiro semestre do ano de 2014, pois considerando o contexto atual do NEJ UFU, existem muitas Empresas Juniores carentes de consolidação e de melhorias nas práticas de gestão.

5


6. Propostas e Resultados esperados

Tendo como objetivo geral oferecer suporte e desenvolvimento para as Empresas Juniores do NEJ UFU, a Diretoria de Desenvolvimento pode exercer uma contribuição fundamental para o núcleo cumprir a sua missão. Assim, promover a capacitação da equipe e o desenvolvimento das Empresas Juniores Federadas ao núcleo devem ser o foco de atuação nos próximos seis meses, gerando valor para as EJs tanto internamente (estruturação de processo), quanto externamente (conquistando reconhecimento perante os membros da comunidade acadêmica). Considerando o contexto atual do NEJ UFU, que conta atualmente com nove empresas juniores filiadas e outras em processo de filiação, será fundamental realizar um trabalho de segmentação dessas EJs de acordo com o nível de maturidade, classificandoas nos níveis baixo, médio ou alto. Assim, é possível desenvolver produtos e programas que contemplem as EJS classificadas em cada um destes níveis. O método de classificação das EJs deverá levar em consideração o tempo de funcionamento, a taxa de rotatividade, o número de projetos externos desenvolvidos, a quantidade de membros atuais, as práticas gerenciais adotadas, entre outros. A construção e divulgação de um formulário por meio do Google Docs às EJs filiadas ao núcleo pode gerar resultados significativos para a construção dos programas de desenvolvimento e a construção de um diagnóstico mais preciso da realidade das Empresas Juniores do NEJ UFU. Assim, cada nível terá o seu programa específico de desenvolvimento com produtos bem definidos e os resultados obtidos por meio do formulário podem oferecer diretrizes para a realização de novas parcerias e para a organização de cursos do interesse das empresas. Para as empresas com baixo nível de maturação, devem ser organizados uma série de treinamentos obrigatórios sobre áreas gerenciais, cabendo à equipe de desenvolvimento acompanhar a melhoria desta empresa, disponibilizando ferramentas e acompanhamentos para a implementação das mesmas. As EJs classificadas com um nível médio de maturação poderão contar com a equipe de Desenvolvimento para auxiliar na melhoria de práticas de gestão para áreas pontuais, por meio de Planos de desenvolvimento especializados nas empresas juniores, a fim de gerar valor para as empresas.

6


Já as EJs classificadas com um alto nível de maturação e que já estão consolidadas em suas práticas gerenciais podem ser aproveitadas para auxiliar nos programas de desenvolvimento de outras Empresas Juniores. Todos estes programas exigem que seja aplicada pesquisas de satisfação para avaliar qual foi a importância e utilidade destes programas para a EJ, completando-se o ciclo PDCA. A tabela a seguir resume os principais programas de desenvolvimento propostos neste plano. Nível de

Programa/Ação

Resultados esperados

Treinamentos de capacitação

Desenvolvimento e

direcionados às áreas gerenciais

reestruturação das EJs

Treinamentos voltados para áreas

Consolidação de práticas de

pontuais da empresa

gestão

Compartilhamento do conhecimento

Desenvolvimento e

Maturidade Baixo

Médio

Alto

Consolidação de outras Empresas Juniores

Outras ações que podem acrescentar os programas desenvolvidos para as Empresas Juniores são:  Funcionamento das setoriais – que serão muito importantes para o compartilhamento do conhecimento entre as EJs;  Realização de eventos de integração entre as Empresas Juniores – DIA NEJ, evento que contempla palestras com pós juniores e representantes das instituições regulamentadoras, como FEJEMG e Brasil Júnior;  Consolidação de parcerias com instituições que poderão contribuir para o desenvolvimento das Empresas Juniores – SEBRAE, ACIUB, PMWM, 4MM;  Fomentar a filiação das Empresas Juniores ao NEJ UFU em parceria com a Diretoria de divulgação, divulgando a importância e os benefícios do Movimento Empresa Júnior para a formação dos estudantes;  Estimular as EJs a serem federadas, apresentando a FEJEMG e divulgando os benefícios que à federação pode trazer às Empresas Juniores.

7


7. Considerações Finais

A Diretoria de Desenvolvimento possui um papel chave para que o Movimento Empresa Junior alcance resultados significativos na Universidade, pois tem seu objetivo ligado diretamente à missão do movimento, que é a de promover o desenvolvimento dos membros e das empresas juniores. Reconheço a seriedade deste compromisso, mas me responsabilizo por tomar todas as providências necessárias para encarar este desafio da melhor maneira que eu posso fazer. Acredito que as competências desenvolvidas ao longo do meu tempo no MEJ e a experiência que eu adquiri na liderança da equipe de Gestão de Pessoas na Apoio Consultoria nos últimos seis meses, me tornam apto para liderar a Diretoria de Desenvolvimento nesta gestão. Agradeço primeiramente a Deus pela maneira tão generosa que tem me abençoado em toda a minha vida; aos meus familiares, que mesmo morando longe, continuam me incentivando a continuar no movimento; a Jéssica Carvalho, Diretora de Desenvolvimento de Projetos da Apoio Consultoria, e atual Presidente no NEJ, que contribuiu para elaboração desta proposta e por ter sempre me inspirado a amar o MEJ; ao Nicolas Giffoni, Diretor de Desenvolvimento da FEJEMG, cujo plano de trabalho me inspirou na elaboração deste plano de candidatura; ao Carlos Gregório, atual Diretor de Desenvolvimento do NEJ; e aos colegas de trabalho da equipe de Desenvolvimento, por todo o trabalho desenvolvido nos últimos seis meses; a todos os meus colegas de trabalho na Apoio Consultoria, que tem contribuído diretamente para o meu aprendizado e crescimento.

8


CARTA DE RECOMENDAÇÃO

Participante da Apoio Consultoria como Coordenador de Gestão de Pessoas, o candidato ao Processo Seletivo para o cargo de Diretor do Núcleo de Empresas Juniores da Universidade Federal de Uberlândia, Lucas Tech dos Santos, vêm demonstrando responsabilidade e bom desempenho de suas funções, além da dedicação e interesse no Movimento Empresa Júnior, o que é comprovado não só pela participação em Reuniões Presenciais da FEJEMG, como também pelo próprio interesse em compor a equipe do NEJ UFU.

Desta forma, a Apoio Consultoria o recomenda para o cargo de Diretor de Desenvolvimento, sabendo que ele irá desenvolver suas atividades no Núcleo com muita responsabilidade e comprometimento.

_______________________________________ Mayara Dias Cunha Diretora de Relações Estratégicas Apoio Consultoria

9

Proposta da APOIO para Desenvolvimento - Lucas Tech