Issuu on Google+

GRUPO DE ESTUDO DE PAJUÇARA

APRESENTA


TERRA DO CAMARテグ


PORQUE VISITAR A COMUNIDADE

É um lugar simples, aconchegante, acolhedor e possui uma gastronomia rica, que tem como carro chefe pratos a base de frutos do mar


Praรงa central da comunidades


HISTÓRIA

Por, volta de 1912, em pajuçara havia cerca de três a quatro casas feitas de barro. Um dos seus primeiros moradores foi Joaquim Inês do nascimento. Um homem de grande importância para a comunidade, pois ele doou o terreno que hoje a escola da comunidade que levou o seu nome.  Segundo depoimento de alguns moradores antigos, único meio de transporte existente naquela época era o cavalo ou a canoa, na qual nem todas as pessoas possuíam, e teriam que se locomover ape para lugar desejado. 


A estrada era de terra, não havia água encanada nem energia, a luz era através de velas e lamparinas. Dentre as famílias, mas antigas da comunidade desta cavam as família domingos, Cavalcante, nascimento, nicacio e entre outras. Uma característica marcante das famílias de pajuçara e o grau de parentesco existente entre elas, fato este justificado pelos casamentos realizado entre os descendentes das mesmas, e com isso pajuçara foi desenvolvendo, sua populaçao se multiplicando e se tornou um lugar com uma media de 800 habitantes.


ARTESANATO

Dona Walmira artesã da comunidade recicla materias que normalmente seriam destianados ao lixão, levando algumas centenas de anos para se decompor, provocando a poluição e degradação do solo e do ecossitema de mangue.


O ECOSSISTEMA


O MANGUE

Berço de espécies marinhas sofre com o impacto de práticas econômicas a da poluição. As populações que tradicionalmente sobrevivem dos recursos do mangue para seu sustento, tem encontrado grandes dificuldades em função da degradação ambiental.


Comidas tĂ­picas


ATIVIDADES ECONÔMICAS

Gastronomia (restaurantes e bares);  Carcinicultura  pesca


Restaurantes e bares

O camarão o ponto forte da culinária local, é produzido nos viveiros de camarão localizados da comunidade, sendo atualmente uma atividade de grande importância para a economia local. O local dispõe de bares e restaurantes onde o camarão é iguaria mais requisitada. Visitando a comunidade de Pajuçara você vai se deliciar com o autêntico camarão ao alho e óleo. Os pratos são servidos em porções para petiscos com acompanhamento de tapioca ou macaxeira e salada.


O Sabor e a Tradição de Pajuçara Localizada na área rural de São Gonçalo do Amarante, a comunidade de Pajuçara, representa a referência gastronômica local e da Grande Natal. O lugarejo em que a população não chega a mil habitantes mostra o poder da tradição com um variado cardápio na arte do camarão.


RESTAURANTES


Carcinicultura (viveiros de camar천es)


Pesca (peixes, siri, sururu, ostra)


ESPORTE E LAZER GRANJA Sテグ RAIMUNDO - PISCINAS - CAMPOS DE FUTEBOL


CURIOSIDADE A LENDA DA ORIGEM DO NOME Origem do nome Pajuรงara segundo alguns moradores deu-se devido a uma fruta que tinha o nome de Pajuรงara.


ROTEIRO PARA UMA VISITA Tempo de Percursso: 04:00 hr. Data prevista para city tour: 24/07/09

PERCURSSO 1ª parada: em frente a capela (monumento histórico) 2º parada: visita a casa da artesã Dona Walmira 3ª parada: caminhada até maré 4ª parada: refeição no Bar da Rosa


ANDREA JOCILEIDE TAMLA JUDILESSE ANDERSON RAFAELA ADRIANA

GRUPO DA COMUNIDADE DE PAJUÇARA


City tour