Page 29

Os Surdos e a Educação no Ensino Superior: Estratégias de Ensino-Aprendizagem

No contexto de ensino-aprendizagem no Ensino Superior estes constrangimentos podem agudizar-se colocando professor e alunos em posições desconfortáveis quer devido à impossibilidade de comunicação, quer devido a um alheamento do professor que desconhece como agir perante um cidadão adulto que parece não o compreender. É frequente o professor que tem discentes surdos na turma questionar-se sobre metodologias de exposição e avaliação que possibilitem um acesso justo a todos os alunos da disciplina. É também comum defender-se um modelo de educação inclusiva em que todos se sintam participantes contribuindo com a sua diferença para aprendizagens mais profícuas. Contudo, muitas vezes é complicado auferir que didactização dos conhecimentos a transmitir cumpriria os objectivos a atingir na unidade curricular, adequando-se a diversos ritmos de aprendizagem de distintos alunos. Se esta questão pode surgir em qualquer contexto de prática docente, afigura-se bastante pertinente na situação de alunos diferenciados por condições físicas que podem interferir no sucesso educativo. Podemos sistematizar os problemas que se colocam face a esta situação específica de ensino-aprendizagem da seguinte forma: Problemas

Expectativas

Metodologia de exposição da matéria Compreensão plena dos conteúdos por face à diversidade linguística e cultural todos os alunos (educação inclusiva). (problemas de posicionamento face ao surdo; dificuldades de interpretação do espaço comunicativo). Adaptar a transmissão e reflexão Problematização reflectida de conceitos de conteúdos a diversos ritmos de apreendidos (educação inclusiva; aprendizagem. processo reflexivo). Avaliação de desempenho eficaz tendo em conta os critérios específicos da disciplina e dos alunos.

Sucesso escolar.

Assim, este breve artigo assume-se como um pequeno contributo baseado em experiências de docência na área de Língua Portuguesa à Licenciatura em Língua Gestual Portuguesa, ministrada na Escola Superior de Educação de Coimbra, mais concretamente nas disciplinas de Introdução à Linguística Geral e Portuguesa e

28

OPDES04  

Revista OPDES

Advertisement