Issuu on Google+


13 de Julho não Pode ser Esquecido Por décadas, o rock foi símbolo de inconformismo, trilha sonora de gerações que resolveram, por meio de melodias duras e rasgadas, questionar poderes estabelecidos;

P

ara muitos, o dia 13 de Julho pode passar batido, mas não para apreciadores de rock. Certamente, todo roqueiro que se preze se lembrará do famoso e humanitário Festival Live Aid, megaconcer to realizado em 1985 e organizado por Bob Geldof e Midge Ure com objetivo de arrecadar fundos em prol dos famintos da Etiópia. Mais de cem mil pessoas par ticiparam do evento, que aconteceu simultaneamente em Londres e na Filadélfia, transmitido

em larga escala para todo o mundo via satélite. Estima-se que 1,5 bilhão de espectadores, em mais de cem países, tenha assistido à apresentação ao vivo. E foi por causa dessa ação conjunta de roqueiros que 13 de Julho foi oficializado como o Dia Mundial do Rock. Mas não foi o festival que popularizou o rock e, sim, toda a conjuntura política e econômica de uma época em que a sociedade de consumo vivia a neurose da Guerra Fria, a TV passava a ditar o estilo

Jornal Nosso Bairro de Caieiras CNPJ: 02.103.329/0001-03 Jornalista responsável: Prof. Marcelo V. Bruggemann Mtb/SP 52.882 Prof. Quitéria A. R. Bruggemann Mtb/SP 52.888 Diagramação e Projeto gráfico: Claudio Miranda / Everaldo N. Conceição Representante Comercial: João Pereira / Everaldo S. Ramos Colaborador: Dr. Márcio Pampuri Monique Villas Boas Fernando Cesar Wanderley Gelson Farias Isaura Neves Revisor de Redação: Serg Smigg Arte: Renildo Calheiros / Vanderlei dos Santos Silva Circulação: Caieiras, Franco da Rocha, Fco. Morato, Cajamar, Mairiporã, Perus, Pirituba e Lapa. - Os artigos assinados são única e exclusivamente de responsabilidade de seus autores Distribuição gratuita Fone: 4605 6401 // 7404 0640 // 9758 1456 e-mail: jornal@nbcaieiras.com.br www.nbcaieiras.com.br Rua João Rosolen, nº 125, Vila Rosina, Caieiras - SP A reprodução total ou parcial das matérias, anúncios e fotos publicadas sem prévia autorização é expressamente proíbida

de vida e a juventude roqueira, desprovida de ar mas, mostrava seus ideais, com guitar ras e canções, em busca de uma sociedade mais justa. Por décadas, o rock foi símbolo de inconfor mismo, trilha sonora de gerações que resolveram, por meio de melodias duras e rasgadas, questionar poderes estabelecidos; gerações formadas pelos livros encontraram no rock um caminho para protestar contra um sistema selvagem, baseado no “lucro a

qualquer custo”. A atitude roqueira trouxe inúmeros adeptos, cada qual com seu próprio estilo e originalidade em relação à maneira de se expressar. Cabelos espetados com gel ou compridos, costeletas, barbas, roupas rasgadas, botas de couro, sandálias, jaquetas e calça de couro, blusa de flanela, ber mudão, sobretudo, brincos. São incontáveis os inventos somente para mostrar a atitude roqueira. Durante a trajetória do

rock’n’roll, inúmeros ar tistas fizeram história. The Beatles, Elvis Presley, The Animals, Bob Dylan, Led Zeppelin, The Doors, Budy Holly, Sex Pistols, The Who, The Beach Boys, Jimmy Hendrix, Kiss, Iron Maiden e tantos outros fizeram transparecer suas rebeldias e deram voz aos anseios do público jovem, transpor tando emoções e conflitos internos para as plateias. Hoje, o Rock já ultrapassa meio século de existência, fazendo par te da cultura

globalizada e da vida de jovens e tiozinhos pelo mundo todo, influenciando a tudo e a todos no segmento sonoro e trazendo conceitos e tendências que podem ser vistos nas roupas de cada época. Apesar da modernização, a história mostra que continua a atitude, simbolizando o rock’n’roll: liberdade de expressão!


Estação da São Paulo Railway Company em Caieiras Passa a Ser Patrimônio Histórico Por onde se rasgaram os trilhos ferroviários, se formaram novos povoamentos, edificações foram levantadas, palacetes foram construídos, praças receberam jardins públicos, veio iluminação a gás, instalaram-se telégrafos, serviços telefônicos, hospitais, escolas... um novo aparelhamento público era construído. Nesse cenário, vigorosas atividades manufatureiras e comerciais se desabrocharam, as notícias passaram a circular com muito mais rapidez e a tristonha e acanhada região paulista rapidamente começou a sentir profundas mudanças com os novos povoados urbanos que nasciam em torno das estações.

A

estação de Caieiras, que data da segunda metade do século XIX, foi tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Ar tístico e Turístico do Estado de São Paulo - Condephaat. A partir de então, o prédio da estação, construída pelos ingleses em 1880, não poderá ser demolido, danificado ou modificado. A Estação Fer roviária de Caieiras é marco histórico de um período em que os trilhos das estradas de ferro eram, em si, símbolo de conquistas de homens capitalizados. Estes buscavam ampliar seus lucros barateando e acelerando o escoamento da produção cafeeira que partia do oeste paulista e caía nos trilhos da São Paulo Railway Company, rumo ao litoral. Durante todo o século XIX, o café paulista foi o motor da

economia brasileira. Com os valiosos grãos produzidos no interior do Estado, foram necessários os trilhos ferroviários, dando início à grande revolução econômica do Brasil. A empresa inglesa, São Paulo Railway Company, atuava em conjunto com o gover no imperial brasileiro na busca pelo desenvolvimento econômico do Brasil, pois, diante da dificuldade de transportar riquezas produzidas, vencer a Serra do Mar e atingir o litoral paulista, a estrada de ferro funcionava como funil por onde toda a produção do estado paulista era escoada (veja no mapa). Por onde se rasgaram os trilhos ferroviários, se formaram novos povoamentos, edificações foram levantadas, palacetes foram construídos, praças receberam jardins públicos, veio iluminação a gás,

instalaram-se telégrafos, serviços telefônicos, hospitais, escolas... um novo aparelhamento público era construído. Nesse cenário, vigorosas atividades manufatureiras e comerciais se desabrocharam, as notícias passaram a circular com muito mais rapidez e a tristonha e acanhada região paulista rapidamente começou a sentir

profundas mudanças com os novos povoados urbanos que nasciam em tor no das estações. Hoje, cerca de sete milhões de pessoas circulam diariamente pela intrincada teia ferroviária em toda Região Metropolitana de São Paulo. O gover no estadual vem investindo alto na modernização promovida pelo Plano de Expansão do

Transporte Metropolitano; por sua vez, a CPTM conduz o compromisso de zelar pelo patrimônio histórico, mantendo a estação em funcionamento, mas garantindo conser vação da memória e do patrimônio histórico tão bem guardados e registrados por consagrados estudiosos da área. Assim, Caieiras acompanha o desen-

volvimento, planeja uma nova cidade por meio da Agenda 21, firma parcerias e a cidade começa a colher bons frutos graças a mudanças impostas por um governo com responsabilidade social. O doutor Roberto Hamamoto ficou satisfeito com a notícia, já que a estação, de fato, fez parte da história do desenvolvimento de São Paulo.


Vereador Paulão Intermedeia Solicitação de Pais e Prefeitura

S

eguindo seu padrão de postura diante das necessidades mais prementes da sociedade caieirense, o vereador Paulão se reuniu com o prefeito Hamamoto para discutir solicitação dos pais de alunos da Apae em relação a transpor te para os filhos destes. A reunião aconteceu no gabinete do chefe do Executivo, na qual estiveram os interessados diretos – os pais – quando Paulão entregou a

solicitação de compra de dois veículos adaptados. Após ouvir a explanação do vereador e dos pais, o prefeito imediatamente encaminhou o pedido ao departamento de Compras. Brevemente, alunos da instituição terão à disposição uma Van e uma Dobrò adaptadas para deslocamento de portadores de necessidades especiais até o centro de reabilitação. A aquisição será efetuada com verbas da Secretaria da Educação.

Prefeitura de Caieiras Contra a Dengue

P

or determinação do prefeito doutor Roberto Hamamoto, a equipe de agentes de prevenção contra a Dengue, ampliada recentemente, mantém amplo trabalho de prevenção, como o casa a casa, que vistoria e orienta a comunidade sobre medidas no combate à Dengue. O município conta atualmente com dezoito agentes em todos os bairros, cujo objetivo é

intensificar orientações e formas de prevenção. Com isso, buscase que o combate à doença na cidade seja tão bem-sucedido quanto em 2009, quando nenhum caso de Dengue foi detectado e 54 mil visitas foram realizadas. Segundo o prefeito, é impor tante que a população fique atenta a possíveis focos do mosquito transmissor da doença, já que recente

levantamento do jornal Folha de São Paulo nas secretarias da Saúde do país apontou 830 mil notificações de dengue. O número bateu o recorde de 2008, que apresentou 806 mil. Segundo repor tagem de Márcio Pinho publicada nesta quar ta-feira (07) naquele jornal, o Ministério da Saúde divulgou que 321 pessoas morreram em razão da doença. Segundo instruções do diretor de Saúde Preventiva doutor José

Eduardo de Oliveira Souza, e também divulgadas na mídia, os pontos onde a água limpa é acumulada se ampliam com o período de chuvas, o que à procriação do mosquito que carrega o vírus da Dengue. Mais informações e esclarecimentos de dúvidas podem se conseguidos pelo telefone (11) 4442-2933, no departamento de Vigilância Epidemiológica.


Grêmio XIV de Dezembro: campeão de Bocha equipe Nova Caieiras se saiu vice-campeã. Estiveram presentes no ato da premiação os respectivos diretores dos clubes, o secretário

de Espor tes da Prefeitura Professor Zeca, os diretores de esportes Nestor e Daniel e os vereadores Dr. Ideir Hamamoto e Adriano Sopó.

Atletas de Montanha de Caieiras se Destacam Representada pelos atletas Ulisses Serafim e Carlos Alexandre, Caieiras conquista dois lugares entre os dez primeiros colocados no campeonato

A O

II Campeonato de Bocha 2010, realizado pelos clubes SERC, Grêmio XIV de Dezembro e Associação Nova Caieiras com apoio da Secretaria de Espor tes, contou com

participação de seis equipes do município. Foram dois meses de competição nas sedes dos três clubes. A final aconteceu na última semana, cujo vencedor foi o Grêmio XIV de Dezembro A. A

Velódromo Municipal Por Fernando Cesar Wanderley

O

velódromo - pista de ciclismo de nossa cidade , foi inaugurado há mais de sete anos e, desde então, entregue à Federação Paulista de Ciclismo para gerenciamento. Entretanto, durante esse tempo todo, a entidade nada fez de concreto, ficando somente nas promessas. A Justiça por sua vez, decretou o rompimento do contrato da Federação para com o Velódromo Municipal, ficando assim a Prefeitura Municipal livre para colocá-lo em funcionamento, já que tal era promessa do atual prefeito. Quanto a nós, esportistas da cidade, estaremos colaborando e torcendo para que, enfim, o Velódromo Municipal funcione. Queremos agrade-

cer ao secretário de esportes, Prof. Zeca, e ao vereador Álvaro Berti, que batalharam muito para que o velódromo deixasse de ser mais um elefante branco da cidade. Falando em espor tistas e atletas, a escolinha de atletismo, sob comando do prof. Ulisses Serafim, tem feito bonito nas provas em que participa. Quando começou a funcionar, a escolinha contava com meia dúzia de atletas; hoje são mais de trinta atletas que treinam em média cinco vezes por semana na pista de atletismo. Com apoio da Secretaria Municipal de Espor tes, par ticiparam do Campeonato Brasileiro de Corridas de Montanhas em Santo Antonio do Pinhal.

Copa Funakoshi de Kata

O

campeonato, que aconteceu na última semana em Guarulhos, se compôs por atletas de oito cidades do Estado de São Paulo. Caieiras foi representada por onze par ticipantes, que conquistaram seis medalhas: três de prata com Leonardo, Poliana e Felipe; duas de bronze com Giovani e Valdinei; uma de ouro, com Valéria. O fato levou a cidade à maior pontuação da competição. Segundo o sensei Edimar

Domingos Couto (3º. DAN), que é filiado à Federação de Karatê do Estado de São Paulo e à Confederação Brasileira de Karatê, o trabalho é desenvolvido há dois anos no ginásio de esportes da Vila São João, em Caieiras, com 25 alunos do bairro. As matrículas estão abertas e podem ser registradas no próprio ginásio às terças e quintas-feiras, das 18h00 às 20h00, e aos sábados, das 12h00 às 14h00 nos dias e horários em que acontecem as aulas.

segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Corridas de Montanha, válido como seletiva para o Campeonato Sul-Americano de Corridas de Montanha, teve participação dos dois atletas de Caieiras. Realizado no último domingo em Santo Antonio do Pinhal, o evento atraiu cerca de duzentos atletas inscritos. O circuito, segundo os caieirenses, foi no mínimo fantástico, com muita subida 1100 metros de desnível. “É um dos circuitos mais seletivos do campeonato”, disse Ulisses. O grande vencedor da prova foi Naval de Freitas, campeão nos dois últimos anos, que representará o Brasil em mais um campeonato internacional, na cidade de Mendoza Argentina. O grande destaque da prova foi

o atleta da cidade de Caieiras que, em sua primeira par ticipação no evento, conquistou o honroso 4º lugar, à frente do bi-campeão brasileiro José Virgínio. O professor Ulisses Serafim, que também representa a equipe da cidade, ficou com a 10ª colocação, apenas um nível abaixo de Virgínio, assumindo a liderança na categoria de 20 a 29 anos. A manutenção da equipe de Caieiras de atletismo é realização da Secretaria Municipal de Espor tes, com apoio da Prefeitura de Caieiras.


A Hora e a Vez do Sítio Aparecida e Jardim Vitória

No final de janeiro de 2010, o vereador Paulão juntamente com o Dr. Roberto Hamamoto e Pe. Vicente discutem uma saída para o problema da rua Kátia

C

aieiras vem aos poucos se recuperando das for tes chuvas que castigaram o município desde o final de 2009 e nos primeiros meses de 2010. Um dos bairros mais atingidos foi o Sítio Aparecida, em que se formou grande cratera no final da rua Kátia, ameaçando engolir as casas próximas. Em janeiro, o prefeito doutor Rober to Hamamoto, o vereador Paulão

O vicê-prefeito Gersinho Romero e Vereador Paulão vistoriando as obras de recuperação do Sítio Aparecida

e o padre Vicente, juntamente com a equipe do Jornal Nosso Bairro, estiveram no local e constataram que, naquele momento, diante da magnitude do problema, nada poderia ser feito. Com o cessamento das chuvas, o trabalho de recuperação da enorme cratera foi iniciado e se encontra em andamento. Contudo, novo problema surgiu: o asfalto das ruas do bairro,

Obras de recuperação no Jardim Vitória

construído no mandato do exprefeito Névio Dár tora semelhante a tantas obras mal feitas em sua gestão, é de péssima qualidade - a camada fina mal suportou os caminhões que levavam terra para a cratera, o que faz parar as obras. Com esse novo problema em vista, o bairro começou a receber o ser viço de recapeamento asfáltico, uma espécie de tapa-buracos, em 150 metros de extensão. De acordo com o prefeito, que esteve na rua nesta semana, “assim que os reparos nessa via forem concluídos, outros duzentos metros da r ua Marlene serão recuperados”. A obra é reivindicação do vereador Paulo Roberto Ózio, o Paulão. As chuvas do início do ano também castigaram bastante

Foto: Arquivo Jornal Nosso Bairro No final de Janeiro de 2010, Roberto Hamamoto ficou impressionado com o tamanho da cratera que se formou com as fortes chuvas e que ameaçava diretamente as moradias

Obra de recapeamento da rua Kátia

o bairro do Jardim Vitória, causando deterioração do asfalto e queda de muro de arrimo. A Secretaria de Obras já

deu início à recuperação, estando cerca de 50% já concluídos. “Essa obra é de suma importância para o bairro

porque, além de melhorar o aspecto local, deve oferecer segurança de todos”, disse o vice-prefeito Gerson Romero.

Obras, Reformas e Manutenção dos Prédios da Educação e Saúde

P

or determinação do prefeito doutor Rober to Hamamoto, algumas escolas, o prédio da Secretaria da Educação e uma unidade de Saúde receberão serviços de reparo que garantem preservação e bom atendimento a alunos, funcionários e demais caieirenses que utilizam aquelas estruturas. A intervenção visa atender necesasidades da população, que reivindicou as reformas ao chefe do executivo municipal.

Secretaria da Educação – O prédio está passando por reformas. Entre os serviços previstos, estão pintura geral da unidade (interna e externa), manutenção e reparos na rede elétrica (revisão parcial; troca de tomadas, interruptores e luminárias), substituição do portão de entrada, revisão das instalações hidráulicas, reparo na cobertura (madeiramento, telhas e rufos), construção de abrigo para lixo, reposição de vidros quebrados e reparo dos pisos.

Ememi Irmã Elza Gomes – Para atender com conforto as crianças do Portal das Laranjeiras, a escola também receberá serviços de manutenção. A estrutura terá nova pintura nas

partes interna e externa, troca de piso do pátio, manutenção elétrica, cobertura da área de acesso dos alunos, colocação de grades em todo o entorno da unidade escolar e plantio de grama.

Posto de Saúde no Jardim dos Eucaliptos – A unidade de Saúde da avenida Armando Sestine passará por revisão na parte hidráulica, elétrica e de cobertura, além da substituição de piso, adequação da área da recepção, dos consultórios, instalação de grades nas janelas, substituição do muro por gradil e pintura interna e externa de todo o prédio. Ememi Alcides Agustinelli – Crianças de meses a seis anos de idade do Vera Tereza em breve serão atendidas por escola

praticamente reformada. Esta passará por manutenção e reparos na rede elétrica (revisão parcial, troca de luminárias, reatores e fiação), reparos na cobertura (telhas, rufos, calhas e madeiramento), substituição de tela de proteção e grade, reposição de vidros quebrados, troca de azulejo e substituição de aparelhos sanitários e revisão das instalações hidráulicas. Para garantir total acessibilidade de alunos com necessidades especiais, o piso será nivelado. Além disso, as crianças também contarão com playground.


Vila Rosina e Calcárea S P

Grupo de Capoeira faz belíssima apresentação na Calcárea

Como sempre a Fanfarra de Caieiras fez uma excelente apresentação

or oito longos anos, a Cultura de Caieiras per maneceu estagnada. Quem quisesse saborear ou sentir um pouco da cultura oferecida pela Secretaria da Ação Cultural, tinha de se deslocar até o centro da cidade porque a cultura em Caieiras parecia ter apenas esse destino. Mas esse tempo mudou. Com a nova administração, a Secretaria da Ação Cultural vem revolucionando a forma de fazer cultura na cidade. Desta vez, programou uma série de atividades culturais em quatro pontos da cidade durante o mês de julho, período de férias escolares. No sábado, 03, o Bairro Multicultural foi realizado na Calcárea na rua Adamo

Zambelle, onde centenas de moradores diver tiram-se com as atrações oferecidas, como apresentação de dança com gr upos de axé, performance com grupos de street dance e capoeira, além de samba suave com Lenna Reis, ser tanejo de raiz e ainda a apresentação da Fanfarra de Caieiras. No sábado, 10, os eventos

culturais foram ao bairro de Vila Rosina, na rua Francisco Caro Dias, onde apresentação de dança, performances e atrações musicais com Luz da Inspiração (pagode) e Cristiano Car v alho & R af ael (ser tanejo de raiz) fizeram a alegria dos espectadores. A secretária da Ação Cultural doutora Tânia Shibata afirma que o principal objetivo desses eventos é garantir

Prof. José Roberto ao lado da líder comunitária Patrícia e da Secretária da Cultura Dra. Tânia Shibata

Alunos da EMEF Nahyr Mendes Wisnesky encantaram a todos


ão Bairros Multiculturais acesso a atividades de lazer e cultura aos jovens e crianças da cidade nos próprios bairros em que

vivem. E lembra: “No dia 17 de julho, as atividades serão realizadas lá em cima no Cristo Redentor, no Jardim

Marcelino, e no dia 24 de julho, o Bairro Multicultural estará em Laranjeiras, na Avenida Laranjeiras”.

Crianças se divertem em Vila Rosina

Escola de Samba se apresenta em Vila Rosina


V

ocê conhece todas as pessoas que participam da formação seu filho? Eu imagino que sua resposta foi segura e imediata. “Claro que sim!”. Agora pense um pouquinho mais e me responda: Quantas horas seu filho assiste televisão por dia? Hum! Agora a resposta já não é tão automática, não é mesmo!? Segundo dados do IBOPE as crianças brasileiras passam, em média, cinco horas em frente à TV. Se formos comparar, seu filho passa mais tempo assistindo televisão do que sendo educado na escola que você foi tão cuidadoso e criterioso em escolher para fazer parte da vida dele. Talvez você nunca tenha considerado esse eletrodoméstico, tão comum na vida familiar brasileira, com uma impor tância tão grande na formação dos seus filhos. Mas a realidade é que a TV não apenas desempenha um papel crucial na formação da personalidade do seu filho, como também tem seus próprios interesses nisso. Até os cinco anos de idade uma criança não diferencia um programa televisivo de uma propraganda. Então basicamente o que acontece é que seus pequenos cérebros processam tudo ao que são expostas como uma grande brincadeira lúdica de como eles devem agir como seres humanos. Do mesmo jeito que seu filho está aprendendo a como se compor tar em sociedade ao obser var os adultos a sua volta, ele está aprendendo a ser um excelente consumidor através das infindáveis propagandas comerciais que pipocam entre um desenho e outro. Afinal, nós sabemos que as emissoras de televisão não estão exatamente no ramo da educação. O negócio delas é muito mais vender espaço de anúncio. Mas o que é que nossas crianças estão aprendendo durante tanto tempo em frente à TV? É interessante para uma sociedade consumista a formação de mais e mais cidadãos consumistas. Valores

como a solidariedade, dignidade, ética, são muitas vezes repudiados nessa busca. Existe uma mensagem constante de exaltação à ostentação, ao desperdício e ao individualismo como forma de vida. A vaidade e o hedonismo são estimulados de forma glamurosa inclusive. Fica muito difícil crescer e se tornar um adulto feliz se passamos a nossa infância inteira ouvindo que nossa felicidade está vinculada ao carro que possuímos, à roupa que vestimos, ao tênis que usamos. Além de incitar necessidades de consumo que podem prejudicar seus desenvolvimentos sociais e profissionais. Suas cabecinhas começam a acreditar em um mundo invertido, irreal, que não corresponde a sua verdadeira condição de ser humano. Fazendo um cálculo por baixo, uma criança que assiste a essa média de horas diárias de televisão, acaba sendo exposta a cerca de 40 mil propagandas em um ano. São 40 mil propagandas por ano ensinando aos seus filhos o que eles devem comer no café da manhã, o que pedir para o Papai Noel, que roupa usar na festa do amiguinho. Será que você é mesmo a pessoa que escolhe o que é melhor para o seu filho? A infância é o momento mais mágico e precioso da vida. É na infância que podemos educar de forma amorosa e ordenada e assim criar uma base de valores pela qual caminharemos até a velhice. Por isso é tão importante saber exatamente QUEM faz parte da formação dessa base. É ela quem vai definir o adulto que seu filho se tornará. A faixa etária que vai até os quatro anos de idade é o que chamamos de “Primeira Infância”. A Primeira Infância é marcada pela fragilidade das estruturas de personalidade da criança. É, na verdade, quando a personalidade está em formação. Pode-se instalar um consumismo desenfreado através de uma exposição a informações não desejadas, mas também pode-se subverter esta

ordem e resgatar valores que nos fazem mais humanos e melhores. Você deve estar se perguntando agora, “Meu Deus! O que eu faço?”. A boa notícia é que, com alguns cuidados muito simples, você pode inverter esse jogo e ser o grande responsável na formação do seu filho. Aqui vão algumas dicas: Em ambientes com a presença de crianças menores de quatro anos, mantenha os aparelhos de TV desligados. Cuidado com os programas que assistir. A atenção periférica da criança pequena é bastante apurada. Elas absorvem tudo que acontece ao seu redor, mesmo quando brincam num canto da sala. Cuidado com as novelas. O palavreado e as futilidades apresentadas são facilmente apreendidos pelos olhos e

ouvidos das crianças. As tragédias, violências apresentadas trazem angústias, medo e insegurança para as crianças. Procure recorrer a DVDs no lugar da TV. Desenhos são lúdicos e, vistos moderadamente, estimulam a fantasia e a criatividade da criança. É recomendável que somente após os quatro anos a criança tenha contato com os programas televisíveis e mesmo assim, não mais de 45 minutos diários, e sempre com a presença de um adulto para orientá-la diante do caráter persuasivo dos comerciais e atuar diante de programas que tragam falsos valores ou que podem distorcer a realidade. Nos países desenvolvidos existem restrições quanto à apresentação de comerciais

em meio às atrações infantis. Essa é uma medida que busca proteger a infância. Enquanto nosso país ainda não conta com uma legislação competente no que tange ao bem estar da criança, cabe a você proteger seu filho. Ajudá-lo a lidar com o medo, a hostilidade, a inveja e o consumo; e assim desenvolver autoconfiança, a coragem, o senso de verdade e justiça, o amor e o respeito pelo outro. Tente reduzir os compromissos sociais e profissionais, e passe mais tempo de qualidade com seus filhos. Você já se perguntou se o seu filho passa mais tempo com a televisão do que contigo? Quando as crianças são peLuvercy Durval é professora de filosofia no seminário Imaculada Conceição e diretora do colégio Senemby

quenas, cabe aos pais e aos professores a educação dos olhos e a educação do olhar. É através dos olhos que as crianças tomam contato com a beleza e o fascínio do mundo. É preciso cuidar não só da saúde física e intelectual, mas, principalmente da saúde ética, emocional e espiritual das futuras gerações. Como disse Rubens Alves: “Os olhos têm de ser educados, para que nossa alegria aumente”. A infância é sagrada! Sempre.


Prefeito Roberto Hamamoto Recebe Associação de Moradores da Região Central de Caieiras A

diretoria executiva e o conselho fiscal da Associação de Moradores da Região Central de Caieiras, ou AMRCC, como já é mais conhecida, esteve representando seus associados perante o chefe do executivo, o prefeito doutor Roberto Hamamoto, em 06/07. O encontro das lideranças ocorreu nas dependências do gabinete e terminou por volta das 22h00. Com muita vontade de buscar soluções para os bairros de seu raio de atuação - Jardim Santo Antônio, Jardim São Francisco, Cresciúma e Centro -, o presidente da

entidade Gelson Faria foi convidado a a brir a r eunião. Iniciou agradecendo pela opor tunidade, concedida à AMRCC pelo excelentíssimo senhor prefeito. Segundo Faria, o prefeito “não tem medido esforços para prover de democracia o nosso Município”. Todos os diretores e membros do Conselho Fiscal pontuaram sobre os assuntos que ampliarão opor tunidades para a comunidade como um todo e puderam ouvir do prefeito breve explanação sobre metas a serem atingidas por sua

administração, e de que forma as reivindicações então mencionadas poderão ser catalogadas nos prazos que foram ali delineados. Ao final, o prefeito agradeceu e, segundo consta, foi extremamente receptivo com tudo o que ouviu.


Festa Julina na Escola Florestan Fernandes

Sebrae Caieiras Ministra Palestras e Oficinas Gratuitas informalidade, pretendem se tornar empresárias e queiram saber sobre benefícios. O Posto do Sebrae de Caieiras mantém inscrições aber tas para palestras e oficinas gratuitas em julho. Pessoas com espírito de iniciativa e empreendedorismo, vocação para prosperidade e postura opor tunista cer tamente acorrerão ao evento cientes de que é oportunidade imperdível. Oficina Empreendedorismo (15/07, das 08h30 às 17h30) – Identificação e exercício dos principais comportamentos empreendedores; elaboração de metas e plano de ação. Palestra Microempresário Individual - MEI (19/07, das 15h às 17h30) – Dirigida a pessoas que trabalham na

Oficina Planeje Sua Empresa (22/07, das 14h00 às 17h00) – Evento para empreendedores que desejam abrir um empreendimento: oportunidades, estratégias e metas.

A

s meses de junho e julho tradicionalmente são muito festivos em todas as escolas. Músicas, bandeirinhas, ensaios para apresentações de danças

são alguns dos preparativos para o grande dia. Assim também aconteceu na Escola Estadual Florestan Fernandes, em Perus, que

realizou sua festa no primeiro sábado de julho. A atração principal foram crianças do Ciclo I, que deram um espetáculo no show de danças.

Sérgio Rodrigues de Souza, o diretor, parabenizou a toda a equipe gestora, professores, funcionários e fez questão de agradecer pela participação da comunidade.

Oficina Habilidades (29/ 07, das 09h00 às 12h00) – Identificação de habilidades para gerenciamento de negócios e dicas de gestão. As palestras serão realizadas na Faculdade Metropolitana de Caieiras (Rua México, 100 – Centro) e são gratuitas. Os interessados podem se inscrever pelo telefone 44423256 ou pessoalmente na Av. Professor Carvalho Pinto, 290, Centro, no horário das 08h00 às 17h00.

Curso de Qualificação Profissional em Papel pelo Senai

prefeitura de Caieiras acaba de firmar parceria com o Senai para realização de curso gratuito de auxiliar de fabricação de papel a partir do segundo semestre, com vagas limitadas, na Emef Mário Meneguini - Praça Cláudio Manoel s/n o, Laranjeiras. O cur so terá 160 horas e acontecerá de 30 de agosto a 26 de novembro, de segunda à sexta-feira, das 19h00 às 22h00. Para se inscrever, os interessados devem ter Ensino Médio completo e comparecer entre

O

09h00 e 20h00, de 16 a 27 de agosto, ao Senai Theobaldo De Nigris (Rua Bresser, 2315 – Mooca – São Paulo/SP próximo à estação Bresser do Metrô), no setor de atendimento. Precisará apresentar os seguintes documentos: cópia do Histórico Escolar ou do Certificado de Conclusão do Ensino Médio e originais: RG, CPF, Carteira Profissional e Comprovante de Residência. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (11) 2797-6317 e 2797-6300 ou pelos e-mails celulosepapel114@sp.senai.br e mcherubin@sp.senai.br

Profª Bianca Galdêncio

Alunos da 2ª Série C e F

Exposição Dando Asas à Imaginação - Rua Antonio Michelino, 115 - Vila dos Pinheiros - de 16 a 20 de agosto. O coordenador da unidade, e um dos curadores da exposição, Ruber ney Santana Cordeiro confir ma que o evento mostrará trabalhos artísticos variados, realizados por crianças, equenos e grandes produções ar tísticas em pais e funcionários ar tistas de Caieir as evento na Emeni daquela escola. O objeestarão expondo suas Professor Zilton Bicudo tivo, segundo ele, é ex-

plorar habilidades ar tísticas de cada um, levando crianças e adultos ao mundo da imaginação. O evento tem entrada gratuita. Nos dias 16, 17 e 20, a exposição estará aber ta das 07h00 às 18h00; já nos dias 18 e 19, os visitantes terão uma hora a mais para prestigiar as obras. Vale à pena conferir.

Com Alegria e Muitos Amigos, D. Orleide Comemora 59 anos

Parabéns

P

Manoel Bruno

A

Vila Gustavo, na Zona Norte, comemorou nesta quarta-feira, 07, o aniversário de uma mulher guerreira que não deixa seus soldados sozinhos. Juntamente com Ger sinho Romero e Luiz Carlos Lemos, mais de 120 amigos de D. Orleide prestigiaram o dia. A aniversariante, junto à Associação Vila Gustavo - fundada em 1982 por ela e sua irmã Márcia, desenvolve um ótimo trabalho voluntário que beneficia mais de quatrocentas famílias.

Q Dona Orleide fez questão de apresentar os amigos candidatos: Gersinho, deputado estadual, e Luiz

Car los Lemos, deputado federal, ressaltando a importância da presença dos amigos em nossas vidas.

uem comemora mais um ano de vida no dia 29 é o lindinho Manoel Bruno. A mãe Cristiana e o pai André desejam toda a felicidade e paz do mundo. “Filho saiba que te amamos demais. Muita saúde e alegria”. A avó Gil que muito ama o netinho felicita-o pela passagem do aniversário.


ÁRIES - 21/03 À 20/04

CÂNCER - 21/06 À 21/07 Mercúrio sai hoje de seu signo, aumentando distração e pressa. Supersensibilidade e inconstância de humor também atrapalham. Notícias boas podem chegar a tarde e a noite. Reflexões sobre a vida, tempo de escolhas difíceis. Amores. .

LIBRA - 23/09 À 22/10

CAPRICÓRNIO - 22/12 À 20/01

Semana vai terminando sob astral entre o cético e o cínico, onde a mesquinhez costuma prosperar. Você é o do contra, aquele que empurra e impele, apaixonado pela vida e por cada causa. Isso sim é que é lição de vida. Mas seja humilde...

Clima astral bom para você investir em cultura, arte e contatos humanos. Tudo bem leve e amigável. Só para sentir o ambiente. Pendências do passado pesam e cobram. Não deixe que isso tire seu bom humor. Não se iluda no amor

Ótimo dia para cuidar da saúde, da vitalidade e da aparência. Mas é bem provável que você tenha de enfrentar os medrosos de plantão. Não carregue demais nas criticas. Provas de afeto e bem querer. Pequenas mudanças no cotidiano são favoráveis.

LEÃO - 22/07 À 22/08

ESCORPIÃO - 23/10 À 21/11

Tudo vai razoável se você evitar um confronto por causa de dinheiro ou valores na hora do almoço. o ideal seria curtir um dia de amenidades, sem se indispor ou se comprometer com chatos ou chatices. Vênus está saindo de seu signo: sorria e ame!

Hipersensibilidade e tendência a esquecimentos, distrações e enganos, especialmente em casa e em relação a assuntos familiares e domésticos. Há um nevoeiro espesso nessa área até a semana que vem. No amor, decepção por que esperou demais.

TOURO - 21/04 À 20/05 Utilitarismo e medo do desconhecido são as forças em ação hoje, impedindo você de pensar grande e fazer bons negócios. Adie assuntos financeiros pois você não está com boa cabeça pra lidar com isso hoje. No amor, não se aferroe ao passado.

GÊMEOS - 21/05 À 20/06

VIRGEM - 23/08 À 22/09

Sua reputação em destaque hoje, portanto cuide para que ela continue firme e for te, livre de ranhuras. Resolva pendências antigas para garantir sua credibilidade. Agressividade ou imprudência podem levar a acidentes ou brigas no meio do dia.

Controle tendência a criticar e a pegar no pé de todo mundo, para evitar choques domésticos ou com mulheres em geral. Capriche no visual, cuide de sua aparência e reputação. Confie mais no futuro e nas boas coisas que pode construir.

AQUÁRIO - 21/01 À 19/02 Contratempos pequenos diminuem sua boa vontade para com a vida. Fuja da busca indistinta de prazeres e sensações. Isso hoje pode aumentar a tendência a se perder por ai em viagens erradas e prejudiciais a você. Se prometer, faça.

PEIXES - 20/02 À 20/03 SAGITÁRIO - 22/11 À 21/12 Você terá de dar satisfações a alguém sobre algo do passado, pode ser uma tarefa, um dever ou um compromisso esquecido. Resolva tudo sem discutir muito, passe para diante sem olhar pra trás. Estes dias serão de limpeza e acabamento.

Você está quase lá, mas hoje tem de resolver detalhes e dar o acabamento ou a finalização a compromissos e deveres do passado. Novas articulações e soluções nascerão daí, mas antes resolva tudo. Deixe espaços e soluções em aber to.

O GAÚCHO - Bah, tche, no Rio Grande do Sul, só tem macho. O mineiro: - Uai, em Minas, tem metade macho, metade fêmea, e vivemos muito bem. MORTE SUBTA O garoto fala com a mãe: - Manhê... - Sim, meu filho. - É verdade que na nossa família os adultos morrem de repente, sem mais nem menos? Hein, mãe? Mãe? ô manhê? Mamãe... GRANDEZA Um paciente foi ao analista queixando-se de mania de grandeza. Conduzido ao divã, o terapeuta inicia o diálogo: - Relaxe e comece bem do princípio... - Bem, doutor, no princípio eu fiz o Céu e a Terra...



NB Caieiras - Edição 91