Page 1


Pelo JNB Online, Caieiras Recebe Mensagem do Japão

Velho Mestre Peçanha Fala que Volta em 2011... Há...Há... Há...

N

este ano, Copa do Mundo e eleições presidenciais dominaram o cenário nacional. No cenário político de Caieiras, a surpresa maior ficou por conta da disputa entre o atual vice-prefeito Gerson Romero e o ex-prefeito por três mandatos Névio Dártora. A derrota do exprefeito foi tão fragorosa que até o próprio Miranda (PT) que declarou nunca ter feito nada por Caieiras -, ficou a poucos votos daquele que era apontado pelo Regional News como o melhor prefeito do Brasil. Este ano foi também o da imprensa. Caieiras nunca teve tanta comunicação impressa como agora, provando que bastava um governo sério tomar posse, sem medo de povo esclarecido e com acesso a todos os tipos de informações, para que isso se tornasse possível. Sendo assim, os Poderes Executivo e Legislativo democratizaram os meios de comunicação, quebrando o monopólio da informação concentrado até então nas mãos do Regional News. Neste contexto, nenhum jornal ou revista está vivendo de dinheiro público. Todos têm que se virar para colocar suas publicações nas mãos dos munícipes, um desafio por si só, gigantesco.

No entanto, justo. Para quem tem fôlego para disputar cada centímetro de espaço numa cidade onde não existe mais monopólio, é maravilhoso. Mas para aqueles que estavam acostumados a ganhar dinheiro fácil com picaretagem jornalística, realmente a situação é desesperadora. Com o crescimento da mídia impressa na cidade, a população naturalmente se torna mais exigente. Por isso, outros elementos são fundamentais para o fortalecimento e crescimento dos jornais; o principal deles é a qualidade, ou seja, textos coerentes, verdadeiros, bem escritos, e imagens bem trabalhadas. A novidade da mídia caieirense para 2011 é a volta – agora sim – do jornal Gazeta Regional, cujo proprietário é o médico e jornalista doutor Stélio Peçanha. A expectativa para esse retorno é grande porque, com o jornal do Velho Mestre, os caieirenses terão em mãos não só mais um jornal de qualidade, mas um jornal cujo editor não tem mágoa no coração por terem lhe tirado o grande e suculento pirulito; tampouco será um jornal de mercenários; ou pior ainda: jornal “de programa” do tipo “pagando bem, que mal tem

publicar qualquer porcaria?”. Outra vantagem no retorno do Gazeta é que Peçanha não é um mero atravessador que depende exclusivamente de textos alheios, pois ele escreve, e bem; é prazeroso ler seus escritos. Trata-se de profissional sensato e esclarecido. Claro que, com 90% do que ele escreve, eu não concordo. Mas isso faz par te da imprensa livre e democrática. A meu ver, o único detalhe que eu acertaria em seu jornal é a diagramação. Um jornal bem escrito tem que ser bem diagramado. Se, ao voltar, o Gazeta acertar esse detalhe, os caieirenses podem ter a certeza de que outro grande jornal estará despontando e fazendo sucesso na cidade. Os demais jornais não devem ver esse fato como ameaça, pois a disputa saudável no mercado é fundamental. Se alguém infortunadamente cair, é simplesmente porque faltou competência para se manter. Só isso!

M

orador antigo de Caieiras e um dos primeiros parceiros do Jornal Nosso Bairro, Marcelo Miranda atuou por muitos anos como empresário no ramo de informática no centro da cidade. Hoje, encontra-se do outro lado do mundo, no Japão; foi em busca de aperfeiçoamento profissional num dos países mais avançados da área da informática. Após a edição especial de aniversário de Caieiras - que fez sucesso também na versão online (www.nbcaieiras.com.br) -, tivemos a honra de receber a mensagem em e-mail do exmorador em que parabeniza a cidade pelos 52 anos. Parabeniza também a equipe do JNB pelo trabalho que vem realizando. “Tenho acompanhado pela internet todas as notícias impressas pelo Jornal Nosso Bairro e vejo como Caieiras vem mudando. Estou muito feliz no

Marcelo Miranda com seus dois filhos no Japão

Japão com minha esposa e meus dois filhos. Aqui, trabalho e estudo muito, mas também tenho muitas saudades da minha cidade querida. “Pelo site do Jornal Nosso Bairro, venho acompanhando periodicamente os acontecimentos da cidade e região. É visível que Caieiras vem se desenvolvendo rapidamente e isso, claro, é mais um estímulo para que eu comece a planejar minha volta. “Quero aqui parabenizar o Jor nal Nosso Bair ro pelo

brilhante trabalho que vem realizando na região e mandar um forte abraço para minha querida família e para todos os amigos que deixei aí, que sempre me ajudaram. E também aproveito para dar os parabéns para minha querida cidade de Caieiras, que recentemente completou 52 anos de emancipação. Creio que muitos passos serão dados daqui pra frente rumo a um futuro muito promissor. Marcelo Miranda Especialista em Informática”

Jornal Nosso Bairro de Caieiras CNPJ: 02.103.329/0001-03 Jornalista responsável: Prof. Marcelo V. Bruggemann Mtb/SP 52.882 Prof. Quitéria A. R. Bruggemann Mtb/SP 52.888 Diagramação e Projeto gráfico: Claudio Miranda Representante Comercial: João Pereira / José Pedro - Tel: 6409-7940 (Fco. Morato) Colaborador: Monique Villas Boas Fernando Cesar Wanderley, Gelson Farias, Isaura Neves Revisor de Redação: Serg Smigg Arte: Renildo Calheiros / Vanderlei dos Santos Silva Circulação: Caieiras, Franco da Rocha, Fco. Morato, Cajamar, Mairiporã, Perus, Pirituba e Lapa. - Os artigos assinados são única e exclusivamente de responsabilidade de seus autores Distribuição gratuita Fone: 4605 6401 // 7404 0640 // 9758 1456 e-mail: jornal@nbcaieiras.com.br www.nbcaieiras.com.br Rua João Rosolen, nº 125, Vila Rosina, Caieiras - SP

A reprodução total ou parcial das matérias, anúncios e fotos publicadas sem prévia autorização é expressamente proíbida


Cursos da Promoção Social São Sucesso em Caieiras

Rosangela Alves - Secretária da Promoção Social, Aluno Erick e Primeira Dama Sara Hamamoto

A

s certeiras iniciativas da Secretaria da Promoção Social, especialmente as referentes a cursos que geram renda e ampliam o fator empregabilidade a par ticipantes, alcançam detalhes importantes na formação de jovens não apenas pelo lado profissional em si; também na busca por caráter de permanência no mercado de maneira forte e efetiva. É por esta razão que as instruções vão muito além das técnicas dos cur sos e chegam às questões da convivência, das estratégias, da ótica filosóficosocial etc. O curso de Orientação para o

Mercado de Trabalho, por exemplo, pretende introduzir conceito de atitudes positivas, pró-atividade e, sobretudo, posturas adequadas na visão dos participantes, de maneira que a probabilidade de inserção no mercado de trabalho se apresente natural em todas as etapas do processo. No curso Etiqueta Social e Profissional – Princípios Básicos para Convivência, o aluno recebe instruções sobre atitudes, postura e comportamento adequados em sociedade, bem como sobre lições de boas maneiras e relacionamento nos ambientes

profissionais e sociais. Garçom e Garçonete – A Arte de Servir é curso de iniciação profissional dos participantes para adquirirem apresentação, postura e habilidade com pessoas, bem como capacitação quanto a tipos de serviços mais comuns, posição de talheres e demais informações que possam favorecer o serviço. O público-alvo são jovens que cumpre carga horária de vinte horas, têm contato com aspectos como cidadania, ética, etiqueta profissional e social, marketing pessoal, relacionamento interpessoal, higiene e apresentação pessoal, serviço de cocktail party e coffee-break, dobradura de guardanapos etc. Os aspirantes a pizzaiolo têm apoio no curso específico para

desenvolverem habilidades no preparo de pizzas variadas, bem como utilização de forno. O público-alvo e a carga horária são iguais aos do curso de garçom e garçonete, com conteúdo programático semelhante. Ao final dos cursos e com objetivo de produzir testes informais, a Secretaria da Promoção Social organizou evento no salão da Paróquia Santo Antonio, em 13 de dezembro, no qual alunos se aparamentaram de profissionais e mostraram o quanto aprenderam, servindo convidados especiais. O sucesso foi tão admirável que um grande restaurante já demonstrou interesse em contratar alguns dos jovens que se destacaram.

Amigos em Ação Leva Alegria à Pastoral da Criança de Vila Rosina

N

o sábado, 18, no Santuário Virgem dos Pobres, em Vila Rosina, a Pastoral da Criança mais uma vez pôde contar com a ação voluntária em que centenas de crianças são apadrinhadas e recebem presentes de Natal. Foi possível notar a alegria nos olhos de muitas crianças ao receberem o saco cheio de presentes: roupa, sapato, doces - é claro -, brinquedos, todos novos, nas embalagens com etiqueta, enviado espe-

cialmente a cada um. Trata-se dos Amigos em Ação, um grande grupo de pessoas do bairro paulistano do Jabaquara que recolhe doações em empresas e leva um pouco de alegria para bair ros mais carentes. O Santuário Virgem dos Pobres e a Pastoral da Criança, na pessoa do padre Vicente, agradecem ao Amigos em Ação pelo nono ano consecutivo presenteando e trazendo alegrias para as crianças.


Vem Q Tem Conquista Título da Taça Perus de Futebol Atletismo Em comemoração ao aniversário da cidade, a Secretaria Municipal de Espor tes or ganizou no último domingo a II Corrida Rústica de Caieiras. Foi muito gratificante ver mais de duzentos atletas percorrendo as principais ruas da cidade. Pedalada Notur na No último dia 10, tivemos a Pedalada Notur na no Parque Estadual do Juquery. No evento, tivemos mais de setenta ciclistas, um número muito bom devido a natureza do passeio. Gostaria de agradecer ao secretário de Espor tes e ao Eliel Romero, que cedeu aparelho de som na largada do passeio. Ani ver sário da Cidade Geralmente, quando

pensamos em aniversário, vem a nossa mente pessoas. Por isso, tenho uma ideia diferente para desejar parabéns pelo aniversário de Caieiras. Leia com atenção e pense bem: “Que o povo desta cidade aprenda a cobrar atitudes das autoridades municipais que trabalham em prol do cidadão; que o povo desta cidade aprenda a não ser enganado por promessas mirabolantes de políticos; que o povo desta cidade pare de achar que o político pode fazer qualquer coisa, inclusive roubar; que o povo desta cidade aprenda que temos direitos, mas também temos deveres. E, principalmente, que o povo desta cidade aprenda que juntos podemos fazer muito, inclusive transformar Caieiras. Parabéns ao povo caieirense!”

A

equipe de futebol Vem Q Tem ganhou a primeira edição da Taça Perus de Futebol, no último domingo, 05. A competição foi organizada pela Supervisão de Esportes da Subprefeitura Perus. O Vem Q Tem derrotou FC Unidos do Largo 13 na final por 3 a 1, com mais de quinhentos torcedores assistindo à partida, que fizeram muita festa na ensolarada manhã de domingo no CDC Perus. Os gols do time campeão foram marcados por Saulo José da Silva, Tiago Batista e Alexandre da Silva Caracini, enquanto Danilo Casemiro Barbosa marcou para o time adversário. O campeão recebeu também um jogo de uniforme, além de belíssimo troféu. O Largo 13, vice-campeão, também foi agraciado com belo troféu. Foram premiados ainda com troféus os seguintes participantes: Atleta Artilheiro – Egon Henrique G. Varjão, que marcou sete gols pela equipe do Guarani Morada do Sol; Melhor Técnico - João Ferreira da Silva, do Juventude Recanto; Goleiro Menos Vazado - Robson Eleutério Alves, do Unidos do Largo 13; Equipe com Menos Gols Sofridos FC Unidos do Largo 13; Equipe Mais Disciplinada: Vem Q Tem. Colaboração: Eduardo Pires


O que é ACDC?

A

Associação Cultural de Caieiras – ACDC é um projeto de amigos interessados em arte e cultura, para difundir as opções entre a população de Caieiras e região. Para tanto, os idealizadores tomaram o cuidado de reunir pessoas que pudessem aplicar oficinas e que possuíssem bagagem técnica e experiência na atividade a que se proponham a ensinar. É de comum acordo entre os associados que a arte pode ser estimuladora na transformação de um sujeito e meio capaz de fornecer forma de vivência econômica e simbólica. Pensamos que a arte transmuta o determinado em indeterminado, a exclusão em inserção. Para a ACDC, Arte e Cultura servem como fomentadoras da harmonização da realidade, materializando e significando os desejos, os quereres e as trocas interpessoais e sociais. Logo, propomos formação de plano de sustentabilidade cultural, valorizando assim os saberes e fazeres de nossos artistas, artesões, escritores e demais talentos. Acreditamos que todos têm o direito de ter acesso fácil à cultura de qualidade independentemente de classe social. O incentivo à cultura é fundamental nessa jornada. E estamos de braços abertos a novas idéias e oportunidades que possam desenvolver tudo isso. Só neste ano, oferecemos oficinas de Maquiagem, Teatro, Edição de Roteiro, Edição de Imagem, Produção Musical e Figurino para teatro. E, no ano que vem, além dessas mesmas oficinas, teremos ainda as de Grafite e de Fotografia. Não podemos depender somente de setores específicos do governo para divulgação da cultura. Por isso, arregaçamos nossas mangas com todas as dificuldades inerentes a nosso projeto e fazemos acontecer. Contamos apenas com parceria de pessoas que fazem sua parte - por assim dizer - paternalmente para nossa continuidade. Nosso maior interesse é levar informação, principalmente a jovens. As oficinas são alicerce para futura escolha profissional ou mesmo meio de recreação numa cidade carente de opções de lazer. Colaboração: Flavia Nunes


Criação da Comarca de Caieiras

Vigilância Sanitária de Caieiras Está em Novo Endereço

O

s procedimentos de vigilância sanitária de um município têm papel importante na questão da saúde da população ao levar ao pé da letra o dito popular “melhor prevenir do que remediar”. Os profissionais da área devem desenvolver estratégias práticas no dia a dia que cor respondam às características gerais da região. Por conta disso, ações feitas em um local podem não ser efetivas em outro e, assim,

P

muitas vezes, as iniciativas têm caráter único. Ao introduzir regras, imaginar normas e conduzir o comportamento coletivo quando se trata de saúde, os técnicos e auxiliares estão, em verdade, distribuindo remédios antes mesmo de a doença surgir. Para que o trabalho transcorra com o mínimo de fundamento, são necessárias algumas condições básicas; dentre elas, espaço adequado é essencial.

Por ter ciência disso, a prefeitura de Caieiras acaba de inaugurar o prédio do Depar tamento de Vigilância Sanitária, que antes atuava em exígua sala na Secretaria da Saúde. As novas instalações ficam na Avenida Pres. Kennedy, 111 – Jd. São Francisco. O nome do prédio é oficialmente homenagem ao conceituado médico doutor Jerônimo Ribeiro, profundamente dedicado à cidade, conforme menção das autoridades presentes, como o diretor do depar tamento doutor José Eduardo.

Hamamoto Recebe Prêmio por Saúde

or conta de investimentos e iniciativas na área da Saúde que superaram a obrigação legal, o prefeito doutor Roberto Hamamoto foi agraciado com a comenda “Medalha Imperador Dom Pedro II – Mérito da Saúde” pelo Instituto Tiradentes. O diretor do Instituto, Ângelo Chequer, confirmou a informação que, por sua vez, atesta a postura assertiva do prefeito e da equipe da Saúde em relação a suas atividades. O prefeito associou os êxitos ao profissionalismo de toda a equipe.

Sociedade Civil e Autoridades promoveram Audiência Pública na Câmara Municipal

P

reocupados em alterar a situação jurídico-administrativa do município, membros da Comissão PróComarca, da sociedade civil, de entidades e autoridades organizaram-se e promoveram a primeira audiência pública em prol da criação da comarca de Caieiras, na Câmara Municipal, no último dia 08. Coube aos membros da Comissão Pró-Comarca denominação admitida pela maioria dos par ticipantes lançar ali propostas e debates sobre a impor tância da instituição desse instrumental jurídico que servirá - quando definitivamente implantado – para separar Caieiras definitivamente de Franco da Rocha, do qual é ainda dependente nos quesitos cartório de imóveis, fór um, car tório eleitoral, dentre outros. Palestrando aos presentes, o delegado titular de Polícia de Caieiras doutor Fábio, seguido pela delegada doutora Virgínia, enfatizou a impor tância da desvinculação em relação à segurança, falando também sobre a agilidade que tal

medida traria ao município, aliviando a cidade de Franco da Rocha das questões de Justiça e forenses. Representando o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis de SP, o delegado do Creci Gelson Faria disse “estar muito orgulhoso por ter iniciado com os demais esse árduo, porém gratificante, trabalho desde seus primeiros passos, em 1997”. Disse também que, como presidente da Associação dos Moradores da Região Central de Caieiras, estará à disposição sempre que necessário para que o movimento atinja seus objetivos. O pastor Alaírton, da Igreja Assembleia de Deus (Ministério do Belém), também se prontificou a coletar assinaturas que darão andamento ao abaixo-assinado, o qual já circula por toda a cidade. Pelo Colégio Senemby, o também membro da Comissão Professor Claudinho reiterou aos demais a admiração por poder par ticipar e ajudar nessa iniciativa. Representando a Assembleia

Legislativa de São Paulo, o assessor do deputado estadual Marcos Martins (PT), doutor Paulo, solidarizou-se com o movimento e encerrou dizendo: “as portas do gabinete do deputado Marcos Mar tins estão abertas; faremos o que estiver ao nosso alcance para fortalecer esse movimento tão nobre. Queremos ser os interlocutores entre os demais deputados e o Tribunal de Justiça de São Paulo para que Caieiras definitivamente se torne comarca”. Para os próximos passos, a Comissão Pró-Comarca agendará audiência com autoridades municipais e estaduais, visando conclusão positiva nessa empreitada, pois, “quando o assunto é registro de escrituras, no car tório de imóveis em geral, simples retirada de título de eleitor ou agilização de ações no Fórum, temos de nos deslocar até Franco da Rocha. Isso tem que acabar”, concluiu o senhor Antônio Muselli.


ÁRIES - 21/03 À 20/04 Astral tenso com cenário astral que acentua altos e baixos de humorconcepções e cer tezas podem ser confrontadas por fatos fora de controle. Mantenha a mente plástica. Seja criativo e incorpore o que puder!

TOURO - 21/04 À 20/05 Planejamento terá de ser alterado esteja pronto para acatar sugestões e ideias de outras pessoas. Combata tendência ao comodismo; pratique esportes que façam bem a sua saúdeum dia ótimo para mostrar seu valor.

GÊMEOS - 21/05 À 20/06 Controle de gastos prévio começa a dar resultados a partir de hoje. Aos poucos, novas estruturas estão sendo construídas. Avalie e acerte detalhes. No amor, anote pedidos com atenção. Reserve tempo para você.

CÂNCER - 21/06 À 21/07 Suscetível e mais cansado, merece mais descanso e menos cobrança. Alguém de Virgem pode auxiliar nisso. Conversas bobas podem machucar; não leve muito em conta a impaciência alheia. Surpresas no amor.

Obra de Ficção, qualquer semelhança é mera coincidência

LEÃO - 22/07 À 22/08 Dúvidas amorosas e financeiras estão no seu horizonte, mas o astral destes dias não favorece decisões pautadas pela plena consciência e equilíbrio. Se puder, avalie, sonde, mas não decida nada agora. Controle seu dinheiro

VIRGEM - 23/08 À 22/09 Viagens encantam e atraem, e você precisa mesmo mudar de ares. Contatos sociais prazerosos e interessantes, boa comunicação e dons ar tísticos que florescem suavemente. Sensações orientam decisões. Amor em alta.

LIBR A - 23/09 À 22/10 Lua e Netuno em contato difícil acentuam hipersensibilidade orgânica, cuidado com excesso de álcool e comida nas festinhas de fim de ano! Também não torre seus tostões em bobagens. A noite, descanse para se recuperar.

ESCORPIÃO - 23/10 À 21/11 Clima astral bom para namorar, conquistar e fazer bonito em qualquer lugar. Capriche no visual, adote métodos originais de abordagem. Alguém novo deve surgir. Diferenças atraem você, hoje mais ainda!

Idades “Aprendi que o homem tem quatro idades: quando acredita em Papai Noel, quando não acredita em Papai Noel, quando é o Papai Noel e quando se parece com Papai Noel.” Presdente de Natal O pequeno Zézinho diz ao pai: - Pai, Quero de presente de natal um revólver verdadeiro! - O quê!? – perguntou o pai. - Você é doido, ou o quê? - Quero um revólver verdadeiro! Quero um revólver verdadeiro! – choraminga a criança. - Basta – grita o pai - Quem aqui é o dono da casa? Diz o Zézito, no mesmo momento: - É você, mas se eu tivesse um revólver verdadeiro… O.B . Duas garotinhas de oito anos conversam no quar to. - O que você vai pedir para o Papai Noel de Natal? - Eu vou pedir uma Barbie, e você? - Eu vou pedir um O.B.. - OB?! O que que é isso?! - Nem imagino, mas na televisão dizem que com OB a gente pode ir na praia, andar de bicicleta, montar a cavalo… É Natal

SAGITÁRIO - 22/11 À 21/12 Mercúrio retorna a Sagitário novamente, trazendo a tona irritações e preocupações que julgava superadas. Engano! Encare esse retorno como chance de esclarecer muita coisa obscura em seus relacionamentos.

CAPRICÓRNIO - 22/12 À 20/01 Domingo para se diver tir, estar com amigos, curtir o prazer de sensualidades simples. Afetos prosperam, provas de amor idem. Clima instável na família mas você também direito de relaxar. Não se deprecie.

AQUÁRIO - 21/01 À 19/02 Assuntos familiares em pauta - contatos for tes, inclusivos, sinergias acontecem. Reuniões podem ser excelentes para encontrar pessoas que pensam como você. Daí nascerá algo novo. Conseqüências inesperadas.

PEIXES - 20/02 À 20/03 Ótimo acordo entre Lua e Urano solta sua imaginação e sentimento; estar com amigos e companheiros será uma benção a que tem direito. Saboreie a liberdade, ocupe um território abandonado por você.

É Natal no hospício, os médicos resolvem testar alguns loucos para ver quais poderiam passar

as festas com a família. Chegaram no primeiro louco e perguntaram: - O que é uma coisa de couro que se usa nos pés para caminhar? O louco pensou, pensou e perguntou: - Tem cadarço?! - Tem... Então é sapato. Muito bem, o louco foi aprovado. Quando saía, segredou para o outro louco que ia ser testado: - Pergunta se tem cadarço. Se tiver, é sapato e tu estás livre. Os médicos perguntaram ao segundo louco. - O que é uma coisa de lata, com quatro rodas e um motor que a gente usa para andar? O segundo louco pensou, pensou e perguntou: - Tem cadarço? - Não... Então é mocassim... Somália... Aí os americanos, depois de arrecadar remédios durante o Natal inteiro, resolvem mandar um avião lotado dos ditos medicamentos para a Somália. Mas, uma semana depois, deu de outro avião voltar de lá para os EUA, cheio dos tais remédios. Então, as autoridades foram lá, no aeropor to, saber o que é que houve. E o comandante da Cruz Vermelha pergunta. - Mas o que é que houve, será que os remédios estavam vencidos, ou estragados? Vira-se o piloto (que era um magro somali) e diz: - Não, não havia problema nenhum quanto a qualidade dos remédios. Nós só tivemos de devolver por um motivo muito simples: Na bula de todos esses remédios veio escrito "TOMAR APÓS AS REFEIÇÕES"...


NB Caieiras - Edição 103  

NB Caieiras - Edição 102

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you