Page 162

Ela não podia ajudar, mas desafiá-lo. Havia raiva suficiente em seu imóvel. "Por que você acha que eu deixei, Dante? " "Porque eu não tenho. . . Eu não me abri para você. Não é a maneira que eu lhe pedi para fazer comigo. E não é justo. Eu não fui honesto com você. E eu sinto muito. " Seus traços tinham ido macio. Ela estava tremendo todo. "Eu me desliguei de você, também, Dante." "Você foi totalmente aberta comigo." Ela balançou a cabeça. "Eu não tenho." Era verdade. Ela não havia lhe dado a uma peça fundamental do quebra-cabeça que era a sua relação. O relacionamento construído sobre os segredos que tinha mantido um do outro, tanto quanto foi nas coisas que eles revelado. Se ela ia ser justo sobre isso, ela teve de dizer-lhe a verdade que ela tinha realizado tão perto. "Dante. . . " Ela olhou para ele, seu olhar captura dele, segurando-o. Seus olhos estavam brilhando que o uísque marrom que ela aprendera a amar. Ela amava muitas coisas sobre ele. Era hora de deixá-lo saber. Para ser honesta. Para revelar a sua verdade. Lembrando seus sentimentos por ele a fez amolecer, vai perder todo, o derretimento raiva de distância, ao longo com o medo. As coisas estavam tão fraturado entre eles já, talvez ela não tinha mais nada a perder. "Dante, a única coisa que eu tenho mantido de você é. . . que eu te amo. " Ela encolheu os ombros, impotente. "Eu faço. Eu te amo. " Choque em seus olhos. Seu coração cheio de temor. Se isso tivesse sido um erro? "Jesus, Kara." "E, Dante, não há mais", disse ela, percebendo só então pela expressão absolutamente rasgado no rosto que era verdade. "Você me ama também." Ela estava tremendo, um tremor difícil fazer as pernas fracas, mas ela aproximou-se dele, até que ela estava a apenas alguns centímetros de distância. Perto o suficiente para respirar ele entrar Ela esperou por ele para responder. Quando ele não fez, ela tentou novamente com os dentes cerrados. "Você me ama, Caramba. Eu posso ver isso. Sinta-lo. E eu te amo, apesar de mim. Então, eu sei exatamente como você está se sentindo. Mas eu estou colocando isso aqui na mesa. Estou tendo essa oportunidade, que sente enorme para mim. Porque eu tenho amado as pessoas antes. E eu perdi para fora. Fui rejeitada. Pelos meus próprios pais. Pelo meu ex. E eu odiei quão fraca que me faz sentir. Como impotente. Então você me rejeita, também, se tiver que ser. Mas eu não estou andando de novo até conseguir. Porque isso seria realmente onde a fraqueza é. E eu me recuso a ser que pessoa. Eu me recuso. "

2 no limiar do desejo  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you