Page 99

O Seminário reafirma e reflete sobre vários pressupostos que envolve a Educação do Campo, como: seu foco na formação humana, tendo a educação como direito social de trabalhadores e trabalhadoras do campo; superar a concepção de escola do campo como pobre e marginalizada, fazendo com que os camponeses tenham que sair do campo para continuar seus estudos; a vinculação da Educação do Campo como um projeto de desenvolvimento humano, político e social para o campo; seu posicionamento contra o modelo agrícola capitalista, defendendo a união dos movimentos do campo com outros movimentos sociais, para que assim possa fortalecer um novo projeto de desenvolvimento, voltado para a classe trabalhadora; defende-se uma escola do campo política e vinculada com modos de vida camponesa; centra-se sobre o processo de escolarização (como política pública), mas o projeto de Educação do Campo olha para os movimentos de formação vinculados com movimentos sociais, de cultura, trabalho e participação sociais; entre outras questões (MOLINA, 2002). 03. II Conferência Nacional: promovida pela Articulação Nacional pela Educação do Campo (MST, UnB, CONTAG, UNEFAB, MPA, MAB, MMC), e apoiado por órgãos como UNICEF, CNBB, UNESCO e UNDIME. Realizada em 2004, foi um evento que marcou a ampliação das mobilizações dos movimentos sociais acerca da Educação do Campo. Houve mais de mil participações de diversas frentes, com 39 entidades (sindicatos dos trabalhadores do campo e professores, organizações não governamentais, os movimentos sociais, Universidades) que assinaram o documento final da conferência. Houve um debate incisivo para definir a questão do projeto social da Educação do Campo, tendo protagonismo dos trabalhadores, que se integraram a Articulação Nacional Por uma Educação do Campo. O tema dessa Conferência foi “Educação do Campo: direito nosso, dever do Estado!”, frisando o entendimento

91

Profile for Carlos Lucena

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Advertisement