Page 88

educação, trabalho), para tornar a vida no campo possível. Assim, além de serem tensionados pelo projeto político-latifundiário moderno (agronegócio), o Estado também não olhava para esses sujeitos, pelo contrário, compactuou com os processos voltados para o capitalismo, sem se importar com seus impactos negativos (LIMA, 2014). Assim sendo, nota-se como o MST iniciou o Movimento de Educação do Campo, reconhecendo esse movimento como fruto da mobilização dos movimentos sociais do campo, sendo o mais latente no seu surgimento justamente o MST, por isso destacamos seu papel aqui. Essas movimentações pela educação se deram voltadas para as comunidades do campo, associadas às lutas dos Sem Terra pelos direitos de escolas públicas de qualidade em seus territórios, principalmente nas áreas da reforma agrária, nos assentamentos, e assim para superarem a educação urbano-centrada e o capitalismo. Intensificando a resistência para não perderem suas escolas, suas experiências de educação, seus territórios, e principalmente suas identidades, constituídas a partir de modos de vidas estreitamente atrelados a cultura e o modo de produção do campo (CALDART, 2008; HAGE, 2014). A Educação do Campo nasceu tomando/precisando tomar posição no confronto de projetos de campo: contra a lógica do campo como lugar de negócio, que expulsa as famílias, que não precisa de educação nem de escolas porque precisa cada vez menos de gente, a afirmação da lógica da produção para a sustentação da vida em suas diferentes dimensões, necessidades, formas. E ao nascer lutando por direitos coletivos que dizem respeito à esfera do público, nasceu afirmando que não se trata de qualquer política pública: o debate é de forma, conteúdo e sujeitos envolvidos (CALDART, 2008, p. 71/72).

A luta pela Educação do Campo se inicia no MST, em meados da década de 1980. Esse processo vai se fortalecendo, principalmente na década de 1990, período onde acontecem fóruns e conferências para se discutir e cons-

80

Profile for Carlos Lucena

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do