Page 85

nizados ao interesse do capital, onde o desenvolvimento do campo é apenas um tema a ser estudado, sendo a Educação pensada sob a égide do modelo hegemônico/ capitalista do agronegócio. Nesse sentido a Educação do Campo advoga, por sua origem e princípios, pelo desenvolvimento do campo na perspectiva do camponês, por um desenvolvimento que não destrua seus modos de vida. Tendo em vista que a Educação é um ponto fundamental a constituição do desenvolvimento territorial, e a Educação do Campo surge para superar a lógica urbano-centrada de educação rural, que teve por finalidade alienar o campesinato a partir de processos educacionais que os subordinavam a lógica de produção capitalista, inviabilizando e deslegitimando seus modos de vida. Pode-se definir que esse movimento se consolida na valorização dos modos de produção como em seus modos de vida, epistemologias pautadas nas relações de proteção e conservação da natureza, na agrodiversidade, no trabalho familiar, na coletividade, na solidariedade, na cultura, na valorização das lutas pela terra, no respeito aos modos de viver, falar, se constituir, se relacionar, dos sujeitos que formam o campo, ou seja, na reprodução social de todos os trabalhadores do campo (TARDIN, 2012). Indo contra os princípios de fazer agricultura do capitalismo, que tem como objetivo o lucro, a utilização de mão de obra assalariada, a monocultura, a concentração de terra, o uso de tecnologias e insumos (agrotóxicos), objetivando a maior lucratividade possível, que acaba tendo efeitos nocivos para o campesinato, gerando desigualdade, expulsão da terra, exploração da força de trabalho e degradação ambiental (STEDILE, 2012). A partir dessas tensões surgem diversos Movimentos Sociais do Campo, e com eles os movimentos pela consolidação da Educação do Campo. Constata-se então, que os protagonistas do Movimento de Educação do Campo são os povos do campo,

77

Profile for Carlos Lucena

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Advertisement