Page 83

cepções, que apontam o urbano como único lugar de progresso. Essa ideia se incorpora na existência dos sujeitos do campo, com a finalidade de desconstruir seus modos de vida, desenraizá-lo de sua epistemologia, cultura e história, para que esses não resistam ao modelo de produção capitalista. Desta maneira, com a “inculcação” ideológica dominante, os sujeitos do campo não se empoderam sobre seus valores, levando ao êxodo rural e diminuindo a resistência ao modelo econômico capitalista. Podemos colocar aqui como uma expulsão ideológica dos seus territórios (a partir da ideia de inferioridade rural), que está estreitamente atrelada com a expulsão territorial pelos latifundiários (na tomada dos territórios, e que é legitimada pelo Estado, que se ausenta das responsabilidades sociais junto aos esses sujeitos do campo) (CALAZANS; CASTRO; SILVA, 1981). Sem ideologias fortalecidas sobre suas identidades, cultura e epistemologias, e com a invasão do agronegócio, as únicas opções se restringem ao êxodo rural, que leva ao trabalho assalariado urbano ou o trabalho assalariado no agronegócio, ou seja, explorados pela lógica da infraestrutura (relações econômicas produção capitalistas). Desta forma, a partir da dinâmica conflituosa, com base na historicidade das questões do campo ressurgem os Movimentos Sociais do Campo, especificamente no final do século XX (com a redemocratização do país), e com eles o Movimento de Educação do Campo. Esses desenvolvem em um movimento para educação contrário à lógica do agronegócio/colonial/neoliberal (educação que (re) produz relações dicotômicas entre campo – cidade) e voltada para os trabalhadores do campo, pois os dois modelos de desenvolvimento do campo se contradizem. O desenvolvimento do agronegócio é homogêneo, composto pela monocultura da produção e dos saberes, expresso na mercadoria, sua estrutura tem como alicerces as relações de produção marcadas pela exploração e expropriação. Já no

75

Profile for Carlos Lucena

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Advertisement