Page 44

produções a partir de outras epistemologias. Resistem e reexistem aos processos de colonização históricas e contemporâneas (produzidas pelos latifúndios, agronegócio e urbanocentrismo), que tende no apagamento da história do campo e sua heterogeneidade de conhecimento, composto pelos múltiplos trabalhadores, camponeses, quilombolas, comunidades negras, mulheres, indígenas, entre outros, que diariamente resistem epistemologicamente para se produzir sua existência a partir de sua histórica, cultura e modos de conceber sua vida. Com base nessas reflexões buscamos, a partir do conceito Sociologia das Ausências, a procura de “[...] fazer que o que está ausente esteja presente, que as experiências que já existem, mas são invisíveis e não-críveis estejam disponíveis; ou seja, transformar os objetos [e sujeitos] ausentes em objetos [e sujeitos] presentes” (SANTOS, 2007, p.32), sobretudo olhando as potências dos Movimentos Sociais. Reconhecendo, aqui, os múltiplos autores e autoras que já realizam isso, e os próprios sujeitos do campo que sempre estão em pleno movimento, mas reconhecendo também a necessidade de se olhar para os povos do campo em diferentes perspectivas, na ecologia dos saberes, para valorizar e dar voz a essas epistemologias e experiências, para se construir uma biodiversidade de saberes possíveis, contextualizados e voltados para uma práxis transformadora. A partir desse campo epistemológico dos Movimentos Sociais do Campo, Caldart (2003b; 2012b) sinaliza como o campo brasileiro se constrói e se consolida em plena movimentação, e as experiências desse movimento, as “tensões, lutas sociais, organizações e movimentos de trabalhadores e trabalhadoras da terra que estão mudando o jeito da sociedade olhar para o campo e seus sujeitos” (CALDART, 2003b, p.61). Assim, esses sujeitos a partir de suas práticas sociopolíticas e culturais, produzem uma epistemologia capaz de modificar as representações sociais de si mesmo, representações que veem o campo

36

Profile for Carlos Lucena

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Advertisement