Page 255

ao Movimento. Essa alternativa surge historicamente das experiências de Educação dos povos do campo, utilizada há mais de 30 anos no Brasil nas Escolas-Família Agrícola (EFAs). É uma forma que no MST “brota do desejo de não cortar raízes [...]. Busca integrar a escola com a família e a comunidade do educando” (CALDART, 2000, p.34). Estabelece troca de conhecimento e fortalecimento com a comunidade do campo e com território. Acontece em dois tempos – Tempo Escola/Universidade e Tempo Comunidade: a) O tempo escola, onde os educandos têm aulas teóricas e práticas, participam de inúmeros aprendizados, se auto-organizam para realizar tarefas que garantam o funcionamento da escola, avaliam o processo e participam do planejamento das atividades, vivenciam e aprofundam valores... b) O tempo comunidade que é o momento onde os educandos realizam atividades de pesquisa da sua realidade, de registro desta experiência, de práticas que permitem a troca de conhecimento, nos vários aspectos (CALDART, 2000, p.34).

Desta forma, a Pedagogia da Alternância se caracteriza, essencialmente, pela lógica temporal do processo educativo, sendo essa temporalidade essencial para a efetivação da perspectiva em que essa pedagogia se propõe, que é a construção de processos educativos atrelados e em pleno diálogo com a vida comunitária, com o território, com a vida familiar, e com os modos de existências dos sujeitos em formação. Assim, como boa parte das experiências em Educação do Campo, as LEdoCs funcionam em regime de alternância, tendo em vista a incorporação da metodologia/ pedagogia da alternância a partir de uma nova forma (MOLINA; SÁ, 2011). A formação por alternância surge na França, onde começa a ser utilizada como metodologia no sistema de educação no início do século XX. Surge em um contexto onde trabalhadores e trabalhadoras do campo começaram a se organizar para a criação de escolas que

247

Profile for Carlos Lucena

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Advertisement