Page 169

práxis transformadora, voltado para o conhecimento-emancipatório, a gestão democrática, a construção coletiva, cooperação, dialógica e a utopia crítica.

3.3. Projeto Político-Pedagógico na Educação do Campo Compreendendo a Educação Superior como espaço capaz de contribuir para as transformações das estruturas sociais dentro das contradições conjunturais e históricas, se responsabilizando em contribuir para uma “sociedade menos hierarquizada, menos dividida, menos fragmentada e iníqua e mais humana” (SILVA, 1999, p.22), e tendo em vista as particularidades estruturais que permeiam os povos do campo. Concebemos o PPP como instrumento emancipatório, que contribui para a consolidação dessa Universidade democrática e decolonial. Dentro dessas questões, vamos pensar aqui em uma PPP voltado para a Educação do Campo. Tendo em vista essa afirmação, a Educação do Campo vê as instituições educativas como espaços capazes de desencadear transformações nas estruturas sociais de opressão (SEVERINO, 2012). Assim, as instituições educativas na perspectiva da Educação do Campo e da democratização do conhecimento, estão estreitamente ligadas com o “projeto de campo e de sociedade pelas forças sociais da classe trabalhadora, mobilizadas no momento atual na disputa contra-hegemônica” (MOLINA; SÁ, 2012, p. 327). Desta maneira, a intencionalidade do projeto formativo dos sujeitos se concretiza nos processos de conscientização, para que seja vista criticamente os processos que os rodeiam, na busca de alternativa de projetos sociais e políticos, onde a instituição educativa contribui para a transformação social. Executando assim, [...]um projeto de educação integrado a um projeto político

161

Profile for Carlos Lucena

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do