Page 167

Quadro 03 – O PPP sob a égide da Inovação Regulatória e Inovação Emancipatória

Fonte: Formulado pelo autor a partir de (VEIGA, 2003, p. 273; 278).

Então, o PPP ao se construir na Universidade “pode ter a intencionalidade e a consciência de qual sociedade construir ou apenas ser um elemento prescritivo das ações pedagógicas” (FAGUNDES, 2009, p.118). A partir de uma leitura materialista dialética, Fagundes (2009) contribui para a discussão de um PPP emancipatório, onde se compreende o PPP como parte de uma dimensão ampla, de uma ordem educativa regional e nacional em uma sociedade estruturada “não de forma isolada, mas imerso nele, constituindo-se numa relação parte-realidade maior, em uma unidade dialética da estrutura e da superestrutura” (Ibidem, p.45). Esses movimentos trazem arranjos históricos, culturais e sociais que chegam até a Universidade e refletem no PPP, tendo interferência nos diálogos realizados e na forma de sua construção, que possui o tencionamento do mercado globalizado e da ordem neoliberal. Sendo assim, o caráter emancipatório coloca o PPP como estratégia para a problematização dessas ordens e fluxos que desembocam na Universidade e no seu papel social, sua concep-

159

Profile for Carlos Lucena

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Advertisement