Page 145

homogeneização cultural” (Ibidem, p. 82). Desta forma, observamos que o PPP se consolida enquanto instrumento historicamente, a partir de uma diversidade histórica, contextual, política, social e cultural. Silva (2004) demarca que a necessidade de se construir um PPP que oriente os cursos da Educação Superior, surgiu desde a década de 1970, onde o Programa de Apoio às Instituições de Ensino Superior (PADES) incentivava as Universidades a formação desse documento, objetivando a melhor qualidade da educação nessa etapa. Porém, os projetos nesse período ainda eram individuais, fruto de iniciativas isoladas (discentes, docentes ou alguém setor da Universidade). Na década de 1980 o PADES passa a se vincular com a Secretaria de Ensino Superior do Ministério da Educação (SESU/MEC), onde se inicia uma reformulação do conceito do projeto, que passa a ter sua qualidade relacionada com uma construção coletiva e participativa. A elaboração do PPP é posta dentro da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/96), onde dentro do Título IV onde se trata “Da organização da Educação Nacional”: “Art. 12. Os estabelecimentos de ensino, respeitadas as normas comuns e as do seu sistema de ensino, terão a incumbência de: I - elaborar e executar sua proposta pedagógica” (BRASIL, 1996, s/p). Constata-se então que a LDB não traz o termo Projeto Político- Pedagógico, em nossa concepção o termo proposta pedagógica limita o uso desse instrumento, pois retira sua dimensão política. É importante frisarmos que a égide da origem do PPP se configura como instrumento de controle de qualidade do Ensino Superior pelo Ministério da Educação a partir de uma percepção de educação pautada na racionalidade administrativa, e não necessariamente a partir do princípio da necessidade de um instrumento sulteador (em contraposição a perspectiva norteador, já que temos como base a Epistemologia do Sul) dos cursos da Educação Superior ou para potencializar a instituição superior em sua

137

Profile for Carlos Lucena

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Advertisement