Page 121

desenvolvido pelas ações do MST, apesar das mudanças da LDB – 1996, que passa recomendar o ensino superior para todos os docentes, essa experiência permaneceu, denominado de curso Normal de Nível Médio, desenvolvida pelo Instituto de Educação Josué de Castro (IEJC). Essa ação foi articulada com o MST, que desencadeou na criação do IEJC vinculado com o Instituto Técnico de Capacitação e Pesquisa da Reforma Agrária – ITERRA (em 2008 sua vinculação passou para o Instituto de Pesquisa e Educação do Campo – IPE-CAMPO) (GOMES, 2010). A educação proposta pelo IEJC está voltada para as demandas e desafios das famílias que vivem no campo, vinculadas aos acampamentos e assentamentos da Reforma Agrária, atendendo à formação técnica e profissional destes jovens e adultos (HACK, 2010, p.324).

Essa experiência foi fundamental para que o Setor de Educação do MST fortalecesse suas experiências e notasse as potencialidades desse processo formativo, tendo em vista a importância desses para a construção de agentes políticos e colocados com as causas do movimento, potencializando as lutas do MST. Já em 1994, o MST viu a necessidade de se construir cursos de ensino superior já que “já havia toda a experiência refletida das turmas de Magistério, mas também a clareza de que neste caso a única possibilidade viável em curto prazo seria a parceria com uma Universidade” (CALDART, 2002, p.79). Essa necessidade se deu por dois fatores: as modificações na legislação que exige ensino superior como formação mínima para a atuação dos professores nas escolas de Educação Básica; e principalmente, a necessidade de ser formar sujeitos mais capacitados para lidar com os desafios da docência no campo, relacionados à Educação Infantil e de Jovens e Adultos, além das questões relacionadas a coordenação de ações (CALDART, 2002). Depois de diversos debates, em 1998 surge o curso

113

Profile for Carlos Lucena

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do  

Princípios de movimento de educação do campo: análise dos projetos político-pedagógicos das LEDCs do