Page 1


A Mantiqueira

Pedra Branca - Orlando Mohallem

A Serra da Mantiqueira está localizada na região Sudeste do Brasil e se estende por três estados: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Seu nome, dado pelos índios tupi-guaranis, primeiros habitantes desta região, significa “lugar onde nascem as águas” ou “serra que chora”, devido à grande quantidade de nascentes e riachos em suas encostas. Eleita em 2014, a 8ª área Protegida Insubstituível da Terra, pela International for Conservation of Nature (União Internacional para Conservação), por seu ecossistema, fauna e flora, com risco de extinção. Nela está uma das mais importantes cadeias de montanhas sulamericanas, com altitudes entre 700 m a 2.798 m. Encontram-se os ecossistemas da Mata Atlântica, um dos principais sistemas florestais dos trópicos, e um conjunto de áreas protegidas, como a Unidade de Conservação APA (Área de Proteção Ambiental) da Mantiqueira, a Floresta Nacional de Passa Quatro, o Parque Estadual da Serra do Papagaio, o Parque Nacional de Itatiaia e o Parque Estadual de Campos do Jordão. Inúmeras são as cidades que nasceram neste Território. Suas belezas naturais atraem todos os tipos de turistas e possibilitam as mais diversas vivências. Temos em um só Território, muitos destinos...


Expediente Associação de Desenvolvimento Integrado do Território Mantiqueira (ADITM) Diretoria Executiva Presidente Daniela de Cássia Santos Brito Prefeita de Monteiro Lobato (SP) Vice-presidente Maria de Lourdes das Neves Prefeita de Gonçalves (MG) Tesoureiro Antônio Carlos Silva Prefeito de Piranguinho (MG) Secretários Administrativos Cleber Marinho da Cruz Piranguinho (MG)

Prefeitos Alexandre Augusto Ramos Piranguçu (MG) Frederico Guidoni Scaranello Campos do Jordão (SP) Joel Silva Pedralva (MG) Edição Diagrarte Editora Ltda-ME www.diagrarte.com.br (19) 99932-1809

Lúcia Maria Frozino Campos do Jordão (SP)

Projeto gráfico e Jornalista Responsável Elaine Cristina Pereira (Mtb 15601/MG)

Neusa Maria da Silva Oliveira Piranguçu (MG)

Revisão Marília Bustamante Abreu Marier

Ricardo Bustamante de Almeida Pedralva (MG)

Fotos Capa: Agência Mantiqueira Ecoturismo de Gonçalves/MG. Todas as demais imagens utilizadas são originárias do Banco de Imagens da ADITM, do Banco de Imagens das Prefeituras Associadas a ADITM, do Banco de imagens do CTCSM e de Arquivo Pessoal.

Gestor Executivo Rodrigo Ramos dos Santos Monteiro Lobato (SP) Gestora de Comunicação e Agência de Promoção Elaine Cristina Pereira Serra Negra (SP) Gestora do Observatório Jussara Rocha Belo Horizonte (MG)

Para versão eletrônica acesse www.territoriomantiqueira.com.br Território Mantiqueira falecom@territoriomantiqueira.com.br

www.territoriomantiqueira.com.br www.facebook.com/Territorio MantiqueiraADITM


ADITM A Associação Integrada de Desenvolvimento do Território Mantiqueira (ADITM) foi criada em 2005, para gerenciar no Território Mantiqueira, a parceria com o Programa Brasil Próximo de Cooperação Internacional Brasil - Itália. Esta parceria com os estados da Itália Central (Umbria, Marche, Toscana, Emilia-Romagna e Liguria), teve como objetivo viabilizar projetos de cooperação com foco no desenvolvimento local. A proposta de valorizar competências específicas e iniciar o intercâmbio de experiências de políticas públicas bem-sucedidas brasileiras e experiências italianas no campo do desenvolvimento regional integrado foram implementadas em cinco territórios brasileiros. No caso do Território Mantiqueira, o foco foi a gestão integrada do Turismo, iniciada entre os Estados de São Paulo e Minas Gerais, tendo 3 municípios paulistas (Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal e São Bento do Sapucaí) e 12 mineiros (Sapucaí Mirim, Gonçalves, Paraisópolis, Piranguçu, Brazópolis, Piranguinho, Itajubá, Maria da Fé, Cristina, Carmo de Minas, São Lourenço e Caxambu). Este programa durou 10 anos, muitas foram as experiências, desafios e aprendizados. Agora a ADITM tem como missão integrar mais cidades da Serra da Mantiqueira, para que o trabalho de gestão territorial voltado para o Turismo possa se expandir para todo o Território da Serra da Mantiqueira e traga uma marca e a valorização das características e belezas naturais de cada município integrante. Com o Observatório de Turismo, políticas públicas poderão ser implementadas e novas parcerias nacionais e internacionais auxiliarão neste desenvolvimento e na qualidade de vida da população, de forma sustentável e preservando o maior bem que temos: os recursos naturais. 3


As cidades Neste Guia trazemos seis cidades conveniadas com a ADITM, são elas: as paulistas Campos do Jordão e Monteiro Lobato e as mineiras Gonçalves, Pedralva, Piranguçu e Piranguinho. Nossas cidades possuem fácil acesso pela Rodovia Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro e pela Rodovia Fernão Dias que liga São Paulo a Minas Gerais.

Distância entre as cidades Monteiro Lobato – Campos do Jordão: 56 km Campos do Jordão – Gonçalves: 53 km Campos do Jordão – Piranguçu: 41 km Gonçalves – Piranguinho: 62 km Piranguçu – Piranguinho: 20 km Piranguinho – Pedralva: 26 km 4


O Território Mantiqueira é um destino para quem quer desfrutar dos ares e climas da montanha, descobrir lugares de beleza inigualável, experimentar aromas e sabores, conhecer artesanatos diferenciados, tradições culturais. Para quem busca tranquilidade ou procura aventura, entre picos, montanhas, cachoeiras e trilhas! A veia turística desta região é ativa por se tratar de municípios de pequeno porte que possuem riquezas e belezas naturais únicas, o que possibilita o desenvolvimento do turismo de observação da fauna e da flora, de aventura, ecoturismo, além do turismo ligado às tradições, de patrimônio cultural, arquitetônico e rural. Conhecer plantações, saborear os frutos e os pratos preparados com produtos da própria região e dos quintais, desperta no


visitante todos os sentidos e ele pode vivenciar o processo do “pé à mesa”, com receitas, inclusive, que atravessam gerações. Os produtos da Mantiqueira têm obtido destaque nacional e internacional graças as “especiais e premiadas” produções de cafés, azeites, cervejas e cachaças. O artesanato com fibra de banana, café, taboa, cana, milho, cabaça e bambu deixam a marca da produção sustentável tomar formas em belas peças. A riqueza das águas minerais com propriedades específicas e curativas trazem o bem-estar e a vitalidade. Ter a identidade valorizada, cria empatia com os visitantes que procuram conhecer a vida em suas origens, não apenas naturais, mas também pessoais, pois a boa recepção sempre deixa boas impressões e estar em um novo local se


sentindo em casa faz com que o turista permaneça, retorne e indique! As pessoas também são um grande legado desta região! O Território Mantiqueira (ADITM) que hoje também trabalha com cidades que ainda não estão conveniadas, tem proporcionado uma integração de cooperação mútua entre o poder público e o privado para o desenvolvimento do Turismo. A valorização das características de cada município e o apoio das cidades vizinhas, quer seja na complementação de roteiros, como em infraestrutura quando ocorrem grandes eventos, é uma marca deste povo que está aprendendo a trabalhar junto pelo bem comum de todos os habitantes e visitantes da Mantiqueira. Por isso, somos um Território de Natureza, Bem-estar, Boa Mesa, Tradições e Aventura, somos um Território de Cooperação, somos o Território Mantiqueira com muitos destinos...


Um destino para as 4 estações Fundada em 1874, a cidade de Campos do Jordão localiza-se em Área de Preservação Ambiental, com altitudes entre 1.680 m a 2.000 m. Em todas as estações é um destino encantador, pelas belezas naturais e pelas atividades em vários segmentos: aventura, cultura e gastronomia. Realiza anualmente o Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão e a Festa do Pinhão. O Museu Felícia Leirner, o Museu do Chocolate, o espaço “Amantikir – jardins que falam” com 20 jardins temáticos e mais de 800 espécies de plantas, o Palácio Boa Vista, o Mosteiro São João – Irmãs Beneditinas, o Borboletário, o Trem Turístico, o Centro do Capivari com gastronomia nacional e internacional, as fábricas de chocolate e de cerveja, a rede hoteleira de alto padrão, pousadas e resorts, proporcionam aos visitantes vivências inesquecíveis. É sempre bom voltar... 8


Roberto Torrubia

Turismo, Ecoturismo e Gastronomia Gonçalves tem seu primórdio em 1.878, tornou-se município em 1963. Destaca-se pelas paisagens deslumbrantes entre montanhas, picos e cachoeiras, que propiciam atividades de caminhadas, rapel, boulder, escaladas, voo livre, mountain bike, passeios 4x4 e observação de pássaros. O turismo e a produção de banana são as principais atividades econômicas. Oferece excelente infraestrutura com 23 pousadas com mais de 1200 leitos. O artesanato é com fibra de bananeira, escultura em madeira e pinturas. Gonçalves tem se tornado referência em gastronomia, são 25 restaurantes que oferecem de comida típica mineira até alta gastronomia. Os pratos alimentam mais que o corpo e o paladar. Todos os sentidos são valorizados e saciados com uma culinária que abusa de elementos orgânicos, do quintal. Conheça Gonçalves ! www.goncalves.mg.gov.br. 13


Roberto Torrubia

Cachoeira Sete Quedas Pico Vista Aérea

Atrativos Turísticos: Cachoeira das Andorinhas Cachoeira do Cruzeiro Cachoeira do Simão Cachoeira dos Henriques Cachoeira Fazendinha Cachoeira Pedra do Forno Cachoeira Sete Quedas Cachoeira Tonho Nêgo Cachoeira da Araucária Mirante do Cruzeiro Pedra Bonita Pedra Chanfrada Pedra do Cruzeiro Pedra do Forno Pedra do Grotão Pico Vista Aérea Serra da Balança Pedra do Barnabé Pedra de São Domingos


Pedra Bonita

Cachoeira da Pedra do Forno

Artesanato

Gastronomia

Roberto Torrubia

Cachoeira dos Henriques

Serra da Balanรงa


O berço da Literatura Infantil Fundada por tropeiros e imigrantes italianos, Monteiro Lobato ascendeu à condição de Vila em 1.880 e foi emancipada em 1.948. O nome é uma homenagem ao ilustre escritor José Bento Monteiro Lobato, que ali residiu no período de 1911 a 1917, na Fazenda São José do Buquira, hoje Sítio do Picapau Amarelo. Seu potencial turístico é rural, histórico e de aventura, graças às montanhas, vales, cachoeiras, tranquilidade local, artesanato e culinária caipira. O encantamento criado pelo escritor permeia toda cidade. É possível andar pela Rua do Visconde e estudar na Escola Narizinho Arrebitado, comprar bonecas de pano e visitar a Cachoeira do Reino das Águas Claras... Conheça Monteiro Lobato! www.monteirolobato.sp. gov.br. 16


Atrativos Turísticos: Paróquia Nossa Senhora do Bonsucesso Paço Municipal Capela de Sta Rita de Cássia Gruta Nossa Senhora de Lourdes Capela de São Benedito Busto de Monteiro Lobato Cachoeira do Reino das Águas Claras Sítio do Picapau Amarelo Trilha do Mel: produção de mel, cogumelos, legumes e hortaliças orgânicas. Artesanato: bonecos de pano inspirados nos personagens de Monteiro Lobato, cerâmica, madeira, entre outros. Festival de Literatura Infantil Festa do Doce & Queijo

Sítio do Picapau Amarelo

Cachoeira do Reino das Águas Claras


Praça Principal

PereirĂľes - Bonecos Gigantes


Cidade dos Gêmeos A ocupação de Pedralva teve início em 1.768 e tornouse município em 1.887. Com o maior índice de nascimentos de gêmeos de todo o país, é conhecida como a Cidade dos Gêmeos. Rodeada por montanhas, propicia a prática de esportes de aventura, ecoturismo e turismo rural, com duas formações rochosas, a Pedra Branca e a Pedra do Pedrão. As Festas Religiosas, o Rodeio, a Exposição Agropecuária, o Carnaval com o Bloco do Pink Floyd e a Banda de Marchinhas e o Pedrock (Festival de Rock), fazem parte do calendário e da tradição da cidade. O artesanato traz pinturas do cotidiano rural e bordados com cenas do cultivo de café. Na culinária destacam-se as receitas mineiras tradicionais, os cartuchos de doces, os sequilhos e a cachaça artesanal. Conheça Pedralva! www.pedralva.mg.gov.br. 19


Pedra Branca

Atrativos Turísticos: Serra da Pedra Branca Pedra do Pedrão Fazenda Santo Antônio Casarão Colonial Centro Histórico Cachoeira do Castelhano Bairro Estação do Pedrão Lagoa do Campestre

Pedra do Pedrão


Ana Bustamante

Centro HistĂłrico

Fazenda Santo AntĂ´nio


Natureza e Aventura Piranguçu iniciou sua ocupação em 1.834 e tornou-se município em 1.963. Com lindas paisagens entre montanhas e cachoeiras, sua vocação está no ecoturismo e turismo de aventura. Em todos os bairros rurais há belezas e trilhas que se descortinam para o visitante amante da Natureza. Há locais para prática de escaladas, voo livre, caminhadas, ciclismo e motocross. O artesanato dá forma a peças feitas com palha de milho, argila e sementes, além de bonecas de pano. O município é considerado o segundo produtor de bananas do Sul de Minas, sua economia está na produção rural, na fabricação de doces e de cachaça, e no comércio local. A hospitalidade e a permanência das Festas Tradicionais também são uma marca de Piranguçu. Conheça Piranguçu! www.pirangucu.mg.gov.br. 23


Atrativos turísticos

Rampa de Voo Livre Trilha do Caracol

Represa da Usina São Bernardo Cachoeira São Bernardo Pedra Chita Casa do Artesanato Matriz Santo Antônio

Represa da Usina São Bernardo Cachoeira São Bernardo

Pedra Boa Vista

Banda Marcial


Capital Nacional do Pé de moleque A ocupação de Piranguinho teve início no final do século XIX e tornou-se município em 1963. A cidade é conhecida como a Capital Nacional do Pé de moleque, doce tradicional de amendoim e rapadura produzido desde a década de 30. A Festa do Maior Pé de moleque do Mundo, realizada em junho, reúne danças típicas, shows musicais e a confecção de um pé de moleque gigante, homologado pelo Livro dos Recordes Rank Brasil. A produção artesanal do Pé de moleque de Piranguinho é reconhecida como Patrimônio Cultural do Estado de Minas Gerais, pela Lei 18.057/2009, um saber que vale a pena conhecer através da “Trilha do Saber do Sabor”. Com belas paisagens e um acervo cultural diverso, o turista é convidado a admirar a vida simples e a receptividade do povo mineiro. www.piranguinho.mg.gov.br. 25


Atrativos

Estrada do Mato Dentro

Turísticos

Barracas de Pé de moleque Trilha do Saber do Sabor Estação de Olegário Maciel Ponte de Ferro Igreja de Nossa Senhora do Carmo Escultura do Abraço Praça Coronel Braz Matriz Santa Isabel Escultura “O Pé de moleque e o povo” Escultura do Abraço

Estação Olegário Maciel

Marco Zero

Escultura O Pé de moleque Praça Coronel Braz e Matriz Artesanato


Contatos ADITM - Associação de Desenvolvimento Integrado do Território Mantiqueira www.territoriomantiqueira.com.br falecom@territoriomantiqueira.com.br

Campos do Jordão

Secretaria de Turismo: (12) 3663-1235 turismo@camposdojordao.sp.gov.br www.camposdojordao.sp.gov.br

Gonçalves

Departamento de Turismo: (35) 3654-1271 turismo@goncalves.mg.gov.br www.goncalves.mg.gov.br

Monteiro Lobato

Secretaria de Turismo: (12) 3979-1314 turismo@monteirolobato.sp.gov.br www.monteirolobato.sp.gov.br

Pedralva

Departamento de Turismo: (35) 3663-1460 turismoecultura@pedralva.mg.gov.br www.pedralva.mg.gov.br

Piranguçu

Secretaria de Turismo: (35) 3643-1204 culturaturismo@pirangucu.mg.gov.br www.@pirangucu.mg.gov.br

Piranguinho

Secretaria de Turismo, Cultura: (35) 3644-1843 cultura@piranguinho.mg.gov.br www.piranguinho.mg.gov.br 28


Territรณrio Mantiqueira, destino sem fronteiras! www.territoriomantiqueira.com.br


Territorio Mantiqueira  

Território de Natureza, Bem-estar, Boa mesa, Tradições e Aventura

Territorio Mantiqueira  

Território de Natureza, Bem-estar, Boa mesa, Tradições e Aventura

Advertisement