Page 1

MOÇÃO DE APOIO AOS ESTUDANTES DA FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU O Diretório Acadêmico “Christiano Altenfelder” - DACA, órgão oficial representativo dos estudantes do curso de Medicina da Famema, vem manifestar apoio aos estudantes de Medicina da Faculdade de Medicina de Botucatu – Unesp e ao Centro Acadêmico “Pirajá da Silva” - CAPS, órgão que os representa como discentes.

As Universidades Brasileiras estão a passar por graves problemas de infraestrutura e de sucateamento do ensino, promovidos pela política neoliberal que se mantém ao longo dos últimos governos. A luta por uma Universidade pública, gratuita e de qualidade é um dever de todos os estudantes, que permanecem nela durante anos, fazendo uso gratuito de toda carga teórica, prática e tecnológica que são pagas pelos impostos recolhidos de todos os cidadãos brasileiros. Porém, o acesso ao ensino superior é um privilégio de poucos e um privilégio cada vez mais sucateado, técnico, opressivo, desfocado da sociedade, a qual deveria atender. Entendemos que o acesso ao ensino de qualidade, ao ensino reflexivo, transformador e que contemple as demandas sociais deva ser de acesso universal. Nessa linha, a luta promovida pelos estudantes da Unesp- Botucatu e dos demais campi é JUSTA.

A forma como o Governo do Estado de São Paulo quer implantar a política de COTAS é uma aberração educacional, pois amplia o número de diplomados, mas não promove, de fato, o conhecimento e a inserção acadêmica, laços importantíssimos dentro do que entendemos por Universidade em seu conceito mais puro e amplo. Instituir o Ensino à Distância (EAD) como forma de “College” é restringir o acesso dos estudantes ao meio universitário e a toda infraestrutura de ensino e de tecnologia que, dessa maneira, continuará ao acesso de uma pequena elite, também formada por estudantes oriundos da classe trabalhadora, mas que não se identificam como tal e que reproduzem os meios de vida daqueles que realmente são uma elite, afastando-se de quaisquer demandas que promovam mudanças sociais. Igualmente, não há possibilidade de ampliar as vagas nas Universidades sem que haja políticas de manutenção do estudante no meio acadêmico. Por esses motivos a LUTA por ampliação de bolsas, por ampliação da moradia discente, por construção de restaurantes universitários é condição sine qua non para que um programa social de ampliação de acesso à Universidade seja devidamente contemplado. Do contrário, estudantes podem até ter o ingresso ao estudo superior, mas sem condições de permanência, irão evadir de seus cursos.

Por fim, reiteramos TOTAL APOIO à Greve iniciada pelos acadêmicos de todo campus complexo de Botucatu (Rubião e Lageado) e enfatizamos nosso apoio aos estudantes da FMB, representados pelo CAPS. “Ou os estudantes se identificam com o destino do seu povo, com ele sofrendo a mesma luta, ou se dissociam do seu povo, e nesse caso, serão aliados daqueles que exploram o povo” (Florestan Fernandes). DACA-Daca Famema

MOÇÃO DACA À GREVE DE BOTUCATU  

Moção do Diretório Acadêmico Christiano Altenfelder (DACA - FAMEMA) à Greve Estudantil da Unesp de Botucatu