Issuu on Google+

diariodosossego B3 IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

d e P E R N A M B U C O - Recife, segunda-feira, 3 de março de 2014 DIARIOd

FOTOS: MARCELA CINTRA/DP/D.A PRESS

divversão, sim! di

Embarcação da Catamaran Tours possui capacidade para 120 pessoas e explora a ar arquitetur quiteturaa recif recifense ense

TURISMO

“Rios, pontes e

belas paisagens”

Não vai pular carnaval e cansou de ficar em casa? Catamarã é opção para relaxar sem cair na monotonia. De quebra, você pode fazer cinco pedidos às pontes MARCELA CINTRA marcelacintra.pe@dabr.com.br

Passeio pelas águas do Rio Capibaribe é oportunidade bem diferente de ver e (re)conhecer a cidade

L

ocalizada no Cais das Cinco Pontas, no Bairro de São José, a Catamaran Tours é uma empresa especializada em passeios náuticos e realiza diversos roteiros tanto pelo Litoral Norte, quanto pelo Litoral Sul de Pernambuco. Um deles, o chamado Rio Capibaribe e suas Pontes, aposta nas belezas das três ilhas do Centro de Recife (Santo Antônio, Recife Antigo e Boa Vista). A embarcação, com capacidade para 120 pessoas, sai da sede da empresa, às margens da Bacia do Pina, em dois horários: às 16h, quando o Sol está perto de se pôr, e às 20h, quando as luzes dos prédios à beira do rio dão ao trajeto uma iluminação especial. O barco passa por cinco pontes no caminho, em um percurso de, aproximadamente 1 hora e 10 minutos e conta com um serviço de bordo com cerveja, refrigerante e petiscos. Com uma narração descontraída para animar o passeio, o guia diz ao grupo que todos a bordo dedevem fazer um pedido durante as passagens embaixo de cada uma das pontes. Para dar força ao desejo, devem, também, aplaudir e fazer barulho durante a travessia. A primeira “fonte” de pedidos é a 12 de Setembro, antiga Ponte Giratória. Inaugurada em 1923 para atender às necessidades do Porto do Recife, favoreceu a passagem das embarcações a vela. Em 1971, foi substituída pela atual. A estrutura une o Cais da Alfândega ao Cais de Santa Rita. Seguindo o passeio, fique atento às margens do rio, pois, logo adiante, uma vista diferente do Paço Alfândega surgirá, seguida pela famosa Igreja da Madre de Deus. Vale a pena registrar a imagem. Mais à frente, a embarcação

aproxima-se da segunda ponte, a Maurício de Nassau. Considerada a primeira ponte de grande porte do país e a mais antiga da América Latina, a construção conta, em suas colunas laterais, com quatro estátuas que homenageiam deusas da mitologia grega.

últimodesejo

Seguindo o percurso, o barco chega à terceira ponte do roteiro: a Buarque de Macedo. Ligando os bairros do Recife e Santo Antônio, é a mais extensa entre as que ficam no Centro da cidade. Após a travessia, surge às vistas dos tripulantes a bela Praça da República, onde estão edificados o Palácio do Campo das Princesas, o Teatro Santa Isabel, o Palácio da Justiça e o Liceu de Artes e Ofícios de Pernambuco. Em seguida, é a vez da Ponte Princesa Isabel, que une os bairros de Santo Antônio e da Boa Vista. Assim que a embarcação passar pela estrutura, atente para a margem esquerda do Capibaribe, onde você terá uma linda visão do majestoso Teatro de Santa Isabel. Com a diminuição de velocidade do catamarã, aproveite para tirar fotos. Se você quiser, pode enviá-las para a fanpage do Pernambuco.com, onde poderão ser exibidas aos nossos seguidores. Mais à frente, já se avista a quinta ponte do circuito. É hora de fazer o último desejo. A Duarte Coelho interliga os bairros da Boa Vista e de Santo Antônio e, passando por ela, o próximo prédio que merece atenção é o Cinema São Luiz, um dos mais emblemáticos e arquitetonicamente rico cinema do Recife.

oretorno

Hora de voltar. Aproveite para admirar – de um novo ângulo - a beleza e peculiaridade do casario da rua da Aurora. O barco segue o caminho até chegar ao ponto de encontro entre os rios Beberibe e Capibaribe, pouco antes deste

desaguar no Oceano Atlântico, próximo à Boca da Barra. No caminho de retorno, você passará pelo farol do Recife ou farol da Barra, localizado no antigo Forte de São Francisco da Barra. Logo à frente, na área portuária, é a vez de contemplar o Parque de Esculturas de Francisco Brennand. O espaço foi inaugurado em 2000 como parte do projeto Eu vi o mundo... Ele começava no Recife, que comemorou os 500 anos de descobrimento do Brasil. O parque, cuja principal obra é a Coluna de Cristal, de 32 metros, conta com um conjunto de 90

esculturas. Na mesma altura, encontra-se o Marco Zero do Recife. Do catamarã, você terá a oportunidade de ver o lugar como, provavelmente, nunca viu. A esta hora, o Sol estará pertinho de se pôr. Aproveite a luz na temperatura ideal e tire umas fotos legais para guardar de recordação. O barco retorna ao restaurante-bar Catamaran e é hora de desembarcar. Você ainda pode usufruir do final do dia no próprio local, sentado às mesinhas beirario, e assisitir ao sol se despedindo, enquanto beberica e come algum petisco.

Visto do catamarã à luz do pôr do sol, Marco Zero encanta até recifenses da terra: momento para fotos SERVIÇO Embarque: Restaurante Catamaran – Cais das Cinco Pontas s/n – Recife/PE. (Há, também, a opção de embarque e desembarque no Marco Zero, não indicada para quem quer fugir da folia). Horário: 16h e 20h – (Sob reserva prévia) Duração: Aproximadamente 1 hora e 20 minutos Dias: Diariamente Preço: Adulto – R$ 40,00 Crianças de 6 a 10 anos – R$ 20,00 Crianças de até 5 anos – gratuito


Dp 03032014 foz