Issuu on Google+

w

w

w

w

w

w

w

w

w

w

w

w

w

w

w

w w WELLNESS MAGAZINE INSTITUTO WILSON MELLO w w w

w

w

w

w

w

CAMPINAS -NOVEMBRO/DEZEMBRO DE 2010 - ANO I - Nº 2

w

w

w

w

w

w

w

w

w

w

Baropodometria: exame que avalia pisada é indicado para corredores Página 4

w

w

w

w

w

w

Uma das principais causas de artrose do quadril é o impacto femoroacetabular Página 2

Os benefícios da atividade física Praticar atividades combinadas e bem orientadas proporciona autonomia motora para enfrentar as tarefas diárias e envelhecer com qualidade de vida. Página 6

w

w


Dor no quadril ao se exercitar? Por Dr. Marcelo G. Cavalheiro

O

s avanços científicos e o aumento da perspectiva de vida colocam a Medicina Esportiva em destaque. No ambiente competitivo, os limites humanos estão em contínuo desafio. As competições sempre foram eventos para a exibição pública, o que tornam naturais a curiosidade sobre a vida, as condições e potencialidades físicas dos atletas. O desafio da Medicina Esportiva é proporcionar a prática de atividade física

intensa, sem riscos para a saúde e que contribua para as grandes conquistas. A Medicina Esportiva se desenvolveu com mais intensidade principalmente a partir da década de 40, destacando, na época, os estudos da fisiologia na Alemanha e da cardiologia na Itália. No entanto, durante a evolução da traumatologia esportiva, o estudo da articulação do quadril sempre teve um espaço muito restrito e apagado, com pouca im-

portância. Apenas recentemente, nessa atual década, novos conhecimentos têm permitido compreender essa articulação. Uma nova perspectiva em relação ao quadril já está criada. Até então, dor na região do quadril no esportista resumia-se grosseiramente a estiramentos musculares, tendinites e a outras inflamações. Uma vez realizado o tratamento, muitos atletas voltavam à prática esportiva, mas em contrapartida outros estariam condenados a conviver com limitações, prejudicando o desempenho e mesmo a qualidade de vida. É nesse contexto que chamo a atenção para o impacto femoroacetabular, uma entidade patológica do quadril, cuja grande importância se deve a sua incidência na população e as suas consequências. Tema esse que foi destaque

Núcleo de Estudos reforça compromisso com a atualização

O

Núcleo de Estudos do Instituto Wilson Mello foi criado com o intuito de promover o treinamento e a reciclagem médica e fisioterápica em cirurgia e reabilitação do aparelho locomotor. Desenvolver trabalhos para periódicos especializados, realizar conferências em eventos nacionais e internacionais da área de saúde, produzir estudos científicos e protocolos de tratamento são algumas das atividades do núcleo. Neste último ano, como parte dos trabalhos do núcleo, os profissionais do instituto participaram de diversos eventos e congressos para atualização e disseminação do conhecimento, uma vez que em vários desses encontros os médicos e fisioterapeutas do IWMello também apresentaram trabalhos e pesquisas. O líder da equipe do Instituto Wilson Mello, Dr. Wilson Mello, foi palestrante de congressos e cursos no Brasil e no exterior. Entre as participações com maior destaque está o Masters Experience Knee Course, em Chicago, onde foi convidado como “International Guest Speaker”. Dr. Mello falou

sobre Novos horizontes: avanços da cirurgia de joelho – foco em lesões ligamentares. Também nos Estados Unidos ele coordenou um laboratório sobre artroplastia no Laboratório de Cirurgia Experimental da Linvatec. Já o Dr. Adriano Marchetto participou do Congresso Mundial de Cirurgia do Ombro e Cotovelo em Edimburgo, na Escócia, apresentando a aula Tratamento cirúrgico das fraturas complexas do úmero proximal. O Dr. José Luís Zabeu, especialista em correção de deformidades, esteve em Barcelona,

wellness 2 novembro/dezembro de 2010

Espanha, no Congresso Mundial de Fixadores Externos e Reconstrução Óssea, dentre outras participações internacionais e nacionais. Na área de cirurgia do quadril, o Dr. Marcelo Cavalheiro esteve no Congresso Mundial da especialidade, realizado no México. Além dos eventos científicos, a equipe do Instituto Wilson Mello mantém a constante atualização acadêmica. Dr. Samuel Ribak, especialista em cirurgia da mão e microcirurgia, recebeu o título de doutor pela Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp com a tese


no último congresso americano de ortopedia (American Academy of Orthopaedic Surgeons) em março de 2010. O quadril é uma articulação com grande estabilidade e que recebe uma carga

muito grande. A sua anatomia possibilita a mecânica ideal para proporcionar os movimentos dos membros inferiores e para sustentar o peso do corpo. Quando há alguma variação anatômica, mesmo pequena, nessa precisa arquitetura, pode haver um comprometimento da função do quadril. Isso é o impacto femoroacetabular. É uma predisposição da pessoa, que mediante a solicitação do quadril no seu dia-a-dia, pode provocar dor e limitações nessa articulação. Alguns esportes exigem muita amplitude articular do quadril. Destaco o movimento rotacional, muito comum no futebol, golfe, tênis, artes marciais e em outras modalidades. Nesses esportes há uma grande solicitação do quadril, em temos de carga e de amplitude articular. Sendo assim, o atleta com uma predisposição para o impacto femoroa-

cetabular pode manifestar dor. Portanto, focando a saúde, qualidade de vida e rendimento, o atleta tem que estar atento a esse problema que tem solução e, uma vez tratado, o atleta volta a sua rotina. Por outro lado, hoje sabemos que esse problema, quando não tratado, pode levar à degeneração e à artrose do quadril. Dr. Marcelo G. Cavalheiro é especialista em cirurgia do quadril do Instituto Wilson Mello

dia e Traumatologia, em Brasília. A equipe participou ainda da V Jornada de Ortopedia e Traumatologia da PUC-Campinas, no Hospital e Maternidade Celso Pierro. Os fisioterapeutas Rodrigo Vasconcelos, Rodrigo Esmeriz, Raul Savignone e Carolina Lins apresentaram diferentes aspectos da reabilitação fisioterapêutica voltada principalmente à avaliação funcional e qualidade de vida do paciente. Dr. Wilson Mello e Dr. Rodrigo Vasconcelos no Núcleo de Estudos: publicação de trabalhos e participação constante em cursos e congressos

Dr. Adriano Marchetto, especialista em cirurgia do ombro e cotovelo, apresentou trabalho no Congresso Mundial na Escócia

Tratamento da Pseudo-artrose do falou sobre reabilitação das lesões Escafóide - Estudo Comparativo ortopédicas no esporte e também entre o uso do Enxerto Ósseo Dor- do Congresso Brasileiro de Ortopesal do Rádio Distal Vascularizado e Não Vascularizado. A ortopedista Cíntia Bittar, especialista em pé e Publicações tornozelo, defendeu também na Unicamp a tese de doutorado ReTrês trabalhos produzidos pela equipe do IWMello foram aprovados para publicação em periódicos científicos de reconhecida relevância: abilitação de lesados medulares l Complicações nas osteotomias proximais da tíbia – Revista Brasileira de Orcom estimulação elétrica neurotopedia. muscular: avaliação óssea e aspecl Dor no joelho após artroplastia total: uma abordagem sistematizada – Revista to clínico e radiográfico dos pés. Brasileira de Ortopedia (v.45, n.5, set./out. 2010). Os profissionais da fisioterapia l Pseudoaneurysm of the medial inferior genicular artery following anterior também têm o compromisso com cruciate ligament reconstruction – Arthroscopy. a atualização permanente. Dr. RoNo Núcleo de Estudos é possível ainda acessar as principais bases de dados da drigo Vasconcelos, coordenador do saúde, como a PubMed/Medline, além de consultar as revistas científicas assiCEAFE, foi palestrante no XII Ennadas pelo IWMello. Assim, constitui um ambiente ideal para discussão de procontro A.A.A.R.L. de Medicina Esjetos, temas de pesquisa e redação de trabalhos e preparação de aulas. portiva da USP Ribeirão Preto, onde wellness 3 novembro/dezembro de 2010


Exame de baropodometria feito em movimento

Exame de baropodometria feito em posição estática

Exame de baropodometria detecta alterações biomecânicas da pisada Análise é importante para quem vai começar a praticar corrida e para avaliar lesões relacionadas à pisada

O

exame de baropodometria computadorizada, realizado pela equipe do CEAFE (Centro Avançado de Fisioterapia Esportiva) do Instituto Wilson Mello, é mais uma ferramenta inovadora para diagnóstico cinético-funcional. Ele faz a análise da divisão das cargas do corpo através dos pontos de pressão plantar, tanto em posição estática quanto em movimento, permitindo detectar as alterações biomecânicas da pisada. O exame consiste de uma plata-

Expediente: Wellness Magazine é um informativo do Instituto Wilson Mello Condomínio Praça Capital, Edifício Chicago, 1º andar Campinas/SP Telefone: 19 3708-9999 www.iwmello.com.br. Jornalista responsável: Ilone Vilas Boas - Mtb 24.216 Edição: Ponto da Notícia Assessoria de Comunicação E-mail: ilone@pontodanoticia.com.br Telefone: 19 3258-2742.

forma sensível à pressão com sensores piezoelétricos que, conectada a um computador, utiliza um software apropriado para visualizar imagens e dados estatísticos com alto valor diagnóstico, identificando agentes diretos ou indiretos que podem estar relacionados com o quadro de lesão do paciente. O exame de baropodometria é importante porque existem regiões específicas nas plantas dos pés cujas alterações ou assimetrias provocam modificação da postu-

A baropodometria realiza as seguintes análises: l distribuição de carga na planta dos pés, mostrando alterações ou assimetrias nas várias áreas e atribuindo porcentagens de carga; l identificação do tipo de pisada: pronador, supinador ou pisada neutra, termos hoje em evidência no meio esportivo e importantes na aquisição de um calçado; l identificação de áreas de pressão wellness 4 novembro/dezembro de 2010

ra do indivíduo. Por isso esse exame é recomendável a quem deseja iniciar uma atividade física como a corrida. A partir das análises é possível corrigir eventuais alterações e obter um reposicionamento do quadril, joelhos ou coluna vertebral, eliminando dores decorrentes destas alterações. Com isso, pode-se direcionar melhor o tratamento e acompanhar a evolução do paciente com exames periódicos. anormal, que podem corresponder a deformidades, e em casos de pacientes com alterações na sensibilidade dos pés a áreas de risco para aparecimento de calosidades e feridas; l avaliação da evolução do equilíbrio da distribuição do peso corporal em cada membro inferior após fraturas; l avaliação das oscilações do centro de gravidade, mostrando como se comporta o equilíbrio do indivíduo.


Recuperada, triatleta Ana Lídia retorna às competições

M

“O uso da baropodometria é de grande importância para as cirurgias ortopédicas, como as de correções de deformidades e realinhamento de membros inferiores e pés. O controle da baropodometria antes e depois da cirurgia permite um controle refinado do resultado da cirurgia. Em tratamentos que exijam uso de órteses e palmilhas, o exame permite observar se elas estão corretas e se oferecem benefícios ao paciente.”

elhor brasileira no Ironman Brasil 2009, Ana Lídia Borba é mais uma atleta de alto rendimento que vem se tratando com a equipe de fisioterapeutas do Instituto Wilson Mello. Ana Lídia chegou a temer por sua carreira após um sério atropelamento na Rodovia D. Pedro, em Campinas, em dezembro de 2009. Depois de quatro cirurgias, começou a reabilitação em abril no IWMello. Menos de um ano depois do grave acidente, Ana Lídia já está de volta ao esporte. O retorno às competições aconteceu em outubro, quando a esportista terminou em quinto lugar o GPi de Triathlon, em Camboriú (SC). Trata-se de uma prova de Sprint Triathlon – a modalidade mais rápida do esporte, com 750 metros de natação, 20 quilômetros de ciclismo e cinco quilômetros de corrida. O resultado na prova demonstrou que Ana estava recuperada e em condições de disputar provas em alto nível novamente – agora falta apenas o ritmo. A própria atleta admite que Ana Lídia, melhor triatleta no Ironman Brasil 2009, se recupera possa fazer mais. “Ainda não no Instituto Wilson Mello para retornar com tudo em 2011 cheguei aos meus 100%, mas estava parada há muito tempo. lidade de pegarem meus exames grande foco da atleta é o Ironman Agora faço um acompanhamen- e discutirem entre eles na hora, 2011, em Florianópolis. to semanal no Instituto Wilson tudo isso dá muita confiança”, De acordo com a equipe de fiMello, com exercícios especí- afirmou. sioterapia do CEAFE, a resposta ficos três vezes por semana”, Como o que falta é ritmo, nada da Ana Lídia ao tratamento foi disse, para depois elogiar o tra- melhor do que competir para re- acima do esperado. Agora, a extamento que tem recebido no adquirir confiança. Em janeiro, o pectativa é de que os resultados local. “A estrutura do Instituto Ironman 70.3 de Pucón, no Chile, sigam o alto padrão estabelecido Wilson Mello é ótima, a possibi- será outro importante teste. O pela atleta.

Dra. Cintia Bittar, especialista em cirurgia do pé e tornozelo do Instituto Wilson Mello.

wellness 5 novembro/dezembro de 2010


Benefícios da atividade física: disposição para as tarefas e relaxamento para dormir Maior conquista é a autonomia motora vitalícia, algo possível e alcançável

T

odos sabem da importância de manter o corpo em movimento, praticando atividades físicas em todas as fases da vida. Os benefícios dos exercícios regulares e bem orientados podem ser sentidos muito rapidamente. As tarefas diárias tornam-se mais fáceis de serem executadas e acabam sendo realizadas com mais prazer. Isso vale até mesmo para a disposição de chegar em casa depois de um dia de trabalho e se sentar no chão para brincar com o filho, amarrar os sapatos sem sentir nenhum incômodo ou ainda subir um lance de escada sem se sentir ofegante. De acordo com o coordenador do Centro de Fitness & Wellness do Instituto Wilson Mello, Fábio Miranda, o conceito de atividade física vem mudando ao longo do tempo. “O conceito atual é de bem-estar, ou seja, praticar atividades combinadas e bem orientadas para atingir dois grandes objetivos: ter autonomia motora (ou funcional) para enfrentar os desa-

fios do dia-a-dia e envelhecer com qualidade de vida”, afirma. Ele ressalta que com a expectativa de vida aumentando cada vez mais – o que é muito bom - é preciso estar preparado para chegar aos 80 anos de idade fazendo as mesmas tarefas sem limitações. E isso é possível. Fábio Miranda diz que um dos primeiros benefícios experimentados pelo praticante regular de exercícios é a melhora na disposição. “A melhoria da força e da resistência física tem um impacto direto na execução das tarefas diárias, sejam domésticas, profissionais ou até de lazer”. Outro ponto importante é a melhoria na qualidade do descanso. “Um organismo em boa condição física consegue um nível de relaxamento maior e consequentemente uma melhor recuperação de energia. Mas o principal benefício da boa forma física está na conquista da autonomia motora vitalícia, ou seja, a possibilidade de realizar as tarefas diárias por si  só até o fim da vida”, esclarece.

Andréia Palma, da Nativa: “Acabei com a falta de ar para subir escadas”

Marcelo Puggina Nogueira, da Nanotimize: “O bem-estar proporcionado pelas atividades físicas que realizo aqui no Instituto permiteme ter maior equilíbrio diante das tribulações diárias”

Alunos sentem melhora até do humor Quem frequenta a academia do Instituto Wilson Mello já percebeu a mudança. A vendedora Andréia Palma, 38 anos, funcionária da empresa Nativa, localizada no Condomínio Praça Capital, começou a fazer atividade física pela primeira vez na vida há

“Temos a presença constante dos professores ao nosso lado, nos orientando muito bem e corrigindo nossos movimentos, se necessário. Particularmente tenho um grande prazer em fazer as atividades aqui. Além disso, conto com a facilidade da academia estar próxima ao meu trabalho.” Marcelo Puggina Nogueira, gerente de projetos da Nanotimize wellness 6 novembro/dezembro de 2010


O administrador de empresas Marcelo Puggina Nogueira, 40 anos, é outro exemplo interessante. Acima do peso e sentindo dores rotineiras nas costas, ele começou a fazer atividade física no início desse ano e, em pouco mais de oito meses, já se sente outra pessoa. “Minha disposição para trabalhar aumentou, estou mais dinâmico para exercer as tarefas da empresa e também em casa, sem contar que a qualidade do sono também está muito melhor”, conta. Marcelo perdeu peso, ganhou condicionamento e mudou até o humor. “Me sinto mais feliz e preparado para suportar o peso da idade”, diz, ressaltando que é preciso pique para acompanhar o filho de dois anos e o caçula que vem por aí. Marcelo, gerente de projetos da empresa Nanotimize também no Praça Capital, afirma que antes de entrar no Instituto Wilson Mello a única atividade que fazia era alguma caminhada esporádica. No passado chegou a buscar uma academia, mas nunca se adaptou aos métodos de treinamento.

Fernando Torquato, jogador de futebol profissional: “Recuperei minha forma e minha confiança”

apenas oito meses e, desde então, vem sentindo os efeitos benéficos dos exercícios. “Meu condicionamento melhorou muito, antes sentia falta de ar para subir um lance de escadas e agora me sinto muito bem”, afirma. Mãe de dois filhos, um de 12 anos e a caçula de um ano e

meio, Andréia enumera outras melhorias que ajudam na sua rotina em casa, como a perda de peso, o aumento da disposição e até mesmo da melhora do humor. “Saio do trabalho e venho direto para a academia, mas quando chego em casa estou mais disposta e feliz”.

Prática constante é necessária

O

coordenador da academia do Instituto Wilson Mello, Fábio Miranda, explica que com 12 semanas de treinamento a pessoa já percebe uma maior tonicidade muscular, além da melhora do sistema cardiorrespiratório, que proporciona os primeiros sinais de bem-estar. Mas como tudo que se adquire rápido esta condição também é facilmente perdida com a interrupção do treinamento. “A partir de 24 a 32 semanas o organismo já apresenta mudanças mais duradouras, mas somente a prática constante é que garante resultados perenes”, explica.

Plano sob medida para empresas  

O IWM Wellness oferece planos especiais para empresas, incluindo: l Horários diferenciados, com atividades específicas para o grupo da empresa. l Avaliação física de acordo com a função exercida pelo colaborador. l Relatórios periódicos com a evolução de cada cliente. l Relatório de presença para acompanhamento da assiduidade do beneficiado. l Descontos progressivos de acordo com o número de integrantes matriculados.   Informações: 19 3708-9999 ou www. iwmello.com.br

“Fazer atividade física faz parte da minha rotina, é um cuidado especial que tenho comigo mesma.” Regina Rocha Brito – aluna do Centro de Fitness & Wellness

Treinamento especial para esportistas

O

jogador de futebol Fernando Torquato, 23 anos, achava que sua carreira estava ameaçada. Depois de sofrer uma lesão no joelho, passou por uma cirurgia em sua cidade natal, São José do Rio Preto, e ouviu do médico que teria de parar com o futebol, sua vocação desde os oito anos de idade. Em Campinas, descobriu que era possível, sim, continuar jogando e com saúde. Começou a se tratar com a equipe de fisioterapia do Instituto Wilson Mello e no início do ano iniciou atividades físicas no Centro de Fitness & Wellness. Hoje, não sente mais nenhuma dor. “Recuperei minha forma e minha confiança”, conta, ressaltando que a estrutura do IWMello foi fundamental para isso. “Aqui, os aparelhos são os melhores que existem e a equipe é muito atenciosa e profissional”, afirma o atacante, que já jogou no Guarani por seis anos, defendeu o Paulínia FC e ajudou a equipe a conquistar o acesso à Série A-3 do futebol paulista. wellness 7 novembro/dezembro de 2010


Otimize seus custos de produção. A Nanotimize tem a melhor solução para a sua empresa.

Nanotimize Tecnologia Ltda. Av. José Rocha Bomfim, 214 - Cj. 215 Condomínio Praça Capital - Edifício Roma Center Santa Genebra - Campinas/São Paulo - Fone: 19 3709-1037

nanotimize.com.br


Revista IWMello