Page 1

ANO I - Nº 02 - Junho/2009

JORNAL DO MUTIRÃO Informativo do Mutirão de Comunicação América Latina e Caribe - Porto Alegre - RS - Brasil

Noite de abertura terá presença de representante do Vaticano

Organizadores esperam 30 mil visitantes no evento na PUCRS A abertura oficial do Mutirão de Comunicação América Latina e Caribe será dia 12/07, domingo, no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre/RS. As atividades iniciam às 13h com a recepção dos participantes previamente inscritos através da Internet, junto com os integrantes do Fórum Social da Juventude (FSJ), evento incorporado ao Mutirão. Às 17h,

ocorrerá o painel de abertura do FSJ, com o tema: “A juventude construindo um “outro mundo”. Com a presença de diversas autoridades, às 19h, o presidente do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais e representante do Vaticano, arcebispo Cláudio Maria Celli, fala sobre os novos projetos a serviço da Pastoral da Comunicação na Igreja Cató-

lica, e os avanços e perspectivas da Rede de Informática da Igreja na América Latina (RIIAL). Na Segunda (13), Celli fala sobre os desafios da comunicação no momento atual da sociedade e da Igreja e participa de coletiva de imprensa. Às 20h30 está prevista a abertura acadêmica, que será realizada em formato de programa televisivo (talk show) sobre o tema central do evento. Estarão na mesa Ismael González González, coordenador da ALBA Cultural, ex-vice-ministro de Cultura e ex-diretor da RTV cubana; Fernando Checa Montúfar, diretor do CIESPAL - Centro Internacional de Estudos Superiores de Comunicação para a América Latina; Carlos Augusto dos Santos, Ministro de Comunicação do Paraguai e Gabriel Mariotto, interventor do Comitê Federal de Radiodifusão, da Argentina. Os entrevistadores serão Juremir Machado da Silva (Brasil) e Washington Uranga (Argentina). A solenidade de abertura será transmitida ao vivo por várias emissoras de rádio e TV, bem como pela internet, no site www.muticom.org.

Inscreva-se logo As informações do Refresher podem ser acessadas através do link de mesmo nome (na barra horizontal superior do site) contendo dados de como participar, deslocamento e inscrições. Para garantir vaga, basta preencher dados pessoais e efetuar o pagamento da taxa na rede bancária. Já para o Mutirão o procedimento é o mesmo, à exceção do formulário de inscrição que se apresenta de forma diferente, oferecendo alternativas referentes ao que ocorrerá na PUCRS, em Porto Alegre/RS, entre 12 e 17 de julho. Este formulário deve ser acessado no site na área localizada no canto superior esquerdo da página chamado 'inscrições'. O coordenador do setor de inscrições, Murillo Carvalho, destaca que o n ú m e r o d e i n s c r i t o s surpreende a organização do evento. “Há um crescimento contínuo dos participantes e é importante que as pessoas façam suas inscrições o mais rapidamente possível”, lembra. Carvalho alerta ainda aqueles que já fizeram sua inscrição on-line para que levem os comprovantes de pagamento, para evitar problemas de última hora.

Mutirão recebe 3ª edição do Fórum Social da Juventude Acontece de 12 a 16 de Julho no campus da PUCRS em Porto Alegre a 3ª edição do Fórum Social da Juventude (FSJ). O evento integra as atividades do Fórum Social Mundial que ocorre anualmente pelo Mundo. Este ano, o FSJ recebe o apoio institucional

Veja ainda nesta edição: A programação completa do encontro e eventos paralelos

Editorial: “Mutirão somos nós fazendo comunicação”

Apresentações artísticas esquentam tardes do evento

(Página 3)

(Página 2)

(Página 2)

do Mutirão de Comunicação América Latina e Caribe, promovido pela CNBB, OCLACC e CELAM e realiza as suas atividades no mesmo local. Formada por painéis de debates, eventos culturais, shows, exposição fotográfica e oficinas promovidas por ONGs do Brasil e do exterior, o Fórum da Juventude é parte integrante das atividades do Mutirão na capital gaúcha. (Página 2)

Informações e inscrições no site www.muticom.org Acesse e participe!


02

Jornal do Mutirão - Junho de 2009

EDITORIAL

ATIVIDADES ARTÍSTICAS POPULARES

MUTIRÃO: SOMOS NÓS FAZENDO COMUNICAÇÃO

O povo ocupa espaços no Mutirão

Talvez para muitos de nós não seja fácil acreditar que temos tudo nas mãos para fazermos esse mundo mais bonito, mais habitável, gostoso de se viver, embalado pela música e pelos sonhos de paz. De 12 a 17 de julho, na PUCRS, em Porto Alegre, nos encontraremos num grande Mutirão, experimentando a comunicação que desejamos, dispostos a construir uma sociedade diferente, com posturas e relações de poder, alicerçadas na justiça e no entendimento das pessoas. Temos experiências e muitas vivências que testemunham em favor dos que buscam recuperar a solidariedade como sangue da sociedade, provocar a partilha do pão como caminho de sobrevivência, socializar saberes como patrimônio de todos, estender a mão aos caídos ao longo dos caminhos da história e valorizar a vida e as práticas comunitárias das pessoas em benefício do bem comum. Mutirão, banhado na luz e na esperança de uma terra sem males, espaço aberto para acolher a todos com suas iniciativas, trabalhos, pesquisas e lutas pela democratização da comunicação. Um espaço com vez e voz para todos, onde não haverá lugar para radicalismos, preconceitos e individualismos, mas que proclamará a fraternidade como lei maior da humanidade. No Mutirão acontecerá a comunicação nova e geradora da cultura solidária. Comunicação é partilha e a partilha é comunicação; comunicação é solidariedade e a solidariedade é comunicação; comunicação somos nós pensando o dia de amanhã, construindo a sociedade que desejamos, espelhados no sonho maior que é a boa notícia da liberdade para todos. Ser livre e cantar a vida embasam a organização do Evento e proclamam a chegada de novos ventos, que trazem um tempo novo para os povos da América Latina e do Caribe. Mutirão, somos nós fazendo acontecer essa história, construindo um futuro melhor para todos. Todos somos convidados. Somos livres e livres queremos anunciar a chegada desse novo dia, para muito breve, em terras desse Continente, vocacionado a viver a comunicação como elo da fraternidade e sacramento da solidariedade.

As tardes de 13 a 17 de julho de 2009 estão reservadas para mais de quarenta espetáculos. Selecionados pela comissão que coordena as apresentações artístico-populares do Mutirão de Comunicação América Latina e Caribe, a programação, com apresentações entre 12h30 às 18h, reúne artistas de diferentes setores, como música, dança e teatro. Enfatizando o tema principal do evento, que é a comunicação, estes momentos

culturais tem como principal objetivo a valorização da arte e da cultura cultivadas nos 37 países participantes, possibilitando que sejam divulgadas suas raízes históricas, promovendo a arte à luz da cultura solidária. O espírito de confraternização das tardes culturais visa o estreitamento dos laços de amizade entre os povos deste continente. Mais do que um momento de integração, as apresentações artísticas serão espaços de reflexão e troca de experiências através a arte e da cultura. Para Irma Nilva Dal Bello, responsável pela Comissão, as apresentações “serão um espaço distinto e privilegiado para desenvolver e aprimorar as relações”. Detalhes sobre a programação no site www.muticom.org.

Fórum Social da Juventude (Continuação da página 1)

“Estamos construindo coletivamente o sonho de realizar o FSJ 2009 no Rio Grande do Sul. Desejamos que todas as entidades estudantis, de juventudes, culturais, sociais, ambientais, comunitárias do RS e do Brasil possam colaborar ativamente na construção e realização deste grande evento internacional em Porto Alegre”, afirma Luciano Dorneles, coordenador geral do Comitê Executivo de organização do FSJ. Com foco na juventude, os debates são centrados em três eixos principais: educação e cidadania, integração cultural planetária e diversidades e meio ambiente e mudanças globais. A programação completa do Fórum pode ser conferida no site: www.forumsocialdajuventude.com.br

Profissionais de Imprensa devem fazer credenciamento O Mutirão de Comunicação está garantindo um espaço apropriado para que os profissionais de comunicação possam mandar materiais em tempo real para os veículos que representam. Para se credenciar basta preencher o formulário que está no site do Mutirão (www.muticom.br), acessar o link “imprensa / credenciamento”. O evento terá uma estrutura à disposição dos jornalistas, com uma sala reservada com 10 computadores conectados à internet, espaço reservado para entrevistas e coletivas, estúdio de Rádio e TV, cabine telefônica e serão disponibilizadas imagens diárias do evento para serem baixadas da internet. Os profissionais serão credenciados mediante apresentação do crachá do veículo e do registro profissional ou carteira de identidade. As inscrições poderão ser feitas nas categorias TV, rádio, impresso ou web. Informativo do Mutirão de Comunicação América Latina e Caribe 12 a 17 de Julho - PUCRS - POA Av. Cristóvão Colombo, 149 - CEP 90.560-003 - Porto Alegre - RS - Brasil Fone + 55 51 3391.2434 secretaria@muticom.com - www.muticom.org Presidente: Dom Dadeus Grings, Arcebispo de Porto Alegre - Coordenador-Geral: Pe. Marcelino Sivinski (RS/Brasil) - Coordenador de Comunicação: Pe. Attílio Hartnamnn (RS/Brasil) Promoção: CNBB, OCLACC, CELAM - Apoio: OCIC, RCR , UCBC, ALER, FELAFACS, PCCS, PUCRS, RIIAL, SIGNIS, UCIP, UNISINOS e WACC/AL. Jornalistas responsáveis: Paulo Ricardo R. Tomasini (Mtb 6.930) e Nara Soter Roxo (MTb 4.436) Diagramação: Nara Soter Roxo - Tiragem: 40 mil exemplares - Impressão: Jornal O Pioneiro Colaboraram com esta edição: Daiana Bristot, Assunta Montoya, Marcelo Vaz e Sinara Sandri.

Noite de prêmios para comunicadores A CNBB e a OCLACC vão premiar trabalhos e comunicadores brasileiros e latinoamericanos que contribuíram para promover a cultura da paz, a defesa da vida e a participação cidadã e democrática. A solenidade de premiação será na noite de 14 de julho, na PUCRS, em Porto Alegre. Os prêmios da CNBB são uma distinção anual para os melhores trabalhos na área de comunicação realizados no Brasil. O Prêmio Dom Hélder Câmara é voltado para jornalismo, enquanto o Prêmio Microfone de Prata é destinado a trabalhos em rádio e o Prêmio Clara de Assis para televisão. Este ano, o júri concedeu o Prêmio Margarida de Prata para cinema para o longametragem “Sal de Prata”, do paranaense Elói Pires Ferreira. Já o Prêmio Comunicador da Paz, da OCLACC, contempla duas categorias: Prêmio de Trajetória e Homenagem Póstuma. Os candidatos ao prêmio de trajetória são o jornalista e teórico da comunicação José Márquez de Melo (Brasil); o diretor da Rádio PioXII, Robert Armand Durette Martin (Bolívia); o professor e pesquisador, Washington Uranga (Uruguai/Argentina); o professor e especialista em ética, Javier Darío Restrepo (Colômbia). A homenagem póstuma será atribuída ao Monsenhor Oscar Arnulfo Romero, conhecido como “voz dos silenciados” e assassinado em março de 1980, em El Salvador, ou ao Monsenhor equatoriano Leonidas Proaño, o “bispo dos índios”.

Curtas & Rápidas FNCD e ABONG - O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) e a ABONG/Regional Sul (Associação Brasileira de Organizações Não-governamentais/Sul)estão apoiando a iniciativa do Mutirão. Ambas estão divulgando o encontro junto as suas entidades parceiras. ARTIGOS - O site do Mutirão tem um espaço para publicação de artigos tratando do tema do encontro. São aceitos textos com até 1.500 caracteres. Os artigos são assinados e podem ser enviados para o e-mail imprensa@muticom.org.


Jornal do Mutirão - Junho de 2009 12 de julho - DOMINGO 13h - Recepção/inscrição participantes do Mutirão de Comunicação América Latina e Caribe e Fórum Social da Juventude (FSJ), no Prédio 40 17h - Painel de abertura do FSJ: “A juventude construindo um Outro Mundo”, no ........... 19h - Abertura Oficial do Mutirão com a presença de autoridades e conferência de Dom Cláudio Maria Celli, no Salão de eventos 20h30 - Abertura acadêmica, em formato de programa televisivo (talk show) sobre o tema central: Processos de comunicação e cultura solidária. A mesa estará composta por Ismael González González, coordenador da ALBA Cultural, ex-vice-ministro de Cultura e ex-diretor da RTV cubana; Fernando Checa Montúfar, diretor do CIESPAL (Centro Internacional de Estudos Superiores de Comunicação para a América Latina); Carlos Augusto dos Santos, Ministro de Comunicação do Paraguai e Gabriel Mariotto, interventor do Comitê Federal de Radiodifusão, da Argentina. Os entrevistadores serão Juremir Machado da Silva (Brasil) e Washington Uranga (Argentina) 13 de julho – SEGUNDA-FEIRA 8h - Celebração, no Salão de Eventos 8h45 às 12h - Conferência “Novos cenários políticos e sociais e processos de comunicação”, no Salão de Eventos Conferencista - Pedro Ribeiro de Oliveira (Brasil) Coordenadora mesa - Anamaría Rodríguez (Equador) Diálogo e debate em plenário. 9h - Exposição de material e livros sobre comunicação e tecnologias, partilha de experiências, diálogo de práticas nos estandes/tendas, no Prédio 40 13h às 18h - Apresentações artísticas, no.... 13h30 às 15h30 - Painel do FSJ “A educação transformando a juventude e a sociedade”. 14h - Seminários temáticos - Novo cenário político regional e políticas de comunicação - Painelista Rosa Alayza (Peru) - Novos processos de comunicação nos diferentes atores sociais Painelista Wrana Panizzi (Brasil) - Meios públicos e direito à comunicação - Painelista Guillermo Mastrini (Argentina) - Ética da comunicação na perspectiva de direitos - Painelista Gabriel Jaime Perez - Comunicação ante o Deus da esperança - Painelista Agenor Brighenti (Brasil) * Oficinas * Apresentação das produções acadêmicas *Projeção de filmes na PUCRS e em salas no centro de Porto Alegre *Mesa-redonda para debater com a comunidade e interessados sobre a grade das TVs católicas: avaliação e sugestões na perspectiva da evangelização. *Conferência de Mons. Cláudio Maria Celli, para todos os interessados, sobre “A Igreja e o Desafio das Novas Tecnologias da Mídia na Evangelização” 16h às 18h: Painel FSJ “Como fomentar/valorizar a cultura popular na América Latina?” 18h - Celebração da eucaristia, na Igreja São Judas Tadeu (Rua Juarez Távora, 171, Partenon) 19h - Celebração ecumênica 20h - Música Erudita Programação cultural de integração do Mutirão e FSJ 22h30 - Programa Tribuna Livre com Mons. Cláudio Maria Celli, na Rede Vida de Televisão 14 de julho – TERÇA-FEIRA 8h - Celebração 8h45 - Conferência “Economia e comunicação na era digital” - Conferencistas Rubens Salvador Bordini (Brasil) e Luciano Sathler (Brasil) - Coordenador da mesa Carlos Arturo Quintero Gómez (Colômbia) Diálogo e debate em plenário 13h às 18h - Apresentações artísticas 13h30 às 15h30 - Painel do FSJ “A educação popular construindo a cidadania” 14h - Seminários temáticos - Concentração da propriedade nas comunicações e relações de poder Painelista Martín Becerra (Argentina) - Sociedade da informação, processos de digitalização, convergência tecnológica - Painelista Carlos Eduardo Cortés (Colômbia) - Nova realidade econômica latino-americana e suas consequências na comunicação - Painelista Inácio Neutzling (Brasil) - Economia solidária e processos de comunicação - Painelista Paul Singer

03 (Brasil) - Deus como “mercadoria” na era digital - Painelista Leomar Brustolin (Brasil) * Oficinas * Apresentação das produções acadêmicas * Projeção de filmes na PUCRS e em salas no centro de Porto Alegre * Mesa-redonda para debater com a comunidade e interessados sobre a grade das TVs católicas: avaliação e sugestões na perspectiva da evangelização 16h às 18h - Painel do FSJ “Como articular governos e sociedade civil para defender a natureza?” 18h - Celebração da eucaristia, na Igreja São Judas Tadeu 19h - Celebração penitencial 20h - Entrega dos prêmios Margarida de Prata, Microfone de Prata, Prêmio Dom Helder Câmara e Prêmio Clara de Assis aos melhores do cinema, rádio, imprensa e televisão, respectivamente. Entrega do Prêmio Comunicador da Paz, pela OCLACC, distinção para homenagear a trajetória e o compromisso de vida das comunicadoras e comunicadores latino-americanos que trabalharam em prol de uma cultura voltada para a paz. 15 de julho – QUARTA-FEIRA 8h - Celebração 8h45 às 12h - Conferência Comunicação no diálogo das culturas Conferencista Washington Uranga (Argentina) - Coordenador da mesa Luciano Sathler (Brasil) Diálogo e debate em plenário 13h às 18h - Apresentações artísticas 13h30 às 15h30 - Painel do FSJ “Como integrar as diversidades sexuais, étnicas, raciais, culturais nas sociedades do Planeta?” 14h - Seminários temáticos - Comunicação nas diferenças e no conflito - Painelista Tanius Karam (México) - Comunicação no diálogo ecumênico e inter-religioso- Painelista Dennis Smith (Guatemala) - Novas linguagens nos processos de inculturação do Evangelho Painelista Paulo Suess (Brasil) - Comunicação dos silenciados e processos de resistência - Painelista María Cristina Mata (Argentina) - Teologia e comunicação na sociedade do conhecimento - Painelista Mons. Urbano Zilles (Brasil) * Oficinas * Apresentação das produções acadêmicas * Projeção de filmes na PUCRS e em salas no centro de Porto Alegre * Mesa-redonda para debater com a comunidade e interessado sobre a grade das TVs católicas: avaliação e sugestões na perspectiva da evangelização. 16h às 18h - Painel do FSJ “Como melhorar a qualidade da educação Pública no Brasil?” 18h - Celebração da Eucaristia, na Igreja São Judas Tadeu 19h - Celebração inter-religiosa 20h - Música Folclórica 16 de julho – QUINTA-FEIRA 8h - Celebração 8h45 às 12h - Exposição sobre Processos de Comunicação e Cultura Solidária: construção de cenários de futuro, a cargo do Comitê Acadêmico do Mutirão Síntese da proposta da carta - Coordenador Washington Uranga (Argentina) Debate aberto com a intervenção de todos os participantes 13h às 18h - Apresentações artísticas 14h - Apresentação das entidades promotoras do evento (OCLACC, CELAM, CNBB, UCBC, OCIC/BR, RCR e UNDA: o que são e o que fazem * Apresentação das produções acadêmicas * Projeção de filmes na PUCRS e em salas no centro de Porto Alegre 16h - Elaboração das conclusões 19h - Celebração da Eucaristia 20h - Apresentação da Carta de Porto Alegre sobre processos de comunicação e cultura solidária * Leitura da Carta do Rio Grande do Sul, da Juventude, a ser encaminhada ao Parlamento do Mercosul * Encerramento solene * Música Popular 17 de julho – SEXTA-FEIRA 9h - Assembléias de organizações, encontros de bispos responsáveis pela comunicação na América Latina e Caribe, de entidades, de países, de profissionais e universidades


04

Jornal do Mutirão - Junho de 2009

Tudo pronto para o Refresher

Comunicação e processos educativos em evento internacional na Unisinos Foto: Renata Stoduto

Adalberto: “Tudo pronto para o Refresher”

A comissão organizadora do Refresher está fazendo os ajustes finais para receber os estudantes, especialistas e comunicadores que vão participar do encontro. São esperados 500 participantes que devem ocupar as dependências da Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos), em São Leopoldo, região metropolitana de Porto Alegre (RS), entre 9 e 11 de julho. “Está correndo tudo bem na organização e já estamos na expectativa da chegada dos participantes do Refresher”, disse o diretor do Curso de Comunicação Social da Unisinos e coordenador do evento, Edelberto Behs. O encontro é a primeira etapa do Mutirão de Comunicação da América Latina e Caribe e terá como tema central a educomunicação. O conceito unifica as áreas de educação e comunicação social com o objetivo de melhorar o resultado das práticas educacionais e incluir o uso de recursos da informação no processo de aprendizagem, criando ambientes comunicativos abertos e

dialógicos. Segundo o c o o r d e n a d o r d o R e f r e s h e r, a educomunicação é uma prática histórica que foi sintetizada em um conceito. Na sua opinião, o encontro na Unisinos pode ajudar a melhorar a apropriação da idéia e das práticas por um conjunto maior de comunicadores. Um dos grandes desafios colocados aos participantes seria apontar possibilidades e soluções inovadoras que ajudem a melhorar a adaptação do sistema de ensino aos jovens. “É possível que tenhamos indicativos de novas ferramentas que ajudem no trabalho com os jovens”, disse Edelberto Behs. O evento conta com a participação de Ismar de Oliveira Soares, professor do Núcleo de Comunicação e Educação (ECA/USP), presidente da UCIP (União Católica Internacional de Imprensa) e um dos principais especialistas na área de educação para os meios e mediação tecnológica na educação. A programação inclui conferências e diálogos de práticas para troca de experiências. Um dos casos que será apresentado como exemplo da prática de educomunicação é o projeto “Trilhando Comunicação”, desenvolvido pela ONG Trilha Cidadã em parceria com a Fundação Luterana de Diaconia. O trabalho realizado na periferia da cidade de São Leopoldo conta com oficinas de produção audiovisual, fotografia, rádio comunitária, multi culturalidade (expressão corporal) e formação humana cidadã (cidadania e

PROGRAMAÇÃO Dia 9 (quinta-feira) 16h - Conferência de Abertura: Educomunicação e Cultura Solidária: Prof. Dr. Ismar de Oliveira Soares - Coordenador: Prof. Dr. Attilio Ignacio Hartmann sj Atividade Cultural

Dia 10 (sexta-feira) 9h às 12h - Painel Educomunicação: Dr. Carlos Cortés, Prof. Dr. José Braga, Ms. Pablo Ramos - Coordenadora: Me. Elide Fogolari 12h às 14h - Teatro 14h30 às 17h30 - Diálogo de práticas 18h - Sessão de cinema

Dia 11 (sábado) 9 às 12h - Painel Cultura Solidária: Prof. Dr. Hilário Dick, Prof. Dr. Tanius Karam e Elson Faxina - Coordenador: Prof. Dr. Efendy Maldonado Tarde - Encerramento: Síntese do Encontro e Carta do Refresher Celebração

O Mutirão da Comunicação Por Dom Dadeus Grings, arcebispo de Porto Alegre

Porto Alegre vai sediar o Mutirão da Comunicação América Latina e Caribe. O evento traz para a capital gaúcha a experiência e reflexão de cinco mutirões nacionais de comunicação que, de biênio em biênio, estudaram a temática no contexto brasileiro. A questão da comunicação está longe de ser tranquila. Sabemos que ela é essencial à vida humana, aguçada hoje pela premência de poderosos meios que lhe imprimem direcionamentos novos e inauditos. Por isso, o novo pobre não se define mais pela economia que está em crise mundial, mas pela comunicação. Ser pobre hoje é estar desconectado. A comunicação como expressão da vida humana, com todos os meios que a técnica moderna lhe põe à disposição não pode tornar-se exclusividade de alguns especialistas. É direito fundamental inalienável de todo cidadão. Há dois pólos que não podem ser esquecidos. De um lado está a fonte, na interioridade da pessoa humana e do outro lado está o destino que se pode chamar de cultura. Em outras palavras, a comunicação brota de uma interioridade. O ser humano está dotado de uma capacidade ímpar de pensar, querer, sentir que precisa expressar. Produz uma riqueza que não pode ficar confinada à interioridade, sob pena de frustração. Falamos de uma subjetividade que caracteriza cada ser humano. O Mutirão da Comunicação se põe diante de uma tarefa profundamente cristã: como criar uma cultura solidária, uma vez que o amor é a essência da vida cristã. Queremos, pois, olhar e assumir a comunicação nesta perspectiva, servindo-nos de um paradigma cristão. Iniciamos pensando numa unidade continental, baseada na fé católica: depois empenhamo-nos por uma comunicação que esteja a serviço do entendimento e da colaboração entre as raças e culturas. Entendemos então que comunicar é, deveras, evangelizar e evangelizar é servir-se da comunicação para este fim específico da cultura solidária. Temos um longo caminha a andar para chegar a uma comunicação que promova a unidade, expressa a verdade e retrate bondade. O Mutirão de 12 a 17 de julho, em Porto Alegre, na PUCRS, deve contribuir para trilhar este caminho.

Celebrações nascidas no chão da vida

Tvs católicas dialogam com as comunidades

Durante o Mutirão estarão acontecendo várias celebrações ao longo do dia: às 8h, no início dos trabalhos; às 18h, na igreja São Judas, celebração da eucaristia com a presença da comunidade, visitantes, bispos de outros países e muitos presbíteros. Às 19h, no Campus da PUCRS, celebrações ecumênicas, penitencial, interreligiosa e a grande celebração de encerramento. Participe das grandes liturgias que acontecem nos dias do Mutirão.

Nas tardes dos dias 13, 14 e 15 de julho, durante o Mutirão, na PUCRS, as televisões de inspiração católica estarão promovendo uma mesa-redonda para conversar com as comunidades e todos os interessados sobre a sua grade, a qualidade dos programas. Também será uma oportunidade para recolher observações, críticas e sugestões para a qualificar a presença da TV na vida das pessoas e das famílias. Prepare as suas perguntas, traga as suas sugestões para contribuir neste debate.


Jornal do Mutirão / Junho 2009  

Segunda ediçã do jornal do Mutirão

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you