Page 74

/José avillez

em constante movimento

texto patrícia serrado fotografia Nuno correia

Qualidade é disciplina na cozinha do Belcanto. Assim como uma panóplia de sentimentos que acompanham o contínuo ensaio no tempo. O movimento das ações que embarcam numa viagem pelo imaginário do chef José Avillez. Dos comensais e apreciadores da boa comida espera-se a descoberta de palavras insinuadas numa carta, ao que se segue o desafio ao olhar. E, por fim, a provocação do palato, de sensações inusitadas…

“Há momentos de maior reflexão. Mais do que a arte está o tamanho do artesão. A repetição de cada prato. Como se a música fosse a parte da criação, da composição”. A arte é o ofício primário de um chef. O reflexo da exigência do artesão. A demonstração da obra-prima do mestre. A persistência que invade o tempo até que o resultado se traduzida na perfeição. “Depois, há a repetição diária. Fazer o mais parecido possível ao primeiro prato que se fez. Mas poucos são aqueles que conseguem tocar um concerto igual ao outro…”

74

NEW /

Mutante 13  

Chegámos a 2012, com 5 anos de vida, 12 números editados, um blogue e uma página de facebook bastante ativas. Um momento para olhar e analis...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you