Page 1

N.º 3

notícias RMA Abril / Junho 09

noticias rma

Editorial

Museus da RMA

Nestes últimos meses as energias da Rede de Museus do Algarve uniram-se, sobretudo, em torno de dois projectos: “Os Técnicos dos Museus encontram-se” e a preparação da exposição “Do Reino à Região”a inaugurar em Maio de 2010. O primeiro projecto pretende colocar os técnicos dos museus a conversar em torno de temas específicos. Para este ano estão programados três encontros que terão lugar em Portimão, Faro e Loulé e que versarão respectivamente os temas do Inventário, dos Serviços Educativos e do Acolhimento. O trabalho em torno da preparação da exposição polinucleada por todo o Algarve – de Barlavento a Sotavento – tem estado focado na definição dos guiões de cada museu, da imagem gráfica do projecto, dos materiais comuns e das possíveis fontes de financiamento. No próximo número do Notícias em Rede faremos uma apresentação mais detalhada do projecto “Do Reino à Região” por ser um projecto marcante quer pela produção de conhecimento que irá produzir, quer pela dimensão e impacto público da iniciativa.

I.º Encontro de Museus Espanha - Portugal

Mérida, Museu Nacional de Arte Romano 29 de Janeiro de 2009 O I.º Encontro de Museus Luso-espanhóis resultou de uma organização conjunta entre a Subdirección General de Museos Estatales e o Instituto de Museus e da Conservação. O Encontro centrou-se nas Redes de Museus, sendo o primeiro dia dedicado sobretudo à Rede de Museus de Portugal e à Rede de Museus espanhola ainda em constituição. No segundo dia foram apresentadas experiências de várias redes de museus espanholas, nomeadamente: Comunidades Autónomas da Galiza, Castelae Leão, Extremadura e Andaluzia. E da parte portuguesa foi apresentada a experiência da Rede de Museus do Algarve por José Gameiro e Dália Paulo.

notícias RMA

1 - Museu Municipal de Faro 2 - Museu Municipal de Portimão 3 -Museu Municipal de Tavira 4 - Museu Marítimo Almirante Ramalho Ortigão 5 - Museu do Trajo de S. Brás de Alportel 6 - Museu Municipal de Loulé 7 - Museu Municipal de Arqueologia Albufeira 8 - Museu Municipal Dr. José Formosinho 9 - Museu Municipal de Lagoa (em processo de implantação) 10 - Museu Municipal de Arqueologia de Silves 11 - Núcleos Museológicos de Alcoutim 12 - Núcleo Museológico da Indústria Conserveira de Vila Real de Santo António 13 - Museu Municipal de Olhão 14- Museu do Mar e da Terra da Carrapateira, Aljezur


notícias RMA Encontro Nacional de Museus Rede Portuguesa de Museus Museu Nacional de Arqueologia, 27 de Março e 2009

Boletim Museus em Rede n.º 31, Março de 2009 Rede Portuguesa de Museusde Museus

A Rede Portuguesa de Museus realizou o encontro anual dos museus que integram a RPM e nesse

A Rede Portuguesa de Museus convidou dois membros da Rede de

encontro foi feito uma breve síntese do trabalho que

Museus do Algarve – Dália Paulo e José Gameiro - para escrever

a Rede de Museus do Algarve desenvolveu no

um artigo sobre a experiência do trabalho em rede e as perspectivas

último ano, destacando-se a concretização dos

para o futuro. Faz-se uma breve síntese do percurso desta jovem

projectos de parceria candidatados ao

rede e indicam-se os três eixos de actuação: Informação, Formação

PROMUSEUS: “Caixa Viagem pelas histórias do

e Parcerias.

Algarve” e “4 Museus 4 Edifícios com história”.

Destacamos aqui o parágrafo final que resume o espírito da rede e

Referiram-se ainda as novas adesões e projecto

do caminho até agora percorrido:

conjunto de exposição “Do Reino à Região” a

“ podemos afirmar que a experiência tem sido bastante positiva e

inaugurar a 18 de Maio de 2010.

gratificante, quer pela troca de experiências, quer pelo concretizar de projectos que fortalecem e qualificam a realidade museológica regional e sobretudo pelo carácter motivador, que uma construção feita de forma criativa e colectiva, seguramente representa para a comunidade dos Museus do Algarve, dos seus profissionais, populações e públicos” (PAULO e GAMEIRO, 2009: 9) Destacamos ainda as palavras de Clara Camacho, Subdirectora do IMC, no Editorial do Boletim Museus em Rede n.º 31, sobre a Rede de Museus do Algarve: “Trata-se da primeira rede geográfica, suscitada a partir dos quatro museus da RPM localizados na região algarvia e alargada a outros museus desta área. Merece especial interesse a metodologia participativa e democrática utilizada na constituição e desenvolvimento da rede, cujos resultados são já notáveis ao longo

Museu Nacional de Arqueologia www.mnarqueologia-ipmuseus.pt Praça do Império Santa Maria de Belém, Lisboa 213 620 000

dos seus curtos dois anos de existência.” (CAMACHO, 2009:2)


museus da RMA

Museu Municipal de Arqueologia de Silves

Reservas em exposição De 13 de Fevereiro a 30 de Maio de 2009 O objectivo desta exposição é apresentar espólio arqueológico proveniente de três escavações realizadas na área urbana da cidade de Silves: castelo, Queimador, Séc. XIII Castelo de Silves

rua da Arrochela e residência paroquial. Este legado é apenas uma amostra dos inúmeros achados encontrados nestas zonas. Entre as diferentes matérias encontradas, metal (cobre, bronze e ferro), vidro, estuque, cerâmica, osso e pedra, os bens apresentados em exposição, correspondem na maioria a produções cerâmicas, sendo que este é o tipo de material mais frequente nas escavações até hoje efectuadas. Tratam-se de algumas das peças mais significativas, que foram conservadas e restauradas e que até agora têm permanecido em reserva neste museu.

Museu Municipal de Tavira

“Passeios Patrimónios do Mar”

edifícios. Estes aspectos constituem a base da visita ao antigo arraial, convertido actualmente no Hotel

Todos os meses, no âmbito da exposição “Tavira, patrimónios do mar”,

Albacora/Vila Galé.

o Palácio da Galeria/Museu Municipal de Tavira organiza, em conjunto com especialistas de diferentes áreas, passeios na cidade ou na sua

28 Junho de 2009

envolvente tendo como ponto de partida elementos da exposição.

“Igrejas marítimas e devoções populares” Orientação: Daniel Santana, historiador de arte

31 Maio de 2009

Ponto de Encontro: Palácio da Galeria às 10h

“Arraial Ferreira Neto”: uma “cidade” para a pesca do atum

As devoções de uma cidade portuária apresentam

Orientação: Marco Lopes e Rita Manteigas, historiador e historiadora de arte

especificidades. Um percurso pedonal por Tavira irá

Ponto de encontro: Terminal rodoviário às 15h

permitir conhecer alguns importantes templos e edifícios

O Antigo Arraial Ferreira Neto (1945), construído para substituir um anterior

ligados aos mareantes, relacionados com aspectos

destruído pelo mar, permite analisar a vida, organização dos pescadores e

simbólicos e de organização social, reflectindo sobre os

suas famílias em torno da pesca sazonal do atum e o reflexo do

“protectores” mais evocados e sobre as características dos

“corporativismo” do Estado Novo na forma como foram projectados os vários

templos.


museus da RMA Museu Municipal de Loulé - Convento do Espírito Santo, Loulé

“Passeios Patrimónios da Terra” Em 2009 o Serviço educativo do Palácio da Galeria propõe percursos guiados, destinados ao público em geral e a grupos escolares, para interpretação e descodificação das paisagens culturais no território extraurbano de Tavira. Estes consistem na interpretação dos espaços humanizados e das tecnologias tradicionais, a partir dos conhecimentos empíricos da utilização das matérias-primas e seus processos de transformação, distribuídos ao longo do ano de acordo com os ciclos agrícolas e práticas de construção tradicional. 1 Junho 2009 (Domingo)

“A Noite sem Escuridão

«Do cereal, ao engenho e ao pão»

Arte Sacra do Concelho de Loulé”

22 a 26 Junho 2009 (de Segunda a Sexta): público

4 de Abril a 13 de Junho

escolar Orientação: Marta Santos (arquitecta) e habitantes locais Ponto de Encontro: Terminal Rodoviário de Tavira às 9h30 Percurso de descoberta dos gestos e esforços quotidianos, a lavra, o semeio e as colheitas do trigo, centeio, cevada e aveia, produzindo o mais fundamental alimento cozinhado: o pão. Partilharemos o trabalho na eira, debulhando o cereal com o pisoteio dos muares, e joeirado o grão que depois de ensacado segue para o Moinho Branco de Cachopo, onde com a orientação do moleiro será moído. Aquece-se o forno e preparemos feixes de esteva, depois dispõe-se a massa benzida nas folhas de palma e com cânticos de trabalho, espera-se a cozedura. Informações/ Inscrições

O Museu Municipal de Loulé organiza a exposição A Noite sem Escuridão – Arte Sacra do Concelho de Loulé, de 4 de Abril a 13 de Junho, no Convento do Espírito Santo, em Loulé. É comissariada por José António Falcão, Director do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja. De destacar, o seu comissariado na exposição que esteve patente no Paço Episcopal da Diocese do Algarve por ocasião da iniciativa Faro Capital da Cultura. Realizou-se a selecção de um conjunto de 50 peças de grande valor artístico que, através da conservação e restauro, contribuiu para a preservação e valorização do património religioso concelhio. Estas inseremse em vários períodos artísticos e tentam englobar todas as categorias da arte religiosa. Esta exposição vai ser enriquecida por eventos de várias naturezas: concertos de música sacra, publicações, conferências, entre outros.

Serviço Educativo do Palácio da Galeria / Museu Municipal de Tavira

Durante este período, vai abrir ao público a Ermida de Nossa Senhora da

www.cm-tavira.pt

Conceição, datada de meados do século XVII, templo de grande interesse

edu.museus@cm-tavira.pt telf.: + 351 281 320 500 (ext. 324) | Horário: 10h00 – 12h30 / 14h00 – 17h30

artístico pelos seus painéis de azulejos de temática religiosa, pintura do

Aberto de Terça a Domingo.

tecto e qualidade do retábulo, recentemente restaurada.


museus da RMA

Museu Municipal Dr. José Formosinho - Lagoa

«Pessoas e Famílias de Lagos» O Museu Municipal Dr. José Formosinho lançou no passado mês de Fevereiro o projecto «Pessoas e Famílias de Lagos». Esta iniciativa visa: a) envolver a comunidade lacobrigense na dinamização do Museu Municipal Dr. José Formosinho e dos restantes núcleos museológicos, através da criação de sinergias de colaboração, com vista ao desenvolvimento social e cívico; b) contribuir para a construção da história e memória colectivas do Município de Lagos; c) chamar os munícipes de Lagos à visita regular dos equipamentos culturais geridos pela Câmara Municipal. «Pessoas e Famílias de Lagos» é um projecto de duração ilimitada, que tem como finalidade a constituição de uma base de dados fotográfica, digitalizada, a fim de se promoverem várias iniciativas, num futuro muito próximo. Todos os habitantes ou naturais do concelho de Lagos são chamados a colaborar, de uma forma muito simples. Basta entregarem no Serviço de Museologia e Documentação Histórica da Câmara Municipal de Lagos (sedeado no Museu), fotografias de pessoas, individuais ou de grupo, nas mais diversas situações, acompanhadas de uma ficha descritiva das mesmas. Não se pretende que as pessoas se desfaçam das fotografias, mas que no-las emprestem, para serem digitalizadas. O projecto foi oficialmente lançado no dia 18 de Maio, Dia Internacional dos Museus. O resultado imediato foi a disponibilização nos vários equipamentos museológicos da Câmara Municipal de Lagos, da "Fotografia do Mês".

Dr. José Formosinho, fundador e primeiro director do Museu Municipal Dr. José Formosinho.

RMA boletim nº 3 | abril - junho 09  

RMA boletim nº 3 | abril - junho 09

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you