Page 1

19/05/14

Jornal Expresso 16-05-2014, 16 de Maio de 2014

sapatos, as trombetas, os botões, os espadins de gala, as lanças dos jogos equestres, as selas, os cinturões, as cinco armas de fogo da coleção… “tudo o que está relacionado com os cortejos reais e a arte equestre e mais o que se possa imaginar”.

Material desinfestado, conferido, etiquetado, acondicionado e com os dados devidamente cruzados e informatizados, mas tudo material que dificilmente fará parte do núcleo expositivo do museu. É por isso que estas reservas serão visitáveis por especialistas, universitários e investigadores mediante autorização prévia. Um terminal informático também permitirá diretamente o estudo de cada peça. É o trabalho de sombra de mais de um ano que não terá menos esplendor do que o ouro e a talha dourada dos coches reais. E nem esses escaparão ao trabalho dos técnicos que ali estão e aos que virão do Laboratório José de Figueiredo quando chegar a altura da mudança (“Nós propusemos o dia 23 de maio de 2015 para a inauguração, mas não sabemos se será possível”, diz Silvana Bessone). Cada coche será adjudicado a uma equipa de técnicos que terá em mãos um programa de intervenção e restauro para cumprir antes de lhes dar o passaporte de passagem para a outra “margem”.

leitor.expresso.pt/#library/expressodiario/16-05-2014/caderno-1/temas-principais/03_tp-museu-coches

1/1

Jornal expresso 16 05 2014, 16 de maio de 2014 7  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you