Page 1

relaxar-

guia de turismo ativo

ontemplar / orar as / c / ol vilh har a r /p ma 7 erc / ir o br

/

ar

r/ ive v e /r

ar / saborear / com relax pra ar / r/ ebr c he cel ira r

/ caminhar / m hecer ergu con lha r/

r/ rre

de sc o

oliveira do hospital | guia de turismo ativo |

r/ nsa sca de

50 EXPERIĂŠNCIAS

/e sc ut


-escutar

| guia de turismo ativo | oliveira do hospital

/ verbos dos arguinas No concelho de Oliveira do Hospital, particularmente nas freguesias de Santa Ovaia e Nogueira do Cravo, existe uma “pitoresca linguagem”, nas palavras do Dr. Francisco Correia das Neves, autor de “Os Verbos dos Arguinas - A Gíria dos Pedreiros da Região de Oliveira do Hospital”, usada pelos antigos pedreiros destas freguesias, no âmbito da sua atividade profissional. Esta é portanto, tal como o “mirandês”, de Mirandela ou o “barranquenho”, de Barrancos, uma gíria de contornos originais e típicos destas freguesias do concelho de Oliveira do Hospital. Ouça alguns dos “Verbos dos Arguinas” aqui:


relaxarpercorrer

do hospital | guia de turismo oliveiraoliveira do hospital | guia de turismo ativo | ativo |

Viseu

n

Rio Mondego 1-2

N 23

1 Km Rio Mondego

Seixo da Beira

Vila Franca da Beira Carregal do Sal

Ervedal da Beira 0

N 23

Rio Seia

Rio Seia

Lagares da Beira Meruge

Rio Seco

Rio Cobral

Rio Cobral

Travanca de Lagos

Lajeosa Lagos da Beira Seia

Bobadela

N 17

OLIVEIRA DO HOSPITAL

Nogueira do Cravo N 17

Coimbra Lisboa

N

Lourosa Ribeiro das Cabeçadas

Vila Pouca da Beira Rio Alva

Santa Ovaia

Rio Alva

São Gião

Penalva do Alva Rio Alva

17

São Sebastião da Feira Rio Alvoco

Rio Alva

Avô Arganil

São Paio de Gramaços

Alvoco das Varzeas Aldeia das Dez

N 230

Covilhã Fundão


mergulhar --contemplar

| guia| guia de turismo de turismo ativoativo | oliveira | oliveira do hospital do hospital

/ rota dos monumentos megalíticos Há cerca de 6.000 anos, pequenas comunidades humanas instalaram-se ou passaram pela região que é hoje o concelho de Oliveira do Hospital. Viviam do que a natureza dispunha e tinham uma agricultura muito rudimentar. A sua preocupação com a vida para além da morte levou-as a construir dólmenes ou antas: monumentos megalíticos de cariz funerário coletivo. Espaços que traduzem um memorial aos mortos e que simbolizam a crença na eternidade e no renascimento. São considerados como autênticos templos onde se idolatrava o culto de um número restrito de “divinos” antepassados. / Megalitismo: deriva do grego mega=grande e lithos= pedra

1

2

3

/ 1. Anta da Sobreda ou do Curral dos Mouros Ergue-se num cabeço a sudeste da povoação da Sobreda, entre afloramentos graníticos, nas imediações do rio Seia. Nos finais do séc. XIX era possível observarem-se algumas pinturas a vermelho, no interior do seu esteio de cabeceira. O espólio encontrado, com cerca de mil objetos, constituiu a maior coleção de artefactos disponível no âmbito do megalitismo da região. Classificada como Monumento de Interesse Público em 1959. / gps: 40º 45’23.56” N / 07º 80’54.00” W / 2. Anta de Arcaínha ou Dólmen do Seixo da Beira Tem mais de cinco mil anos e está classificada como Monumento de Interesse Público desde 1959. Também é conhecida por Casa da Moura ou Lapa de Linhares. É um dos maiores monumentos do género ainda preservados em toda a região centro/norte de Portugal. / gps: 40º 44’51.88” N / 07º 84’43.27” W / 3. Anta da Cavada - Fiais da Beira O restauro de que foi alvo em 2008 trouxe a luz do dia um esteio do seu corredor de acesso e passou a designar-se de ‘anta composta’; compreendendo, assim, uma câmara funerária e um corredor de acesso. Está situada cerca de 3 km de Ervedal da Beira e é usada como abrigo dos pastores. / gps: 40º 41’66.04” N / 07º 92’05.39” W / 4. Anta do Pinheiro dos Abraços - Bobadela Situada entre Bobadela e Oliveira do Hospital, é a possível evidência de que a várzea de Bobadela já era habitada desde a Pré-história. O espólio de si recolhido é composto por um vasto leque de artefactos arqueológicos. Conta com a classificação de Monumento de Interesse Público desde 1992. / gps: 40º 36’70.68” N / 07º 87’99.85” W

4


oliveira oliveira dodo hospital hospital | guia | guia dede turismo turismo ativo ativo | |

relaxar reviver-

/ casa museu da fundação dona maria emília vasconcelos cabral

Praceta Doutor António Simões Saraiva 3400-073 Oliveira do Hospital t. 238 609 580

A antiga “Casa de Baixo” do fidalgo Francisco Cabral Metello, datada do séc. XVIII-XIX, é hoje uma casa-museu que guarda tesouros da época de pensadores, escritores e da família. Ali, a viagem no tempo é feita nos tons quentes e dourados das paredes e tapeçarias, dos móveis e das peças existentes. Escritores como Aquilino Ribeiro, Fernando Pessoa e Amélia Rey Colaço deixaram as suas críticas transcritas em livros de Francisco Cabral Metello. A casa preserva também um minimuseu do Traje, diversos trabalhos, obras e um jardim verdejante com lagos e uma capela familiar.

http://fundacaomevc.pt/pt

/ gps: 40º 21’ 31.11” N / 07º 51’ 44.31” W

4ª > sáb. | 10h-13h > 15h-17h30

2ª > 6ª | 14h-17h sáb. e dom. | 10h-12h > 14h-17h no verão: sáb. e dom. fecha às 18h Rua João Borges de Brito, nº 4 3405-018 Bobadela t. 238 605 250

/ museu municipal dr. antónio simões saraiva No princípio do século XIX vivia neste solar o General Gomes Freire de Andrade. Hoje, é um museu, excelente guardião de obras de arte e coleções de teor etnográfico. Das esculturas de mestres como Simões de Almeida e Soares dos Reis às obras em madeira de um artista local, da sala dedicada a Macau à arte sacra e à época romântica, a viagem no tempo é vasta e muito preciosa. / gps: 40º 21’ 39” N / 07º 53’ 35” W


mergulhar --reviver

| guia de turismo ativo | guia | oliveira de turismo do hospital ativo | oliveira do hospital

/ museu tarquínio hall A casa que em tempos foi residência do poeta, jornalista e investigador de História, Tarquínio Hall, alberga desde 2011 um museu etnográfico, biblioteca e espaço internet. No segundo piso, a exposição permanente reabre as arcas de memórias, conduzindo o visitante a uma viagem pelas profissões e ofícios desaparecidos ou em desuso. Ali estão as ferramentas do carpinteiro, resineiro, sapateiro, pedreiro e ferreiro, os objetos agrícolas ligados ao azeite e ao vinho. / gps: 40º 37’ 54.07”N / 07º 82’ 83.22” W

2ª > 6ª | 9h-12h30 > 16h30-19h30 sáb. | 14h-19h Rua Dom Manuel I, N.º 55 3405 - 270 Lagos da Beira t. 238 606 100

/ museu etnográfico de meruge Muitos dos objetos usados no tempo dos avós e bisavós estão aqui reunidos. O museu - uma casa tradicional recuperada - vela por objetos do quotidiano, da agricultura, das tecnologias e das artes decorativas de tempos antigos, onde a utilidade dos utensílios, sobretudo em madeira ou ferro, era quase eterna. / gps: 40º 39’ 43.27”N / 07º 80’ 94.26” W

4ª > sáb. | 10h-13h > 15h-17h30 Rua da Laje 3400-359 Meruge tlm. 96 46 02 821


oliveira oliveira dodo hospital hospital | guia | guia dede turismo turismo ativo ativo | |

relaxar reviver-

/ museu etnográfico de travanca de lagos O museu etnográfico de Travanca de Lagos situa-se nas próprias instalações da Junta de Freguesia desta localidade. O espólio nele patente é o resultado de doações feitas por artifíces desta povoação que espelham bem as tarefas profissionais e do quotidiano às quais estes se dedicavam, até ao último quartel do século XX. 2ª > 6ª | 9h-12h > 14h-18h

/ gps: 40º 23’ 14” N / 07º 53’ 10” W

Rua da Junta de Freguesia nº7 3405-527 Travanca de Lagos t. / f. 238645766 e. geral@jf-travancadelagos.pt www.jf-travancadelagos.pt

/ casa da poesia maria amélia de almeida

2ª > 6ª | 9h-13h > 14h-17h * Vivenda da N. S.ª da Conceição nº5, Rua Maria Almeida C. Almeida - Poetisa 3405-515 Travanca de Lagos * sujeito a marcação prévia, junto do gabinete de apoio à vereação (GAV) - CM Oliveira do Hospital t. 238 605250

Inaugurada em 2011, esta casa-museu em Travanca de Lagos guarda a valiosa obra de cinco livros publicados e sete não publicados e mais de 800 prémios e condecorações recebidos por Maria Amélia Pinto de Carvalho e Almeida (1907-2010), uma das maiores poetisas contemporâneas portuguesas. Ali está também a máquina de escrever que a acompanhou durante 40 anos, entre muitos outros objetos e notas escritas. / gps: 40º 23’ 01.93” N / 07º 52’ 57.57” W


mergulhar --conhecer

| guia de turismo ativo oliveiraativo do hospital | guia de |turismo | oliveira do hospital

/ património cultural e natural classificado /património arquitetónico e artístico 1. Imóveis classificados como Monumento Nacional: a) Capela dos Ferreiros, anexa à Igreja Matriz de Oliveira do Hospital, Oliveira do Hospital, Decreto nº 26500, de 4 de Abril de 1936. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. b) Igreja de São Pedro, Matriz de Lourosa, Lourosa, Decreto nº 2445, 14 de Junho de 1916. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. c) Ruínas romanas de Bobadela, Bobadela, Decreto de 16 de Junho de 1910 e Decreto nº 26 519, de 15 de Abril de 1936. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. 2. Imóveis classificados como de Interesse Público a) Anta da Arcaínha, Carvalhal, Seixo da Beira, Decreto nº 42 692, de 30 Novembro de 1959. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. b) Anta do Curral dos Mouros, Sobreda, Decreto nº 42 692, de 30 Novembro de 1959. Dispõe de Zona GeralEspecialc) Anta de Pinheiro do Abraços, Bobadela, Decreto-Lei nº 26-A/92, de 1/06. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. d) Castelo de Avô, incluindo ruínas da Ermida de São Miguel, Avô, Decreto nº 45 327, de 25 de Outubro de 1963. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. e) Igreja Matriz de Travanca de Lagos, Travanca de Lagos, Decreto nº 43 073, DG 162, de 14 de Julho de 1960. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m.

f) Pelourinho de Avô, Avô, Decreto nº 23 122, de 11 de Outubro de 1933. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. g) Pelourinho de Bobadela, Bobadela, Decreto nº 23 122, de 11 de Outubro de 1933. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. h) Pelourinho de Nogueira do Cravo, Nogueira do Cravo, Decreto nº 23 122, de 11 de Outubro de 1933. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. i) Pelourinho de Lourosa, Lourosa, Decreto nº 23 122, de 11 de Outubro de 1933. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. j) Pelourinho de Penalva de Alva, Penalva de Alva, Decreto nº 23 122, de 11 de Outubro de 1933. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. k) Pelourinho de Oliveira do Hospital, Oliveira do Hospital, Decreto nº 23 122, de 11 de Outubro de 1933. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. l) Pelourinho de Seixo da Beira, Seixo da Beira, Decreto nº 23 122, de 11 de Outubro de 1933. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. m) Ponte medieval de Alvoco das Várzeas, Alvoco das Várzeas, Decreto nº 2/96 de 6 de Março. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. n) Ponte romana de Bobadela, Bobadela, Decreto-Lei nº 26-A/92, de 1 de Junho. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. o) Solar de Ervedal da Beira, Ervedal da Beira, Decreto nº 95/78, de 12 de Setembro. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m.

3. Imóveis classificados como Monumento de Interesse Público: a) Igreja matriz de São Gião, incluindo todo o seu património integrado e respetiva Zona Especial de Proteção (ZEP), em São Gião, através da Portaria nº 740-BH/2012, publicada no DR. 2ª Série, nº 248, de 24 de Dezembro de 2012. b) Pousada de Santa Bárbara, Póvoa das Quartas, Portaria nº 740-AG/2012, publicada no DR. 2ª Série, nº 248, de 24 de Dezembro de 2012. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. c) Convento do Desagravo do Santíssimo Sacramento de Vila Pouca da Beira e respetiva Zona Especial de Proteção (ZEP), em Vila Pouca da Beira, através de Portaria nº 118/2013, de 8 de Março publicada no DR. 2ª Série, nº 48 de 8 de Março de 2013. 4. Imóveis classificados como de Interesse Municipal: a) Casa Brás Garcia de Mascarenhas, Avô, Decreto 67/97 de 31 de Dezembro. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. b) Igreja matriz de Penalva de Alva, Penalva de Alva, Decreto 29/84, de 25 de Junho. Dispõe de Zona Especial de Proteção de 50 m. /património natural classificado 1. Património Natural Classificado de Interesse Público: a) Tília Tilia tometos – Diário da República, 2.ª série, de 26 de Fevereiro de 1988, proc. KNJ 1/196; localizado no Adro da Igreja, em Oliveira do Hospital. b) Dois Carvalhos Quercus robur L., em Vila Franca da Beira (Diário da República, 2.ª série, de 24 de Outubro de 2005, processos KNJ 1/461 e KNJ 1/462). 2. Património Natural em Vias de Classificação: a) Sobreiro Quercus suber – Proc. nº. KNJ 5/364 – localizado na Casa do Sobreiro, em Travanca de Lagos.


caminhar relaxar-

oliveira do hospital guia de turismo | ativo | oliveira do |hospital | guia deativo turismo

/ percursos pedestres A natureza foi generosa para com o concelho de Oliveira do Hospital, bem no coração de Portugal. Aos elementos ambientais veio juntar-se o saber dos homens, desde há séculos até à atualidade, criando encantos e recantos que merecem ser descobertos. / PR1 OHP / Pelas Várzeas do Alvoco /Aldeia das Dez / PR2 OHP / Rota Imperial /Aldeia das Dez / PR3 OHP / Na Pegada do Ermitão /Aldeia das Dez / PR4 OHP / À Volta do Alva /Avô / PR5 OHP / A Marcha dos Veteranos /Oliveira do Hospital / PR6 OHP / Rota dos Açudes /Ervedal da Beira / PR7 OHP / Rota do Narciso do Mondego /Seixo da Beira / PR8 OHP / Rota da Penha /Vila Franca da Beira / PR9 OHP / Rota Olhares do Mondego /Vale Torto, Felgueira Velha e Pedras Ruivas / GR1 / Rota Entre-os-Rios / Seixo da Beira

PR1 > aldeia das dez 19,9km > duração 5h15m

/ pelas várzeas do alvoco Excelente percurso que atravessa ribeiras e vales, a aldeia de Chão Sobral e algum património: Casa do ‘S’ e igreja de S. Bartolomeu, Santuário de N. Srª das Preces e ponte medieval, com a respetiva praia de Alvoco das Várzeas a permitir um banho refrescante.

médio/fácil


mergulhar -caminhar

| guia| guia de turismo de turismo ativoativo | oliveira | oliveira do hospital do hospital

PR2 > aldeia das dez 11,9km > duração 5h30m médio/fácil

/ rota imperial Começando pela Casa do ‘S’ e igreja de S. Bartolomeu, o percurso acompanha partes de calçada romana, passagem nas capelas de Santa Maria do Mosteiro, Srª dos Anjos e S. Pedro, castelo de Avô e praia fluvial da Ilha do Picoto.

/ na pegada do ermitão A casa do ‘S’ e a igreja de S. Bartolomeu são ponto de partida para calcorrear os trilhos do passado pela calçada romana, os campos agrícolas e a Ponte das Três Entradas. Depois, o Alva é o principal companheiro até chegar às duas praias fluviais que surgem no percurso: Praia Fluvial da Ponte das Três Entradas e Praia Fluvial de Avô.

PR3 > aldeia das dez 9,7km > duração 2h50m fácil

PR4 > avô 8km > duração 2h10m médio/fácil

/ à volta do alva Um percurso em redor de ambas as margens do Alva, ora tendo-o à direita, rumo à Ponte das Três Entradas, ora, no regresso, mantendo-o pela esquerda, com passagem na calçada romana, capela do mosteiro e capela da Srª dos Anjos.


caminhar relaxar-

oliveira do hospital guia de turismo | ativo | oliveira do |hospital | guia deativo turismo

PR5 > oliveira do hospital

/ a marcha dos veteranos Antes de partir rumo à Bobadela, é tempo de descobrir a Capela dos Ferreiros, a casa Museu da Fundação D. Maria Emília Vasconcelos Cabral e a tília gigante. De partida para Bobadela, passagem na anta do Pinheiro dos Abraços, nas sepulturas antropomórficas, capela N. Srª da Luz, Fórum da Bobadela e capela de São Sebastião.

14,6km > duração 3h30m médio/fácil

/ rota dos açudes PR6 > ervedal da beira 15,8km > duração 3h40m médio/fácil

Do alto da torre sineira da capela da N. S.ª da Boa-Viagem, em Ervedal da Beira, o percurso começa pela contemplação em altura para depois descer às várzeas do rio Seia e de dois dos seus açudes. Pelo caminho, há que saciar a sede na fonte do Espadanal, ver a anta da Cavada e os Palheiros de Fiais.

/ rota do narciso do mondego Um percurso que revela a fragilidade do Narciso do Mondego e a robustez do granito. A rota conduz pelo complexo exploratório de cassiterite, na Sobreda, a imponente anta da Arcaínha, a pedra dos três pezinhos, as sepulturas antropomórficas, o carreiro da formiga e talha arquitetónica da Igreja Paroquial.

PR7 > seixo da beira 11,2km > duração 3h20m fácil


mergulhar -caminhar

| guia| guia de turismo de turismo ativoativo | oliveira | oliveira do hospital do hospital

PR8 > vila franca da beira 14,3km > duração 3h40m

/ rota da penha

médio

Uma rota rural e pacata que permite avistar o Mondego do alto do miradouro da Penha e sugere visita à igreja do Vale do Ferro, ao artesanato local, à única alminha pintada do concelho de Oliveira do Hospital, à granítica aldeia do Vieiro e ao parque da transumância da freguesia de Vila Franca da Beira.

/ rota olhares do mondego O percurso é circular e tem início no largo da capela de N. Sr.ª da Saúde, em Vale Torto, na freguesia do Seixo da Beira. Um passeio onde é revelada toda a beleza do Mondego.

PR9 > vale torto 8,4km > duração 2h40m fácil

GR1 > seixo da beira 46km > duração 3h de BTT médio/fácil

/ rota entre-os-rios Esta grande rota que é praticamente a súmula das pequenas rotas do quadrante norte do concelho é um verdadeiro apelo aos sentidos. Dada a sua extensão e caraterísticas dos trilhos, o melhor será percorrê-la de bicicleta de montanha.


relaxarmergulhar

oliveira do hospital oliveira| guia do hospital de turismo | guia ativo de turismo | ativo |

/ praias fluviais Além das três praias fluviais classificadas (Alvoco das Várzeas, Avô e São Gião) e com um excelente conjunto de infraestruturas de apoio aos banhistas, o concelho dispõe de outras zonas balneares de eleição nas margens do rio Alva. Razões não faltam para mergulhar em Oliveira do hospital. / legenda

/ vigilante / primeiros socorros / informações / WC / chuveiro / acessibilidades / restaurante / bar / alojamento / parque de merendas / parque infantil / aluguer de barcos

11km > oliveira do hospital

/ são gião Como chegar: Sair de Oliveira do Hospital até à N17, na direção de Seia. Virar para M506/504 em direção a São Gião. Curvar à direita, passar a ponte e seguir as indicações para São Gião. A praia fica a 300m à direita, junto ao parque de campismo. / gps: 40º 34’ 16.54” N / 07º 81’ 54.53” W


mergulhar --mergulhar

| guia| guia de turismo ativoativo | oliveira do hospital de turismo | oliveira do hospital

15km > oliveira do hospital

/ avô Como chegar: Sair de Oliveira do Hospital até à N17 direção Sul. Mais à frente, virar para a N230 em direção a Avô. A praia fica no centro da vila, na envolvente da ilha do Picoto. / gps: 40º 29´41.63 N / 07º 90`58.65 W


relaxarmergulhar

oliveira do hospital oliveira| guia do hospital de turismo | guia ativo de turismo | ativo |

/ alvoco das várzeas Como chegar: Sair de Oliveira do Hospital em direção a Penalva de Alva, Santo António do Alva e Ponte das Três Entradas. Apanhar a N230 em direção a Alvoco das Várzeas. Dentro da aldeia virar na placa à direita que indica a praia fluvial. / gps: 40º 30’ 08.93” N / 07º 83’ 63.61” W

19km > oliveira do hospital


mergulhar --mergulhar

| guia| guia de turismo ativoativo | oliveira do hospital de turismo | oliveira do hospital

/ caldas de s. paulo Como chegar: Sair de Oliveira do Hospital direção sul/Catraia de S. Paio pela N230. Na rotunda, 1ª saída para N17. No restaurante a 1km, vire à esquerda e inicie descida em cerca de 4.5km. Ao chegar à EM514, virar à esquerda. Vire na 1ª à direita na avenida principal. / gps: 40º 32’ 57.06” N / 07º 84’ 37.02” W

8km > oliveira do hospital

/ penalva de alva Como chegar: Sair de Oliveira do Hospital até Catraia de São Paio junto à N17. Seguir em frente em direção Penalva de Alva pela M506. Em Penalva de Alva seguir as indicações de Praia Fluvial. / gps: 40º 33’ 51.08” N / 07º 38’ 27.79” W

7km > oliveira do hospital


relaxarmergulhar

oliveira do hospital oliveira| guia do hospital de turismo | guia ativo de turismo | ativo |

11km > oliveira do hospital

/ ponte das três entradas Como chegar: Sair de Oliveira do Hospital até à N17 direção Santa Ovaia. Virar à esquerda em direção à Ponte das Três Entradas. A praia fica nas imediações do Parque de Campismo. / gps: 40º 30’ 72.03” N / 07º 87’ 23.92” W

/ s. sebastião da feira Como chegar: Sair de Oliveira do Hospital até à N17 direção Santa Ovaia. Em Senhor das Almas, virar à esquerda em direção a São Sebastião da Feira. Na aldeia, siga as placas em direção ao rio. / gps: 40º 31’ 50.03” N / 07º 86’ 58.46” W

8km > oliveira do hospital

/ santo antónio do alva Como chegar: Sair de Oliveira do Hospital até Catraia de São Paio, junto à N17. Seguir pela EN17 e virar à esquerda em direção à marginal do Alva (M514). Santo António do Alva fica junto ao rio Alva, entre Caldas de S. Paulo e S. Sebastião da Feira. Em Santo António do Alva seguir as indicações da praia. / gps: 40º 32’ 44.22” N / 07º 84’ 59.11” W 8km > oliveira do hospital


mergulhar --descobrir

| guia de turismo ativo | oliveira hospital | guia de turismo ativodo | oliveira do hospital

/ aldeias do xisto O concelho tem duas aldeias que integram o projeto Aldeias do Xisto. Descubra-as e maravilhe-se com os seus recantos, a sua história e paisagem envolvente.

/ aldeia das dez Aldeia das Dez é um miradouro privilegiado. Está situada na encosta norte do Colcurinho, a 500 metros de altitude, e o seu povoamento remonta à época pré-romana. No seio da aldeia, encontra grande valor patrimonial como a igreja matriz (séc. XVIII), a Casa da Voluta ou Casa do ´S’ (séc. XVII), o Solar Pina Ferraz, o cruzeiro do Largo da Fonte, a calçada romana, as diversas fontes e as ruínas de um castro luso-romano. / gps: 40º 17’ 33.36” N / 07º 51’ 52.77” W

/ avô É nas encostas do rio Alva e da ribeira de Pomares que se encontra a belíssima vila de Avô, com invejável riqueza em património secular. Foi ali que, no séc. XII, D. Afonso Henriques mandou erguer um castelo, reconstruído no séc. XIV, do qual restam alguns vestígios como as muralhas e a capela de S. Miguel, de origem medieval. / gps: 40º 29’ 41.63” N / 07º 90’ 58.65” W


7maravilhas relaxar-

oliveira do oliveira hospital do|hospital guia de turismo | guia deativo turismo | ativo |

/ 7 maravilhas A partir de um trabalho efetuado sobre património concelhio por uma turma finalista da Escola Secundária de Oliveira do Hospital surgiu a ideia de eleger as sete maravilhas do património cultural e ambiental. No total, foram postos a votação do público 20 destes locais por todo o concelho, tendo vencido sete de cada género.

1

2

3

4

5

6

7

/ património cultural / 1. Igreja de São Pedro de Lourosa É Monumento Nacional desde 1916 e um dos templos mais antigos em toda a Península Ibérica. Data de 912, época da reconquista cristã. / 2. Igreja Paroquial de S. Gião Data de 1795 e é designada de Catedral das Beiras pela sua dimensão, pintura, talha e valor das alfaias litúrgicas. / 3. Palheiras dos Fiais Conjunto de 75 casas em granito toscamente aparelhado, cobertas de telha lusa, especial pela magnitude e pela história rural que testemunha. /4. Ponte medieval de Alvoco das Várzeas Percorrê-la não é tarefa fácil, pela irregularidade das pedras, mas a sua beleza é notória. Apelidada de romana, é uma ponte medieval de estilo românico-gótico. / 5. Ruínas do castelo de Avô Foi senhorio de D. Afonso Henriques e pertenceu a Dona Urraca Afonso, sua filha bastarda. É Imóvel de Interesse Público desde 1963, e oferece uma magnífica panorâmica. / 6. Ruínas romanas da Bobadela Uma das principais atrações do concelho. Datado da segunda metade do séc. I ou primeira metade do séc. II, o conjunto é composto por um anfiteatro, um arco e diversas inscrições. / 7. Santuário de Nª Sr.ª das Preces Edificado entre os séculos XVIII e XIX, situa-se junto à aldeia de Vale de Maceira, Aldeia das Dez e está envolvido por um belíssimo parque florestal e uma excelente panorâmica.


mergulhar --7maravilhas

| guia de |turismo guia deativo turismo | oliveira ativo | do oliveira hospital do hospital

3

1

2

4

5

6

/ património ambiental / 1. Açude da Moenda Trata-se de uma represa construída no século XVIII, em alvenaria de pedra, com o objetivo de servir de irrigação aos campos agrícolas. / 2. Açude do Ervedal da Beira Próximo de Ervedal da Beira e alimentado pelo rio Seia, este local, usado para fins turísticos, resulta num esplêndido espelho de água e numa queda de água de dez metros de altura. / 3. Jardim do Santuário de Nª Sr.ª das Preces Biodiversidade é a palavra de ordem neste espaço. O jardim é um paraíso recheado de espécies florestais autóctones e exóticas, algumas delas centenárias. / 4. Monte do Colcurinho Pertence à serra do Açor, atinge uma altitude máxima de 1242 metros e faz parte da freguesia de Aldeia das Dez. Excelente local de observação do nascer ou do pôr-do-sol, proporciona um horizonte de 360 graus. / 5. Tília A maior tília classificada em Portugal, com 25 metros de altura e sete de perímetro, encontra-se no adro da Igreja Matriz de Oliveira do Hospital, onde se pode apreciar a sua sombra. / 6. Vale do Alva O rio com o mesmo nome e o seu vale verdejante criaram pequenos paraísos de beleza extraordinária onde surgiram diversas praias fluviais como São Gião, Caldas de São Paulo, São Sebastião da Feira ou Avô. / 7. Varandas de Avô O miradouro alcança uma paisagem de rara beleza: o rio Alva, a vila de Avô, a ribeira de Pomares e as serras circundantes. Diz-se que a rainha D. Amélia era apreciadora do local.

7


relaxar orar-

oliveira do hospital | guiaativo de turismo ativo | oliveira do hospital | guia de turismo |

/ santuário de nossa sr.ª das preces No formoso Vale de Maceira, Aldeia das Dez, o Santuário de Nossa Senhora da Preces (séc. XVIII) integra um dos mais importantes roteiros religiosos da região. O santuário inclui uma Via-Sacra com onze capelas dedicadas à Paixão de Cristo, decoradas com figuras de madeira em tamanho natural, do século XIX, um chafariz monumental e um coreto. Tudo, rodeado por um parque florestal com espécies autóctones e exóticas, lagos, cascata e escadaria de estilo barroco. / gps: 40º 16’ 49” N / 07º 51’ 09” W

/ capela dos ferreiros Anexo à igreja matriz de Oliveira do Hospital, está um dos mais importantes espaços funerários góticos nacionais pela relevância das suas obras e por ser das poucas capelas sepulcrais medievais e em bom estado. Foi construída em 1279 e contém os túmulos, em pedra de Ançã, do fundador Domingos Joanes e sua esposa, para além de uma das primeiras estátuas equestres feitas na europa – o Cavaleiro de Oliveira. / gps: 40º 21’ 34” N / 07º 51’ 42” W


mergulhar -orar

| guia de turismo ativo | oliveira | guia de doturismo hospital ativo | oliveira do hospital

/ igreja paroquial de s. gião No interior da igreja paroquial de S. Gião, datada de 1756, preservam-se alguns tesouros. O conjunto de pinturas setecentistas da vida de Cristo, da Virgem e dos santos, integradas num monumento notável pelas dimensões e estilo barroco e recheado com talha dourada, levou a que o arcebispo de Coimbra, D. Manuel Viera de Matos, lhe tenha chamado Catedral das Beiras. / gps: 40º 20’ 12” N / 07º 47’ 58” W

/ convento do desagravo Foi local de clausura das irmãs franciscanas, hospital, Posto Agrário do Mondego, colónia de férias e alojamento de regressados das ex-colónias portuguesas. O convento, datado do séc. XVIII-XIX, é hoje a Pousada de Vila Pouca da Beira, pertencendo à rede de Pousadas de Portugal. A torre, o claustro, a igreja e o campanário são alguns elementos de destaque, num conjunto complementado por um jardim com vista para as serras da Estrela e do Açor. / gps: 40º 18’ 27” N / 07º 55’ 02” W

/ igreja de são pedro de lourosa É um dos mais antigos templos da Península Ibérica, datado do ano de 912, e um dos raros edifícios religiosos pré-românicos (moçárabe) em Portugal. A estrutura vai ao encontro dos modelos asturianos do século IX, com o corpo de três naves, separadas por arcarias triplas de arco em ferradura, entre outros elementos artísticos. A estrutura, bem preservada serve para o culto cristão. / gps: 40º 19’ 02” N / 07º 55’ 55” W


celebrar relaxar-

oliveira dodo hospital | guia dede turismo ativo | | oliveira hospital | guia turismo ativo

/ festas e romarias A tradição religiosa ocupa lugar de destaque em Oliveira do Hospital e a romaria à capela da N. Sra. das Preces, no 1º domingo de Julho, prova-o, ou não fosse uma das maiores das Beiras. O calendário das festas religiosas é recheado, com destaque para os meses de verão, quaresma e Páscoa, em quase todas as freguesias, atraindo os fiéis das redondezas. Para além dos rituais de fé, tem havido a preocupação de retomar a tradição em algumas atividades económicas e produtos. Exemplo disso são as festas e feiras de cariz anual ou pontual pelas diversas freguesias, em torno de produtos como o queijo, a castanha, o vinho, o gado, o pão e as bolas e as sopas, eventos onde o artesanato, a etnografia, o folclore e a animação andam de mãos dadas.

Aldeia das Dez > St. Amaro (Avelar) - 15 de Janeiro > St. Antão (Chão Sobral) 17 de Janeiro > S. Paulo (Goulinho) 25 de Janeiro > N. Sr.ª das Necessidades (Vale de Maceira) - domingo de Pentecostes > N. Sr.ª das Preces (Vale de Maceira) - 1º fim-de-semana de Julho > S. Lourenço (Chão Sobral) 10 de Agosto > S. Bartolomeu - 24 de Agosto > N. Sr.ª de Fátima (Avelar) Agosto > N. Sr.ª das Candeias (Vale de Maceira) - Setembro > N. Sr.ª das Dores - último fimde-semana de Setembro > S. Francisco de Assis (Gramaça) 4 de Outubro > Festa da Castanha (Vale de Maceira) - normalmente no último fim-de-semana de outubro > N. Sr.ª do Rebusco (Vale de Maceira) - 21 de Novembro

Alvoco das Várzeas > Santíssimo Sacramento 3º domingo de Julho > S. Sebastião - Julho > N. Sr.ª da Luz - 3º fim-de -semana de Agosto > St. André - Novembro Avô > S. Pedro - 29 de Junho > Sr.ª dos Anjos 2º domingo de Agosto > N. Sr.ª da Assunção 15 de Agosto > N. Sr.ª da Luz - último sábado de Agosto ou 1º de Setembro > N. Sr.ª das Neves - último domingo de Agosto ou 1º de Setembro Bobadela > St. António - último domingo de Julho Ervedal da Beira > Corpo de Deus - quinta feira de Corpo de Deus > N. Sr.ª da Boa Viagem - último domingo de Agosto

> S. Domingos (Fiais da Beira) - 1º domingo de Agosto > Póvoa de S. Cosme (S. Cosme) 26 de Setembro Lagares > Corpo de Deus - 15 de Junho > S. João - final de Junho > Festival de Folclore - terceira semana de Agosto > N. Sr.ª da Conceição - último fim-de-semana de Agosto Lagos da Beira > S. João - 24 de Junho > St. António (Póvoa das Quartas) - 13 de Junho > Corpo de Deus - quinta-feira de Corpo de Deus > N. Sr.ª da Conceição (Chamusca da Beira) - Dezembro Lajeosa > Santa Luzia - 1º domingo de Maio Lourosa > S. José (Meda) - 19 de Março > Corpo de Deus - quinta-feira corpo de Deus


-celebrar > Santa Bárbara (Campo) - último domingo de Agosto < Santa Bárbara (Cabeçadas) 4 de Dezembro > S. Nicolau (Casal de Abade) 6 de Dezembro > Santa Luzia (Pinheirinho) 13 de Dezembro > N. Sr.ª da Esperança 18 de Dezembro Meruje > S. Bartolomeu (S. Bartolomeu) 2º ou 3º domingo de Julho > Irmandade de S. Bartolomeu 3º domingo de Julho > N. Sr.ª da Conceição 1º domingo de Setembro > N. Sr.ª do Rosário (Nogueirinha) - 1º domingo de Setembro > Festa do Porco e do Enchido 1ª quinzena de Novembro Nogueira do Cravo > St. António - 13 de Junho > Santa Luzia 1º domingo de Julho > S. Tiago - último fim-de-semana de Julho > Santa Luzia (Aldeia de Nogueira) - Junho ou Julho > N. Sr.ª da Visitação (Galizes) 1º domingo de Agosto > Senhor da Almas (Senhor da Almas) - domingo do Espírito Santo > N. Sr.ª do Rosário 1º domingo de Outubro > N. Sr.ª da Conceição (Vilela) 8 de Dezembro Oliveira do Hospital > Feiras mensais - na segundafeira entre 8 e 15 de cada mês (com Feira do Gado) e no último domingo de cada mês > Da NOSSA TERRA - Mostra de Produtos Biológicos, Agrícolas e Tradicionais de Oliveira do Hospital - 2º sábado de cada mês > Feira de S. Brás - 3 de Fevereiro

/ Festa do Queijo da Serra da Estrela e outros Produtos Locais de Qualidade, em Março > Pascoela (Gramaços) 2ª feira de Páscoa > Corpo de Deus -

| guia de turismo ativo | oliveira do hospital

quinta-feira de Corpo de Deus > Há festa na Zona Histórica última semana de Junho > Nª. Sr.ª da Luz (Gramaços) - 1º fim-de-semana de Julho > Santa Ana - 1º domingo de Agosto > Nª Sr.ª da Graça (Gavinhos de Cima) - 2º fim-de-semana de Agosto > Feriado Municipal 7 de Outubro > Magusto Tradicional (Gramaços e Vendas de Gavinhos) Outubro/Novembro > Mostra pública do Presépio de Natal gigante (Gramaços) Dezembro Penalva de Alva > S. José (Formarigo) - Março > S. João (Carvalha) - Junho > S. Pedro (Quintas de S. Pedro) 29 de Junho > St. António (St. António do Alva) - 2º domingo de Julho > Festas de Verão 1º domingo de Agosto > St. André (Merujais) último domingo de Agosto > N. Sr.ª da Conceição 8 de Dezembro S. Gião > S. Sebastião - domingo próximo de 20 de Janeiro > Corpo de Deus quinta-feira de Corpo de Deus > N. Sr.ª dos Remédios (Rio de Mel) - Junho > N. Sr.ª da Febres (Parceiro) 2º domingo de Agosto > Senhor dos Aflitos 3º domingo de Agosto > N. Sr.ª dos Aflitos 4º domingo de Agosto > Sr.ª da Criação - 12 de Novembro > Santíssimo Sacramento 8 de Dezembro S. Paio de Gramaços > S. Pelágio último domingo de Junho > N. Sr.ª dos Milagres 14 e 15 de Agosto S. Sebastião da Feira > S. Sebastião - 20 de Janeiro > Festa de Verão - Agosto Santa Ovaia > St. António - Junho

> Setembrinas 1º fim-de-semana de Setembro > Festival das Sopas 3º sábado de Setembro > N. Sr.ª da Expectação 3º domingo de Dezembro Seixo da Beira > N. Sr.ª da Saúde (Vale Torto) semana da Pascoela > N. Sr.ª da Tosse (Felgueira) terça-feira de Páscoa > Santa Bárbara (Sobreda) 1º domingo de Junho > St. António (Aldeia Formosa) 13 de Junho ou domingo próximo > S. João - 24 de Junho ou domingo próximo > N. Sr.ª do Parto (Seixas) - Junho > Festa do pão, Bolos e Bolas último fim-de-semana de Agosto, parque de N. S.ª da Estrela > N. Sr.ª da Estrela - 15 de Agosto ou domingo próximo > Festa de Santa Luzia (Seixas) Dezembro Travanca de Lagos > S. João - 24 de Junho > S. Pedro - 29 de Junho ou domingo próximo > N. Sr.ª da Expectação (Negrelos) - Agosto > Santa Marinha (Andorinha) - 1º domingo de Setembro Vila Pouca da Beira > Festa do Bodo e Feira Medieval e de Artesanato - 3º domingo de Janeiro > S. Miguel - 2º domingo de Maio > N. Sr.ª do Rosário (Digueifel) 1ª quinzena de Agosto Vila Franca da Beira > Santa Margarida - 15 de Agosto ou domingo próximo

/ expoH Feira Anual Regional de Oliveira do Hospital. É o certame de excelência do Concelho com concertos, artesanato, tasquinhas, diversões e gastronomia. Sempre no fim de Julho e início de Agosto de cada ano.


oliveira do hospital | guia de turismo ativo |

relaxar-

/ casa da cultura césar oliveira Cinema, teatro, musicais, convenções e colóquios, exposições e sala de leitura. Rua do Colégio 3400-105 Oliveira do Hospital t. 238605254 / f. 238609739 / gps: 40º 21’ 35” N / 07º 51’ 37” W

/ galeria de arte pátio velho 3405-138 Vale do Ferro tlm. 968836343 e. patiovelho@hotmail.com http://patio-velho.blogspot.com / gps: 40º 27’ 07” N / 07º 53’ 49” W

/ biblioteca-ludoteca de lagares da beira Largo Dr. Agostinho Antunes 3405-168 Lagares da Beira t. 238648608 e. bllb@sapo.pt   / gps: 40º 24’ 16” N / 07º 51’ 47” W


mergulhar -relaxar

| guia de turismo ativo oliveiraativo do hospital | guia de |turismo | oliveira do hospital

/ toca da raposa Camping Toca da Raposa Quinta do Ameal 3405-351 Meruge t. 238 601 547 / tlm. 92 670 42 18 e. campingtocadaraposa@gmail.com www.toca-da-raposa.com / gps: 40º 23’ 57” N / 07º 49’ 34” W

/ quinta do espinhal moiro Bairro do Sanchinho, 22 3405-154 Lagares da Beira t. 238088405 / tlm. 917031656 e. espinhalmouro@hotmail.com quintadoespinhalmouro@gmail.com / gps: 40º 24’ 25” N / 07º 51’ 25” W

/ bar da carvalha Largo Dr. Agostinho Antunes Nº4 3405-168 Lagares da Beira t. 238645562 / tlm. 913455466 e. barcarvalha@gmail.com / gps: 40º 24’ 17” N / 07º 92’05.39” W


saborear relaxar-

oliveira do hospital | guia de turismo ativoativo | | oliveira do hospital | guia de turismo

/ gastronomia Inserido na zona limítrofe da Serra da Estrela, Oliveira do Hospital acaba por herdar muitos dos seus sabores e tradições gastronómicas, integrando não apenas a Região Demarcada Queijo da Serra da Estrela, como, nos vinhos, a Região Demarcada do Dão. Por aqui vale a pena saborear o cabrito assado, os torresmos da Beira, a feijoada Beirã, o arroz de míscaros, carne de vinhade-alhos, as papas de mogango e os enchidos. Na doçaria experimente a tigelada fina e a tigelada grossa, o requeijão com doce de abóbora, as cavacas de Aldeia das Dez e os “cavaleiros”, queijadas de requeijão criadas há poucos anos.

queijo da serra

Restaurante Almeidense Rua Aurélio Amaro Dinis, 12 R/C 3400-086 Oliveira do Hospital t. 238 603 381 Especialidades: bacalhau à Casa; bacalhau à Lagareiro, cabrito assado. / Encerra ao domingo.

Restaurante Casa da Beira Vendas de Galizes 3400 Nogueira do Cravo t. 238 677 256

Restaurante El Montadito Rua do Ameal 3400-101 Oliveira do Hospital t. 238609667

Restaurante A Padeirinha Rua Luís Vaz de Camões, nº. 10-B 3400-129 Oliveira do Hospital t. 238601500 / f. 238601500

Restaurante Casa dos Frangos E.N. 17 - Catraia de São Paio 3400-002 Oliveira do Hospital t. 238600450 Especialidades: arroz de cabidela de frango, tigeladas. / Encerra às quintas-feiras.

Restaurante Grelhado Beirão Rua Dr. Adelino Junior Mendes Abreu 3400-136 Oliveira do Hospital

Restaurante A Ponte Ponte das Três Entradas 3400 Oliveira do Hospital t. 238 677 129 Especialidades: peixe do rio, cabrito assado, tigeladas. / Aberto todos os dias.

Restaurante Churrasqueira Central Largo Conselheiro Cabral Metello, nº 10B 3400-062 Oliveira do Hospital t. 238 604 893 Especialidades: Frango no churrasco e grelhados.

Restaurante Costa e Madeira Travessa D. Manuel I, nº 8 A 3400-143 Oliveira do Hospital t. 238 604 550

Restaurante Café Cristina Av. do Comércio - Aldeia Formosa 3400-392 Seixo da Beira t. 238 641 076

Hamburgueria Il Peccato Rua do Ameal, nº. 16-B 3400-101 Oliveira do Hospital

(continua no verso)


mergulhar --saborear

| guia de turismo ativo oliveiraativo do hospital | guia de| turismo | oliveira do hospital

Restaurante João Brandão – Quinta da Geia Hotel Rural Quinta da Geia, Quinta da Geia 3400-214 Aldeia das Dez t. 238 670 010 www.quintadageia.com Sabores internacionais e regionais em cenário tipicamente beirão. / Especialidades: bacalhau à Conde, rolos de novilho. / Aberto todos os dias. Restaurante L´Artista EN 17, nº 24 3400-002 Catraia de S. Paio t. 238 692 252/ 966 424 965 Especialidade: Rodizio de Pizza Restaurante Manas Bifanas Praceta Manuel Cid Teles 3400-075 Oliveira do Hospital Restaurante Manjar da Céu Rua Dr. António Simões Pereira, Lt. 20-4A 3400-112 Oliveira do Hospital t. 238 084 496 Restaurante O Cantinho Rua Conselheiro José Lobo, nº. 3-A 3400-094 Oliveira do Hospital t. 238 081 665 Especialidade: cabrito assado Café Restaurante O Carioca Estrada Principal, 19 3405-508 Travanca de Lagos t. 238645648 Restaurante Snack Bar O Coreto Lg. Dr. Agostinho Antunes, 3 3405-168 Lagares da Beira

Restaurante O Dinis Quinta da Fontanheira, Lote 6 3045-105 Lajeosa t. 968 119 268 Restaurante Snack-Bar O Gouveia Fontanheira - Lajeosa 3405-000 Lajeosa t. 238 603 472 Café Restaurante O Leque Ervedal da Beira 3405-032 Ervedal da Beira tlm. 966 394 929 Restaurante O Príncipe da Cidade Rua Prof. António Ribeiro Garcia de Vasconcelos, 10-B 3400-132 Oliveira do Hospital t. 238609867 e. rsimon80@hotmail.com Especialidades: pratos de caça e pernil à Beirão, tigeladas. / Aberto todos os dias. Restaurante O Túnel Largo Ribeiro do Amaral 3400-070 Oliveira do Hospital t. 238 604 496 Encerra ao domingo. Restaurante Paraiso da Beira E.N. 17, nº 15 - Chamusca da Beira 3405-251 Lagos da Beira t. 238 604 159 / f. 238 604 159 Restaurante Quinta da Lameira Rua José Cardoso Pires 3400-077 Oliveira do Hospital t. 238 082 860 Especialidades: lombinhos em molho de azeite e alho. / Encerra ao domingo.

Restaurante Quinta dos Sisos 3400-693 São Paio de Gramaços t. 238 604 640 Restaurante Tasquinha dos Marques Largo do Eiró, nº. 8 3400-065 Oliveira do Hospital t. 238 601 411 Restaurante e Bar The Johnny’s Rua Dr. Antunes Varela, nº 2 3400-133 Oliveira do Hospital t. 238 601 470 e. info@johnnys.pt http://johnnys.pt/ Restaurante Tó Correia Rua Cesário Verde, nº. 7 - Vale do Ferreiro 3400-092 Oliveira do Hospital t. 238 604 627 Encerra à segunda feira. Restaurante Varandas Verdes Ponte das Três Entradas 3400-594 Santa Ovaia t. 238 671 032 Restaurante Bar XM Vendas de Galizes 3400-454 Nogueira do Cravo t. 238 676 092


relaxardescansar

oliveira do oliveira hospital do |hospital guia de turismo | guia deativo turismo | ativo |

/ alojamento Para descansar e recuperar forças da sua visita escolha uma das inúmeras unidades de alojamento do concelho. Oliveira do Hospital espera por si.

quinta da moenda

quinta da florĂŞncia

quinta da geia


mergulhar --descansar

| guia de turismo | oliveira hospital | guia deativo turismo ativo |do oliveira do hospital

Hotel São Paulo *** (temporariamente encerrado) Rua Prof. Antunes Varela, nº. 3 3400-133 Oliveira do Hospital t. 238609000 / f. 238609001 www.ftphotels.com gps. 40º 36’04.08” N/07º 85’90.83” W Pousada do Convento do Desagravo - Grupo Pestana Pousadas, S.A. Calçada do Convento 3400-758 Vila Pouca da Beira t. 238670080 / f. 238670081 e. recepcao.desagravo@pousadas.pt www.pousadas.pt gps. 40º 30’73.43” N/07º 91’75.66” W Boutique Hotel Quinta da Geia **** Largo Terreiro do Fundo do Lugar 3400-214 Aldeia das Dez t. 238670010 / f. 238670019 e. quintadageia@mail.telepac.pt www.quintadageia.com gps. 40º 89’63.97” N/07º 86’67.78” W Quinta do Forninho - TER (Casa de Campo) Catraia de São Paio 3400-002 Oliveira do Hospital t. 238600318 e. info@quintadoforninho.com.pt www.quintadoforninho.com.pt gps. 40º 33’26.69” N/07º 85’52.93” W Casa Ci - TER (Casa de Campo) Rua Dr. António Simões Saraiva, nº. 3 3405-627 Vila Franca da Beira t. 917584314 / e. geral@casaci.net www.casaci.net gps. 40º 43’78.06” N/07º 86’65.52” W Quinta dos Barbas - TER (Casa de Campo) 3400-000 São Gião t. 918127192 e. quintadosbarbas@clix.pt www.quintadosbarbas.com gps. 40º 33’69.77” N/07º 80’98.29” W Quinta da Moenda - TER (Casa de Campo) Avenida da Fronteira 3400-301 Alvôco das Várzeas t. 238666443 / e. joha@sapo.pt www.quintamoenda.com gps. 40º 30’40.55” N/07º 84’15.08” W

Casa das Laranjeiras - TER (Agroturismo) 3400-000 Gramaços t. 238604440 gps. 40º 34’65.44” N/07º 85’71.13” W Casa do Adro de Bobadela 3405-019 Bobadela t. 238692039 / f. 238692039 e. raquelsilva8@gmail.com gps. 40º 36’04.21” N/07º 89’29.82” W Parque de Campismo da Ponte das Três Entradas Ponte das Três Entradas 3400-591 Santa Ovaia t. 238670050 / f. 238670055 e. ponte3entradas@sapo.pt www.pontedas3entradas.com gps. 40º 30’72.71” N/07º 87’17.43” W Parque de Campismo Quinta do Chafariz, Soc. Unipessoal, Lda. Rua do Chafariz, nº 8 3400-404 Lourosa t. 238671520 / f. 238671521 e. quintadochafariz@oninet.pt gps. 40º 19’04.62” N/07º 56’21.48” W Residencial e Parque de Campismo de S. Gião - Fundação Albino Mendes da Silva Parque de Campismo de São Gião 3400-570 São Gião t. 238691154 / f. 238692451 gps. 40º 33’75.17” N/07º 79’99.29” W Casa da Castanheira Gramaços 3400-000 Oliveira do Hospital t. 238604437 gps. 40º 34’62.33” N/07º 85’56.97” W Quinta do Pisão Quinta do Pisão 3405-137 Ervedal da Beira t. 238641067 gps. 40º 40’70.83” N/07º 90’88.49” W Quinta Relva do Trigo Ponte das Três Entradas 3400-264 Aldeia das Dez t. 238677105 e. relvadotrigo@hotmail.com gps. 40º 30’64.67” N/07º 87’05’88” W

Residencial Miradouro Rua Ponte Vicente, 7 Avô e. pensaomiradouro@hotmail.com www.alojamento-local-avo.com/ miradouro/pensao gps. 40º 17’40.73” N/07º 54’ 24.87” W Casa Abrigo Quinta da Serrana Avenida Nova 3405 Ervedal da Beira t. 238 644 305 / 238 084 977 e. geral@ccpoh.com www.ccpoh.com gps. 40º 41’47.54” N/07º 89’80.22” W Quinta da Florência Aldeia Formosa - Seixo da Beira t./f. 238 644 998 telm. 968 075 432 / 964 026 652 e. info@quintadaflorencia.com www.quintadaflorencia.com gps. 40º 26’59” N/07º 51’45” W Casa dos Teares Rua do Secolinho, nº3 3400-241 Aldeia das Dez t. 238677 757 / telm. 916013051 (contato: Maria Gomes) e. casadosteares@sapo.pt gps. 40º 17’30.85” N/07º 51’54.42” W O Passadiço de Avô Hospedaria/Restaurante Rua Prof. António Garcia Vasconcelos, nº 1 3400-380 Avô t. 238670030 e. info@opassadico.com www.opassadico.com gps. 40º 29’31.77” N/07º 90’54.59” W Casa do Secolinho Rua Coronel Diamantino Amaral nº13 - Secolinho 3400-218 Aldeia das Dez t. 238671158 / telm. 917414725 e. info@casasecolinho.com e. reservas@casasecolinho.com www.casasecolinho.com gps. 40º 17’57.86” N/ 07º 51’83.22” W


relaxarcomprar

oliveira oliveira do hospital do hospital | guia| guia de turismo de turismo ativoativo | |

/ rota do queijo serra da estrela A diferença entre o Queijo Serra da Estrela e outros queijos de ovelha tem origem no pasto a que acedem as ovelhas Bordaleira Serra da Estrela ou Churra Mondegueira. O seu leite, acrescido de sal e cardo, resulta num queijo de sabor único, com crosta de cor amarelo-palha e pasta semi-mole amanteigada. A cura dura, no mínimo, 45 dias, sendo lavado e virado várias vezes durante o processo. No ato de venda deve ostentar a marca de certificação autorizada pela respetiva entidade certificadora, que lhe confere a DOP. No concelho de Oliveira do Hospital, encontram-se quatro produtores com certificação, com queijarias em Bobadela, Gramaços, Seixo da Beira e Vila Franca da Beira. O Queijo Serra da Estrela foi votado em 2011 como uma das 7 Maravilhas da Gastronomia portuguesa, sendo um dos mais afamados de todo o mundo. O requeijão Serra da Estrela é cremoso, não fosse feito com o soro resultante do fabrico do queijo do mesmo nome. Conserva-se no máximo 5 dias, numa temperatura entre os 0º e os 5 ºC.

queijaria artesanal


mergulhar --comprar

| guia de turismo ativo | oliveiraativo do hospital | guia de turismo | oliveira do hospital

/ queijarias produtoras de queijo da serra da estrela 1. Queijaria Quinta do Cruzeiro António M. Garcia Simões Rua dos Combatentes da Grande Guerra nº 20 3405-435 Seixo da Beira t. 238 648 172 / tlm. 912 912 221

Rio de Mel

Rio Mondego

1-2

N 23

1

Seixas

Rio Mondego

Vale de Ferro

2. ANCOSE Ass. Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela Quinta da Tapada – Negrelos 3405-504 Travanca de Lagos t. 238 600 720 e. geral@ancose.com

Seixo da Beira

2

1

Vila Franca da Beira

3. Queijaria Artesanal do Rogério Paulo Rogério Simões Figueiredo Quinta da Cobrançã 3400-126 Oliveira do Hospital t. 238 604 329 / tlm. 962 774 806

Fiais da Beira 0

N 23

Rio Seia

Rio Seia

Ribeira do Esporão

Lagares da Beira

4. Queijaria dos Lobos António F. L. Vaz Patto, Lda Rua Principal, nº 20 3400-053 Gramaços t. 238 604 404 / tlm. 933 479 646 e. geral@dos-lobos.pt

Meruge

Rio Cobral

Travanca de Lagos

2 Negrelos

Lajeosa

Rio Seco

3

Lagos da Beira

OLIVEIRA DO HOSPITAL

Bobadela Rio de Cavalos

4 Nogueira do Cravo

3

N 17

Outeiro

São Paio de Gramaços

Penalva do Alva

Rio Alva

Sr. das Almas

Lourosa

N

N 230

Avô Aldeia das Dez Arganil

São Gião

Alguns produtores não são certificados, mas os seus queijos, requeijões e manteigas merecem ser provados. / queijarias produtoras de queijo de ovelha curado

17

Rio Alva

Vila Pouca da Beira

Rio Alva

5

5. Queijaria da Fonte Lameira Luís F Ferreira Morais Rua Fonte Lameira 20, 3400-665 São Gião t. 238 691 334

Alvoco das Varzeas

1. Queijaria Lameiras Rua da Cruz, 13 3405-820 Vila Franca da Beira t. 238 644 095 2. Queijaria Quinta da Gazé 3405-620 Vila Franca da Beira t. 238 641 398 3. Queijaria Maria Virgínia dos Santos Rua da Adega, 3 – Sr. Das Almas 3400-494 Nogueira do Cravo t. 238 603 544


relaxarcomprar

oliveira oliveira do hospital do hospital | guia| guia de turismo de turismo ativoativo | |

/ rota do cobre e do latão A “capital do cobre e do latão” é o título assumido pela localidade de Catraia de S. Paio, na freguesia de Oliveira do Hospital. Ali podem visitar-se as casas que fazem do cobre a matéria-prima da sua atividade, apreciar a forma como os artesãos trabalham este metal, ou mesmo adquirir uma larga gama de peças em cobre, muitas delas destinadas a exportação: alambiques, bengaleiros, tachos e cataplanas, bandejas, canecas e um sem número de estátuas e peças decorativas. Pode até nem necessitar de um alambique, mas uma miniatura é sempre uma excelente recordação com que retornar a casa. No Museu Municipal Dr. António Simões Saraiva encontra algumas das peças de cobre. Já na latoaria, destaca-se o artesão António da Costa que, com mais de 70 anos, continua a manter viva a tradição e a atividade que iniciou na infância.

/ sabia que? O cobre é 100% reciclável. No processo de liquefação e nova transformação não perde as suas propriedades físicas, mecânicas e químicas. / O uso do cobre nos utensílios confere à comida um paladar especial – os alimentos preservam a sua cor, sabor e frescura e as suas propriedades antibacterianas acrescentam vantagens na saúde. / O calor distribui-se uniformemente numa panela de cobre ou cataplana, permitindo poupar tempo e energia.

António da Costa / latoeiro


mergulhar --comprar

| guia de turismo ativo | oliveiraativo do hospital | guia de turismo | oliveira do hospital

1. António Alves da Costa Avô – Oliveira do Hospital t. 238 677 407 tlm. 967 397 490

Rio de Mel

Rio Mondego

1-2

N 23

2. Art’elata - M.ª Graciosa R. Fontinha Nunes Av. Principal, nº30 3400 -755 Vila Pouca da Beira tlm. 965463464 e. cc.nunes2008@gmail.com

Seixas

Rio Mondego

Vale de Ferro

Seixo da Beira

3. José M. Neves Matias Estrada Nacional 17, 10 Senhor das Almas 3400-494 Nogueira do Cravo t. 238 604 602

Vila Franca da Beira Fiais da Beira 0

N 23

Rio Seia

Rio Seia

Ribeira do Esporão

Lagares da Beira Meruge

Rio Cobral

Travanca de Lagos Negrelos

Lajeosa

Rio Seco

Lagos da Beira

Outeiro

OLIVEIRA DO HOSPITAL

Bobadela

N 17

Rio de Cavalos

3

5

Nogueira do Cravo

Lourosa

N

2

Vila Pouca da Beira

17

Rio Alva N 230

Aldeia das Dez

Rio Alva

São Gião

Catraia de S. Paio

Rio Alva

1 Avô

Arganil

4

São Paio de Gramaços

Alvoco das Várzeas

4. Casa Luzarte - Carlos Faria da Cunha & Filhos, Lda. Fabrica e comercializa: peças em cobre e latão Estrada Nacional 17 3400-002 Catraia de São Paio t. 238 604 476 www.cfcunha.pt 5. Casa de Metais  - A. Fernandes & Filhos, Lda. Comercializa: peças em cobre e latão Estrada Nacional 17, 25 3400-002 Catraia de São Paio t. 238 603 433


relaxarcomprar

oliveira oliveira do hospital do hospital | guia| guia de turismo de turismo ativoativo | |

/ artesanato Artes únicas e objectos que dificilmente encontrará noutros lugares. Visite um dos nosso artesãos e leve para casa um pouco de Oliveira do Hospital.

João Monteiro / entalhador

Colheres de Pau

Armando Mendes Correia Vale de Maceira, Aldeia das Dez

Tapetes

Mel

António Manuel Gonçalves dos Santos Lopes (Mel da Cordinha) Seixo da Beira

Costa e Simões Tapeçarias, Lda Vendas de Galizes, Nogueira do Cravo

Barro

Bordados

Trabalhos Manuais

Filomena Macieira e Luís Macieira Oliveira do Hospital

Talhas

João Augusto Ferreira Monteiro Lagares da Beira

Manuel Francisco Neves Abrantes Ervedal da Beira Maria José Esteves Figueiredo Oliveira do Hospital

Enchidos

ADSCVC - Associação de Desenvolvimento Social e Cultural do Vale do Cobral Meruge

Facas

António Pinheiro Lourenço Chão Sobral, Aldeia das Dez

Linhos

Maria Amélia Matias Penalva de Alva

Azeite

Azeites do Cobral Lagares da Beira

Cestos

António Augusto Mendes do Nascimento Penalva de Alva


mergulhar -olhar

| guia de turismo ativo | oliveira do hospital | guia de turismo ativo | oliveira do hospital

/ parque de esculturas Duas artes se juntam na Quinta de Sylvan, na Bobadela: a natureza - árvores, aves e paisagem serena com vista para as serras da Estrela e Caramulo - e a expressão artística humana, através de um conjunto imperdível de esculturas, distribuídas ao longo de 20 hectares. / gps: 40º 35’ 56.20” N / 07º 90’ 08.65” W

visitas por marcação Rua de Telegra, S/N 3405-016 Bobadela t. +351 912 490 424 e. johnwalkerhome@zinzado.com

/ parque municipal do mandanelho Localiza-se praticamente no seio do tecido urbano da cidade de Oliveira do Hospital. É o pulmão da cidade. Quem visita este espaço verde não fica indiferente ao vasto leque de espécies arbóreas que nele vingam. É igualmente um espaço por excelência dado à realização de eventos ao ar livre e à prática desportiva. / gps: 40º 21’ 43.76” N / 07º 51’ 30.60” W

inverno: 2ª > dom. | 8h30 > 21h verão: 2ª > dom. | 8h30 > 23h

/ miradouro da penha Eleva-se a 330m acima do nível do mar. É um rochedo granítico, aqui e acolá mesclado com filões de quartzo-leitoso. Desta magnificente panorâmica, o visitante terá o prazer de apreciar o marcante castro do Vieiro e um dos segmentos mais imponentes das margens sul e norte vale do rio Mondego; rio, este, que é a fronteira natural deste quadrante norte do concelho. / gps: 40º 26’ 21.99” N / 07º 54’ 48.03” W


oliveira do hospital | guia de turismo ativo |

cheirar relaxar-

/ narciso do mondego Taxionomia: Narcissus scaberulus Família: Amaryllidaceae A Rede Natura 2000 é uma rede ecológica que tem por objetivo contribuir para assegurar a biodiversidade através da conservação dos habitats naturais, da fauna e da flora, no território da União Europeia. Classificado como ‘vulnerável’ de acordo com o Livro Vermelho das Plantas, e com o seu estatuto de conservação avaliado em ‘perigo crítico’, ao Narciso do Mondego foi-lhe reservada uma dessas Zonas de Proteção Especial, denominada de ‘Sítio do Carregal do Sal’. O concelho de Oliveira do Hospital abrange 69% da área do ‘Sítio do Carregal do Sal’; ficando assim reservados para os concelhos vizinhos do Carregal do Sal, Seia e Tábua, respetivamente 15, 12 e 4% dessa mesma área de proteção especial. No concelho de Oliveira do Hospital, o ‘sítio’ estende-se pela totalidade das freguesias de Ervedal da Beira, Lagares da Beira, Meruge e Vila Franca da Beira, e extensas parcelas das freguesias de Lagos da Beira, Lajeosa, Travanca de Lagos e do Seixo da Beira. O Narciso do Mondego, este pequeno tesouro da flora do concelho, de caráter tímido e sempre vigilante, é uma bolbosa com duas a sete folhas amarelas; nasce nas clareiras florestais com afloramentos graníticos que bordejam os rios Mondego, Cobral e Seia, e floresce entre fevereiro e abril. Apesar de ser uma espécie protegida, pode sempre “capturá-lo” em fotografia, vídeo ou então…

...sinta o seu cheiro aqui mesmo! Basta friccionar ligeiramente o dedo no verso desta página.


info.blanche@gmail.com produzido por

/ posto de turismo Casa da Cultura César Oliveira Rua do Colégio 3400-105 Oliveira do Hospital t. 238 609 269 / f. 238 601 510 / gps: 40º 21’ 35” N / 07º 51’ 37” W

/ facebook.com/turismodeoliveiradohospital / Este guia cheira à nossa terra. Friccione ligeiramente o dedo nesta página e sinta o aroma do Narciso do Mondego.

Guia de Turismo Ativo Oliveira do Hospital  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you