Issuu on Google+

Newsletter JAN 2017


Editorial

Ficha técnica Edição | Janeiro 2017 Redação e revisão | Cristina Costa e Silva Design e paginação | Mário Ramos Imagens | Ricardo Félix | Arquivo CMM | Foto Canhas

Newsletter JAN 2017

Pelos nossos universitários


M

achico não pode continuar a perder os seus filhos. Durante anos, a saga da emigração, que nos assolou e mesmo da migração para outros concelhos da região, marcou famílias e gerações inteiras. Conscientes de que tínhamos de criar condições ou pelo menos melhorá-las, para que se invertesse essa tendência, a Câmara Municipal de Machico, naquele que é o seu orçamento mais social de sempre, decidiu ajudar os estudantes universitários do concelho. Para tal, entregámos de forma simbólica os certificados aos alunos de Machico que estão no ensino superior, aproveitando a passagem de muitos pela Madeira durante as férias de Natal.

3

Neste momento, em que estamos a ajudar perto de 150 estudantes universitários, independentemente de estarem aqui ou no continente, sentimos que estamos a minorar os problemas de dezenas de famílias, permitindo-lhes manter os seus “pequenos” no ensino superior. Creio que estamos no bom caminho. No ano passado, ajudámos 11 estudantes, este ano ultrapassamos largamente esse número e ajudaríamos mais se não estivéssemos ainda a pagar a dívida que herdamos. Estou certo que o faremos quando tivermos mais folga financeira.

do com o nosso regulamento de apoio social, são o cumprimento do papel de uma autarquia, que assim permite que os seus jovens continuem os estudos para poderem voltar ao seu concelho e ajudar a desenvolvê-lo nas mais variadas áreas. O Turismo, por exemplo, é um sector a que alguns desses alunos pretendem dar uma lufada de ar fresco. Depois de ter perdido a primeira cidade turística da Madeira, o nosso concelho vai voltar a ter a pujança que merece. E no que pudermos ajudar os nossos filhos a cumprirem o sonho e a se fixarem onde têm as suas raízes, contem connosco.

As bolsas, a atribuir mensalmente com valores de 100, 75 e 50 euros, dependendo dos rendimentos das famílias, e acor-

Ricardo Franco

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt


Mais finalistas no secundário

O

mês de Dezembro começou com a bênção das capas dos estudantes do 12º ano da Escola Básica e Secundária de Machico. Um momento com que todos os alunos sonham ao longo da sua vida e que é motivo de orgulho para os pais. A cerimónia foi um momento em que os alunos estiveram no auge da sua realização pessoal, com rumos traçados para o futuro. A cerimónia aconteceu no dia 2 e os alunos não quebraram a tradição de ter um casal de padrinhos. A professora Antónia Alves e o presidente da Câmara Municipal de Machico foram os escolhidos pelos finalistas da maior escola do concelho.

5

MUNICÍPIO DE MACHICO | DEZ JAN 2016 2017 | www.cm-machico.pt


Transquadra traz mais de 100 ao Caniçal

A

Marina da Quinta do Lorde vai receber, no próximo mês de Julho, mais de cem inscritos, em duplas ou em navegação solitária, para a regata “Transquadra”. A tirada, que este ano acontece com passagem pela Madeira na segunda quinzena de julho, foi apresentada durante o mês de Dezembro no Salon Nautique International de Paris. Esta 9ª edição da Transquadra tem data de saída marcada para sair de Lorient, em França, a 16 de Julho, quatro dias depois da saída de Barcelona, marcada para dia 12.

6

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt

A chegada à Madeira passará pela Quinta do Lorde, no Caniçal, em pleno Verão, com a pujança que uma regata destas merece, antes de os veleiros, com os navegadores solitários ou em duplas, a partirem depois para Le Marin, na Martinica. A apresentação da Transquadra-Martinique 2017/18 decorreu no dia 12 de Dezembro com a presença de patrocinadores, staff, velejadores e representantes das cidades que recebem a regata, como foi o caso do presidente da Câmara Municipal de Machico e o administrador da Quinta do Lorde, Ricardo Sousa.


CAO contou “Uma História Especial…”

O

Centro de Actividades Ocupacionais de Machico (CAO) esteve no dia 13 a representar o seu “Auto de Natal” no Largo da Igreja Matriz. “Uma História Especial…” foi o mote para reunir actores e público à volta do enredo apreciado por todos que estiveram a assistir ao espectáculo. Para um público adulto e outro de “palmo e meio”, foram oferecidos muitos momentos conseguidos pelos utentes do CAO com muita dedicação ao longo de várias semanas de ensaios. Apesar de ser um dia de semana, muitos pararam para apreciar e depois aplaudir o trabalho feito por utentes de várias idades e que foram protagonistas de várias performances, transmitindo, acima de tudo, emoções.

7

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt


Apresentação do Livro “Reflexos do Coração” D

ecorreu, no dia 14 de dezembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a apresentação do Livro “Reflexos do Coração” da autoria de Ana Maria Andrade e impresso pela gráfica “O Liberal”.

A apresentação contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Machico e da vereadora com o pelouro da cultura, Lília Caldeira.

A obra, escrita por uma das mais entusiastas ouvintes de rádio da região e que nos habituou desde há muitos anos à sua voz rouca em intervenções pertinentes e oportunas nas antenas locais e regionais, foi o mote para reunir amigos.

8

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt


A grande noite do Mercado

C

arne de vinho e alhos e poncha, canja e cacau, uma tentação só na nossa Noite do Mercado. Reunimos centenas de pessoas no centro da cidade de Machico, que puderam deliciar-se com as iguarias e, sobretudo, ouvir as vozes das dezenas de pessoas que subiram ao palco para os tradicionais cânticos de Natal. As imagens captadas pela equipa do “Na Minha Terra TV” mostram a alegria e o calor humano, apesar do frio da noite de 17 de Dezembro, mas demos assim início às festividades mais típicas do natal madeirense, que incluem, naturalmente, a compra de fruta para a Festa. O cheiro a tangerina espalhou-se pelo ar, misturado com o das sandes e dos licores que se provaram nas barracas montadas para acolher machiquenses e muitos visitantes que não quiseram perder a oportunidade de visitar aquele evento.

10

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt


11

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt


Pai Natal que se preze chega com neve

É

um clássico. O Pai Natal chega quando neva, vem do Pólo Norte e é puxado por um trenó com renas. Mas em Machico a chegada do velhinho das barbas brancas deu-se à boleia de uma das viaturas dos Bombeiros Municipais, que cuidaram para que tudo estivesse a preceito para receber o homem mais esperado do planeta nesta altura do ano. Dezenas de crianças esperaram, no domingo, dia 18, no largo frente à Igreja Matriz e à Câmara Municipal num mar de “neve” que cobriu por completo o chão onde as crianças corriam para todos os lados. A fila para tirar uma fotografia ao colo do homem das barbas era naturalmente grande, mas num fim de semana ninguém tem pressa para sair do lugar onde os mais pequenos vivem a magia do Natal.

12

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt


13

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt


ARUs prontas a sair do papel

A

semana que antecedeu o Natal trouxe um presente a todos os machiquenses. Para regozijo de quem acredita no futuro do concelho, particularmente da cidade de Machico e da vila do Porto da Cruz, foram aprovadas as duas Áreas de Reabilitação Urbana que vão lavar a cara aos dois centros históricos. Assim, obtivemos luz verde para continuar a trabalhar na recuperação daquelas duas áreas, garantindo incentivos fiscais aos investidores e proprietários que pretenderem recuperar os seus imóveis. Depois de um mês em discussão pública, os planos estão aprovados e no dia seguinte ratificados pela Assembleia Municipal, que assim deu um voto de confiança ao trabalho que o Executivo pretende desenvolver no concelho. Reabilitar as áreas que estão, cada vez mais, a despertar o interesse de machiquenses e não só, nomeadamente na área do turismo.

14

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt

Bolseiros receberam certificados C

omo foi referido no editorial, os alunos com bolsas de estudo do concelho de Machico estiveram reunidos numa cerimónia, durante as férias de Natal, para receber os certificados que atestam a sua condição de bolseiros. O encontro, que aconteceu no dia 27 de dezembro, na Biblioteca Municipal de Machico, teve como objetivo oficializar a entrega, pela Câmara Municipal, das bolsas no valor de 100, 75 e 50 euros mensais. Esta ajuda acontece pela segunda vez, tendo contemplado no ano passado cerca de uma dezena de estudantes machiquenses e repete-se este ano lectivo, 2016/2017, para os alunos que se encontram a frequentar o Ensino Universitário.


15

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt


Correram pela vida mesmo debaixo de chuva N

ascido a 30 de Novembro de 1773, Francisco Álvares de Nóbrega foi homenageado pela autarquia de Machico. Organizada pelo Ludens Machico, a Liga Portuguesa contra o Cancro e o “Trail Madeira”, a noite de 10 de Dezembro recebeu a prova noturna “Trail pela vida 2016”. A prova, que contou com o apoio da Câmara Municipal de Machico, teve um percurso de 10 quilómetros e reuniu largas dezenas de pessoas que, a partir das 19 horas, partiram da estrada em frente ao edifício dos Paços do Concelho para um passeio acelerado pela cidade.

16

O evento terminou com a chegada dos participantes à Alameda dos Plátanos, junto ao emblemático forte do centro de Machico, onde amadores e experientes estavam a preceito, com as lanternas na cabeça e protecções para as condições de tempo, que nem por isso demoveram os atletas. E mesmo com a chuva torrencial que caiu, não caíram por terra as motivações de quem “correu pela vida”.

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt


Flores de Maio perfumam Engenho A

Associação Grupo Cultural Flores de Maio encerrou as comemorações do 30º aniversário com um “Cheiro a Natal”. Foi no dia 11, com o magnífico palco do Engenho do Porto da Cruz, com o espírito natalício a esvoaçar dentro das emblemáticas paredes que encerram histórias de décadas. Quem escolheu fazer o programa na tarde daquele domingo, ganhou a hipótese de se associar a um momento único do aniversário da associação da freguesia nortenha, que afinal de

17

MUNICÍPIO DE MACHICO | JAN 2017 | www.cm-machico.pt

contas remonta ao início do séxulo XX, com a Tuna do mesmo nome, entretanto desaparecida. Os espectadores, atentos e privilegiados, viajaram por um manancial de cânticos e instrumentos que fazem parte da memória colectiva madeirense e puderam, uns relembrar outros tempos e outros conhecer o que de melhor se faz na nossa cultura e tradição.


www.cm-machico.pt


Newsletter jan 2017