__MAIN_TEXT__

Page 1

CUBA

BOLETIM MUNICIPAL N.º 19 // DEZEMBRO DE 2020

AUTARQUIA PREPARA CRIAÇÃO DE ‘RETAIL PARK’ Está a ser preparada a criação de um novo espaço de atividades comerciais, para a instalação de um ‘Retail Park’ na zona norte da vila. Uma área de aproximadamente 35 mil m2, que englobará 7 lotes para uso comercial, 1 lote para equipamento de utilização pública, espaços verdes e a criação de mais 200 lugares de estacionamento.

\\ ÍNDICE // Editorial 2 | Destaque 3 | Município 4 | Ecónomia Local 8 | Educação 9 | Turismo 13 | Ação Social 14 | Obras 15 | Cultura 25 | Medidas Covid-19 32 | Candidaturas Aprovadas 34 | Projetos 35


\\\ Editorial

Atendimento aos municípes todas as terças feiras.

“HOJE, DE NOVO E SEMPRE A UNIÃO É FUNDAMENTAL” O final do ano de 2020 e o princípio do ano de 2021 apresenta duas realidades bem complexas e distintas a nível concelhio. Por um lado, as dificuldades de lidar com uma pandemia, com um inimigo invisível que vai atingindo cada vez mais pessoas e ceifando vidas. Por outro, ao mesmo tempo, o município tem a possibilidade de colocar no terreno um orçamento camarário de mais 9,1 milhões de euros. O Orçamento Municipal para o ano de 2021 apresenta-se com opções que se traduzem numa forte aposta na concretização de investimentos necessários para o nosso concelho, com a condição de captação de milhões de euros de captação de fundos comunitários, avançando no rumo certo que tem vindo a ser prosseguido, de desenvolvimento integrado e sustentável do concelho de Cuba. É o maior orçamento de sempre da história da autarquia, uma aposta necessária na recuperação da vitalidade da economia local e de apoio aos trabalhadores, às empresas, e às famílias, essencial para ultrapassar os im-

pactos mais negativos que esta pandemia tem trazido. Um pouco por todo o país, os autarcas readaptam práticas, criam novas respostas, e novos serviços de proximidade dos cidadãos. Para muitos, como o concelho de Cuba, os gastos subiram, ao mesmo tempo que as receitas caíram. No entanto, as autarquias fortaleceram as suas respostas e complementaram medidas do Estado e nalguns casos foram bem mais arrojadas que o governo no combate à pandemia. Algumas apoiaram a criação de centros de rastreio ou hospitais de campanha. Outras reforçaram a limpeza das ruas e higienização dos espaços públicos, compraram material de protecção e inclusive aparelhos para os Centros de Saúde e Hospitais; passaram a intervir a 100% em áreas que não são da sua competência, como a Educação, a Saúde, Ação Social por ausencia de resposta do estado central. Com o início do processo de vacinação, iniciamos também um capítulo de esperança, a

batalha não está ganha, não podemos vacilar, nem deixar de continuar a nos proteger e a tomar as medidas necessárias para a protecção de todos. Estamos conscientes da enorme tarefa que temos em mãos. Sabemos o quanto se espera dos que governam nesta fase de incerteza. Confiança é, aqui, palavra chave. Importa manter a confiança. Nas autoridades, nos parceiros institucionais e em nós próprios. A confiança de que juntos seremos capazes de travar e vencer esta batalha. Hoje, de novo e sempre a união é fundamental. Este tem que ser um momento em que verdadeiramente todos cuidamos de todos.

João Português

Presidente da Câmara Municipal de Cuba

FICHA TÉCNICA: PROPRIEDADE Câmara Municipal de Cuba SEDE Rua Serpa Pinto, n.º 84 - 7940 Cuba TEL. 284419900 FAX 284415137 E-MAIL geral@cm-cuba.pt SITE www.cm-cuba.pt DIRETOR João Português REDAÇÃO E COLABORAÇÃO António Barradinhas e José Cabrita PROJETO GRÁFICO E PAGINAÇÃO António Barradinhas PERIODICIDADE Trimestral TIRAGEM 2500 exemplares NÚMERO DE DEPÓSITO LEGAL: 465083/19

2


Destaque ///

AUTARQUIA PREPARA CRIAÇÃO DE ‘RETAIL PARK’ Está a ser elaborado o “Plano de Pormenor de Cuba Norte”, com o objetivo de criar condições para a instalação de novas atividades económicas, nas áreas do comércio, serviços e pequena indústria de proximidade. A Câmara Municipal de Cuba está a preparar a criação de um novo espaço de atividades comerciais, para a instalação de um ‘Retail Park’ na zona norte da vila. Numa área de aproximadamente 35 mil m2, o designado por Plano de Pormenor de Cuba Norte prevê, em linhas gerais, a instalação de um novo espaço de atividades económicas que englobará 7 lotes para uso comercial, 1 lote para equipamento de utilização pública, espaços verdes e a criação de mais 200 lugares de estacionamento. Com a primeira fase do Parque Industrial consolidada, importa agora planear em detalhe, uma proposta de ocupação da uma área de expansão da vila de Cuba, localizada na envolvente a um conjunto dos principais equipamentos, à escola EBI/JI Fialho de Almeida, parque de feiras e exposições e o quartel de bombeiros, conferindo-lhe enquadramento urbano e uma ocupação multifuncional.

O Plano de Pormenor de Cuba Norte pretende dar resposta à necessidade de planear de forma sustentável e coerente, estabelecendo relações de continuidade com a malha urbana existente, e assim, tornar atrativo o território de intervenção, criando condições para a instalação de novas atividades económicas – comércio, serviços e pequena indústria de proximidade – podendo, consequentemente, ter um impacto muito significativo na criação de novos postos de trabalho no concelho. Tal como sublinha João Português, presidente da Câmara Municipal de Cuba, este plano “assenta numa estratégia destinada a criar condições específicas em termos de gestão de território e também de potencialização do

concelho no que diz respeito à atração de novos investidores, sendo que, de momento, já se encontram assegurados alguns investimentos de iniciativa privada, prevendo-se o início da construção do primeiro estabelecimento comercial já no ano de 2021”. A implementação total da operação deverá decorrer num período de 5 anos, e irá englobar um investimento previsto de, aproximadamente 1 020 000,00€ (um milhão e vinte mil euros). Procurar-se-á que o quadro de financiamento seja alavancado por fundos comunitários no âmbito do PORTUGAL 20202030, mas também cofinanciado através de receitas municipais.

MUNICÍPIOS DE CUBA E VIDIGUEIRA CONGRATULAM-SE COM A REABILITAÇÃO DA EN387 A Câmara Municipal de Cuba e a Câmara Municipal de Vidigueira congratulam-se com a realização das obras de reabilitação na Estrada Nacional 387 (EN 387), no troço entre os quilómetros 20 e 28, que faz a ligação entre os dois concelhos. Uma intervenção há muito esperada pelas populações de Cuba e Vidigueira e que surge na sequência de uma série de diligências efetuadas em conjunto – e de forma individual – por estas autarquias, junto da Infraestruturas de Portugal, responsável pela via e promotora da empreitada. Com centenas de utilizadores diários, este troço da EN387 carecia de intervenção há mais de duas décadas, tendo atingido um avançado estado de degradação nos últimos anos. A re-

pavimentação do troço ainda está ser concluida e irá conferir uma melhoria significativa a nível de segurança para os utentes da via.

efeito e possam contribuir para a promoção e o crescimento económico dos concelhos e por consequência da região”.

Para João Português, presidente da Câmara Municipal de Cuba, “esta intervenção reveste-se de extrema importância porque se trata de uma via que liga três sedes de concelho e que há mais de 25 anos não tinha qualquer intervenção de fundo. Por outro lado, a qualidade das acessibilidades é essencial para que as estratégias de desenvolvimento surtam

3


\\\ Município

ECOPARQUE VAI TER FINANCIAMENTO NA ORDEM DOS €278 MIL A Câmara Municipal de Cuba foi uma das entidades presentes, no dia 26 de setembro, na sessão pública de assinatura de contratos de financiamento de projetos da região Alentejo e Ribatejo, no âmbito da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, Programa Valorizar. Inserido na categoria de “Projetos relacionados com Praias Fluviais e Estações Náuticas”, o projeto do Município de Cuba foi um dos 26 a garantir o financiamento do Turismo de Portugal. A criação do Ecopark do Alentejo Central tem um orçamento previsto a rondar os 590 mil euros na sua totalidade, e com a assinatura deste contrato, a autarquia acaba de ver garantido o financiamento de 278 mil euros para a sua execução. O investimento do Município será de 313 mil euros.

MINISTRA DA AGRICULTURA ESTEVE EM CUBA O Município de Cuba recebeu, no final do mês de julho, a visita da Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque. Acompanhada pelo Secretário de Estado da Energia, João Galamba, a vinda da Ministra ao concelho centrou-se numa visita à Central Fotovoltaica Flutuante de Cuba Este. Com uma potência Instalada de 1 MW, a Central ocupa uma área com um hectare e a sua produção está dedicada à estação Elevatória que equipa aquele reservatório. Esta estação elevatória é atualmente responsável por fazer chegar a água de Alqueva ao bloco de rega de Cuba-Este e será, com a expansão prevista, também a origem de água para o futuro bloco da Vidigueira. Após a visita à Central, Maria do Céu Albuquerque esteve ainda nos Paços do Concelho, onde teve lugar o acolhimento formal pelo executivo da autarquia e a assinatura no Livro de Honra, seguida de uma reunião, no Salão Nobre da Câmara Municipal, com a Associação de Proprietários e Beneficiários do Alqueva.

BVC RECEBERAM A SEC. DE ESTADO DA ADMIN. INTERNA Os Bombeiros Voluntários de Cuba receberam em julho a visita da Secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, numa altura delicada para a corporação, que se encontrava com dois dos seus elementos hospitalizados na sequência do combate a um incêndio que deflagrou no concelho de Castro Verde. O presidente da Câmara Municipal de Cuba, João Português, aproveitou o momento para sensibilizar a Secretária de Estado para a necessidade de uma revisão ao estado dos meios de combate a incêndios e dos Equipamentos de Proteção Individual dos Bombeiros Voluntários, que em muitos casos apresentam um elevado grau de desgaste pelo uso intensivo ao longo dos anos, apelando ao investimento do Ministério da Administração Interna nesta matéria. 4


Município ///

MUNICÍPIO ADQUIRIU AUTOCARRO Um investimento de 276.135 euros A Câmara Municipal de Cuba acrescentou uma nova aquisição à sua frota para transporte coletivo. Com as viaturas existentes a atingir mais de duas décadas de utilização, este investimento de 276.135 euros vem, para além de servir o propósito de renovação da frota de autocarros da autarquia, garantir o cumprimento da imposição legal que proíbe os autocarros com mais de 16 anos de matrícula de transportar passageiros até aos 16 anos de idade.

FEIRA ANUAL “EM PAUSA” ATÉ 2021 A Câmara Municipal de Cuba, depois de consultar os membros dos órgãos municipais e demais parceiros na organização do evento decidiu cancelar a edição 2020 da Feira Anual de Cuba em virtude da incerteza sobre a evolução da pandemia provocada pelo Covid-19. As regras impostas pela DGS para a realização de iniciativas ao ar livre não permitiriam o aproveitamento pleno pela comunidade, e em especial pelos empresários, das oportunidades geradas por aquele que é o maior evento

promovido pela autarquia e que anualmente atrai ao concelho milhares de visitantes. Assim, tendo por base a preocupação com a salvaguarda da saúde pública, por forma a garantir a segurança e evitar riscos de contágio para munícipes, visitantes, expositores, funcionários municipais e demais colaboradores, foi entendimento consensual de que não se deveria realizar a 87.ª edição da Feira Anual de Cuba, ficando prometido o seu regresso com a qualidade a que já nos habituou.

onde recorda que a Feira Anual de Cuba é uma importante parte da identidade coletiva do concelho, reiterando desde logo “a certeza de que para o ano, o certame estará de regresso, com a mesma garra, a mesma alegria e a mesma Alma de sempre”.

Para assinalar a data, o Município preparou um vídeo (que pode ser visualizado online em facebook.com/municipio.cuba), 5


\\\ Município

MUNICÍPIO ASSINOU 6 CONTRATOS DE TRABALHO NO ÂMBITO DO PROGRAMA “EMPREGO APOIADO EM MERCADO ABERTO” A Câmara Municipal de Cuba assinou, no final do mês de Novembro, seis contratos de trabalho em regime de Emprego Apoiado no Mercado Aberto. Os candidatos já iniciaram o contrato de 6 meses com possibilidade de 2 renovações, sendo que após essa data deverão passar a contrato sem termo ou a tempo indeterminado.

O emprego apoiado em mercado aberto consiste na atividade profissional desenvolvida por pessoas com deficiência e incapacidade ou capacidade de trabalho reduzida, em postos de trabalho em regime de contrato de emprego apoiado, integrados na organização produtiva ou de prestação de serviços dos empregadores, sob condições especiais, designadamente

Oportunidades para a juventude

MUNCÍCPIO VAI ADMITIR 10 CANDIDATOS AO ABRIGO DO‘CUBA+JOVEM’... O Programa Municipal de Ocupação Jovem tem como principal objetivo a participação ativa de jovens em projetos municipais, com vista à sua integração futura no mercado de trabalho. Ao abrigo desta iniciativa, a autarquia prepara-se para admitir, em 2021, um total de 10 jovens com idade compreendida entre os 18 e 25 anos. Ser residente e/ou naturais no Concelho de Cuba e encontrar-se desempregado ou à procura do 1º emprego são os outro requisitos de admissão nestes estágios. A duração do programa é de 6 meses e aos candidatos selecionados será atribuída uma Bolsa de ocupação de 3.49 € por hora, com limite de 35 horas semanais, acrescida de subsídio de refeição de valor igual ao abonado aos trabalhadores da administração pública. As candidaturas decorreram no passado mês de Outubro. 6

sob a forma de enclaves. Constituem uma modalidade de apoio da medida Emprego Apoiado do Programa de Emprego e Apoio à Qualificação das Pessoas com Deficiência e Incapacidade. Estes contratos representam, na sua totalidade, um investimento anual de 73.351 euros para o Município.


Município ///

CTT REABRIRAM LOJA DE CUBA No final de Outubro, reabriu em Cuba a Loja dos CTT, voltando a funcionar no mesmo local onde estava anteriormente – no nº 41 da Rua Álvaro Castelões. Marcando presença na reabertura do espaço, o Presidente da Câmara Municipal de Cuba, João Português, sublinhou a iniciativa como “um momento importante para a população porque veio permitir devolver ao nosso concelho um serviço público universal. Algo que foi alvo de reivindicação por parte da autarquia e que trouxe de volta a Cuba um espaço que, para além das suas funções comerciais inerentes, possibilita beneficiar de serviços como o pagamento de pensões e de facturas, prestando um importante apoio social que atua também no combate ao isolamento e à desertificação rural”. “O espaço de Cuba é a 20ª Loja a ser reaberta, no âmbito do compromisso público dos CTT de reabrir Lojas únicas em sede de concelho, tendo em vista o reforço da elevada proximidade às populações e da capilaridade da rede, não procedendo, como já foi tornado público, a novos encerramentos”, explicou a empresa em comunicado.

… E OUTROS 3 AO ABRIGO DO PROGRAMA DE ESTÁGIOS PARA ADMINISTRAÇÃO LOCAL A Câmara Municipal de Cuba abriu no mês de dezembro um procedimento de recrutamento e seleção de estagiário(s), no âmbito da 6ª edição do Programa de Estágios Profissionais na Administração Local (PEPAL). O objetivo é admissão de 3 candidatos nas áreas de Informática, Serviço Social e Ensino Básico, respetivamente. Recorde-se que o PEPAL tem como intuito proporcionar o desenvolvimento de uma experiência prática em contexto de trabalho a estes destinatários, pela duração máxima de 12 meses, potenciando a respetiva empregabilidade. Destina-se a jovens que tenham até 30 anos de idade inclusive, aferidos à data de início do estágio (ou 35 anos para portadores de deficiência e ou incapacidade) e que possuam uma qualificação correspondente à pretendida pela entidade recrutadora. 7


\\\ Economia Local

+Comércio+Cuba

CAMPANHA DE INCENTIVO À COMPRA NO COMÉRCIO LOCAL DISTRIBUIU 7500 EUROS EM PRÉMIOS No total, a realização desta campanha [juntando o valor dos prémios e o custo de produção dos talões] representa para a autarquia um investimento a rondar os 8 mil euros. Durante mais seis meses, os consumidores no concelho de Cuba tiveram a oportunidade de ganhar prémios por comprar no comércio local, com a distribuição - em mais de 80 estabelecimentos aderentes - das Raspadinhas +Comércio+Cuba. Recorde-se que a campanha assentava na entrega de uma Raspadinha ao consumidor, por cada €10 investidos no Comércio Local. O participante habilitava-se a um dos seguintes prémios: 2.50; 5; 10; e 50 euros.

Enquanto medida de incentivo à compra no comércio local, desde que foram lançadas em Julho de 2020 (data da primeira fase da campanha) as “Raspadinhas” englobaram um total de 7500 em prémios, distribuídos aleatoriamente por mais de 60 mil talões. Feitas as contas, estas Raspadinhas são significado de, pelo menos, 600 mil euros investidos pelos consumidores no Comércio Local. No total, a realização desta campanha [jun-

tando o valor dos prémios e o custo de produção dos talões] representa para a autarquia um investimento a rondar os 8 mil euros, feito a pensar no nosso comércio e no desenvolvimento económico do nosso Concelho. O Município agradece a todos – estabelecimentos aderentes e consumidores – por contribuírem para o sucesso desta iniciativa, que tem como principal objetivo o incentivo ao consumo no Comércio Local.

WORKSHOP SOBRE MEDIDAS DE APOIO À CRIAÇÃO DE EMPREGO O Projeto Cuba (Con)Vida organizou em Agosto um Workshop sobre medidas de apoio à criação de emprego, mais concretamente, os apoios previstos no Programa +CO3SO EMPREGO INTERIOR (direcionado para a criação do próprio emprego, micro, pequenas e médias empresas) e o Programa +CO3SO EMPREENDEDORISMO SOCIAL (direcionado para IPSS, associações, Misericórdias, entre outros). A iniciativa, com inscrições gratuitas, teve lugar no Auditório da Biblioteca Municipal de Cuba, com duas sessões distintas: uma destinada a empreendedores, micro, pequenas e médias empresas; e outra vocacionada para Associações, Cooperativas, IPSS, Misericórdias e outras Entidades da Economia Local. 8


Educação ///

Ação Social Escolar

MUNICÍPIO APOIOU COM CADERNOS DE FICHAS E MATERIAL Com o arranque de mais um ano letivo, a Câmara Municipal de Cuba procedeu à entrega de Livros (cadernos de fichas) e/ou materiais escolares aos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico do Concelho. No total, no ano letivo de 2020/2021, foram perto de uma centena os alunos a beneficiar deste apoio, que representa para a autarquia um investimento a rondar os 2.500 euros. Têm direito a beneficiar destes apoios os alunos pertencentes a agregados familiares integrados nos 1.º e 2.º escalão de rendi-

mentos, determinados para efeitos de atribuição do abono de família. A entrega de Livros e material escolar é uma medida inserida nas competências da Ação Social Escolar, que inclui também o apoio às refeições e ao transporte de alunos. No global, o investimento previsto da autarquia para estas medidas, neste ano letivo, irá

rondar os 100 mil euros. Refira-se ainda que, no caso das refeições escolares, continuará em vigor no ano letivo de 2020/2021 a medida extraordinária aprovada no passado mês de abril que veio alargar a entrega de refeições gratuitas aos alunos do ensino pré-escolar e 1.º ciclo, do escalão B da Ação Social Escolar.

MANTEVE-SE O SERVIÇO DE ATL DE VERÃO Com as devidas alterações ao funcionamento, tendo em conta as regras e conselhos da autoridade de saúde. Apesar da situação pandémica atual nos colocar num quadro extremamente desafiante que exige um nível de confiança, segurança e sentido de responsabilidade individual e comunitária, o Município de Cuba decidiu manter o serviço de ATL no verão, tendo contudo implementado algumas alterações ao seu funcionamento. Num quadro de observância das regras e conselhos das autoridades de saúde, a autarquia disponibilizou o Serviço de Apoio à família, de

29 de junho a 31 de julho e o ATL de Verão, de 01 a 31 de agosto, para os alunos matriculados no Agrupamento de Escolas de Cuba, no ensino pré-escolar e 1.º ciclo do Ensino Básico. A iniciativa cumpriu as recomendações da Direção Geral da Saúde para a prevenção da COVID-19 e de forma a assegurar a existência de grupos com o número adequado, em condições de segurança e de redução dos riscos, foram estipuladas as seguintes regras:

O número de inscrições foi limitado; só puderam frequentar as atividades os alunos matriculados no agrupamento de escolas de Cuba e cujos pais não pudessem ficar em casa, ou seja, que estivessem em funções efetivas de trabalho, comprovada pelas entidades patronais de ambos; e, ao contrário do habitual, não foram realizadas as tradicionais visitas e programas exteriores, tendo as atividades ficado limitadas ao espaço da escola ou a pequenos passeios didáticos e lúdicos.

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA DE FRUTA NO 1º CICLO E PRÉ-ESCOLAR MANTÉM-SE EM 2021 O Município de Cuba manteve no ano letivo de 2020/2021 a distribuição gratuita de Fruta, duas vezes por semana, junto dos alunos do Ensino Pré-escolar e do 1.º Ciclo do Agrupamento de Escolas de Cuba. Toda a execução do Programa, a decorrer desde o passado mês de novembro, acontece em estreita articulação e colaboração do Agrupamento de Escolas de Cuba, beneficiando cerca de 270 alunos. Para o 1.º ciclo, o Programa “Regime Escolar”,

é assegurado conjuntamente pelo IFAP (Instituto de Financiamento de Agricultura e Pescas), contudo, o Município, ciente da importância da promoção de uma alimentação saudável, engloba todos os alunos do pré-escolar assumindo a totalidade dos encargos, ocorrendo as distribuições em simultâneo com as do 1.º ciclo. 9


\\\ Educação

Plano de Combate ao Insucesso Escolar

PROJETO ‘CUBA EDUCA+’ IMPLEMENTADO NO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Resultado de uma candidatura do Município de Cuba aos fundos do Programa Alentejo 2020, o Projeto ‘CUBA EDUCA+’ – inserido no Plano de Combate ao Insucesso Escolar – já está a decorrer no Agrupamento de escolas de Cuba [Escola sede e freguesias] desde o início do mês de setembro de 2020. O objetivo passa por contribuir para a construção de uma “Escola para todos, mais humana, criativa e inteligente, que visa a formação integral de todas as crianças e jovens e a promoção de aprendizagens realmente significativas”, conforme explica a técnica do projeto, Telma Saião. “Pretende-se que todos(as) os(a) alunos(as) percorram este trajeto com sucesso e não apenas que o percorram. Essa é a meta que o Município de Cuba pretende alcançar com este Plano. Que o Agrupamento de Escolas de Cuba (AECuba), palco das atividades deste Plano, seja um espaço de crescimento em harmonia, um espaço comum a todas as ideias, onde todas e todos acabarão por estar ligados/ as entre si por laços que se podem começar a formar desde a mais tenra idade”, adianta, reforçando que “a educação, só concretizará verdadeiramente a sua missão quando cada aluno(a) for capaz de atingir, no seio da escola, todo o seu potencial”. Assente em metodologias inovadoras – com-

10

plementares às já implementadas – o ‘Cuba Educa+’ pretende ainda contribuir para “o desenvolvimento de adultas e adultos munidos de uma conduta cívica que privilegie a igualdade nas relações interpessoais, a integração da diferença, o respeito pelos Direitos Humanos e a valorização de conceitos e valores de cidadania democrática”. As artes, a tecnologia e o desenvolvimento do conhecimento científico constituem, através deste projeto, um motor para o desenvolvimento de competências pessoais, sociais e pedagógicas, que se deverão traduzir num maior e melhor sucesso escolar. Na prática, o projeto é composto por diferentes atividades, sendo que cada uma delas foca diferentes objetivos. O “Teatro na Escola”, por exemplo, “pretende desenvolver ações de caráter transversal, destinadas a envolver toda a comunidade educativa na participação em ações que permitam a reflexão sobre temáticas e cidadania, mas também ao nível da gestão das próprias emoções e comportamentos, melhorando a consciência corporal e o respeito pelo outro, o relaxamento e a gestão do stress, entre muitos outros assuntos”, explica Telma Saião, adiantado ainda outras valências do projeto. A atividade “Aprender a estudar”, por exemplo, foca-se na realização de sessões de método de estudo, para facilitar na adaptação

à transição de ciclos, enquanto a atividade “Cuba Ciência”, aponta para “um aumento da literacia científica”, pretendendo “proporcionar condições para diminuir o hiato entre as oportunidades das/os alunas/os que estudam nas escolas dos grandes centros e nas escolas do Agrupamento”. “Apoiar+”, para promover uma maior articulação entre escola, família e comunidade; a criação da “Cuba TV+”, que pretende “envolver os/as alunos/as na produção de programas de televisão, para um canal de youtube”; o desenvolvimento do Espaço de Criatividade “Criar+”, “um espaço físico de criação e inovação e ações de capacitação em Programação/Robótica”, são mais algumas das valências preconizadas pelo projeto Cuba Educa+ e que, segundo Telma Saião, fazem com que Cuba se encontre “de forma pioneira a seguir na construção de uma sociedade mais igualitária oferecendo uma escola igual para todos”.


Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres

ALUNOS DE CUBA CONTRIBUIRAM PARA CRIAÇÃO DO “CADERNO DE NOTAS CONTRA A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Na data em que se assinalou o “Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres” – a 25 de novembro – foi lançado o “Caderno de Notas Contra a Violência Doméstica”, numa iniciativa da Associação Moura Salúquia e do Núcleo de Atendimento à Vítima de Beja, com o apoio da Câmara Municipal de Cuba. A elaboração deste “Caderno” contou com o contributo – em texto e desenhos – dos alunos do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Cuba. Tal como explica a Associação “este caderno e os contributos que nele constam são resultado de diversas ações de sensibilização e conversas, mais ou menos informais, que fomos mantendo com crianças e jovens de vários graus de ensino nos concelhos do nosso território de intervenção sobre aquilo que é a Igualdade de Género e a Violência Doméstica”, adiantando que “estes podem parecer temas complexos para jovens e crianças mais pequenas, mas a realidade é que importa trabalhá-los desde cedo, sempre naturalmente num formato adequado à sua idade e ao seu desenvolvimento. Quando falamos de violência, falamos essencialmente de empatia e da capacidade de nos colocarmos no lugar do outro”. De acordo com as promotoras da criação deste Caderno “quando falamos de igualdade, falamos de justiça e respeito pelo outro e reforçamos a importância da diversidade. O que fomos percebendo ao longo do tempo é que os jovens e crianças não só nos ouvem atentamente, como têm uma visão sobre estes temas e querem partilhá-la! Muitas vezes, uma visão tão próxima da dura realidade da violência doméstica, que não podemos deixar de ficar surpreendidas!”, adiantam.

SERVIÇO DE APOIO À FAMÍLIA CRIOU “LIVRO DOS ELOGIOS E TRAQUINICES” O Serviço de Apoio à Família do Município de Cuba criou um instrumento para registo de comportamentos, troca de mensagens e observações, relativos aos alunos, com o objetivo de aproximar as famílias às dinâmicas do AAAF/CAF. Os pais/encarregados de educação deverão preencher e assinar devidamente o “Livro dos Elogios e Traquinices”, que deverá estar sempre na mochila do aluno de forma a dar resposta a eventuais informações/necessidades da Família e do Serviço. Os “livros dos elogios e traquinices” servirão como uma ferramenta extra de comunicação entre o ATL e os encarregados de educação, privilegiando assim a partilha de informações relevantes relativas ao dia-a-dia dos alunos nas suas atividades. 11


\\\ Educação - EPC

LOTAÇÃO DA EPCUBA PERTO DA MÁXIMA PERMITIDA

EPCUBA DISTINGUIDA COM SELO DE “QUALIDADE E EXCELÊNCIA NO ENSINO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL”

A Escola Profissional de Cuba viu aumentar, neste ano letivo, o número de turmas relativamente ao ano anterior. Com mais uma turma, consequentemente o número de alunos também aumentou, fixando-se agora na quase totalidade da lotação máxima permitida (200 alunos). A procura crescente pela EPCuba é um facto que se tem vindo a consolidar nos últimos dois anos, demonstrando que a Escola Profissional de Cuba é hoje uma referência no Ensino Profissional para os Jovens da nossa Região.

A Escola Profissional de Cuba recebeu em agosto o selo de Conformidade EQAVET. “Este selo afere que a escola se encontra alinhada com o Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade para o Ensino e Formação Profissionais”, conferindo ainda que “ministra um Ensino de Qualidade e Excelência”. Conforme explica a EP Cuba, “este selo vem colocar este estabelecimento de ensino na linha da frente das Escolas Profissionais, que hoje em Portugal prestam Ensino Profissional com a Qualidade exigida pela União Europeia”.

ESCOLA PROFISSIONAL DE CUBA COM NOVA SALA DE INFORMÁTICA Com o objetivo de proporcionar cada vez mais, condições de Excelência aos alunos que frequentam o estabelecimento de ensino, a Escola criou no presente ano letivo uma nova Sala de Informática, dotando-a com 15 novos computadores Intel I7, de nona geração, num investimento total de 16.300€. Com esta nova Sala de Informática, a EP Cuba, passará a dispor de três Salas de Informática generalistas e uma Sala de Informática dotada de software específico para os Cursos de Audiovisuais, permitindo-lhe ter um rácio de aluno por computador bem acima da média nacional. “Apesar de todas as contingências conhecidas, e desta nova sala significar um esforço financeiro considerável por parte da EP Cuba, acreditamos que o esforço desta Escola na criação de novos espaços, reestruturação de outros, alguns dos quais de forma profunda, e a aquisição constante de novos equipamentos, terão como recompensa alunos mais motivados e mais capazes para enfrentar os desafios inerentes ao Século XXI”, adianta o Presidente da Direção da EP Cuba, Artur Lança.

INVESTIMENTO EM MEDIDAS DE CONTENÇÃO À COVID-19 Tendente a criar as melhores condições para mitigar possíveis situações de contaminação com a COVID 19, e de acordo com as diretrizes emanadas pelo Ministério da Educação e a DGS, a EP Cuba reorganizou as suas salas de aula por forma a permitir a lotação de um aluno por secretária, desenhou percursos de orientação de Marcha nos pavimentos e colocou Tapetes de Desinfeção e Torres de Álcool Gel na entrada de cada pavilhão. A adaptação a esta nova situação, implicou investimentos adicionais, não só em materiais de proteção, álcool-gel, desinfetantes e suportes de aplicação destes produtos, bem como a aquisição de mais cadeiras e secretárias, por forma a permitir a lotação de um aluno por secretária. Para além destas medidas, foram feitas ainda alterações aos horários e os intervalos dos alunos foram desfasados bem como o período de almoço. “A instituição tudo está a fazer e tudo fará dentro do seu campo de ação, no âmbito da sua capacidade de intervenção, para que de forma positiva possa ultrapassar este período menos bom em que todos nos vimos envolvidos”. 12


Turismo ///

CUBA INTEGRA PROJETO EUROPEU NA ÁREA DO TURISMO SUSTENTÁVEL SuSTowns: Turismo Sustentável em pequenos e fascinantes povoados da área Mediterrânica” é o nome do projeto que envolve 14 regiões europeias e pretende promover medidas concretas para melhorar o funcionamento do setor turístico local; A Câmara Municipal de Cuba e a Make it Better – Associação para a Inovação e Economia Social (miB), organizaram, no mês de agosto, na Casa Fialho de Almeida em Cuba, o Workshop “Apoiar e desenvolver o setor turístico local”, um evento implementado no âmbito do projeto SuSTowns: Turismo Sustentável em pequenos e fascinantes povoados da área Mediterrânica. Envolvendo 14 regiões europeias – e 11 parceiros de um total de 7 países – o projeto assume-se como um importante marco para a sustentabilidade da atividade turística local, pretendendo informar e capacitar as entidades locais sobre medidas concretas que visem melhorar o funcionamento do setor, apoiando-as simultaneamente

na sua adaptação e recuperação durante e pós-COVID19. Este primeiro Workshop marcou o arranque de um ciclo de ações que visam a construção participada de um Plano de Ação Local para o Turismo Sustentável, assim como o desenho e estruturação de um pacote de oferta turística local, ambos envolvendo os diferentes agentes (públicos e privados) com ação turística no território. Financiado em 2.872.000 de euros pelo Programa Interreg MED da União Europeia, o projeto SuSTowns tem como principais prioridades “proteger e promover os recursos naturais e culturais

Mediterrânicos” e “potenciar o desenvolvimento de um turismo sustentável e responsável na Área MED”. Em linhas gerais, o projeto visa desenvolver, testar e capitalizar ferramentas e boas práticas de planeamento e gestão turística local que previnam o declínio de pequenos povoados Mediterrânicos, fomentando simultaneamente um modelo de turismo sustentável e de qualidade e serviços mais inovadores e responsáveis, dirigidos a visitantes e turistas nacionais e internacionais.

FINAL REGIONAL DAS 7 MARAVILHAS DA CULTURA POPULAR EM CUBA Aconteceu em Cuba a final regional da iniciativa “7 Maravilhas da Cultura Popular”, transmitida em direto pela RTP, a partir do Parque Manuel de Castro. O Município aproveitou este momento para promover as potencialidades turísticas do concelho, o nosso património cultural, natural e paisagístico, a nossa gastronomia, os nossos vinhos e demais produtos endógenos, bem como o nosso património humano: os verdadeiros guardiães de um saber-fazer e saber-viver únicos. Importa também referir que entre os bens culturais finalistas estavam as “Botas Alentejanas” produzidas pelo artesão cubense Mário Grilo.

AGOSTO COM MAIOR NÚMERO DE VISITANTES NO POSTO DE TURISMO Desde que inaugurou no novo espaço há 2 anos.

Comparativamente ao período homólogo dos anos anteriores, o posto de turismo registou o maior número de visitantes no mês de agosto , desde que abriu portas no ano de 2017. Já no primeiro semestre do ano de 2020, o Posto de Turismo, o Centro InterpretativoCristóvão Colon e o Museu Literário Fialho de Almeida, totalizaram 689 visitantes, e temos que recordar o circunstancialismo pandémico

que obrigou ao encerramento dos serviços na parte final do semestre. Refira-se ainda que estes equipamentos municipais são detentores do selo de Estabelecimento Saudável & Seguro [Clean & Safe] para reconhecer os estabelecimentos que assumam o compromisso de cumprir as recomendações emitidas pela Direção-Geral da Saúde.

13


\\\ \\\Ação AçãoSocial Social

ATRIBUIDOS 260 CARTÕES MUNICIPAIS DE APOIO SOCIAL Tendo como objetivo dignificar e melhorar as condições de vida dos residentes no concelho com necessidades económicas, os serviços de Ação Social da Câmara Municipal de Cuba procederam à habitual entrega anual dos cartões municipais de apoio social. Destinados aos residentes do concelho que estejam em situação de necessidade económica, os Apoios Sociais da CMC conferem uma série de vantagens e benefícios em diversos serviços e atividades levadas a cabo pelo Município, para além de importantes apoios com impacto financeiro no orçamento familiar, como por exemplo os descontos no pagamento das tarifas de lixo, saneamento, e do consumo de água para uso doméstico, bem como a comparticipação pontual nas despesas de saúde (medicamentos). Em 2020, no total, foram contemplados 118 agregados familiares do Concelho (7 em Vila Alva; 10 em Vila Ruiva; 18 em Faro do Alentejo; 3 em Albergaria dos Fusos; e 88 em Cuba), que reuniam os critérios necessários para elegibilidade, tendo sido entregues um total 260 cartões.

NAV RETOMOU FUNCIONAMENTO EM CUBA Em Julho, voltou a estar em funcionamento, em Cuba, o atendimento a vítimas de violência doméstica pelo Núcleo de Atendimento à Vítima (NAV), tendo lugar todas as 6.ª feiras, entre as 14h00 e as 16h00, no edifício dos Paços do Concelho. O Núcleo de Atendimento à Vítima (NAV) “é uma estrutura de atendimento com o objetivo de criar uma resposta organizada para as situações de violência doméstica”. É destinado a “vítimas de violência doméstica, a população em geral, as entidades do concelho e todas as pessoas que se interessem por esta problemática” e ajuda no “atendimento, encaminhamento e acompanhamento psicossocial das vítimas de violência doméstica e menores; Aconselhamento jurídico; Apoio psicológico; Apoio social”. O atendimento em Cuba resulta de uma parceria com o NAV e a Associação de Mulheres do Concelho de Moura. 14


Ação Social ///

CLDS SURGE COM A MISSÃO DE “PROMOVER A INCLUSÃO SOCIAL NO CONCELHO” Pela primeira vez, o concelho de Cuba pode contar com um projeto no âmbito dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social. Este projeto, denominado Cuba (Con)Vida 4G, iniciou formalmente as suas atividades em outubro de 2019 e estará no terreno previsivelmente até outubro de 2022, com possibilidade de prorrogação. O Cuba (Con)Vida 4G tem a Terras Dentro - Associação para o Desenvolvimento Integrado como Entidade Coordenadora Local da Parceria e o Município de Cuba como Entidade Promotora. Este Projeto tem como objetivo promover a inclusão social dos cidadãos e cidadãs, do concelho de Cuba, através de diversas atividades que se pretendem executar em parceria com vista ao desenvolvimento de competências de empregabilidade, pessoais, sociais, empreendedoras e parentais, que contribuam para maior resiliência face às adversidades e conflitos existentes e que pouco a pouco sejam geradoras de mudança.

workshops e processos de mentoria. No que se refere ao Eixo 2 (Intervenção familiar e parental), o projeto disponibiliza apoio às famílias, quer ao nível do apoio psicológico, da capacitação parental em diversas áreas, do apoio na melhoria das relações entre os elementos da família, da realização de tutorias com vista à promoção do sucesso escolar, da dinamização de workshops temáticos e, pretende ainda criar um Núcleo de Voluntariado Jovem. Até ao momento, e apesar dos desafios que o contexto de pandemia tem apresentado e que obrigou a repensar algumas das iniciativas previstas, o projeto tem reunido com os diversos parceiros, colocando-se ao dispor enquanto recurso de apoio às pessoas desempregadas e às famílias, especialmente aquelas que, pelo seu contexto de vida, têm maiores fragilidades. Ao mesmo tempo, tem desenvolvido atendimentos individualizados, divulgação

de ofertas de emprego e encaminhamentos, tendo alguns levado já à colocação em posto de trabalho. Foi também dinamizado com a participação da equipa do Grupo de Ação Local Terras Dentro 2020 (GAL), um “Workshop sobre Medidas de Apoio à Criação de Emprego e ao Empreendedorismo”, com apresentação do programa +CO3SO Emprego (Interior e Empreendedorismo Social), um mecanismo de financiamento para a criação do próprio emprego e criação de postos de trabalho por conta de outrem. O Projeto atende presencialmente no Antigo Edifício da Escola Pré-Primária em Cuba (atualmente encerrado devido às medidas preventivas Covid-19) mas pode também ser contactado através da sua página de facebook e instagram ou através do email clds4g@terrasdentro.pt e do contacto telefónico 937420001.

Com vista a atingir este objetivo, o Projeto Cuba (Con)Vida CLDS 4G conta com uma equipa constituída por uma coordenadora, uma psicóloga clínica e um gestor de empresas e intervem em dois Eixos. No âmbito do Eixo 1 (Emprego, Formação e Qualificação), o Projeto disponibiliza apoio na procura de emprego e formação, apoiando as pessoas que estão desempregadas ou pretendem criar o seu próprio emprego, através da articulação com as empresas para promover a contratação da mão-de-obra local. Pretende-se ainda desenvolver as competências empreendedoras dos jovens através da dinamização de atividades, 15


\\\ Ação Social

SEMANA SÉNIOR 2020 DECORREU COM ATENÇÃO REDOBRADA Entre 21 de setembro e 01 de outubro, a Câmara Municipal de Cuba, com o apoio das juntas de freguesia e diversas entidades do concelho, voltaram a levar a cabo a edição de 2020 da Semana Sénior. Com diferentes atividades pensadas para esta faixa etária – sempre realizadas de acordo com as recomendações da DGS – a iniciativa apresentou propostas que foram desde a prática de atividade física adaptada a momentos de lazer, como foi o caso do concerto de acordeão no Centro Cultural de Cuba e da atividade de fitness no Parque Manuel de Castro Tendo em conta o atual contexto de pandemia, bem como o público-alvo da Semana Sénior, as atividades decorreram com atenção redobrada e foram cumpridas todas as recomendações da autoridade de saúde.

ATIVIDADES DIVERSAS PARA DIFERENTES PÚBLICOS-ALVO MARCARAM “DIA MUNICIPAL PARA A IGUALDADE” EM CUBA O tema da “Igualdade” marcou a ordem do dia no concelho de Cuba, com uma série de atividades preparadas no âmbito do “Dia Municipal para a Igualdade”, que este ano se assinalou no dia 24 de Outubro. Workshops, performances de teatro, ações de sensibilização, atividade física e desafios foram algumas das atividades desenvolvidas junto de públicos alvo específicos (população sénior, alunos do Agrupamento de Escolas de Cuba e alunos da Escola Profissional de Cuba) e organizadas por uma parceria que envolveu o Município, o Agrupamento de Escolas e os projetos “Cuba Educa+”, o “CLDS Cuba (Com)Vida” e o “Cresce e Aparece 7g”.

16


OBRAS///

EMPREITADA DE BENEFICIAÇÃO/ALARGAMENTO DO CAMINHO MUNICIPAL 522 A intervenção, no valor de 158 521,21 euros, veio reabilitar por completo este troço – que não era intervencionado há mais de 30 anos – configurando um importante investimento na melhoria das condições de mobilidade e segurança para os habitantes da freguesia de Vila Alva e do concelho de Cuba que diariamente utilizam esta via. Fica igualmente assegurada uma importante via de ligação ao futuro Ecopark do Alentejo Central, cuja inauguração está prevista para o Verão de 2021.

Antes

Antes

Antes

Escola Profissional de Cuba

REABILITAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DESPORTIVOS Depois das obras ao nível dos espaços exteriores, a empreitada de Requalificação da Escola Profissional de Cuba continua a decorrer e já estão a ser intervencionados os equipamentos desportivos daquele estabelecimento de ensino. Para além da requalificação do pavilhão gimnodesportivo está também prevista a reabilitação e modernização do polidesportivo exterior com a introdução de um relvado sintético e de uma pista de atletismo.

17


\\\OBRAS

REMODELAÇÃO DO LARGO DA ESTAÇÃO Intervenção integrada no projeto de Requalificação da Rua 1º de Maio Com vista a valorização do espaço público, a mobilidade (com introdução de meios suaves de mobilidade/transportes públicos) e inserida no planeamento do conceito de urbanidade que o Município tem vindo a implementar e consolidar, o projeto pretende, em linhas gerais, ordenar a circulação e o estacionamento automóvel – implementando as condições de segurança necessárias no acesso às edificações confinantes e na circulação de peões e veículos – e garantir a coerência e unidade do espaço público, vias/praças/jardim, contribuindo para a fruição e utilização pela população. No Largo da Estação será requalificado o espaço público a nível rodoviário e pedonal, incluindo a construção de um interface de transportes coberto.

REABILITAÇÃO DA ESTRADA DA CIRCUNVALAÇÃO EM CUBA A intervenção vem dar continuidade à obra já proveniente da Rua Egas Moniz e irá terminar no Parque Manuel de Castro. Prevê uma reabilitação profunda com vista a melhorar a mobilidade pedonal, reduzir a velocidade de circulação de automóveis, substituir o pavimento e os passeios com calçada mais atual e introduzir uma ciclovia. Além disso, estão ser substituídas todas as infraestruturas de iluminação, de abastecimento de água e de saneamento. O valor global da empreitada é de 485.512,22 euros.

18


OBRAS///

EMPREITADA DE REABILITAÇÃO DA RUA SERPA PINTO Orçamentada em mais de um milhão de euros, no seu global, a intervenção tem por objetivo a melhoria das condições de acessibilidade, com o alargamento da rua e a colocação de passeios dos dois lados da via, a criação de 37 lugares de estacionamento e 4 lugares para táxis, para além de pretender colocar o Largo Cristóvão Colon como ponto de encontro e nova praça pública. A priorização do pedestre através da definição dos pavimentos, a dilatação da Rua Álvaro Castelões e o reforço da sua vocação pedonal e de fruição pública são outros dos propósitos desta empreitada.

REABILITAÇÃO DO POSTO DE SAÚDE DE VILA RUIVA A Câmara Municipal de Cuba levou a cabo uma intervenção no Posto de Saúde de Vila Ruiva, procedendo a um conjunto de melhorias e arranjos com vista à reabilitação deste importante e necessário espaço para a população daquela freguesia.

19


\\\OBRAS

CONTINUA A EMPREITADA DE REQUALIFICAÇÃO DA ZONA DA HORTA DO BICHO A intervenção visa revitalizar e requalificar o espaço público adjacente aos edifícios de habitação social na Rua e Largo da Horta do Bicho. A remodelação integral dos pavimentos existentes; o ordenamento do estacionamento; a ampliação do espaço exclusivamente dedicado ao peão; a introdução de elementos de vegetação arbórea; e a introdução de mobiliário urbano são os aspectos principais desta obra.

REQUALIFICAÇÃO DA ENTRADA DE VILA ALVA E ZONA ADJACENTE AO POLIDESPORTIVO Continua a intervenção da entrada de Vila Alva e da zona adjacente ao polidesportivo. Uma obra que contempla os arranjos exteriores do espaço desportivo - com ligação ao Polo Escolar da Freguesia -, a criação de uma zona arborizada e de um parque de estacionamento. Será também instalada nova iluminação pública.

20


OBRAS///

REABILITAÇÃO DO SISTEMA DE ÁGUAS A Câmara Municipal de Cuba está a levar a cabo uma série de intervenções inseridas no “Projeto de Reabilitação dos Sistemas de Água em Baixa”. Em linha gerais, o projeto tem como objetivo central o controlo e redução de perdas de água e vai levar à substituição progressiva de condutas, especialmente as que são estruturantes na malha de distribuição do sistema e onde ocorreram mais roturas. Paralelamente serão criadas Zonas de Medição e Controlo (quatro em Cuba e uma em cada localidade das freguesias rurais) e será adquirido equipamento para deteção de fugas nas redes e equipamento que permita introduzir a telemetria e a telegestão. O custo total deste projeto é de 158.333,90 euros e conta com comparticipação comunitária de 60.604,82.

REPAVIMENTAÇÃO DE VIAS EM ALBERGARIA DOS FUSOS Com vista a requalificação de todas as ruas com pavimento betuminoso na localidade, foram levadas a cabo intervenções nas vias de Albergaria dos Fusos. Foram objeto de intervenção mais de 6000 m2, num importante investimento que veio melhorar as condições de circulação em toda a aldeia.

21


\\\OBRAS

TERMINADAS AS INTERVENÇÕES DE MODERNIZAÇÃO NO CAMPO DE JOGOS DR. AUGUSTO AMADO AGUILAR Ao longo deste ano, a Câmara Municipal de Cuba levou a cabo uma série de intervenções no Campo de Jogos Dr. Augusto Amado Aguilar. Iniciadas em Abril, as obras neste espaço levaram à instalação da nova bancada central, à instalação da cobertura na bancada já existente no topo norte, bem como uma série de remodelações nos balneários e nos espaços exteriores adjacentes.

REQUALIFICAÇÃO DA ZONA DOS TANQUES DE VILA RUIVA Continuam a decorrer as obras de Requalificação do espaço junto aos tanques de Vila Ruiva, uma intervenção que, em linhas gerais, irá requalificar todo o espaço envolvente, estando em vista - sem desvirtuar o traço existente - a recuperação do muro, do pavimento e da cobertura, bem como uma série de intervenções ao nível das instalações eléctricas, da reparação de fissuras e de pintura do espaço 22


OBRAS///

INÍCIO DAS OBRAS DE REQUALIFICAÇÃO DO CENTRO CULTURAL DE VILA RUIVA A 1.ª Fase de Reabilitação do Centro Cultural de Vila Ruiva já está em curso, com o edifício a ser alvo de obras de reabilitação geral - intervenções ao nível do pavimento, da cobertura e das infraestruturas elétricas -, estando também a ser construída uma sala polivalente. Adjudicada pelo valor de 182.202,92 euros, a empreitada conta com financiamento comunitário na ordem dos 155 mil euros. Prevê-se a conclusão das obras para junho de 2021.

INSTALAÇÃO DE ILUMINAÇÃO ARQUITETURAL NO JARDIM DOS COMBATENTES DE VILA ALVA O Jardim dos Combatentes de Vila Alva foi alvo de intervenções de manutenção e melhoria. A par da limpeza e arranjos do espaço em geral, foi instalada nova iluminação arquitetural com o objetivo de garantir mais dignidade ao local. 23


\\\OBRAS

REQUALIFICAÇÃO DO CAMPO DE FUTEBOL DE FARO DO ALENTEJO O Campo de Futebol Joaquim Pestana Baltazar, em Faro do Alentejo, também está a ser alvo de intervenções de requalificação. No total, a obra representa um investimento de 153.803.00€ e contemplou a aplicação de relvado sintético, a instalação cadeiras na bancada existente, bem como um conjunto de arranjos exteriores no espaço envolvente.

REPARAÇÃO E CALCETAMENTO NAS RUAS EM FARO DO ALENTEJO A junta de Freguesia de Faro do Alentejo, levou a cabo um trabalho de reparação/ requalificação e calcetamento nas ruas da freguesia. Este trabalho representou um investimento na ordem de 2.500 euros e teve como objetivo o melhoramento/reparação das ruas da Freguesia.

24


Cultura///

“ANIMAR CUBA” PARA APOIAR A CULTURA E OS SEUS AGENTES Nos dias em que, em circunstâncias normais, decorreria a 87.ª Feira Anual de Cuba, o município não quis deixar de assinalar a data, criando para isso uma série de iniciativas culturais com o objetivo de “animar” a vila. Num momento tão delicado para a saúde pública, mas também para a economia, para os artistas e para os empresários do mundo do espetáculo, a autarquia entendeu que seria importante preencher esta data tão importante para a vila de Cuba trazendo animação e uma mensagem de ânimo à população e aos comerciantes, dando, ao mesmo tempo, cumprimento à sua missão de apoiar a cultura e os seus agentes, com preferência para bandas locais. “Peekaboo”, “Casa da Joana” e “os Caprichosos da Amareleja” foram as propostas que nos dias 4, 5 e 6 de setembro pisaram o palco no Parque Manuel de Castro, num recinto preparado de acordo com todas as indicações das autoridades de saúde.

APRESENTAÇÃO DO PRIMEIRO ÁLBUM DOS RAÍZES DO CANTE A Casa Fialho de Almeida foi, no final do mês de julho, o palco para a apresentação do CD do grupo coral ‘Raízes do Cante’ de Cuba. Este é o primeiro trabalho em estúdio lançado pelo grupo fundado em 2015, e apresenta um conjunto de 12 modas. A iniciativa de apresentação do disco decorreu com lotação limitado a 40 espetadores no local, mas contou com transmissão em direto no Facebook, chegando às milhares de visualizações. A prova, segundo escreveu o grupo na sua página, que “o Cante não morre, mesmo em tempo de pandemia”.

25


\\\ Cultura

“CONTOS DA SERRA E DA PLANÍCIE”, DE ANTÓNIO JOSÉ DA COSTA NEVES, FOI A OBRA VENCEDORA DO PRÉMIO LITERÁRIO FIALHO D’ALMEIDA 2020 Aquela que foi a primeira edição do Prémio contou ainda com uma Menção Honrosa atribuída ao romance “As olvidadas léguas da raia”, de Tiago Passão Salgueiro. Decorreu no dia 13 de outubro a sessão de entrega do Prémio Literário Fialho de Almeida. A iniciativa decorreu no Museu Literário Casa Fialho d’Almeida e contou com as presenças e intervenções da Diretora Regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, do Presidente da Câmara Municipal de Cuba, João Português, da Presidente da Associação Cultural Fialho de Almeida, Francisca Bicho, da coordenadora da Biblioteca Municipal de Cuba, Sandra Braz e da Professora Doutora Isabel Mateus, da Universidade do Minho, que integrou o júri deste prémio. Da autoria de António José Costa Neves, “Contos da Serra e da Planície”, na modalidade de conto, é o título da obra vencedora do Prémio Fialho d’Almeida em 2020. O autor, que habitualmente usa o pseudónimo literário E. S. Tagino, é natural de Grândola e reside em Almada há mais de quarenta anos. É licenciado em História, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e foi Bolseiro da Câmara Municipal de Grândola e da Fundação Calouste Gulbenkian. As suas obras têm-lhe proporcionado diversos prémios literários, nomeadamente: Prémio Literário Cidade de Almada – 2006 e 2020; Prémio Revelação Manuel Teixeira Gomes – 2006; Prémio Lite-

26

rário Paul Harris –2007; Prémio de Poesia e Ficção de Almada (Ficção) – 2008 e (Poesia) 2016; Prémio Glória Marreiros – 2014 (Menção Honrosa) e Prémio Literário Joaquim Mestre – 2017. Já em 2020, as duas primeiras coletâneas de contos que escreveu, “Contos da Serra e da Planície” e “Alma Alentejana e Outras Histórias”, venceram os Prémios Literários Alves Redol e o Prémio Literário Miguel Torga/Cidade de Coimbra, respetivamente. A par da obra vencedora, o júri do Prémio Literário Fialho d’Almeida deliberou ainda atribuir uma Menção Honrosa ao romance “As olvidadas léguas da raia”, de Tiago Passão Salgueiro”. Nascido em Évora em 1975, é licenciado em Antropologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e Mestre em Museologia pela Universidade de Évora. Desempenha as funções de Técnico Superior no Museu-Biblioteca da Casa de Bragança desde 2006 e é autor de diversas obras, de onde se destacam os títulos “Do Japão para o Alentejo – A Embaixada Japonesa Tenshö em Vila Viçosa no ano de 1584”, editada pela Chiado Editora em 2012, com o apoio da Câmara Municipal de Vila Viçosa; “Fortificações Quinhentistas de Vila Viçosa”, pela Fundação da Casa de Bragança; e o romance “A Dúvi-

da, em sentimento transformada” pela Chiado Editora, ambas no ano de 2014. Criado em Junho de 2019, fruto de uma parceria entre o Município de Cuba, a Direção Regional de Cultural do Alentejo e a Associação Cultural Fialho de Almeida, este Prémio Literário foi instituído em especial homenagem ao escritor. Tem por objetivo fomentar o gosto pela leitura e pela escrita, promovendo, defendendo e valorizando a Língua Portuguesa, ao mesmo tempo que se destina também à promoção da criação literária. Foram aceites a concurso obras na modalidade de coletânea de contos e romance, tendo sido privilegiadas as temáticas diretamente relacionadas com a região Alentejo. Nesta primeira edição foram submetidas 20 obras, das quais foram selecionadas 13 finalistas. Ao vencedor foi entregue um prémio no valor pecuniário de 3 mil euros e a sua obra será publicada numa editora de reconhecido mérito, sob coordenação da Biblioteca Municipal de Cuba e da Associação Cultural Fialho de Almeida, constando na edição a referência ao prémio.

A sessão contou também com um momento musical protagonizado pelo músico cubense António Caixeiro.


Cultura///

“VOLT’A PORTUGAL EM REVISTA” ESTEVE EM CENA NO C.C.C. A Revista à Portuguesa esteve de regresso a Cuba, em outubro, com o espetáculo “Volt’a Portugal em Revista” encabeçado por Natalina José, nome sonante do Parque Mayer, e António Calvário, ícone maior da música popular portuguesa, ao lado de um jovem e talentoso elenco que dá vida a personagens de crítica social e política, em constante atualidade. Um luxuoso guarda-roupa oriundo das Produções de Filipe Lá Féria e atrativas projeções “enchem o olho” do público que canta as “orelhudas” músicas que integram a revista. Uma vidente chamada “Madame Chiça” e uma vizinha de Cristina Ferreira são duas das personagens interpretadas por Natalina José a que se juntam momentos musicais de António Calvário. Uma paródia às televendas, às feiras e vendedores e aos reality shows foram outros divertidos momentos desta revista que esteve em cena no Centro Cultural de Cuba. O espetáculo decorreu de acordo com todas as normas recomendadas pela DGS.

ANIVERSÁRIO DO “CANTE A PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL DA HUMANIDADE 6 anos depois da classificação do Cante Alentejano a Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, e num ano atípico marcado por uma pandemia à escala global, ouvimos alguns representantes de um “Povo que Canta” e que, certamente, não deixará de cantar! Na impossibilidade de reunir os Grupos Corais do Concelho para assinalar ao vivo esta importante data, ficaram-nos as palavras dos seus representantes, bem como do presidente do Município e do presidente da MODA - Associação do Cante Alentejano. Mensagens sobre a importância desta classificação, de lamento pelo ano que os impossibilitou de desenvolver, em plenitude, a atividade de que tanto gostam, mas acima de tudo, de esperança no futuro. Um futuro onde “voltaremos a cantar juntos”. “Povo que Canta” foi o título selecionado para o vídeo, onde, de forma singela, se homenageia o Cante Alentejano – e em especial os cantadores de Cuba –, com recurso a registos áudio e vídeo (uns antigos, outros nem tanto). 27


\\\ Cultura

LIVRO “CONFINS DA INFÂNCIA” TEVE APRESENTAÇÃO NA BMC A Biblioteca Municipal de Cuba acolheu em setembro a apresentação do Livro “Confins da Infância”. O autor, António Galamba, marcou presença para falar um pouco sobre a obra e sobre as motivações que o levaram a revisitar a sua infância. Lains de Ourém, pseudónimo de António Lains Galamba, é o poeta das sinestesias, da infância, da memória – muita memória. A sua escrita é uma viagem ao mais íntimo de cada um de nós, das alegrias e das melancolias, de tudo aquilo que intimamente vivemos e que habita rente ao indizível. Lains de Ourém nasceu ao colo do avô Miguel Lains, após as vindimas, poucos meses antes da sua morte. Corria o ano de 1984. Com três anos via a terra engolir o avô. Com ele, a lembrança dos chocolates da Regina, dos pomares a ser regados, da ribeira límpida cheia de peixe e da resposta certa: “A terra Toninho, a terra é a mãe de tudo. Nós somos pó”, recorda o autor que se diz “militante da alegria, ansiando para todos, os dias felizes da sua meninice”. Dias esses, que recorda neste “Confins da Infância”. De acordo com o autor “este é o livro de visitas: Lains de Ourém mergulha no açude da infância. As alegrias breves e as dores duradouras. A certeza de que somos viajantes ignorantes da nossa condição. Que podem encontrar rente ao lume as dores e as boas memórias. Somos o instante. Mas nenhum instante existe fora da dimensão do que recordamos”. A par da conversa com o autor, a sessão na Biblioteca Municipal de Cuba foi ainda pautada por alguns momentos musicais da responsabilidade de Manuell Nobre.

“PODER DAS EMOÇÕES NA TOMADA DE DECISÕES” FOI TEMA DE SESSÃO DE COACHING A Biblioteca Municipal de Cuba promoveu no final do mês de outubro, uma sessão de coaching focada no tema do “poder das emoções” na tomada de decisões. Uma sessão da responsabilidade de Teresa Helena Gonçalves que se centrou na passagem de conhecimentos para “aprender a conhecer, entender e alavancar a partir das emoções”. A sessão decorreu com lotação limitada e de acordo com todas as recomendações da DGS.

28


Cultura///

“SANTO ANTÓNIO, O SANTO PORTUGUÊS” Segundo explicou o autor da mostra: «há muito que fervilhava a ideia de homenagear este grande português”. Um «desafio complicado, por não ser fácil falar de tão grande figura, de quem já muito se disse», adiantou José Augusto Barroso, que compôs a exposição reunindo algumas imagens, medalhas, desenhos, pinturas e oratórios alusivos ao “Santo de Lisboa”. A mostra esteve patente na Biblioteca no mês de julho.

“VILA RUIVA, CAPITAL DO FRESCO” No mês de Setembro, a Biblioteca Municipal de Cuba propôs conhecer melhor, através da Exposição “Vila Ruiva Capital do Fresco”, os monumentos e exemplares da Pintura Mural (Frescos) que podem ser encontrados em Vila Ruiva. Uma mostra originalmente preparada pela Junta de Vila Ruiva e Albergaria dos Fusos, como forma de promoção deste valioso património no fim-de-semana da freguesia na Casa do Alentejo em Lisboa.

“ETNIAS, IDEIAS E PRECONCEITOS” “Etnias, Ideias e Preconceitos” é o mote da exposição no mês de Outubro. Nesta mostra, da autoria de Sofia Zambujo, “a arte e a ilustração juntam-se para falar de preconceito e gerar uma mudança social positiva”. “A exposição retratou cidadãos de várias áreas geográficas e diferentes ‘backgrounds’ sociais e culturais, que se espelham noutras possibilidades étnicas, mais ou menos improváveis”. A ideia da autora foi deixar “a quem visitasse a exposição, adivinhar qual das faces a verdadeira e, com isso, avaliar as suas ideias e preconceitos perante a realidade e as certezas - tantas vezes erradas - do colectivo”.

“RETRATOS DO CANTE E DO VINHO” “Retratos do Cante e do Vinho” foi o mote da mostra de fotografia que a Biblioteca Municipal de Cuba propôs no mês de novembro. Composta por uma seleção de imagens da autoria dos fotógrafos cubenses José Maria Chaveiro e João Costa, a exposição centrou-se em dois dos mais importantes “patrimónios” locais – o Cante e o Vinho – focando a relação quase intrínseca que estes apresentam.

“EXPOSIÇÃO DE PRESÉPIOS” Conforme é costume na época natalícia, a Biblioteca Municipal de Cuba voltou a propor em dezembro uma Exposição de Presépios. Este ano, a mostra foi montada através com um conjunto de presépios cedidos por diversos populares.

29


\\\ Cultura

“CANTE ALENTEJANO CANCIONEIRO ILUSTRADO” TEVE APRESENTAÇÃO NA CASA DO ALENTEJO O designer e artista plástico Fernando Estevens, apresentou no início de Outubro, na Casa do Alentejo, a exposição “Cante Alentejano - Cancioneiro Ilustrado”, de sua autoria. A inauguração da mostra, com o apoio do Município, foi precedida pela apresentação do livro com o mesmo nome, que constitui, simultaneamente, o catálogo da exposição. Para além da apresentação oficial do “Cancioneiro Ilustrado” e da inauguração da Exposição que esteve depois patente naquele espaço até ao final do mês de outubro, a iniciativa contou ainda com um momento dedicado ao Cante Alentejano, pelos Raizes do Cante de Cuba, e com uma Prova de Vinho comentada, pela Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito. Por se tratar de uma iniciativa com lotação limitada, o Município de Cuba assegurou a transmissão em direto para a página de Facebook da autarquia, alargando assim, consideravelmente, o público alvo da sessão, tendo contado com mais de 3 mil visualizações online. Natural de Vila Alva, Fernando Estevens, ilustra nesta obra 18 modas do Cancioneiro Popular alentejano, a partir de um exercício invertido de semiótica. As letras das modas são interpretadas e traduzidas graficamente, recriando-se, em cada uma, apontamentos que reflectem o ideário programático e estético desenvolvido pelo autor nos últimos anos. As ilustrações apresentam um vocabulário gráfico desenvolvido a partir de uma intencional dimensão ingénua, inscrito numa grelha de construção clássica, recorrendo, simultaneamente, a uma paleta cromática, que vai misturando as tradicionais cores do Alentejo ao longo das quatro estações do ano. O autor, cujas raízes estão no Alentejo, utiliza esta forma de expressão plástica para manifestar a sua ligação de alma à excepcional expressão musical que é o Cante alentejano. 30


Natal 2020///

MUNICÍPIO ASSINALOU ÉPOCA NATALÍCIA COM PROGRAMAÇÃO ONLINE Na impossibilidade de realizar as habituais iniciativas de Natal, a autarquia preparou uma série de conteúdos que foram transmitidos online para assinalar a época. A partir do conforto de casa, acedendo à página de Facebook do Município, entre os dias 23 e 27 de dezembro, os munícipes – e não só – puderam assistir e um conjunto de vídeos preparados a pensar em diferentes faixas etárias. Cante Alentejano, um “Best Of” das Galas de Natal da Ligarte, Testemunhos de populares e Leitura de Contos Infantis foram alguns dos conteúdos que fizeram parte da proposta da Câmara Municipal de Cuba para animar a época natalícia de 2020. Uma forma diferente de assinalar o Natal, mas que nem por isso deixou de garantir à população a habitual animação da época. No total, estes conteúdos (que ainda estão disponíveis em facebook. com/municipio.cuba) somaram mais de 28 mil visualizações. O Natal Antigamente Nas palavras de três munícipes recordámos a forma como era celebrado o “Natal Antigamente”. Histórias com mais de 60 anos, que descrevem “tempos em que tudo era diferente”. Vivências de quando “o Pai Natal não existia”, “as prendas eram dadas pelo menino Jesus” e “onde havia pouco mas havia muita partilha”. Cante Alentejano Uma série de três atuações na igreja Matriz de Cuba, com a participação dos Grupos Corais “Ceifeiros de Cuba”, “Raízes do Cante” e “Bafos de Baco”. As gravações decorreram “à porta fechada”, com cada grupo a dedicar três modas à época natalícia, onde não faltou o tradicional “Cante ao Menino”. Contos Infantis A Biblioteca Municipal de Cuba selecionou quatro histórias temáticas, contribuindo para a programação de Natal com a Leitura de Contos Infantis. “Best Of” das Galas Solidárias da Ligarte Na impossibilidade de assinalar o Natal com a sua habitual Gala Solidária, a Ligarte preparou uma série de vídeos com alguns dos melhores momentos do espetáculos dos últimos anos. 31


COVID-19 // PREVENÇÃO CRIAÇÃO DE SERVIÇOS

‘À SUA PORTA’ - ENTREGA DE BENS DE PRIMEIRA NECESSIDADE A Câmara Municipal de Cuba e as Juntas de Freguesia do Concelho recordam que continua disponível o serviço “À Sua Porta”. Um serviço gratuito, destinado a todas as pessoas que estejam impossibilitadas de sair de casa – e não tenham a quem recorrer – prestando auxílio em diversas situações, como por exemplo na entrega de bens-de-primeira necessidade, de medicação, no pagamento de faturas, etc. A valência está disponível através do número 284 419 909 e integra uma equipa multidisciplinar da autarquia e das juntas de freguesia de Cuba, Faro do Alentejo, Vila Ruiva e Albergaria dos Fusos e Vila Alva.

ENTREGA DE FATOS DE PROTEÇÃO AOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS No âmbito dos apoios que têm vindo a ser garantidos pela autarquia às entidades do concelho que diariamente lidam com a prevenção e combate à pandemia – e com o intuito de garantir que ficam asseguradas as condições de proteção e segurança dos elementos da corporação – a Câmara Municipal de Cuba procedeu a mais uma entrega de equipamento (fatos de proteção) aos Bombeiros Voluntários de Cuba.

DISPONIBILIZAÇÃO DE LINHA DE APOIO PSICOLÓGICO Com a articulação entre entidades regionais, distritais e locais no âmbito da Saúde Mental, o Município de Cuba [através da CIMBAL e em parceria com o Departamento de Saúde Mental da ARSAlentejo] disponibilizou uma Linha de Apoio Psicológico a nível Municipal, com o objetivo de rececionar os Pedidos de Ajuda - APOIO PSICOLÓGICO e/ou diagnosticar essa mesma necessidade na população. A execução desta medida é efetuada através do Serviço de Ação Social e Saúde da autarquia, e visa o devido encaminhamento.

DESINFECÇÃO E HIGIENIZAÇÃO DE ESPAÇOS E VIAS PÚBLICAS A Câmara Municipal continua, periodicamente, a proceder com o apoio dos Bombeiros Voluntários de Cuba a ações de Desinfecção e Higienização de espaços e vias públicas, tendo aplicado produto desinfetante em diversos espaços, materiais urbanos e pavimentos da vila.O Município deixa ainda uma agradecimento aos empresários locais que disponibilizaram equipamentos para auxiliar a autarquia na execução desta iniciativa.

32


E MEDIDAS DE APOIO

Natal 2020///

MUNICÍPIO CRIOU ZONA DE CONCENTRAÇÃO E APOIO À POPULAÇÃO NO PAVILHÃO GIMNODESPORTIVO Um importante investimento da autarquia, que em caso de necessidade servirá de forma eficaz e adequada o concelho e o distrito na contenção da COVID-19. A par de uma série de medidas de prevenção e conteção da Covid-19 - e no rigoroso acompanhamento da situação epidemiológica no Concelho - a autarquia instalou no Pavilhão Municipal uma Zona de Concentração e Apoio à População (ZCAP). Com capacidade para 60 pessoas, a ZCAP

servirá, principalmente, como estrutura de apoio às Estruturas Residenciais Para Idosos do Concelho, mas também a população geral, caso haja necessidade e capacidade. O espaço dispõe de climatização, de zonas de estar, um gabinete técnico, um gabinete médico e enfermagem, balneários e WCs em

número adequado, cumprindo todos requisitos necessários à criação destes espaços. Impora ainda referir que, caso haja capacidade e após ouvidas as Comissões Municipal e Distrital de Proteção Civil, o espaço ficará disponível para servir o distrito de Beja numa eventual necessidade.

REFORÇO DE RECURSOS NA ESTRUTURA RESIDENCIAL PARA IDOSOS DA SANTA CASA DE CUBA No seguimento do surto identificado na ERPI da Santa Casa da Misericórdia de Cuba, a autarquia avançou com uma série de apoios para colmatar as necessidades da instituição face à situação que atravessa. Neste sentido, o Município avançou para a contratação de 23 profissionais, entre os quais 1 Assistente Social e 19 Auxiliares de Ação Direta.

tratação de mais 10 Auxiliares de Ação Direta, assegurando em 10% o valor da candidatura que a instituição fizer no âmbito da MAREESS.

Assegurada pela autarquia, a contratação de 10 destes profissionais será através da “Medida Apoio ao Reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde” (MAREESS) do IEFP, enquanto os restantes Auxiliares e Enfermeiro serão recrutados a empresas privadas de prestação de serviços, num encargo totalmente suportado pelo Município.

Aos profissionais deslocados a autarquia irá prestar apoio com alojamento e alimentação, caso este seja necessária.

O Município disponibilizou-se ainda para apoiar financeiramente a SCMC para a con-

A par do reforço nos Recur-

Para além destas contratações foram ainda recrutados 3 enfermeiros, pagos integralmente pelo Município.

sos Humanos, a Câmara Municipal de Cuba distribuiu também na ERPI da SCMC, até ao momento, cerca de 500 EPI completos, 135 viseiras e 25 óculos de proteção reutilizáveis, 250 batas, 150 aventais e 20 L de álcool gel.

33


\\\ Candidaturas aprovadas

CENTRO CULTURAL DE VILA ALVA VAI SER ALVO DE REABILITAÇÃO O Custo total da obra será de 204 725.81 euros, com comparticipação comunitária de 85 000 euros pelo Programa Operacional Regional do Alentejo. A Câmara Municipal de Cuba viu aprovada a candidatura para a Reabilitação do Centro Cultural de Vila Alva. Um projeto no âmbito do PAICD de CUBA, que visa revitalizar e requalificar o edifício, a fim de dotar o espaço de melhores e mais adequadas condições para a realização de diversos tipos de atividades. As intervenções a realizar pretendem, essencialmente, resolver as patologias existentes no edifício, reorganizar funcionalmente e criar novas infraestruturas no edifício de forma a que este se adeque às normas legais em vigor e, ao mesmo tempo, dar uma nova imagem ao Centro cultural para que este se torne um símbolo da freguesia de Vila Alva e do concelho de Cuba.

REABILITAÇÃO DO JARDIM DOS COMBATENTES O custo total da obra será de 468 470 euros, cofinanciada em 165 107 euros pelo Programa Operacional Regional do Alentejo. Foi aprovada a candidatura para a Reabilitação do Jardim dos Combatentes em Cuba. Um projeto no âmbito do Plano de Ação de Regeneração Urbana da vila, que visa, essencialmente, a revitalização deste espaço público, bem como a reabilitação das construções confinantes – designadas Casas do Pessoal da CP - e do bloco de Instalações Sanitárias. A presente intervenção está em concertação direta com a intervenção da Rua 1º de Maio, designadamente na continuidade e coerência urbana, bem como de acesso, valorização e rentabilização do espaço público, dos equipamentos e serviços públicos, com realce para a rede municipal de ciclovias que o Município tem vindo a implementar. 34


Projetos ///

+3.72

+2.55

CENTRO DE RECOLHA ANIMAL

0.00

ALÇADO FRONTAL

VAI AVANÇAR A CONSTRUÇÃO DO CENTRO DE RECOLHA OFICIAL DE ANIMAIS NO CONCELHO DE CUBA Município garantiu o financiamento de 50 mil euros para a construção deste equipamento. A Câmara Municipal de Cuba viu aprovada a candidatura ao “Programa de Concessão de Incentivos financeiros para a construção e a modernização de centros de recolha oficial de animais de companhia”, ficando assim garantido o financiamento de 50 mil euros para a construção deste equipamento no concelho.

CRO de Cuba a rondar os 139 mil euros – e ainda que o financiamento garantido fique abaixo do previsto – o Município de Cuba fará um esforço suplementar, por considerar que é necessária a criação deste equipamento no Concelho, numa área de atuação que se revela cada vez mais importante.

coberta e por área exterior fechada, que possibilitará a movimentação livre dos animais), bem como de uma área verde e de circulação exterior (que poderá ser usada para movimentação de animais em grupo ou individualmente, constituindo-se ainda como espaço de descompressão, de enquadramento paisagístico ou de permanência do público em geral).

Em linhas gerais, o projeto do CRO de Cuba contempla a construção de um edifício de apoio (para albergar, entre outros, os serviços gerais de enfermaria, gabinete veterinário, atendimento e salas de quarentena e de ocisão), a par de um bloco de boxes para alojamento de animais (constituída por área

Refira-se que a candidatura apresentada pela autarquia de Cuba há mais de 2 anos (em Maio de 2018) previa inicialmente o financiamento de 60% do valor global do projeto, e que ficaria acima do valor de 50 mil euros agora concedido. Com o orçamento total do

O futuro CRO de Cuba (Centro de Recolha Oficial de Animais do Município de Cuba) localizar-se-á num terreno propriedade do Município de Cuba, nas imediações do Parque de Materiais e Viaturas da CMC.

NOVA COBERTURA NA ESCOLA SEDE DO AGRUPAMENTO

PARQUE DE ESTACIONAMENTO NA ESCOLA DE VILA ALVA

Numa posição concertada entre o Agrupamento e a autarquia, em virtude da necessidade de existência de um espaço coberto que sirva para utilizar nos períodos de recreio, o gabinete técnico do Município projetou uma cobertura, a ser instalada no espaço entre a Pré-Escola e o Refeitório da E.B. de Cuba.

No âmbito das intervenções que estão a ser efetuadas na entrada de Vila Alva e na zona envolvente ao Polidesportivo da Freguesia (com ligação ao Polo Escolar) a autarquia vai também avançar com a construção de um parque para viaturas (de 16 lugares) que servirá de apoio à escola e campo de jogos.

Bollard tipo OPEN

01 02 03 04 05

00.931

PÉRGOLA 202.20m2

06 07 Bollard tipo OPEN

08 09

10

Armário técnico

11

12 13

00.0

14 15

41

16

01 C MO

02 C MO

00.141

35


Profile for Município Cuba

Boletim Municipal de Cuba - nº 19  

Advertisement