Issuu on Google+

NOVA BÍBLIA VIVA


APRESENTAÇÃO Lançada em 1981, a Bíblia Viva foi a primeira edição brasileira da Bíblia Sagrada a contar com linguagem simplificada e de fácil compreensão. Ela foi concebida de acordo com os princípios de tradução que serviram de base para a pioneira Living Bible (EUA, 1971). O apelo da Bíblia Viva foi imediato, principalmente entre jovens e pessoas recém-convertidas ao cristianismo que desconheciam os termos eruditos e as construções sintáticas formais das versões bíblicas mais antigas. Para muitos leitores, abrir a Bíblia Viva passou a ser como respirar, pela primeira vez, o ar puro da compreensão. Duas razões motivaram esta revisão, empreendida em comum acordo entre a Sociedade Bíblica Internacional e a Editora Mundo Cristão. Em primeiro lugar, a língua portuguesa do Brasil, como todos os idiomas modernos, é dinâmica, e muda de modo incremental e constante de acordo com os hábitos de uso do público que fala, lê, ouve e escreve. Percebemos que na Bíblia Viva havia elementos de linguagem já ultrapassados. O que era moderno e comunicativo no início dos anos 1980 já não era necessariamente tão expressivo. Havia a necessidade de trazer a Bíblia efetivamente para o século 21. Em segundo lugar, determinamos a necessidade de trazer algumas opções semânticas e sintáticas da

primeira edição a um alinhamento maior com as línguas originais das Escrituras. Como resultado, a Nova Bíblia Viva é tão simples e fácil de entender como sempre, e agora está ainda mais fiel aos originais redigidos em hebraico, aramaico e grego. Houve outras alterações. Na primeira edição, a indicação de versículos seguia a lógica da unidade de pensamento. Em vez de indicar versículos individuais, era feita a sinalização de blocos de versículos (ex.: 1-4, 12-15). Na Nova Bíblia Viva, a divisão em parágrafos adequados foi mantida, mas foram inseridos os números de versículos de acordo com a divisão tradicional. Houve também uma nova diagramação de texto, com fonte sem serifa para maximizar a quantidade de texto por página e ao mesmo tempo tornar mais agradável a experiência da leitura. O que o leitor recebe agora, portanto, é uma Bíblia de leitura agradável e fácil entendimento, como foi a edição de 1981, agora reconfigurada para os dias atuais. A Palavra de Deus é muito mais que um registro histórico de documentos da antiguidade. Contém nada menos que a vontade revelada de Deus para todos os seus filhos. Na Nova Bíblia Viva, sua palavra se torna mais clara que nunca. Os Editores


SUMÁRIO ANTIGO TESTAMENTO Gênesis Êxodo Levítico Números Deuteronômio Josué Juízes Rute 1Samuel 2Samuel 1Reis 2Reis 1Crônicas 2Crônicas Esdras Neemias Ester Jó Salmos Provérbios

11 53 89 118 156 188 209 232 236 265 290 319 347 375 407 416 430 437 466 535

Eclesiastes Cântico dos Cânticos Isaías Jeremias Lamentações Ezequiel Daniel Oséias Joel Amós Obadias Jonas Miquéias Naum Habacuque Sofonias Ageu Zacarias Malaquias

787 817 836 869 893 924 940 956 966 972 977 981 985 988

1Timóteo 2Timóteo Tito Filemom Hebreus Tiago 1Pedro 2Pedro 1João 2João 3João Judas Apocalipse

560 568 573 622 675 680 727 741 748 751 757 758 760 764 766 769 772 774 782

NOVO TESTAMENTO Mateus Marcos Lucas João Atos Romanos 1Coríntios 2Coríntios Gálatas Efésios Filipenses Colossenses 1Tessalonicenses 2Tessalonicenses

990 994 997 999 1000 1012 1016 1020 1023 1027 1028 1029 1031


ANTIGO TESTAMENTO


GÊNESIS 1

No princípio Deus criou os céus e a terra. ² A terra era vazia e sem forma definida, e o Espírito de Deus se movia por sobre as águas. ³ Deus disse: “Haja luz”, e houve luz. ⁴ Deus ficou satisfeito, e separou a luz da escuridão. ⁵ Deus chamou a luz de “dia”, e a escuridão de “noite”. O dia e a noite juntos formaram o primeiro dia. ⁶ E Deus disse: “Que as águas se separem, entre a expansão do céu em cima e os oceanos em baixo”. ⁷ Desse modo, Deus formou o firmamento, separando as águas que ficaram acima do firmamento das que ficaram abaixo. E assim foi. ⁸ Deus chamou o firmamento de céu. E houve tarde e manhã. Tudo isso aconteceu no segundo dia. ⁹ E Deus disse: “Que as águas que estão debaixo do céu se juntem, formando mares e oceanos, de modo que apareça a parte seca”. E assim foi. ¹⁰ Deus chamou a parte seca de terra, e as águas de mares. E Deus ficou satisfeito. ¹¹ Então ele disse: “Que a terra produza toda espécie de vegetação: plantas que deem sementes, árvores que produzam frutos, que por sua vez produzam sementes de acordo com a sua espécie”. E assim foi. ¹² A terra, pois, fez brotar a vegetação: plantas que dão sementes e árvores que produzem frutos, que por sua vez produzem sementes de acordo com a sua espécie. E Deus ficou satisfeito. ¹³ Houve tarde e manhã. Tudo isso aconteceu no terceiro dia. ¹⁴ Deus ainda disse: “Que no firmamento do céu haja luzes que iluminem a terra para separar o dia da noite. Essas luzes servirão como sinais para estabelecer as estações, os dias e os anos. ¹⁵ Elas brilharão no firmamento do céu para iluminar a terra”. E assim foi. ¹⁶ Deus fez duas grandes luzes: a maior, o sol, para dirigir o dia, e a menor, a lua, para dirigir a noite. Ele também fez as estrelas. ¹⁷ Foi assim que Deus colocou essas luzes no firmamento para iluminarem a terra, ¹⁸ para determinarem os dias e as noites e fazerem separação entre a luz e a escuridão. E Deus ficou satisfeito. ¹⁹ Houve tarde e manhã. Tudo isso aconteceu no quarto dia. ²⁰ Depois Deus disse: “Que as águas se encham de peixes e de outras espécies de vida; e voem as aves sobre a terra, sob o firmamento dos céus”. ²¹ E Deus criou os grandes animais marinhos, e todo tipo de vida aquática, além das aves, de acordo com as suas espécies. E Deus ficou satisfeito. ²² Então Deus aben-

çoou suas criaturas, dizendo: “Multipliquemse e encham as águas dos mares”. E às aves falou: “Sejam cada vez mais numerosas. Encham a terra!” ²³ Houve tarde e manhã. Tudo isso aconteceu no quinto dia. ²⁴ E Deus disse: “Que a terra produza seres viventes de acordo com as suas espécies: animais domésticos e animais selvagens, segundo as suas espécies”. E assim foi. ²⁵ Deus fez os animais selvagens, os animais domésticos e os demais seres vivos da terra, de acordo com as suas espécies. E Deus ficou satisfeito. ²⁶ Depois Deus disse: “Façamos o ser humano à nossa imagem e semelhança. Que ele domine sobre os animais marinhos, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos da terra e sobre os répteis que se movem pelo chão”. ²⁷ Assim Deus criou o ser humano semelhante à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher o criou. ²⁸ Deus os abençoou e disse-lhes: Multipliquem-se, encham a terra e dominem-na. Tenham poder sobre os peixes, sobre as aves dos céus e sobre os animais que rastejam pela terra. ²⁹ E disse mais: “Eu dou a vocês todas as plantas que nascem na superfície de toda a terra e dão sementes, e todas as árvores frutíferas que dão sementes. ³⁰ A todos os animais em que há fôlego de vida, ou seja, a todos os animais selvagens, a todas as aves do céu e aos animais que rastejam pelo chão dou todos os vegetais como alimento. E assim foi. ³¹ E Deus viu tudo o que havia feito, e eis que havia ficado muito bom. Houve tarde e manhã. Tudo isso aconteceu no sexto dia. Dessa forma foi concluída a criação dos céus e da terra, com tudo que neles existe. ² E no sétimo dia, tendo Deus terminado a sua obra, ele descansou. ³ Deus abençoou o sétimo dia e o declarou santo, pois nele descansou de toda a obra da criação. ⁴ Esta é a história da origem dos céus e da terra criados por Deus. ⁵ Ainda não havia vegetação, nem semente que houvesse brotado da terra, porque o Senhor Deus ainda não havia feito chover sobre a terra, e também não havia seres humanos para cultivar a terra. ⁶ Mas um vapor de água subia da terra e irrigava toda a superfície do solo. ⁷ Então o Senhor Deus formou o corpo humano do pó da terra e soprou em suas narinas o fôlego da vida, e ele tornou-se um ser vivo.

2


gênesis 3

12

⁸ Plantou também o Senhor Deus um jardim, no Éden, para os lados do oriente; e nesse jardim colocou o homem que havia criado. ⁹ Então o Senhor Deus fez brotar toda espécie de lindas árvores que produziam frutas boas como alimento. No centro do jardim estava a árvore da vida e a árvore do conhecimento do bem e do mal. ¹⁰ Nascia no Éden um rio que atravessava o jardim para o irrigar, dividindo-se depois em quatro braços. ¹¹ Um destes braços era o rio Pisom, que atravessava toda a terra de Havilá. Nessa região existe ouro. ¹² Esse ouro era de fina qualidade; lá também existem pedras preciosas, como o bdélio e a pedra de ônix. ¹³ O segundo braço do rio chama-se Giom, e percorre toda a terra de Cuxe.1 ¹⁴ O terceiro braço é o rio Tigre, que corre pelo lado leste da Assíria. E o quarto braço é o rio Eufrates. ¹⁵ O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e o cultivar. ¹⁶ E deu-lhe a seguinte ordem: “Você pode comer de toda árvore que está no jardim, ¹⁷ mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que comer dessa fruta, certamente você morrerá”. ¹⁸ Depois disse o Senhor Deus: “Não é bom que o homem fique sozinho. Vou fazer para ele uma companheira, uma auxiliadora que lhe corresponda”. ¹⁹ Depois de ter formado da terra toda espécie de animais e aves, o Senhor Deus os trouxe ao homem para ver que nome daria a eles. ²⁰ Assim o homem deu nomes a todos os animais domésticos, às aves do céu e aos animais selvagens. No entanto, o homem não encontrou uma companheira que lhe correspondesse. ²¹ Então o Senhor Deus fez o homem cair em um sono profundo. Enquanto este dormia, tirou uma das costelas dele e fechou o lugar em que ficava a costela. ²² Dessa costela o Senhor Deus fez uma mulher e a levou ao homem. ²³ Então o homem disse: “Esta, sim, é parte dos meus ossos e da minha carne. Ela será chamada mulher, porque foi tirada do homem”. ²⁴ Esta é a razão pela qual o homem deixa o seu pai e a sua mãe e se une à sua mulher, e os dois se tornam um só ser.2 ²⁵ Ambos, o homem e a mulher, estavam nus, mas não sentiam vergonha. A serpente era a mais astuta de todas as criaturas que o Senhor Deus tinha feito. Ela aproximou-se e perguntou à mulher: “É verdade que Deus disse que não deviam co-

3

¹ Hoje, Etiópia. ² Em hebraico “uma só carne”.

Nova Bíblia Viva – Brochura

mer do fruto de nenhuma das árvores do jardim?” ² A mulher respondeu à serpente: “Nós podemos comer do fruto de todas as árvores do jardim, exceto da árvore que está no meio do jardim. ³ Deus disse que não podemos comer da fruta daquela árvore, nem sequer tocá-la, senão morreremos”. ⁴ “Certamente vocês não morrerão!”, retrucou a serpente. ⁵ “Deus sabe muito bem que no instante em que comerem dessa fruta, seus olhos serão abertos, e vocês, como Deus, serão capazes de distinguir o bem do mal!” ⁶ A mulher ficou convencida. Reparando na beleza daquela árvore e que a sua fruta era agradável ao paladar e atraente aos olhos, além de lhe dar entendimento, tomou a fruta e comeu-a. Depois ofereceu a seu marido, e ele também comeu. ⁷ Os olhos de ambos foram abertos, e perceberam que estavam nus. Foram então juntar folhas de figueira para cobrir-se. ⁸ Ao cair da tarde daquele dia ouviram a voz e os passos do Senhor Deus que passeava pelo jardim, e esconderam-se entre as árvores. ⁹ O Senhor Deus chamou o homem: “Onde você está?” ¹⁰ Ele respondeu: “Percebi que o Senhor estava se aproximando e fiquei com medo, porque estava nu. Por isso me escondi”. ¹¹ “Quem disse que você estava nu?”, perguntou o Senhor Deus. “Você comeu da fruta da árvore da qual eu o proibi de comer?” ¹² O homem respondeu: “Foi a mulher que me deste por companheira que me ofereceu a fruta da árvore, e eu comi”. ¹³ Então o Senhor Deus perguntou à mulher: “Por que você fez isso?” Respondeu a mulher: “A serpente me enganou, e eu comi”. ¹⁴ Então o Senhor Deus dirigiu-se à serpente: “Este é o seu castigo: Você será a única a ser amaldiçoada entre todos os animais domésticos e entre todos os animais selvagens. Você terá de rastejar sobre o seu ventre, e comerá pó todos os dias da sua vida. ¹⁵ “De agora em diante, você e a mulher serão inimigas. O mesmo ocorrerá entre a sua descendência e a descendência dela. O descendente da mulher esmagará a sua cabeça, e você ferirá o calcanhar dele”. ¹⁶ E o Senhor Deus disse à mulher: “Você terá muitas dores durante a gravidez; com sofrimento você dará à luz filhos. Apesar disso, seu desejo será para o seu marido, e ele a dominará”. ¹⁷ Ao homem ele disse: “Visto que você deu ouvidos à sua mulher e comeu aquela fruta que eu disse para não co-


Nova Bíblia Viva – Brochura

13

mer, o solo da terra será maldito por sua causa. Você precisará lutar todos os dias da sua vida para tirar da terra o seu sustento. ¹⁸ Ela também produzirá espinhos e ervas daninhas, e você precisará alimentar-se das ervas do campo. ¹⁹ Você precisará suar para que a terra produza o seu alimento, até que volte para a terra, da qual você foi formado. Pois você foi feito da terra e à terra voltará”. ²⁰ Adão³ deu à sua mulher o nome Eva⁴ pois ela se tornaria a mãe de toda a humanidade. ²¹ O Senhor Deus fez roupas de pele de animais e vestiu Adão e sua mulher. ²² Então disse o Senhor Deus: “Agora que o homem se tornou como um de nós, conhecendo o bem e o mal, é necessário que ele não coma da fruta da árvore da vida para que não viva eternamente”. ²³ Por isso o Senhor Deus o expulsou do jardim do Éden, e o mandou cultivar a terra da qual tinha sido formado. ²⁴ Depois de ter expulsado o homem, colocou querubins a leste do jardim do Éden, os quais, com uma espada flamejante que se movia, guardavam o caminho de acesso à árvore da vida. Então Adão teve relações com Eva, e ela engravidou e deu à luz um filho, a quem chamou de Caim. Disse ela: “Com a ajuda do Senhor consegui um filho homem!” ² Depois voltou a dar à luz, e nasceu o irmão dele, Abel. Abel tornou-se pastor de ovelhas, enquanto Caim era agricultor. ³ Quando chegou o tempo da colheita, Caim trouxe ao Senhor uma oferta dos produtos da terra. ⁴ Abel fez o mesmo, mas com as primeiras crias do seu rebanho. E o Senhor agradou-se de Abel e da sua oferta, ⁵ mas não de Caim nem da sua oferta. Por isso, Caim ficou enfurecido e o seu rosto mostrava seu ódio. ⁶ O Senhor perguntou a Caim: “Por que você está furioso e por que o seu rosto mostra ódio? ⁷ Se você fizer o que é certo, não será aceito? Mas se você agir mal e não obedecer, saiba que o pecado está à sua espera; ele deseja destruí-lo, mas está na sua mão o poder de dominá-lo”. ⁸ Então Caim convidou a Abel, seu irmão: “Vamos para o campo”. Enquanto caminhavam juntos, Caim atacou o seu irmão Abel e o matou. ⁹ Depois o Senhor perguntou a Caim: “Onde está o seu irmão Abel?” Respondeu Caim: “Não sei. Será que sou o responsável pelo meu irmão?” ¹⁰ Então Deus disse: “O que foi que você fez? O sangue do seu irmão clama por mim,

4

³ Em hebraico “homem”. ⁴ Em hebraico “mulher”.

gênesis 5

da terra em que foi derramado. ¹¹ Por isso você será amaldiçoado nessa terra manchada pelo sangue dele. ¹² Quando você cultivar a terra, ela não dará mais o fruto resultante do seu trabalho.Você passará a vida como um fugitivo errante pela terra”. ¹³ Caim então disse ao Senhor: “Esse castigo é pesado demais para mim. ¹⁴ Hoje me expulsas desta terra que tenho cultivado, e terei de me esconder da tua face. Serei um fugitivo errante pela terra, e qualquer pessoa que me encontrar vai querer me matar!” ¹⁵ Mas o Senhor lhe respondeu: “Isso não ocorrerá. Se alguém matar você, será castigado sete vezes mais”. E o Senhor colocou em Caim um sinal de identificação, para impedir que fosse morto por alguém que o encontrasse. ¹⁶ Assim Caim afastou-se da presença do Senhor e foi estabelecer-se na terra de Node, a leste do Éden. ¹⁷ Caim teve relações com a sua mulher, e ela engravidou e deu à luz um filho, que recebeu o nome de Enoque. Caim então construiu uma cidade à qual deu o nome do seu filho Enoque. ¹⁸ Enoque foi o pai de Irade. Irade foi o pai de Meujael. Meujael foi o pai de Metusael. Metusael foi o pai de Lameque. ¹⁹ Lameque teve duas mulheres: Ada e Zilá. ²⁰ Ada teve um filho chamado Jabal. Ele foi o pai de todos os criadores de rebanhos e de todos que vivem em tendas. ²¹ O seu irmão chamavase Jubal, o pai de todos os que tocam harpa e flauta. ²² Zilá também deu à luz um filho chamado Tubalcaim, o primeiro a trabalhar com metal fundido, fazendo ferramentas de bronze e de ferro. Este teve uma irmã chamada Naamá. ²³ Um dia Lameque disse às suas mulheres: “Ada e Zilá, ouçam-me com atenção: Eu matei um homem porque me feriu, e um jovem, porque me machucou. ²⁴ Se aquele que matar Caim será vingado sete vezes, então eu serei vingado setenta e sete”. ²⁵ Novamente, Adão teve relações com Eva, e ela deu à luz outro filho, a quem chamou Sete, dizendo: “Deus me concedeu outro filho para ocupar o lugar de Abel, a quem Caim matou”. ²⁶ Sete foi pai de Enos. Depois do nascimento de Enos, começaram a invocar o nome do Senhor. Esta é a lista dos descendentes de Adão. Deus criou o ser humano à sua semelhança; ² homem e mulher os criou e os abençoou. Desde o dia em que foram criados, Deus os chamou de humanos.5 ³ Adão tinha 130 anos quando seu filho Sete nasceu, um filho que era conforme à sua ima-

5

⁵ Em hebraico “Adam”.


gênesis 6

gem e semelhança. ⁴ Depois do nascimento de Sete, Adão viveu mais 800 anos, e teve filhos e filhas. ⁵ Viveu ao todo 930 anos e morreu. ⁶ Sete tinha 105 anos quando nasceu seu filho Enos. ⁷ Depois disso, Sete viveu mais 807 anos, e teve filhos e filhas. ⁸ Ele morreu com a idade de 912 anos. ⁹ Enos tinha 90 anos quando nasceu seu filho Cainã. ¹⁰ Depois disso, Enos viveu mais 815 anos, e teve filhos e filhas. ¹¹ Ele morreu com a idade de 905 anos. ¹² Cainá tinha 70 anos quando nasceu seu filho Maalaleel, ¹³ Depois disso, Cainã viveu mais 840 anos, e teve filhos e filhas. ¹⁴ Ele morreu com a idade de 910 anos. ¹⁵ Maalaleel tinha 65 anos quando nasceu seu filho Jarede. ¹⁶ Depois disso, Maalaleel viveu mais 830 anos, e teve filhos e filhas. ¹⁷ Ele morreu com a idade de 895 anos. ¹⁸ Jarede tinha 162 anos quando nasceu seu filho Enoque. ¹⁹ Depois disso, Jarede viveu mais 800 anos, e teve filhos e filhas. ²⁰ Ele morreu com a idade de 962 anos. ²¹ Enoque tinha 65 anos quando nasceu seu filho Matusalém. ²² Depois disso, Enoque viveu mais 300 anos, e andou em comunhão com Deus e teve filhos e filhas. ²³ Ele viveu ao todo 365 anos. ²⁴ Enoque sempre andou com Deus e um dia desapareceu, porque Deus o levou. ²⁵ Matusalém tinha 187 anos quando nasceu seu filho Lameque. ²⁶ Depois disso, Matusalém viveu mais 782 anos e teve filhos e filhas. ²⁷ Ele morreu com a idade de 969 anos. ²⁸ Lameque tinha 182 anos quando lhe nasceu um filho. ²⁹ Ele o chamou de Noé e disse: “Este há de trazer-nos descanso para o duro trabalho da terra que o Senhor amaldiçoou”. ³⁰ Depois do nascimento de Noé, Lameque viveu mais 595 anos, e teve outros filhos e filhas. ³¹ Ele morreu com a idade de 777 anos. ³² Quando Noé estava com 500 anos, tinha três filhos: Sem, Cam e Jafé. Quando as pessoas começaram a multiplicar-se na terra e lhes nasceram filhas, ² os filhos de Deus repararam na beleza das filhas dos homens, e tomaram para si aquelas que lhes agradaram. ³ E o Senhor disse: “O meu Espírito não continuará com o homem, visto que ele é todo mau. Ele só viverá 120 anos”. ⁴ Naqueles dias havia gigantes, e mesmo depois, quando os filhos de Deus tiveram relações com as filhas dos homens, os filhos que lhes nasceram foram heróis de grande fama, conforme nos falam os relatos da antiguidade. ⁵ O Senhor viu que a maldade humana foi ficando cada vez pior, e que a imaginação e os

6

Nova Bíblia Viva – Brochura

14

pensamentos dos seres humanos os levavam unicamente para o mal. ⁶ Então o Senhor se arrependeu de ter criado o ser humano sobre a terra, e isso cortou o seu coração! ⁷ Disse o Senhor: “Farei desaparecer da face da terra tudo o que tem vida: as pessoas, os animais, os répteis e as aves do céu. Estou triste porque os criei”. ⁸ Noé, porém, agradava ao Senhor com a sua vida. ⁹ Esta é a história da vida de Noé: Ele era a única pessoa justa e íntegra na terra daquele tempo. Ele conduzia a sua vida de acordo com a vontade de Deus. ¹⁰ Noé tinha três filhos: Sem, Cam e Jafé. ¹¹ A violência dominava a terra. Aos olhos de Deus, a terra estava completamente corrompida. ¹² Ao ver essa corrupção e como toda a raça humana tinha se deixado arrastar para a depravação e o vício, ¹³ Deus disse a Noé: “Decidi acabar com todos os seres humanos, porque a terra está cheia de crime e de perversão por causa deles. Eu os destruirei juntamente com a terra. ¹⁴ Faça uma embarcação com madeira de cipreste, com vários compartimentos no seu interior e revista-a de piche por dentro e por fora. ¹⁵ Estas são as medidas da embarcação que você vai construir: 150 metros de comprimento, 25 metros de largura e 15 metros de altura. ¹⁶ Faça-lhe um teto com uma abertura de meio metro entre o teto e o corpo da arca. No interior haverá três andares e uma porta lateral. ¹⁷ “Faça isso, porque vou cobrir toda a terra com água por meio de um dilúvio, para destruir toda criatura viva debaixo dos céus. Tudo o que houver na terra morrerá. ¹⁸ Mas prometo fazer uma aliança com você, e você entrará nessa embarcação com sua mulher, seus filhos e suas respectivas mulheres. ¹⁹ De todos os animais existentes faça entrar um casal, macho e fêmea, na embarcação, para que sobrevivam com você. ²⁰ De cada espécie de aves, de quadrúpedes e até do menor animal que rasteja pelo solo virá um casal a você, para que sejam conservados vivos. ²¹ Armazene também toda espécie de comida, para seu sustento e o sustento dos animais”. ²² Noé fez tudo conforme Deus lhe tinha ordenado. Finalmente chegou o dia em que o Senhor disse a Noé: “Entra na embarcação com toda a sua família, porque, de toda a humanidade, você é o único justo que encontrei. ² Leve para dentro da embarcação sete casais de cada espécie de animal puro, macho e fêmea, e um casal de cada espécie de animal impuro, macho e fêmea. ³ Leve também sete

7


Nova Bíblia Viva – Brochura

15

casais de aves de cada espécie. Assim se poderá manter viva cada espécie após o dilúvio. ⁴ Daqui a uma semana vou fazer chover sobre a terra durante quarenta dias e quarenta noites, e tudo quanto criei com vida morrerá”. ⁵ Noé fez tudo conforme o Senhor lhe tinha ordenado. ⁶ Noé tinha 600 anos de idade quando as águas do dilúvio vieram sobre a terra. ⁷ Ele, seus filhos, sua mulher e as noras entraram na embarcação, para escaparem das águas do dilúvio. ⁸ Com eles entraram toda espécie de vida animal, puros e impuros, os que rastejavam pelo chão e as aves. ⁹ Entraram com Noé na embarcação em pares, macho e fêmea, tal como Deus havia ordenado. ¹⁰ Passados sete dias, as águas do dilúvio inundaram a terra. ¹¹ Quando Noé tinha precisamente 600 anos, um mês e dezessete dias de idade, romperam-se todas as fontes do abismo, e as comportas do céu se abriram. ¹² Desabou forte chuva sobre a terra durante quarenta dias e quarenta noites. ¹³ No dia em que as chuvas começaram a cair, Noé e seus filhos, Sem, Cam e Jafé, com sua mulher e com suas noras, entraram na embarcação. ¹⁴ Entraram também todos os animais de acordo com as suas espécies: animais domésticos, animais selvagens, todos os demais seres vivos que rastejam pelo chão, e todas as criaturas com asas: todas as aves e os outros animais que voam. ¹⁵ Pares de todas as espécies vivas vieram a Noé e entraram na embarcação. ¹⁶ Os animais que entraram eram um macho e uma fêmea de cada ser vivo, tudo como Deus tinha ordenado a Noé. Depois, o Senhor fechou a porta. ¹⁷ O dilúvio durou quarenta dias, e as águas aumentaram e levantaram a embarcação acima da terra. ¹⁸ O nível das águas foi subindo cada vez mais, cobrindo a terra. E a embarcação flutuava na superfície das águas. ¹⁹ As águas aumentaram tanto que cobriram até as montanhas mais altas existentes debaixo do céu, ²⁰ chegando a quase sete metros acima dos picos. ²¹ Todos os seres vivos existentes na terra morreram: as aves, os animais domésticos, os animais selvagens, todas as pequenas criaturas que povoam a terra e todo ser humano. ²² Tudo o que havia na terra seca e que respirava, morreu. ²³ Assim foram destruídos todos os seres vivos que existiam na terra; tanto os seres humanos quanto os animais grandes e os animais pequenos que rastejam pelo chão e as aves do céu foram extintos da terra. Apenas Noé e os que estavam com ele na embarcação sobreviveram.

gênesis 8

²⁴ E as águas cobriram a terra por cento e cinquenta dias. Então Deus atentou para Noé e todos os animais selvagens e domésticos que estavam com ele na embarcação. Fez soprar um forte vento sobre a terra, e as águas começaram a baixar. ² As fontes do abismo e as comportas do céu se fecharam, e a chuva torrencial parou. ³ As águas começaram a baixar gradualmente sobre a terra. Passados cento e cinquenta dias, as águas tinham diminuído, ⁴ e no décimo sétimo dia do sétimo mês, a embarcação tocou no alto das montanhas de Ararate. ⁵ As águas continuaram baixando, até que no primeiro dia do décimo mês apareceram os cumes das montanhas. ⁶ Ao fim de mais quarenta dias, Noé abriu a janela que tinha feito na embarcação, ⁷ e soltou um corvo que ficava voando de um lado para o outro. ⁸ Depois soltou uma pomba para ver se já havia alguma parte seca. ⁹ Mas a pomba não encontrou um lugar onde pousar e voltou para a embarcação porque as águas ainda cobriam toda a terra. Noé estendeu a mão e tomou-a de volta para dentro da embarcação. ¹⁰ Noé esperou sete dias e soltou novamente a pomba. ¹¹ Ao cair da tarde, quando a pomba voltou, ela trouxe no bico uma folha nova de oliveira. Noé concluiu então que as águas tinham diminuído sobre a terra. ¹² Ele deixou passar mais sete dias e soltou novamente a pomba, mas desta vez ela não voltou. ¹³ Passaram-se ainda vinte e nove dias depois disso, e quando Noé completou 601 anos de idade, secaram-se as águas na terra. Noé então levantou a cobertura da embarcação e verificou que as águas tinham descido totalmente. ¹⁴ Ao fim de mais oito semanas, no dia 27 do segundo mês do ano 601 de Noé, a terra estava completamente seca. ¹⁵ Então Deus disse a Noé: ¹⁶ “Saia da embarcação, você e sua mulher, seus filhos e as suas noras. ¹⁷ Deixe sair igualmente todos os animais que estão com você: as aves, os animais grandes e os pequenos que rastejam sobre o chão. Faça-os sair, de modo que se espalhem por toda a terra, se reproduzam e se multipliquem”. ¹⁸ Então Noé, seus filhos, sua mulher e suas noras saíram da embarcação. ¹⁹ Saíram também todos os animais grandes e os pequenos que rastejam sobre o chão e todas as aves. Todos os seres vivos que estavam na embarcação saíram em grupos, segundo as diferentes espécies. ²⁰ Noé construiu um altar, tomou alguns animais e aves aceitáveis a Deus e ofereceu-os

8


gênesis 9

como sacrifício, queimando-os sobre o altar. ²¹ O Senhor ficou satisfeito com esse sacrifício e disse a si mesmo: “Nunca mais voltarei a amaldiçoar a terra por causa dos seres humanos, ainda que a inclinação dos seus corações seja sempre para o mal desde a infância. E nunca mais destruirei todos os seres viventes como fiz. ²² Enquanto durar a terra, sempre haverá semeadura e colheitas, frio e calor, inverno e verão, dia e noite”. Deus abençoou Noé e seus filhos, e disse-lhes: “Tenham muitos filhos e povoem novamente a terra. ² Todos os animais da terra terão medo de vocês: os animais selvagens, as aves do céu, os animais que rastejam pelo chão e os peixes do mar. Todos eles serão dominados por vocês. ³ Tudo o que vive e se move lhes servirá de alimento, além dos vegetais. ⁴ “Mas nunca comam a carne com a sua vida, isto é, com o sangue. ⁵ Pedirei contas de cada ser humano e de cada animal que derramar o sangue de alguém. ⁶ “Quem derramar o sangue de um ser humano, pelo ser humano seu sangue será derramado, pois ele foi criado à imagem de Deus. ⁷ “Multipliquem-se, povoem novamente a terra e exerçam domínio sobre ela”. ⁸ Deus disse mais a Noé e aos seus filhos: ⁹ “Estabeleço a minha aliança com vocês, com todos os seus descendentes ¹⁰ e com todo ser vivo que está com vocês: as aves, os animais domésticos e os animais selvagens, todos os animais que saíram da embarcação com vocês e com todos os animais da terra. ¹¹ Estabeleço uma aliança com vocês: Nunca mais os seres vivos da terra serão destruídos pelas águas. Nunca mais haverá um dilúvio para destruir a terra” . ¹² E Deus disse: “E como sinal desta aliança que estou fazendo entre mim e vocês e com todos os seres vivos que estão com vocês, para todas as gerações, ¹³ aparecerá um arco-íris nas nuvens. Este será o sinal da aliança entre mim e a terra. ¹⁴ Quando o céu se acumular de nuvens e nelas aparecer esse arco, ¹⁵ então me lembrarei da minha aliança com vocês e com todos os seres vivos. Nunca mais destruirei a vida por meio de um dilúvio semelhante. ¹⁶ Verei o arco-íris e atentarei para a aliança eterna que eu, como Deus, fiz com os seres vivos de todas as espécies que existem na terra”. ¹⁷ Deus disse a Noé: “Esse é o sinal da aliança que estabeleci entre mim e todos os seres vivos que existem na terra”. ¹⁸ Os três filhos de Noé que saíram da embarcação foram Sem, Cam e Jafé. (Cam é aque-

9

Nova Bíblia Viva – Brochura

16

le de quem descendem todos os cananeus). ¹⁹ Esses são os três filhos de Noé. Destes descendem todos os povos da terra. ²⁰ Noé tornou-se agricultor e plantou vinhas. ²¹ Um dia embriagou-se e despiu-se completamente dentro da sua tenda. ²² Cam, pai de Canaã, viu o pai despido, saiu e foi chamar os outros dois irmãos. ²³ Então Sem e Jafé pegaram uma capa, chegaram-se de costas com a capa suspensa nos ombros, aproximaram-se do pai no meio da tenda, e o cobriram, sem terem visto a nudez do pai. ²⁴ Quando Noé se refez da sua embriaguez e soube o que tinha acontecido e a forma como o seu filho mais novo tinha agido, ²⁵ disse: “Maldito seja Canaã. Que se torne escravo dos descendentes de seus irmãos”. ²⁶ E acrescentou: “Bendito seja o Senhor, Deus de Sem. Que os cananeus sirvam a ele. ²⁷ Que Deus abençoe Jafé e que partilhe da prosperidade de Sem, e que os cananeus também sirvam a ele”. ²⁸ Noé viveu ainda 350 anos depois do dilúvio. ²⁹ Ele morreu com 950 anos de idade. Os descendentes de Noé são os seguintes: Sem, Cam e Jafé. Eles tiveram filhos depois do dilúvio. ² Os filhos de Jafé foram: Gômer, Magogue, Madai, Javã, Tubal, Meseque e Tirás. ³ Os filhos de Gômer foram: Asquenaz, Rifate e Togarma. ⁴ Os filhos de Javã foram: Elisá, Társis, Quitim e Dodanim. ⁵ Os seus descendentes tornaram-se povos marítimos, conquistando terras e formando nações, cada uma de acordo com a sua língua. ⁶ Os filhos de Cam foram: Cuxe, Mizraim, Pute e Canaã. ⁷ Os filhos de Cuxe foram: Sebá, Havilá, Sabtá, Raamá e Sabtecá. Os filhos de Raamá foram: Sabá e Dedã. ⁸ Um dos descendentes de Cuxe foi Ninrode, que foi o primeiro homem poderoso da terra. ⁹ Ele foi um caçador valente. Daí o provérbio: “Que Deus te faça um caçador valente como Ninrode”. ¹⁰ No início, o seu reino era composto pelas cidades e territórios de Babel, Ereque, Acade e Calné, na terra de Sinear. ¹¹ Dali, ele estendeu o território do seu reino até a Assíria, onde edificou Nínive, Reobote-Ir, Calá ¹² e Resém, que fica entre Nínive e Calá, que era a maior cidade daquele império. ¹³ Mizraim foi o pai dos luditas, anamitas, leabitas, na=uítas, ¹⁴ patrusitas, casluítas (de quem descendem os filisteus) e ca=oritas. ¹⁵ O primeiro filho de Canaã foi Sidom, e o segundo, Hete. ¹⁶ Também estes povos são descendentes de Canaã: os jebuseus, os

10


Nova Bíblia Viva – Brochura

17

amorreus, os girgaseus, ¹⁷ os heveus, os arqueus, os sineus, ¹⁸ os arvadeus, os zemareus e os hamateus. Os cananeus se espalharam por diferentes partes. ¹⁹ As fronteiras dos cananeus estenderam-se desde Sidom, indo em direção a Gerar, até Gaza, continuando até Sodoma, Gomorra, Admá e Zeboim, chegando até Lasa. ²⁰ Esses são os descendentes de Cam que se espalharam em muitas nações, com suas línguas diferentes. ²¹ Héber, que deu origem a um numeroso povo, era descendente de Sem, irmão mais velho de Jafé. ²² Os filhos de Sem foram: Elão, Assur, Arfaxade, Lude e Arã. ²³ Os filhos de Arã foram: Uz, Hul, Géter e Meseque. ²⁴ Salá foi filho de Arfaxade. Héber foi filho de Salá. ²⁵ Héber teve dois filhos: Pelegue e Joctã. Pelegue recebeu esse nome porque em sua época foi feita a divisão da terra entre as nações. ²⁶ Os filhos de Joctã foram: Almodá, Salefe, Hazarmavé, Jerá, ²⁷ Adorão, Uzal, Dicla, ²⁸ Obal, Abimael, Sabá, ²⁹ Ofir, Havilá e Jobabe. Todos esses foram filhos de Joctã. ³⁰ Eles habitaram a região que vai desde Messa até Sefar, uma região montanhosa que ficava a leste. ³¹ São esses os descendentes de Sem, conforme os povos e nações, com suas diferentes línguas e localizações geográficas. ³² São essas as famílias dos filhos de Noé, das quais se formaram os diferentes povos e nações. Todas essas nações se dispersaram pela terra depois do dilúvio. Naquele tempo, toda a humanidade falava apenas uma língua. ² As pessoas avançaram em direção ao leste, descobriram uma planície em Sinear, na terra da Babilônia, e se fixaram ali. ³ E disseram uns aos outros: “Vamos fazer tijolos de terra bem cozida”. Eles usavam tijolos em vez de pedras, e piche em lugar de argamassa. ⁴ Então disseram: “Vamos construir uma grande cidade, com uma torre que chegue até os céus. Assim nos tornaremos famosos e não seremos espalhados pela terra toda”. ⁵ O Senhor desceu para ver a cidade e a torre que os seres humanos estavam construindo, ⁶ e disse: “Eles formam um só povo e falam a mesma língua e eis o que são capazes de fazer. Logo não haverá obstáculo para tudo o que planejarem. ⁷ Venham, desçamos e confundamos a língua deles, para que não entendam mais uns aos outros”.

11

gênesis 12

⁸ E foi dessa forma que o Senhor os espalhou por toda a terra, e eles pararam de construir a cidade. ⁹ Por isso aquele lugar recebeu o nome de Babel, porque ali o Senhor confundiu a língua das pessoas, e espalhou-as por toda a terra. ¹⁰ São estes os descendentes de Sem: Quando ele tinha 100 anos de idade, nasceu seu filho Arfaxade. Isso aconteceu dois anos após o dilúvio. ¹¹ Depois do nascimento de Arfaxade, Sem viveu mais 500 anos, e teve filhos e filhas. ¹² Arfaxade tinha 35 anos quando nasceu seu filho Salá. ¹³ Depois disso, Arfaxade viveu mais 430 anos, e teve filhos e filhas. ¹⁴ Salá tinha 35 anos quando nasceu seu filho Héber. ¹⁵ Depois disso, Salá viveu mais 403 anos, e teve filhos e filhas. ¹⁶ Héber tinha 34 anos quando nasceu seu filho Pelegue. ¹⁷ Depois disso, Héber viveu mais 430 anos, e teve filhos e filhas. ¹⁸ Pelegue tinha 30 anos quando nasceu seu filho Reú. ¹⁹ Depois disso, Pelegue viveu mais 209 anos, e teve filhos e filhas. ²⁰ Reú tinha 32 anos quando nasceu seu filho Serugue. ²¹ Depois disso, Reú viveu mais 207 anos, e teve filhos e filhas. ²² Serugue tinha 30 anos quando nasceu seu filho Naor. ²³ Depois disso, Serugue viveu mais 200 anos, e teve filhos e filhas. ²⁴ Naor tinha 29 anos quando nasceu seu filho Terá. ²⁵ Depois disso, Naor viveu mais 119 anos, e teve filhos e filhas. ²⁶ Aos 70 anos, Terá era pai de três filhos: Abrão, Naor e Harã. ²⁷ Esta é a história de Terá: Terá foi o pai de Abrão, Naor e Harã. Harã tinha um filho chamado Ló. ²⁸ Mas Harã morreu ainda novo, em Ur dos caldeus, na terra em que tinha nascido. Terá, seu pai, ainda vivia quando ele morreu. ²⁹ Nesse meio- tempo, Abrão e Naor casaram. Abrão casou-se com Sarai. Naor casou-se com Milca, filha de Harã e irmã de Iscá. ³⁰ Sarai era estéril; não tinha filhos. ³¹ Então Terá levou seu filho Abrão, seu neto Ló, filho de Harã, e sua nora Sarai, mulher de seu filho Abrão, e juntos saíram de Ur dos caldeus, para a terra de Canaã, mas pararam em Harã e estabeleceram-se ali. ³² Terá viveu 205 anos e morreu em Harã. Então o Senhor disse a Abrão: “Deixa a sua terra, os seus parentes e a casa de seu pai, e vá para a terra que eu lhe mostrar. ² “Farei de você o pai de uma grande nação. Abençoarei você e tornarei o seu nome famoso. E você será uma bênção para muitos. ³ Abençoarei aqueles que abençoarem você. Amaldiçoarei aqueles que amaldiçoarem você. E por seu intermédio serão abençoados todos os povos da terra”.

12


Nova Bíblia Viva