Page 1

CIENTISTAS NO PARQUE Ensino Básico Este programa aborda a disciplina de Ciências Naturais de uma forma prática, partindo de temas como a biodiversidade, a gestão de recursos e a monitorização ambiental. Em articulação com os programas do ensino básico, dinamizam-se aulas de experimentação na área das ciências, com jogos de apreensão de conteúdos, trabalho de campo e atividades em laboratório. As aulas são orientadas por monitores com formação nas áreas da Biologia, Engenharia do Ambiente, Engenharia Agrícola e Ciências Agrárias. Orientação: Mundo Científico Lda. Lotação: 15 alunos (mínimo)/30 alunos (máximo) Acesso: Fundação de Serralves, Rua Bartolomeu Velho, 141 Funcionamento: 2h duração/uma sessão por período/2,50€/aluno Escola-Amiga - 2,00€/aluno Escolas sediadas em Autarquias Fundadoras - 2,00€/aluno A entidade responsável pelo grupo visitante poderá solicitar, fundamentando por escrito, gratuitidade na participação de: - crianças e jovens oriundos de contextos socialmente desfavorecidos; - instituições de solidariedade social; A Fundação de Serralves analisará, caso a caso, os pedidos recebidos.

As sessões realizam-se no Parque de Serralves, de 2ª a 6ª, das 10h00-12h00 ou das 14h00-16h00. Cada professor deve escolher horários e datas pretendidos, indicando na ficha de pré-marcação três opções, por ordem de preferência, para cada sessão. As inscrições são aceites por ordem de chegada. É possível inscrever mais de uma turma por escola (sujeito às vagas existentes). Para inscrição nesta atividade preencher a Ficha de Pré-Marcação Oficinas Ambiente (em articulação com os currículos escolares).

Parceria com TAGIS no âmbito do projecto de Monitorização de Borboletas no Parque

Parceria com FEUP no âmbito do projecto ENEAS de monitorização ambiental no Parque


ESTUDO DO MEIO 1º ANO DE ESCOLARIDADE Período letivo

Tema curricular

Ações a desenvolver A vida dos animais da Quinta:

1º período

À descoberta do ambiente natural Os seres vivos do seu ambiente

1. Alimentar e escovar o burro mirandês do Parque; 2. Observar as várias fases do ciclo de vida da galinha, recorrendo à incubadora de ovos do laboratório; 3. Observar os animais da Quinta (coelho, ovelha, galinha). O ciclo de vida das plantas:

2º período

À descoberta do ambiente natural Os seres vivos do seu ambiente

1. Semear plantas na estufa da Quinta; 2. Extrair aroma da planta da alfazema; 3. Fazer sais de banho com essências de plantas. À descoberta da água no Parque:

3º período

À descoberta do ambiente natural Os aspetos físicos do meio local

1. Efetuar experiências simples de forma a testar algumas propriedades da água (forma/volume, cor, cheiro, temperatura); 2. Realizar um exercício teatral sobre o ciclo da água.

2º ANO DE ESCOLARIDADE Período letivo

Tema curricular

Ações a desenvolver Os animais do Parque:

1º período

À descoberta do ambiente natural Os aspetos físicos do meio local

1.

Observar a organização das formigas no interior do formigueiro didático do Laboratório da Quinta;

2. Construir aspiradores de insetos para detectar formigueiros naturais no Parque; 3. Capturar formigas e observar à lupa as suas características. À descoberta das plantas no Parque:

2º período

À descoberta do ambiente natural Os aspetos físicos do meio local

1.

Realizar um trilho no Parque para observação e recolha de partes de plantas;

2. Agrupar as amostras recolhidas por órgãos de plantas; 3. Construir uma coleção científica.

3º período

À descoberta do ambiente natural Os aspetos físicos do meio local

As propriedades do ar: 1.

Realizar pequenas experiências sobre o ar;

2. Aplicar a propriedade “força do ar” na construção de objetos voadores.


3º ANO DE ESCOLARIDADE Período letivo

Tema curricular

1º período

À descoberta do ambiente natural Os seres vivos do ambiente próximo

2º período

À descoberta do ambiente natural Aspectos físicos do meio local

Ações a desenvolver As plantas do Parque: 1.

Recolher plantas espontâneas do Parque;

2. Organizar um herbário. O solo e as rochas do Parque: 1.

Realizar um trilho de exploração no Parque (os Geodetetives);

2. Testar propriedades simples de rochas no Parque; 3. Construir uma coleção de rochas. As árvores do Parque:

3º período

À descoberta das inter-­ -relações natureza/ sociedade Floresta

1.

Identificar algumas espécies de árvores comuns no Parque;

2. Investigar características das árvores (idade, textura do tronco e nervuras das folhas); 3. Realizar um peddy-paper temático.

4º ANO DE ESCOLARIDADE Período letivo

Tema curricular

Ações a desenvolver O Sol como fonte de energia:

1º período

À descoberta do ambiente natural Os astros

1.

Explorar, num modelo didático, a posição do Sol no sistema solar;

2. Observar experimentalmente a formação das fases da Lua; 3. Testar pequenos objetos movidos a energia solar.

2º período

À descoberta das inter-­ -relações natureza/ sociedade A qualidade do ambiente

A qualidade do ar no Parque: 1.

Medir os aerossóis e os raios UV no Parque;

2. Testar experimentalmente o efeito dos filtros solares na proteção contra a radiação solar; 3. Observar microrganismos fotossensíveis ao microscópio. Os anfíbios no Parque:

3º período

À descoberta dos materiais e objetos/À descoberta das interrelações natureza/ sociedade A qualidade do ambiente

1.

Realizar um trilho de exploração para observação de anfíbios nos lagos do Parque;

2. Observar girinos à lupa; 3. Identificar anfíbios pelas vocalizações; 4. Conhecer as espécies de anfíbios de conservação prioritária em Portugal.


CIÊNCIAS DA NATUREZA 5º ANO DE ESCOLARIDADE

Período letivo

Tema curricular

Ações a desenvolver Os animais do Parque:

1º período

Diversidade dos seres vivos e suas interações com o meio Diversidade nos animais

1.

Capturar animais no Parque e observá-los à lupa;

2. Identificar características externas e classificá-las por grupos taxonómicos; 3. Elaborar um caderno de campo. Musgos, fetos e plantas com flor:

2º período

Diversidade dos seres vivos e suas interações com o meio Diversidade nas plantas

1.

Realizar um percurso botânico pelo Parque;

2. Identificar adaptações de plantas aos vários habitats; 3. Realizar um peddy-paper temático. A água no Parque:

3º período

A água, o ar, as rochas e o solo A importância da água para os seres vivos

1.

Analisar parâmetros organolépticos, físico-químicos e microbiológicos da água (cheiro, cor, acidez, turbidez, temperatura, oxigénio dissolvido);

2. Explorar as etapas do ciclo urbano da água através de uma maqueta funcional; 3. Realizar testes simples que reproduzem o processo de tratamento numa Estação de Tratamento de Águas Residuais (E.T.A.R.).

6º ANO DE ESCOLARIDADE Período letivo

Tema curricular

Ações a desenvolver Decomposição, digestão e compostagem:

1º período

Processos vitais dos seres vivos. Trocas nutricionais entre o organismo e o meio

1.

Visitar o vermicompostor do Laboratório da Quinta;

2.

Capturar minhocas no Parque para dissecação;

3. Dissecar uma minhoca para analisar os sistemas respiratório, digestivo e circulatório; 4.

Explorar o funcionamento do vermicompostor.

A fotossíntese nas plantas:

2º período

Processos vitais dos seres vivos. Trocas nutricionais entre o organismo e o meio

1.

Realizar preparações microscópicas para observação ao microscópio de cloroplastos e estomas;

2. Extrair clorofila de folhas de plantas; 3. Realizar um peddy-paper temático. Os micróbios no Parque:

3º período

Agressões do meio e integridade do organismo Os microrganismos

1.

Preparar meios de cultura para crescimento de microrganismos (bactérias e fungos);

2. Recolher amostras de ar, de água e de solo no Parque; 3. Inocular as amostras para analisar a presença de microrganismos no Parque.


CIÊNCIAS NATURAIS 7º ANO DE ESCOLARIDADE Período letivo

Tema curricular

1º período

Terra no espaço Terra - um planeta com Vida

Ações a desenvolver A Terra em transformação: 1.

Experimentar a técnica de formação de coacervados, protocélulas;

2. Realizar réplicas de fósseis de animais. Levantamento geológico no Parque: 2º período

Terra em transformação Dinâmica interna da Terra

1.

Realizar um percurso geológico ao complexo metamórfico da Foz do Douro;

2. Observar dobras e falhas no campo. As rochas e minerais do Parque:

3º período

Terra em transformação Dinâmica externa da Terra

1.

Observar minerais de rochas do parque ao microscópio petrográfico;

2. Testar laboratorialmente propriedades dos minerais; 3. Realizar experimentalmente o crescimento de cristais em laboratório.

8º ANO DE ESCOLARIDADE Período letivo

Tema curricular

1º período

Sustentabilidade na Terra Recursos naturais/Utilização e consequências

Ações a desenvolver Os ecossistemas do Parque:

1. Organizar os organismos em produtores, consumidores e decompositores;

2. Construir pirâmides de números dos ecossistemas do parque utilizando um programa informático. Monitorização de parâmetros do ar:

2º período

Sustentabilidade na Terra Recursos naturais/Utilização e consequências

1. Medir parâmetros físico-químicos do ar utilizando sensores multiparamétricos (ozono troposférico, aerossóis, radiação uv, humidade relativa, temperatura max/min, direcção do vento);

2. Analisar a qualidade microbiológica do ar, recorrendo a um amostrador de fluxo.

3º período

Gestão sustentável dos recursos Proteção e conservação da Natureza

Biodiversidade nos espaços urbanos:

1. Monitorizar as borboletas do parque ao longo de um transecto, através da observação e captura;

2. Observar no parque algumas medidas de incremento das populações de borboletas.

Cientistas no Parque 2011_2012  

Programa de Educaçao Científica para o 1º, 2º e 3º Ciclo