__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 25

O que sustenta o potencial genético é a nutrição

nheiro”, disse. “Existem já ração do período da manhã e para o da tarde. É um nível de detalhe a ser ofertado impressionante para o máximo rendimento. Temos hoje galpão que o ser humano não tem contato com as aves, tamanha a

tecnologia. Na sala de ovos, o potencial das máquinas classificadoras, com o nível de relatório, como está a produção e o plantel para corrigir os erros. Tecnologia e a evolução genética estão totalmente interligadas”, explicou.

Segundo ele, o conceito da conversão alimentar, muito presente na avicultura de corte, que faz toda a diferença e representa a visão do que o setor precisa fazer para obter o máximo desempenho genético da ave.

Revista do Ovo

25

Profile for Mundo Agro Editora

Revista do OvoSite - Edição 61