__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 15

Tabela: Objetivos possíveis e reais de serem alcançados conforme os seguintes parâmetros zootécnicos: Linhagens White Linhagens Brown Parâmetros* A1 B1 C1 D1 E1 A2 B2 C2 D2 PC 05 sem (g) 347 350 347 325 334 398 398 360 375 PC 10 sem (g) 752 760 752 745 802 909 909 855 870 PC 15 sem (g) 1.143 1.152 1.143 1.101 1.140 1.370 1.370 1.236 1.305 PC 25 sem (g) 1.550 1.579 1.551 1.559 1.598 1.796 1.796 1.831 1.780 PC 35 sem (g) 1.662 1.665 1.651 1.612 1.649 1.885 1.885 1.878 1.830 CR (0-17 sem) (kg/ave) 5,8 5,8 5,8 6,1 6,7 6,6 6,6 6,6 6,3 CR (18-90 sem) (kg/ave) 54,6 54,9 53,6 53,4 52,7 56,8 56,6 63,4 57,5 OAA 426 427 426 428 422 424 420 412 406 Peso Médio dos ovos (g) 61,7 62,2 61,7 57,4 61,4 61,8 62,6 63,1 62,5 Kg de ração total por OAA 0,141 0,142 0,144 0,140 0,143 0,150 0,150 0,154 0,158 PC = Peso Corporal; CR = Consumo de ração); OAA = Ovos Ave Alojada; *base manuais de manejo disponíveis no Brasil em Jan/2021.

potencial conseguem genético e econômico das do aves depende do equilíbrio da aplicação linhas bemOestruturadas - Integridade sistema gastrinpoedeiras para produzir 01dos caixa de testinal: Órgãos íntegros e funcionanmanter picos de produção e de quaovos. Se a produção estiver em conhecimentos adquiridos em nutrição, sanidade, ambiência e manejo. A combinação destas 80%, lidade dos ovos por mais tempo. do são essenciais para que o máximo necessitaremos de 450 poedeiras para variáveis e suas possiblidades é que proporciona a variedade de resultados que observamos no - Consumo de ração: estimular possível de nutrientes possa ser aproproduzir a mesma caixa de ovos. Porcampo, paraadequados mais ou para menos, parapelas melhor paraneste pior. Em alguns casos, umae situação veitado aves.ou Falhas sistetanto, acompanhar comparar o renos momentos para promover a atividade equilibrada das ma podem resultar em mais problesultado dos lotes é importante para mas (sanitários, de qualidade dos aves nas gaiolas ou nos galpões cage avaliar se as decisões da granja estão ovos, de longevidade dos lotes etc.) e/ free. Também deve-se observar a faadequadas ou não aos diferentes mocilidade de acesso aos comedouros mentos do mercado. E além da quanou demandar mais ajustes nutricionais para atender as exigências nutritidade de ração que está sendo neces(às vezes o excesso de preocupação cionais das aves. sária para produzir a caixa de ovos, o com o escape de aves causa dificuldades para o consumo), disponibili- Resistências naturais e estabilidacusto da ração deve ser considerado dade da ração ao longo do dia e da de produtiva: Frequentes problemas para chegarmos ao custo de produção noite e granulometria da ração. sanitários prejudicam o consumo de da caixa. - Consumo de água: não há conração das aves. É importante avaliar/ Muitas vezes não mexemos em tisumo de ração se não houver dispome que está ganhando, mas em moregistrar o comportamento dos lotes nibilidade de água para as aves. Rementos de crise, corremos o risco do (incidência e intensidade de problecomenda-se estudar a quantidade de mas e velocidade de recuperação). campeonato terminar antes das mudanças fazerem efeito. A “análise mabebedouros por ave e como são ajus- Qualidade externa e interna dos tados para cada semana de vida da cro” da atividade é necessária para a ovos: O ovo depende da qualidade ave (apenas um bebedouro por gaioelaboração de estratégias e planos para chegar bem à mesa do consumila representa risco de falta de água dor. A qualidade externa do ovo é faque possibilitem a rentabilidade e tor determinante nas escolhas do para a gaiola inteira), a qualidade de continuidade da produção de ovos. consumidor no ponto de venda. A água (que sofre influência do regiPara isso, o domínio da “visão micro” me de chuvas de cada granja) e moqualidade interna do ovo tem influ(o dia a dia das granjas) é importante. nitorias estruturais no galpão (falta ência na decisão de recompra do proContinuamos orientados pelo deduto. sempenho e sustentados pela qualide água, vazamentos, pressão). O dade de nossos produtos para contri- Conversão alimentar e custo por aumento de produtividade dos lotes buir cada vez mais com a cadeia proovo produzido: Se um lote estiver tem relação direta com maior demanda por água. dutiva dos ovos. produzindo 90% são necessárias 400 Revista do Ovo

15

Profile for Mundo Agro Editora

Revista do OvoSite - Edição 61