__MAIN_TEXT__

Page 38

Informativo Técnico-Comercial

Figura 2: Dois experimentos em condições de campo testaram o efeito de oferecer um total de 1, 3, 5 ou 6 g de SDP por ave por 4, 7 ou 10 dias na dieta pré-inicial.

Redução em mortalidade é reportada com frequência em frangos alimentados com SDP tanto em situações de desafio quanto em lotes clinicamente sadios, com taxas de mortalidade consideradas aceitáveis, em experimentos em condições comerciais (Belote et al., 2019; Gonzalez-Esquerra, et al., 2019a) ou em experimentos em aves alojadas em boxes (Cogan et al., 2020; Kozlowski, et al., 2020). Informações que analisam a resposta ao SDP em frangos de corte indicam que os primeiros dias de vida são críticos quando se fornece o SDP em dietas de frangos. Como frangos ingerem uma pequena quantidade de alimento nesse período, o investimento total por ave é relativamente baixo. Trabalhos recentes sugerem que uma ingestão total cumulativa de 3 a 4 g de SDP por frango, nos primeiros dias de vida, captura uma quantidade significativa de valor, tornando essa tecnologia economicamente viável (Beski et al., 2016a; Gonzalez-Esquerra et al., 2019; Cadogan et al., 2020). Isso implicaria no fornecimento de 1 a 2% na primeira dieta, dependendo da duração da fase de alimentação. Por exemplo, dietas inicias de 0 a 7, 0 a 10 ou 0 a 12

38

A Revista do AviSite

dias de idade podem ter níveis de SDP de 2, 1 ou 1%, respectivamente, o que, devido à ingestão típica observada nessas fases, resulta em uma ingestão cumulativa de cerca de 3 a 4 g de SDP por frango. Em frangos de corte fornecer menos do que 1% não é recomendado, já que as respostas a esse nível de inclusão parecem irregulares. Por outro lado, dietas especiais pré-iniciais utilizadas por menos de 5 dias podem exigir até 3% de adição de SDP. O preço do SDP pode variar entre regiões, normalmente o investimento de 3 a 4 g por frango na dieta é compensado por uma redução (melhoria) de 1 ponto de conversão alimentar (P. ex.: - 0,01), que é o mesmo valor observado para muitos aditivos alimentares utilizados pela indústria avícola. Por outro lado, observa-se melhoras de 2,5 a 5,2 % na conversão total com o uso de SDP apenas nas dietas pré-inicias.

de nutrientes, melhora o desempenho ao abate em lotes saudáveis e aumenta a tolerância a doenças e ao estresse em uma ampla variedade de situações. Além disso, esses benefícios são observados mesmo quando o desafio ocorre em algum momento após o término da utilização do SDP, o que demonstra a importância dos primeiros dias de vida na saúde futura e no desempenho de frangos de corte. Por esses benefícios, o fornecimento 3 a 4 g de SDP por frango é economicamente viável na maior parte das regiões produtoras de frangos do mundo. O plasma spray dried melhora a eficiência do sistema imune de forma sistêmica, portanto: • MELHORA O GANHO DE PESO; • MELHORA A CONVERSÃO ALIMENTAR; • REDUZ A MORTALIDADE; • AUMENTA A TOLERÂNCIA A DOENÇAS E ESTRESSE.

Conclusões

Para mais informações, contatar as equipes de vendas ou de serviço técnico. Acesse www.apcproteins.com ou www.linkedin.com/company/apc-latin-america.

De modo geral, esses dados indicam que o fornecimento do SDP em dietas pré-iniciais de frangos de corte modula o sistema imunológico, melhora a saúde intestinal e a absorção

Profile for Mundo Agro Editora

Revista do AviSite - Edição 133  

Revista do AviSite - Edição 133