Page 1

turn. verein

#22 jul.ago11

Revista da Sociedade Esportiva Bandeirante

Bom de bola Aos 70 anos, Edmundo Becker participa das patotas de futebol e aconselha a prática de esporte para um corpo e mente saudáveis

Negócios

Mercado de balanças está cada vez mais promissor

Advocacia moderna

Assessoria jurídica focada na prevenção de ações é tendência

Expressão artística

Artes plásticas como terapia para melhorar o dia a dia


*Base de cálculo e condições CUB/SC do mês de Maio de 2011 Correção das parcelas CUB/SC. - Matrícula de Incorporação - R.1 M 7393 no Cartório de Registro de Imóveis de navegantes. De acordo com a lei 4591/64, informamos que as imagens, illustrações e móveis contidas neste material têm caráter exclusivamente promocional. Os acabamentos serão de conformidade com o Memorial descritivo, que fará parte integrante do contato.

02 aptos

por andar

03 dorm.

(sendo 01 suíte)

Apto Tipo 1 02 vagas de garagem Espaço Gourmet Lavabo

Apto Tipo 2 01 vaga de garagem c/ opção para 2 vagas Sacada c/ churrasqueira


aprox. 80m do mar

02 e 03 dorm.

(sendo 01 suíte)

04 opções

de apartamento Tipo Empreendimentos em construção. Entrega prevista para

Fevereiro de 2013 Localização R. José Couto - Esq. com Dorval João Vieira Gravatá - Navegantes - SC

Mais informações: 47 3342.7335 . www.construtoraatlanticosul.com.br

3


turn. verein

Editorial

Daniel Zmmermann

CONSELHO EDITORIAL Paulo Cesar Piva Sandro Ricardo Gracher Baran José Carlos Loos Renato Petruschky Daniel Wehmuth

EDIÇÃO Francielle de Oliveira francielle@mundieditora.com.br REPORTAGEM Cleiton Schlindwein GERENTE DE ARTE E DESENVOLVIMENTO Rui Rodolfo Stüpp rui@mundieditora.com.br FOTO DE CAPA Daniel Zimmermann EDITOR-EXECUTIVO Sidnei dos Santos Palavra Escrita Ltda - ME sidnei@mundieditora.com.br EDITORA-CHEFE Danielle Fuchs Fuchs Editorial Ltda - ME daniele@mundieditora.com.br

111 ANOS DE HISTÓRIA Fundada em 16 de junho de 1900, hoje com 111 anos, a Sociedade Esportiva Bandeirante é um dos clubes mais antigos de Santa Catarina. Vou me reportar ao início da minha vida de diretor, mais precisamente no ano de 1972, com meus companheiros, Venicio Barbosa, Nivaldo Murilo Diegoli, Amilcar Arnoldo Wehmuth, Darcy Leonel Pereira, Walmor Kling, Carlos Ernesto Rau, Carlos Agostinho Zimmerman, entre outros, resolvi assumir o desafio de administrar o Clube, praticamente abandonado, com muitas dívidas e pouquíssimos associados. Colocamos nossa chapa à apreciação do Conselho Deliberativo, fomos aprovados e iniciamos esta árdua tarefa de colocar a casa em ordem, para depois pensarmos em projetos mais audaciosos. Claro que sabíamos das dificuldades que iríamos enfrentar e, então, iniciamos uma administração voltada a quitar dívidas com os fornecedores, contratar funcionários para a conservação do patrimônio e, principalmente, aumentar o quadro de associados. O clube crescia, prosperava e os sócios começaram a dar crédito à Diretoria e

4

o número de novos colaboradores aumentava, proporcionando iniciar grandes projetos e transformar o Clube nesta potência que é hoje. Também estivemos sempre envolvidos com o esporte amador, participando de campeonatos estaduais de vôlei, basquete e tênis de campo. Por isso, Brusque foi a sede dos primeiros Jogos Abertos de Santa Catarina. Vale ressaltar que também participamos da Super Liga de Vôlei Feminino e da Liga de Basquete Masculino, graças aos patrocinadores.

GERENTE COMERCIAL Eduardo Bellídio eduardo.bellidio@mundieditora.com.br 47 30335.5500 DIRETOR-EXECUTIVO Niclas Mund niclas@mundieditora.com.br CIRCULAÇÃO circulação@mundieditora.com.br SUGESTÃO DE PAUTA pauta@mundieditora.com.br

M

Y

CM

www.mundieditora.com.br facebook.com/mundieditora twitter.com/mundieditora

MY

CY

CMY

K

Av. Getúlio Vargas, 224 - Brusque (47) 3351-1133 www.sebandeirante.com.br Diretor-presidente Paulo Cesar Piva

Portanto, senhores colegas da Diretoria Executiva, especialmente o presidente, Paulo Cesar Piva, do Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal, funcionários e, principalmente, associados, às vésperas de completar 40 anos como diretor deste magnífico Clube, sinto-me cada dia mais disposto e feliz. Aproveito para agradecer a todos que colaboram de uma forma ou outra para o crescimento cada vez maior da nossa Sociedade.

Diretor-vice-presidente Daniel Wehmuth

Felicidades a todos!

Diretor Administrativo Arthur Fischer Neto

José Carlos Loos Diretor de Patrimônio

C

Diretor 1º Secretário José Carlos Búrigo Diretor 2º Secretário William Fernandes Molina Diretor 1º Tesoureiro Rafael Vieira Diretor 2º Tesoureiro Carlos Alberto Beuting Diretor de Esportes Sandro Ricardo Gracher Baran Diretor Social Ana Paula Bonatelli Uller Diretor de Patrimônio José Carlos Loos

Diretora Cultural Janine de Miranda Schlosser Diretor de Eventos Renato Petruschky


anos

CRECI-SC 8417

Operando

grandes mudanças na sua vida. Residêncial

Villa Cora

De frente para o mar, 3 suítes sendo 1 com hidro e closete, lavabo, espaço gourmet integrado com as salas, dep. empregada, Split nas suítes e salas, estendal, piso porcelanato e laminado nas suítes, cozinha mobiliada e semi equipada, área de serviço mobiliada, despensa mobiliada, espaço gourmet mobiliado, banheiros e lavabo mobiliados, demais dependências semi mobiliados, completa área de lazer equipada e decorada, hall decorado, piscina térmica, heliponto. Bal. Camboriú Baln. Camboriu - SC 47.3361.3000 Av. Brasil, 3600-Sala 01-Centro 9989.3700 / 9914.7454

Brusque - SC 47.3351.3600 Rua Felipe Schmidt, 31-sala 03-Centro 9608.6226 / 9992.1605

www.jorgefloriani.com.br

Ref. 488

5


turn. verein

Sumário

Fotos Daniel Zmmermann

12 Aos 70 anos, o exprofessor de Educação Física Edmundo Becker mostra ter muita habilidade com a bola

08 Serta Balanças presta assistência e revende as melhores marcas do mercado brasileiro

10

Novos Sócios

18

Aniversário

20

14

24

A artista plástica Marilise Teixeira faz arte como terapia

Comemoração Feijoada

28

Confraternização

32

Esportes

6

16 O advogado Patrick Scalvim atua em assessoria jurídica para a prevenção de ações


turn. verein

Negócios

O MERCADO de balanças cada vez mais promissor Fotos Daniel Zmmermann

Há 13 anos, a Serta Balanças presta assistência e revende as melhores marcas do mercado A Serta Balanças atua em Brusque desde 1998, no ramo de venda e assitência técnica para todos os tipos de balança, que podem ser classificadas em quatro classes: analítica, precisão, industrial e rodoviária. A empresa atua principalmente na região do Vale do Itajaí e também no Litoral. Já chegou a vender balanças das marcas que representa para o Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo. O proprietário da Serta, José Roberto dos Santos, que é natural de Blumenau, diz que a escolha de Brusque para montar a empresa foi devido a trabalhos que desempenhava para empresas da cidade. A partir daí, ele percebeu um nicho de mercado não só da assistência, mas também da venda de balanças. Em Brusque, a Serta é a única empresa que vende e conserta esses equipamentos. José Roberto explica que a região é rica em produção têxtil e as balanças cumprem um papel muito importante nessa área.“Na indústria têxtil todo o processo precisa de uma balança, desde a pesagem da malha bruta até o envio das peças para o mercado”, comenta.

José Roberto dos Santos está no ramo desde 1998

8

Existem mais de 20 empresas fabricantes de balança no Brasil, a Filizola é a mais tradicional do País, com 125 anos. Para ser uma empresa apta ao conserto e manutenção de balanças é preciso ter o registro do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), que é o orgão do governo brasileiro responsável pela fiscalização de produtos e


Todas as balanças passam por um teste que identifica o defeito equipamentos. O empresário destaca que o órgao fiscalizador passa uma vez por ano na empresa para fazer a aferição dos pesos usados para regular as balanças e observar se os procedimentos adotados com os equipamentos estão dentro da norma. Quando as balanças apresentam algum problema e chegam à Serta para serem consertadas, passam por um teste que identifica o defeito. O conserto gera um laudo que deve ser encaminhado ao Inmetro. O órgão es-

tuda esse laudo para ver se todos os procedimentos de conserto foram efetuados de forma correta e, no prazo de 15 dias, o Inmetro entra em contato com o cliente que solicitou o serviço de reparo para saber se o equipamento está funcionando corretamente e se ele está satisfeito com a empresa prestadora do serviço e com a manutenção solicitada. Segundo José Roberto, uma balança que é operada seguindo o que o manual de instruções da empresa fabricante recomenda, dura, em média, 15 anos.

Tecnologia Atualmente, a maioria dos restaurantes oferece durante o almoço a opção de buffet livre ou a quilo. Quem escolhe a opção a quilo está acostumado a pesar a quantidade de comida que irá consumir. Para isso, o restaurante necessita de uma balança devidamente aferida. Essas balanças têm a tecnologia digital para indicar o peso ao cliente. José Roberto comenta que, antigamente, era muito difícil definir o peso correto dos produtos com as balanças que não eram eletrônicas. Com a tecnologia, o empresário acredita que tanto o consumidor quanto o comerciante se sentem mais seguros, devido a esse método de pesagem que marca também o peso obrigatório da Tara, que é o peso padrão do prato que o restaurante possui. “Essas balanças eletrônicas possuem dois displays que fornecem o número para o consumidor e para o cliente, com informações corretas, o que garante que o consumidor veja exatamente a quantidade de comida que está no prato”, explica o empresário. A tecnologia também é fundamental para garantir a pesagem correta dos produtos farmacêuticos. Ele destaca que essas balanças usadas na área de saúde são de ex-

trema precisão, porque cada decigrama a mais ou a menos pode comprometer toda a fórmula do remédio.

Tipos de balança • Alimentício Pesagem de alimentos; • Biomédico Pesagem de pessoas em clínicas e hospitais; • Farmacêutico Pesagem de medicamentos; • Comercial Pesagem de pessoas (academias de ginástica, centros desportivos, entre outros) e de bens em pequena escala (materiais de construção, alimentos vendidos em mercados, entre outros); • Industrial Pesagem de bens em maior escala (veículos e grandes cargas); • Metrológico Verificação de rastreabilidade em massas padrão e calibração de balanças.

Para o futuro, a Serta Balanças pretende promover a divisão dos processos de trabalho com locais específicos para equipamentos industriais, comerciais e de laboratório. Hoje, a empresa vende, em média, 20 balanças ao mês e presta 20 manutenções diárias em diversos tipos de balança, contando com a colaboração dos seis funcionários para atender de forma adequada toda a demanda dos clientes. José Roberto aponta que o mercado brasileiro de balanças está cada vez mais promissor, principalmente por causa da expansão do mercado chinês, no caso também da exportação de equipamentos. A visão otimista do mercado e a união do grupo que montou é também a força para seguir trabalhando. “Espero que a tecnologia traga sempre novidades para somar e, nestes 13 anos de trabalho, a gente só tem coisas boas para falar. Conseguimos formar uma equipe que trabalha sempre em benefício do cliente”, finaliza o empresário.

São 20 manutenções diárias

9


turn. verein

Novos Sócios

Divulgação

Lauro com a esposa Maristela e os filhos Priscila e Vitor

É TEMPO DE NOVAS AMIZADES Com a correria do dia a dia e tantos compromissos, um clube com boa estrutura para atender os sócios é fundamental na opinião de Lauro Schelbauer de Lima Junior, mais conhecido como Kike, sócio do Clube Bandeirante há dois meses. Natural de Canoinhas e morador de Brusque há 16 anos, Lauro é formado em Ciências da Computação, porém, hoje, é empresário do ramo do comércio e confecções. A empresa D’arte Confecções atua na área de uniformes em geral para colégios, empresas, rede de farmácias, supermercados, telefonia, entre outros. “Nossa linha é infantil, juvenil

10

Encontrar os amigos, conhecer pessoas e praticar esportes são os principais atrativos do Bandeirante para o empresário Lauro Schelbauer de Lima Junior

e adulto e com tamanhos nobres, a maior parte de nossos clientes é da região Sul do Brasil”, ressalta. Nos dois meses em que participa de atividades no Clube Bandeirante junto com a esposa Maristela e os filhos Vitor e Priscila, ele já constatou: “o que há de melhor em um clube são as novas amizades, as confraternizações em família, contato com as pessoas, pois, no dia-a-dia, fica difícil devido à correria e compromissos de todos”. A atividade principal de Lauro no SEB é o futebol. Ele frequenta duas vezes

por semana um dos dois campos oferecidos pelo Clube Bandeirante. Um dos motivos que levou Lauro a se tornar sócio do Clube foi a boa estrutura oferecida. Além de piscina, sauna, academia de musculação, o Clube ainda conta com quadras de basquete, vôlei de areia, tênis e mais oito ambientes para festas. Os amigos que já eram sócios do Clube também foram influência positiva para que ele se tornasse um novo sócio. “Associei-me ao Clube por causa dos amigos, pela ótima estrutura, organização, que é fundamental, espaço físico amplo e várias quadras de esportes”, destaca.


turn. verein

Perfil

Fotos Daniel Zmmermann

ESPORTE É VIDA Aos 70 anos, Edmundo Becker ainda participa da patota de futebol Clube dos Veteranos na SEB Nascido em 1940, em Florianópolis, o ex-professor de Educação Física Edmundo Becker tem um currículo esportivo que inclui participações nos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) como atleta e técnico. Em 1960, competiu na 1ª edição do Jasc como jogador de futebol de salão, além de receber um convite para integrar a equipe profissional de futebol nos tempos em que treinava no time do Figueirense. Um dos motivos de não ter aceitado foi o fato de estar no ano de alistamento militar, indo servir à Aeronáutica e começar os estudos. Edmundo lembra ainda que um jogador de futebol, naquela época, tinha que comprar a própria chuteira. Um ano após a formatura em Educação Física, em 1964, instalou-se em Brusque, onde vive até hoje. Foi professor até 1976, passando por quatro escolas de Brusque, porém, hoje, se dedica apenas à patota de ex-alunos. Além do futebol, que pratica duas vezes por semana, também faz caminhadas diárias e mantém uma sala com aparelhos de ginástica em casa. Entre os cinco filhos e os nove netos não existe nenhum que tenha seguido o esporte como profissão, mas a família não fica parada. Edmundo aconselha a prática de esportes, “o que deixa a pessoa mais disposta e ligada para a vida”. Em casa, coloca todos para fazer exercícios e cobra de quem relaxa nas atividades físicas. “O esporte faz parte da própria pessoa para ter um corpo e uma mente sãos” ressalta.

12


A paixão pelo futebol O ex-professor de Educação Física, apelidado de Muna pelos colegas, joga, em média, 40 minutos de uma partida de futebol, fazendo dribles e cruzamentos na posição de lateral esquerda. Dos 60 participantes da patota que, às vezes, chegam a formar quatro times, Edmundo é o de idade mais avançada em atividade. Dos jogadores preferidos, ele garante que Pelé é indiscutível, mas o principal jogador da história foi o Garrincha, maior ídolo do Botafogo, time do coração. Para Edmundo, o futebol de hoje perdeu o brilho, o ar de irreverência, pois, segundo ele, os jogadores são muito fortes e usam essa força no lugar da habilidade, causando muitas faltas. “A principal característica de ídolo, o drible, está cada vez mais escassa no futebol atual”, comenta. Pela questão

da irreverência e o jeito divertido de atuar em campo, o melhor jogador, atualmente, é Ronaldinho Gaúcho. Mas, ele atribui a admiração ao jogador por atuações que teve no Barcelona e Milan. A patota que participa não é só um simples jogo para ele, o futebol de toda semana é muito mais que isso, é uma união de bons amigos que transcende ao esporte. Prestes a completar 71 anos, Edmundo conta que faz exames médicos regularmente e que o médico sempre apresenta um diagnóstico positivo de saúde. Ele atribui isso ao esporte que sempre fez e faz parte de sua vida. Edmundo não pensa em parar de participar das patotas e nem deixar de jogar futebol, o esporte preferido.

Edmundo adora fazer dribles


turn. verein

Arte e Cultura

Fotos Daniel Zmmermann

A ARTE COMO TERAPIA Para a artista plástica Marilise Teixeira o simples fato de aprender uma forma de expressão artística já é uma mola propulsora para que o cérebro não fique preso ao estresse do dia a dia

14

Exercitar a mente e não só o corpo também é fundamental para uma vida saudável. O simples fato de aprender uma forma de expressão artística já é uma mola propulsora para que o cérebro não fique preso ao dia a dia. Em outras palavras, uma terapia. Exatamente o motivo pelo qual Marilise Teixeira procurou a arte. Ela sempre gostou de trabalhar fazendo artesanatos e bordados, porém o trabalho como vendedora não a deixava se dedicar por completo às artes.

técnicas utilizadas por Marilise são pinturas Country, que tiveram origem nos Estados Unidos, e a Bauernmalerei, um estilo de artesanato alemão, cujas origens remontam ao Século 17. A técnica caracteriza-se, especialmente, pelas pinceladas livres e espessas de temas florais e animais, com traços de branco e fundo patinado com origem entre os Alpes bávaro e austríaco e, popularmente, conhecida como Pintura Alemã ou Bávara.

Depois do nascimento do segundo filho, há nove anos, resolveu parar de trabalhar para se dedicar mais aos filhos e à paixão pela pintura em madeira. As

Marilise sempre procura se especializar em cursos que acontecem em Brusque e região, mas a maior fonte de inspiração é a Mega Artesanal, feira que já

frequenta há três anos e que acontece sempre no mês de junho em São Paulo. No ano passado, o evento recebeu público de 107.600 pessoas, sendo uma das maiores feiras do segmento de artesanato no País, com cursos e exposições, além de concursos que são realizados durante os sete dias de feira. “Comecei fazendo cursos de Bauer e, até hoje, estou estudando. Cultura e pintura têm muita coisa em comum e não podemos parar no tempo. Se você sabe de alguém que dá um curso, vai lá e faz. Se acha outra pessoa que tem algo ainda melhor, outra técnica, vai lá e faz também”, explica Marilise, que é aluna às terças e sextas-feiras em Brusque e Itajaí, respectivamente. As matérias-primas mais utilizadas por Marilise são madeira e tinta. Ela ainda conta que o período em que realiza o maior número de obras é o Natal e a Páscoa, desenvolvendo guirlandas, baús de madeira e muitas outras peças que servem para decoração. Os produtos mais procurados e que Marilise já vende nos mercados e lojas de Brusque há sete anos são as casquinhas de Páscoa, que são pintadas à mão com desenhos de coelhinhos e temáticas alusivas à data. “Quando chega a época de Natal e Páscoa, tenho muito trabalho porque todos querem decorar a casa e deixar tudo mais bonito”, comenta a artesã. Aulas Depois de alguns anos de experiência, Marilise resolveu passar o aprendizado para outras pessoas. Há quatro anos dá aulas na própria residência, ensinando um total de 15 pessoas, com turmas de segunda a sexta-feira durante a noite. Nesses cursos, além das duas técnicas de pintura que mais usa, oferece também aulas de arte francesa, uma técnica mais difícil e elaborada, segundo a professora. Como ela mesma gosta de pintar porque acredita ser uma terapia, os alunos também se inscrevem no curso por esse motivo. “A maioria procura os cursos mais como terapia mesmo. Claro que também é por gostar de pintura, bate-papo, além da descontração das alunas”, finaliza a artista plástica.

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


turn. verein

Profissional Liberal

ASSESSORIA contra ações judiciais Atuar na advocacia preventiva, orientando e assessorando negócios para evitar ações judiciais que podem se arrastar por anos, é a tendência da advocacia moderna e principal foco do advogado Patrick Scalvim. Formado desde 2003 e com especialização em Direito Tributário, Patrick se diz apaixonado pela profissão que escolheu. Teve influência direta da irmã que também é advogada, mas lembra que desde os tempos de escola sempre gostou das ciências humanas. O primeiro contato com a área aconteceu em 1996, quando optou por fazer,

no ensino médio, curso técnico de Contabilidade, e cursou uma matéria específica de Direito, o que despertou a atenção. Começou a trabalhar na área em 1999, no departamento jurídico de uma empresa. Hoje, é um dos sócios do escritório Goedert, Scalvim Advogados, onde atuam 10 advogados que, desde a abertura, em 1999, atuam na assessoria e consultoria jurídica focada na prevenção de ações judiciais. Scalvim adverte que muitas pessoas físicas e jurídicas procuram por um advogado depois que algum problema ocorreu. “Se todos procurassem

O advogado Patrick Scalvim é apaixonado pela profissão e atua no assessoramento de negócios para prevenir novas ações judiciais

um advogado antes de estabelecer uma relação jurídica (um negócio) como, por exemplo, fazer um contrato, comprar e vender um automóvel ou imóvel, evitariam um possível desgaste futuro”, ressalta. O advogado não destaca um caso como o mais importante, atuando principalmente nas áreas tributária, societária e contratual, e classifica como mais delicada a área do Direito de Família, em decorrência da carga emocional que trazem os litígios dessa natureza, principalmente no caso de separação envolvendo disputa pela guarda de filhos.

Fotos Daniel Zimmermann

O advogado diz que uma empresa que tem consultoria jurídica está melhor amparada e tem maior segurança nas negociações 16


Prevenção e segurança O trabalho de Scalvim se expande nas empresas de Brusque e região, com foco exatamente na prevenção de ações judiciais. Nas grandes cidades como São Paulo, esse tipo de trabalho já é bem comum e reconhecido por já ter sido implantado há muito tempo. Segundo o advogado, a empresa que conta com uma assessoria e consultoria jurídica está melhor amparada e tem maior segurança nas negociações. Scalvim ressalta que a assessoria prestada às empresas possibilita dirimir dúvidas em qualquer momento, antes mesmo da realização de alguns procedimentos. As demandas trabalhistas, principais geradoras de processos envolvendo as empresas, também podem ser evitadas. Scalvim atua na prevenção

Segundo o advogado, uma ação judicial tem várias instâncias e graus

processuais, podendo se arrastar até a decisão final por vários anos. A consciência de prevenir possíveis embates judiciais ainda não está totalmente consolidada na região, mas já acontece com mais frequência, como reflexo da renovação no perfil dos administradores de empresas. Esses profissionais estão procurando se prevenir de questões que, no futuro, podem gerar problemas e custos que não estavam previstos no orçamento da empresa. Mesmo que um processo seja gerado, o escritório proporciona a representação judicial dos clientes. “Representar a parte perante o Poder Judiciário é uma das funções do advogado, que é indispensável à administração da Justiça. O procedimento adotado antes de qualquer ação é colocar para o cliente os direitos e os eventuais riscos de cada processo”, destaca.


turn. verein

Aniversário

PARABÉNS, BANDEIRANTE

A festa de aniversário de 111 anos de fundação da SEB aconteceu no dia 18 de junho, com um delicioso almoço. Foi servido cachorro-quente, pinhão, entrevero e macarronada para os associados e convidados

01

02 Fotos Divulgação

03

01 │Associados se divertiram com a família 02 │Festa reuniu associados e convidados no Clube 03 │Renato Petruschky, Gilmar Ristow, Silvia Petruschky e Geane Ristow

04 05

06

04 │Paulo e Viviani Eccel, Marthina e Clara Krieger 05 │Vilmar Domicio de Souza, Ari da Cunha, Francisco

Simas, Marcos Roberto Muller e Alonso Moro Torres

06 │Vários brinquedos foram espalhados pelo Clube

18


07

08

09

07 │Foi servido um delicioso almoço 08 │Ricardo Hoffmann, Paulo Piva,

Evandro de Farias e Juca Loos

09 │Renato, Bernardo e Camila Mesquita


turn. verein

Comemoração

NOITE CULTURAL

Em comemoração aos 111 anos de fundação do Clube, foi realizado no dia 16 de junho a 9º Noite Cultural com o tema “Esporte, arte e cultura, uma parceria de futuro”. Durante a Noite Cultural, os associados e convidados tiveram a oportunidade de apreciar várias apresentações, além de exposições de artes plásticas

01

02 Fotos Divulgação

01 │Ana Paula Bonatelli Uller, Daniel

Wehmuth, Paulo Piva, Sandro Gracher Baran, José Carlos Loos e Rafael Vieira

02 │Associação da Companhia Teatral

03

Cenareta

04

C

M

Y

CM

MY

05

CY

CMY

K

03 │Associados e convidados apreciaram as apresentações 04 │Studio de Dança Slomsky 05 │Conjunto Instrumental Colégio Cônsul

20

Carlos Renauix


06

07

08

06 │Homenageado Soelito Gohr 07 │Homenageados Grupo Xamã Serenata e Eventos 08 │Artes Plásticas de Larissa Fuck COISAS_DE_MAMAE_1-2PAG.pdf 1 7/19/2011 17:27:28


turn. verein

Comemoração

01 │Coral Igreja Evangélica Luterana de Brusque Centro Paróquia Bom Pastor

Fotos Divulgação

01

02 │Liana Rossel, Ana Paula Bonatelli Uller, Juliana Brito

Wehmuth, Marcia Appel, Marise Batisti, Maria Antônia Kinhs e Morgana Hoffmann

03 │Artes Plásticas de Eliane Sapelli 04 │Artes Plásticas de Marilise Bitelbrun Teixeira 05 │Fotografias de Marcos Welter 04

03

02

05

06

07

08

06 │Artes Plásticas de Vitor José Cervi 07 │Artes Plásticas de Monica Backes 08 │Artes Plásticas de Eliane Kohler de Souza 22


turn. verein

Feijoada

ALMOÇO TRADICIONAL

No dia 4 de junho, associados e convidados saborearam uma deliciosa feijoada, com a animação da Escola de Samba Consulado

01

02 Fotos Eduardo Sofiati

03

04 05

06

01 │Escola de Samba Consulado 02 │Associados saborearam a tradicional feijoada 03 │Sandra Tomazoni, Jorge Heitor Fadel e Ana Cristina Silveira 04 │Mateus, Tamara e Lucas Gomides 05 │Paulo César Piva, Ana Paula Bonatelli Uller

24

e Evandro de Farias

06 │Dislei Molina e grupo de amigos


07

07 │Lídia Moser, Marcelo e Perla Maestri, Elizabeth

Bonatelli e Ana Paula Bonatelli Uller

08 │Felipe, Juliana e Maria Júlia Wehmuth 09 │Guilherme Albani Filho, Norival Fischer, Jorge

08

09

Heitor Fadel, Rafael Vieira, Roberto Tomazoni e Norival de Souza Filho


turn. verein

Feijoada

01 Fotos Eduardo Sofiati

01 │Associados se divertiram com os jogos 02 │Ana Paulo Bonatelli Uller, Juliana Brito Wehmuth e Raquel Renaux 03 │Paulo Ricardo Eccel e Marthina Krieger 04 │Edson Imianosky, Gilberto Renaux Junior, Rafael Appel e

José Cyro de Moura Gomides

05 │Luciano, Ana Augusta e Ana Beatriz Witkowsky 06 │Marcela Correa com amigas 07 │João Antonio e Moana Schaefer,

02

03

04

06

26

com os filhos Joana e Guilherme

05

07


09

10 08

08 │André e Mariana Rezini 09 │Rafael Diogo Pereira, José Cyro e Tamara

Gomides; Karen Rodrigues e Rafael Bittencourt; Gilberto Junior e Raquel Renaux

10 │Escola de Samba Consulado animou a festa


turn. verein

Confraternização

AMIGOS REUNIDOS

A 2ª Festa dos Amigos da SEB aconteceu no dia 14 de maio, com a presença de mais de 150 associados e convidados 01

02

Fotos Divulgação

01 │Amigos da bola 02 │Norival de Souza Filho 03 │Crianças brincando 04 │Marcela, Aline e Marco da Silva 05 │Grupo Academia

03

04

05

28


06

07

08

06 │Grupo Tênis 07 │Clube 25 08 │Kevin, Luiz Ricardo, Cristiane e Davi Fantini

Veterinária PET-SHOP Banho Tosa Hotelzinho Filhotes

Fone: 3355-8283 - Plantão: 8817-6142 Av Otto Renaux, 399 - São Luis - Brusque vetcaopanheiro@yahoo.com.br

Consultas Vacinas Cirurgias Raio X


turn. verein

Confraternização

01 Fotos Divulgação

01 │Associados curtindo a Festa dos Amigos 02 │Crianças brincando 03 │Marcia Petermann, Juliana e Margarete

Rescarolli, Danubia, Shana Zen Ganz e Camila Mesquita

04 │Mauro Petruschky, Mario Cesar Coelho e

Diego Hames de Moura

05 │Segunda ferinos 06 │Veteranos Futebol 03

02

05

04

06

30


turn. verein

Esportes

CAMPEONATO DE PANELA Todas as quintas-feiras acontece o Campeonato de Panela 2011, que

Seis times participaram do Campeonato de Panela, que acontece todas as quintas-feiras no campo da SEB

conta com a participação das equipes: Clube 25, Pipeline/HJ Tintura-

ria, Central Imóveis, Floriani Imóveis, Amigos da Bola e Viracopos.

Fotos Divulgação

Equipe Amigos da Bola

Equipe Viracopos

Equipe Central Imóveis

Equipe Clube 25

Equipe Floriani Imóveis

32

Equipe Pipeline HJ Tinturaria


O REI DO DOMINÓ

A final do Campeonato de Dominó de Duplas 2011 aconteceu no dia 6 de junho. Na classificação, Airton João Rodrigues foi o campeão, o 2º colocado foi Mário Giovani Pinotti e, em 3º lugar, ficou Júlio Antonio Petermann

Participantes do campeonato

3º Júlio Petermann, 1º Airton Rodrigues e 2º Mário Pinotti

Vitória merecida O 3º Estadual por classes aconteceu nos dias 17, 18 e 19 de junho, em Florianópolis. A equipe de Tênis da Sociedade Esportiva Bandeirante obteve bons resultados com destaque para a tenista Luana Dell’ Agnolo, que se consagrou campeã na categoria 2ª Classe A.

33


turn. verein

Casamentos

Fotos Divulgação

16 de abril Manuela Carina Holatz Zanon e Alisson Rian Barni Zanon, filhos de Márcia Sapelli Holatz e Roland Holatz e de Silvia Maria Barni Zanon e José Clair Zanon

30 de abril Mariana Fagundes Medeiros Magalhães e Daniel Magalhães, filhos de Maria Dolores Fagundes e Rubens José Medeiros e de Clara Lurdes Darli e Pedro Magalhães

34

7 de maio Natália Zendron e Paulo Morelli, filhos de Nádia Zendron e Antônio Zendron Neto e de Rosélis Siemsen Morelli e Ismar Luiz Morelli


Empreendimento em construção. Entrega prevista par julho de 2011.

Espaço Gourmet

Suíte

04 dorm. (sendo 02 suítes) 02 vagas de garagem O apartamento: Espaço gourmet; Living; Infraestrutura para ar condicionado tipo "split"; Cozinha e área de serviço; Lavabo; Infraestrutura para água quente; Piso em porcelanato; Acabamento em gesso. Localização Av. Pref. Cirino Adolfo Cabral, 8253 (Av. Beira Mar) - Gravatá - Navegantes - SC Mais informações: 47 3342.7335 www.construtoraatlanticosul.com.br

*Base de cálculo e condições CUB/SC do mês de Maio de 2011 Correção das parcelas CUB/SC. - Matrícula de Incorporação - R.1 M 7393 no Cartório de Registro de Imóveis de navegantes. De acordo com a lei 4591/64, informamos que as imagens, illustrações e móveis contidas neste material têm caráter exclusivamente promocional. Os acabamentos serão de conformidade com o Memorial descritivo, que fará parte integrante do contato.

De frente para o mar de Gravatá 01 apto por andar

Turnverein - Ed. 22  
Turnverein - Ed. 22  

Revista da Sociedade Esportiva Bandeirante, de Brusque. Produzida pela Mundi Editora, Blumenau / SC.

Advertisement