Page 1

A música e as raquetadas de Fabrisio Comandoli Filho

#16 | jan.fev09

Revista da Sociedade Esportiva Bandeirante

Folia mirim

na colina

O tradicional Carnaval Infantil agitou a sede do Bandeirante, com a presença de jovens sócios como Alanis Ávila e Miguel Machado Bork

De volta à casa

Paixão em comum

Melhorias no clube

Baile do Hawaii


EDITOR-EXECUTIVO Sidnei dos Santos - 1198 (MTb/SC) sidnei@mundieditora.com.br EDITORA-ASSISTENTE Gisele Scopel - 02807JP (MTb/SC) REPÓRTERES Jean Laurindo e Mariana Tordivelli COORDENADOR DE ARTE Guilherme Faust Moreira guilherme@mundieditora.com.br FOTO DE CAPA Daniel Zimmermann COORDENADOR COMERCIAL Eduardo Bellídio eduardo.bellidio@mundieditora. com.br 47 30335.5500 DIRETOR EXECUTIVO Niclas Mund niclas@mundieditora.com.br

Av. Getúlio Vargas, 224 - Brusque (47) 3351-1133 www.sebandeirante.com.br Diretor-presidente Sandro Ricardo Gracher Baran Diretor-vice-presidente Paulo Cesar Piva Diretor 1º Secretário José Carlos Búrigo Diretor 2º Secretário Renato Marques Mesquita Diretor 1º Tesoureiro Arthur Fischer Neto Diretor 2º Tesoureiro Carlos Alberto Beuting Diretor de Esportes William Fernandes Molina Diretor Social Daniel Wehmuth Diretor de Patrimônio José Carlos Loos Diretor Administrativo Janine Miranda Schlösser Diretora Cultural Larissa Fuck

Daniel Zimmermann

CONSELHO EDITORIAL Arthur Fischer Neto José Carlos Loos Larissa Fuck Paulo Cesar Piva Ricardo Zendron Sandro Ricardo Gracher Baran

O BANDEIRANTE E VOCÊ

EDITORIAL

O envolvimento é importante para que o clube seja agradável a todos Olhando hoje nosso clube, resultado da motivação de um pequeno grupo de pessoas que, 109 anos atrás, queria um lugar para a prática de ginástica (Turn-verein), de outro pequeno grupo que queria cantar e de outros que queriam um lugar para conviver socialmente, celebrar as grandes ocasiões, sinto um grande respeito e admiração por estes pioneiros sonhadores e realizadores. Praticamente todos se envolveram de alguma forma na criação e construção do clube. Todos cientes da importância de um local de lazer e convivência comprometeram-se com o sucesso e crescimento do Bandeirante, acreditando que “a união faz a força”. Geração após geração, os associados herdaram este espírito e foram sonhando e realizando, fazendo com que o clube correspondesse sempre a suas necessidades. Novas áreas foram acrescentadas – ginásio de esporte, piscina, sauna, quadras de tênis, grande sede social – integrando o clube ao dia a dia de seus associados que aqui vinham a boates, bailes, casamentos, batizados, aqui conviviam nos restaurantes, quadras e piscina. O Clube cresceu. A sociedade mudou. A cidade cresceu. Os carros permitiram que distâncias se tornassem insignificantes. Novas formas de lazer surgiram. O comprometimento diminuiu... Hoje, o associado do Bandeirante (e de qualquer outro clube) não se sente mais responsável pelo clube. Analisa o que a associação está oferecendo em troca de uma mensalidade e não quer ter mais qualquer outro envolvimento. Espera mais direito do que deveres, esquecendo que o clube é a realização do esforço e empenho de todos os associados, de todos os seus “donos”. No mundo de hoje, mais veloz, mais exigente, mais competitivo, com menos lazer real, um espaço para a convivência, seguro e harmonioso, se faz ainda mais necessário do que antigamente. Temos o espaço, o Bandeirante está aí, mas precisamos sonhar juntos. Precisamos juntos sonhar de novo, realizar de novo, fazer a Sociedade Esportiva Bandeirante ser de novo parte de nossas vidas.

Diretor de Eventos Ricardo Luciano Zendron Diretora Jurídica Juliana Appel Coelho

4

Janine Miranda Schlösser Diretora Administrativa


SUMÁRIO

Michel Gartner Belli figura entre os novos sócios da Sociedade Esportiva Bandeirante

10

06 A colaboradora Irma Will é uma apaixonada pelo trabalho no clube

Tiago compartilha com o pai, Rubens, a paixão pelo futebol e a posição de goleiro

14 12 Fabrisio Comandoli Filho se divide entre os estudos, o tênis e a música

18 Crianças se fantasiam e caem na folia para comemorar o Carnaval no Bandeirante

4

16 Obras melhoram a estrutura do clube 24 Dia 6 de março tem Baile do Hawaii 26 Confira o que rolou na Forever Young 28 Festa Country reuniu gente bonita na colina 30 Esportes 32 Projeto Renovação 33 Relembrar é viver 34 Mural


Tal pai, tal filho

Embaixo da trave Assistindo ao pai (Binho) jogar, Tiago Witzke tomou gosto pelo futebol e pela posição de goleiro. Os dois são presença constante nos campeonatos internos do Bandeirante Daniel Zimmermann

A

genética e a paixão pelo futebol transformaram pai e filho em grandes goleiros da Sociedade Esportiva Bandeirante. O comerciante Rubens Witzke, conhecido como Binho, e o estudante Tiago Witzke defendem o gol do Clube 25 e do União Bandeirante, respectivamente.

no campeonato do clube, surgiu também oportunidade para o estudante se profissionalizar. No entanto, Tiago conta que priorizou o curso de Direito e o trabalho no cartório, que tanto gosta. “Não quis me sobrecarregar. Meu pai sempre diz que quando se assume um compromisso, deve-se cumpri-lo”, explica o filho.

Desde criança, Tiago acompanhava as partidas do pai e observava atentamente as defesas. A partir daí, a escolha pelas luvas de goleiro foi natural.

Incansável

Com o título de goleiro menos vazado



Ao contrário do filho, Binho nunca assistiu seu pai jogar futebol. Porém, o comerciante se lembra muito bem

das histórias – algumas inacreditáveis – que ele contava. “Na época do meu pai, as pessoas jogavam futebol até os trinta anos. No meu caso, não penso em parar tão cedo”, acentua. Associado do Bandeirante há mais de 30 anos, o comerciante veste a camisa do Clube 25 há mais de duas décadas. Binho garante que o time é o mesmo desde sempre e que todo ano faz festas com as famílias e viagens de intercâmbio. Nessas excursões, a equipe troca de campo com clubes como São Paulo e Caxias do Sul (RS).


Daniel Zimmermann

Na defesa É claro que o encontro dos dois goleiros em campo é inevitável. Quando isso acontece, uma simples partida torna-se um grande evento. Binho recorda a última vez que os times se enfrentaram. Coincidentemente, na ocasião, os dois deixaram passar dois gols de cada lado. O comerciante confessa que comemorava todas as bolas que Tiago defendia. Como o futebol é o ponto em comum entre os dois, ambos concordam que não é fácil ser goleiro. Segundo Tiago, a posição consiste em consertar o erro dos outros, todavia, não existe melhor sensação em campo comparada a de defender um pênalti. E assim, defesa a defesa, gol a gol, pai e filho seguem trilhando o cominho do companheirismo, mesmo defendendo uniformes diferentes. É a paixão que une gerações.

Tiago e Binho costumam se encontrar em lados opostos anuncio bello spazio.pdf

1

19/02/08

15:08

SuaÊcasaÊcomÊconfortoÊeÊeleg‰nciaÊemÊ todasÊasÊestaç›es.

EstiloÊeÊrequinte,ÊestasÊs‹oÊasÊ principaisÊcaracter’sticasÊdosÊ m—veisÊqueÊvocêÊencontraÊ naÊBelloÊSpazio.ÊAÊmisturaÊ doÊrœsticoÊcomÊoÊsofisticadoÊ nasÊfibrasÊnaturaisÊacrecentaÊ umÊtoqueÊespecialÊaosÊ ambientes. DecoreÊsuaÊcasaÊcomÊosÊ m—veisÊBelloÊSpazioÊeÊtenhaÊ espaçosÊaconchegantesÊeÊ agrad‡veisÊparaÊdesfrutarÊ momentosÊœnicos.

Móveis de Fibras Naturais e Sintéticas | Decoração Rod. Antônio Heil, 350 47 3354.4799


Novos sócios

O bom filho à casa torna Michel Belli retornou ao quadro de associados do Bandeirante em busca de bem-estar Daniel Zimmermann

A decisão de integrar o quadro de associados da Sociedade Esportiva Bandeirante não foi nenhum desafio para o empresário Michel Gartner Belli, 33 anos. Na bem da verdade, o compromisso surgiu como forma de retomar um vínculo antigo com o clube. Filho do ex-presidente da associação e atual membro do Conselho Fiscal, o empreendedor Márcio Belli, Michel passou boa parte da infância e juventude entre as áreas de lazer do Bandeirante. Depois de concluir o curso de Direito e passar a morar com a noiva, Mariângela Benvenutti Becker, Belli voltou a ser sócio do Bandeirante no final do ano passado. “Assim que tivemos uma oportunidade, decidimos voltar ao quadro de associados pela estrutura e diversão que o clube oferece”, esclarece o empresário, que mantém muitos amigos no quadro de sócios do Bandeirante, inclusive o presidente Sandro Gracher Baran. Na memória, o empresário traz a estrutura antiga do clube, quando o Espaço Gourmet fazia parte apenas dos projetos futuros. Belli lembra também de quando as quadras de tênis não eram cobertas e a área externa do clube era menor. “As obras de ampliação do Bandeirante feitas nos últimos anos são visíveis. O espaço ficou ainda mais agradável para frequentar durante a semana ou nos dias de folga”, destaca. Durante os dias de trabalho, Belli aproveita para manter a forma na academia do clube, que considera bem equipada. “Outra área que gosto muito é a parte de churrasqueiras. Costumo encontrar os amigos lá, já que o clima é bastante agradável”, revela. Além disso, o Espaço Gourmet e o quiosque natural também são atrações que despertam satisfação no novo associado do Bandeirante. Atualmente, Michel e Márcio atuam juntos na corretora Belli Seguros. A relação com o Bandeirante, inclusive, vai além das horas de diversão. Como os atendimentos securitários do clube são feitos pela empresa da família, os empresários patrocinam o Baile do Hawaii 2010, que será realizado dia 6 de março. “Isso mostra que a nossa relação com o clube já vem de muito tempo”, destaca.

10


A gastronomia também é responsável por boa parte das visitas de Belli ao Bandeirante. Ele garante que os elogios ao restaurante do clube não são apenas da boca pra fora. Sempre que tem a oportunidade de se reunir com parceiros comerciais, o estabelecimento é o local escolhido para o encontro e as discussões sobre o trabalho. “O pessoal até brinca, antes de vir a Brusque, perguntando se o almoço já está garantido”. Quando não está no trabalho ou nas dependências do clube, as principais opções de lazer de Belli são cinema e restaurantes. A culinária mexicana é a preferida do empresário, que não perde a chance de saborear os pratos latinos. “Procuramos esse tipo de co-

mida mesmo quando estamos no Litoral”, confessa. Na hora das compras, os centros comerciais da cidade são as principais opções.

Coração rubro-negro Flamenguista declarado, Belli admite que futebol não é o esporte preferido para praticar. “Prefiro alguma modalidade mais ativa, por isso estou constantemente na academia”, revela. Mesmo estando de volta a pouco tempo, o sócio já é conhecido dos funcionários do clube. As perspectivas do novo associado para 2010 são as melhores possíveis. “O clube tem diversos projetos e nós pretendemos crescer também. Acredito que vai ser um ano muito bom”, aposta.

Daniel Zimmermann

Mesa posta


Cabeça jovem

Música e esporte O violão e a raquete de tênis são companheiros inseparáveis do estudante Fabrisio Comandoli Filho, que sonha em ser um músico reconhecido Daniel Zimmermann

S

eja dedilhando o violão ou rebatendo a bola laranja com a raquete, as mãos do estudante Fabrisio Comandoli Filho estão sempre ocupadas. Com 16 anos, o adolescente exibe dois grandes talentos e hesita ao responder de qual deles gosta mais. O estudante treina tênis há cinco anos e no último torneio estadual foi vice-campeão em uma das etapas e ficou em quinto lugar na classificação geral. Fabrisio conta que, no esporte, suas inspirações são Gustavo Kuerten e o suíço Roger Federer. A iniciativa de tocar violão partiu de um pedido do pai, que sempre quis dominar o instrumento, porém nunca o fez. O jovem diz que, como a outra opção de aulas extracurriculares era de inglês, optou por abraçar o violão e deixou a língua estrangeira de lado. Para Fabrisio, a escolha foi certeira. Há três anos, pratica o instrumento e ressalta que está em seus planos se tornar um músico reconhecido. Do clássico ao caipira, o jovem toca todos os estilos de música. Entre seus músicos favoritos estão Vitor e Leo e os sertanejos de raiz.

Toca aquela Apesar da timidez, Fabrisio adora se apresentar e sempre faz bonito nos festivais do colégio. Fora dos palcos, sempre que pega o violão, logo uma rodinha se forma em sua volta. “Adoro tocar para os meus amigos. Nas festas e nas reuniões de família sempre levo o violão comigo”, conta. Bom de ouvido, Fabrisio tem a habilidade de reproduzir acordes mesmo sem o uso de partituras. Sua desenvoltura ainda se estende a outros instrumentos: o jovem diz ter facilidade em tocar bateria, baixo e piano. “Torço para que minha carreira como músico dê certo. Penso também em fazer Administração de Empresas. Mas, acho muito cedo para decidir isso”, conclui.

12


Nosso colaborador

para pôr a casa em ordem Irma Will trabalha a seis anos na limpeza do clube e destaca o ótimo ambiente de trabalho

Q

Daniel Zimmermann

uando veio de Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí, para trabalhar em uma chácara de Brusque, a faxineira Irma Will não esperava que construiria a vida e se adaptaria tão bem à nova cidade. A mudança aconteceu em 1996, quando a filha tinha apenas quatro meses. Hoje, 14 anos depois, Irma se considera realizada por morar em um município calmo e fazer parte, há seis anos, do quadro de funcionários da Sociedade Esportiva Bandeirante. Hoje, com 41 anos, Irma lembra com carinho de quando começou a trabalhar no clube, no setor de limpeza, em 2004. “Algumas áreas da estrutura não estavam concluídas. O Espaço Gourmet e o salão de festas eram um pouco diferentes”, diz. De lá pra cá, Irma conquistou amigos e considera o ambiente entre os funcionários do clube uma das vantagens de trabalhar no Bandeirante. Outro benefício é o ambiente natural que pode desfrutar enquanto trabalha. As árvores e áreas naturais que dão um clima bucólico ao clube trazem satisfação também aos colaboradores, que podem executar as atividades ao ar livre e com maior prazer. “Acho que essa é a maior vantagem. Se fosse numa fábrica, por exemplo, o clima seria bem mais fechado”, compara.

Rotina Quando chega à sede do clube, às 5h, Irma e as outras funcionárias da limpeza priorizam as áreas sociais que sediaram algum evento. Com essa parte em dia, é feita a limpeza das quadras e áreas do tênis, na parte superior da estrutura do Bandeirante. “Conseguimos dar conta do trabalho numa boa”, conta a colaboradora. Entre um espaço e outro, as funcionárias encontram algum tempo para conversar e contar as novidades. “Todos os funcio-

14

nários se dão muito bem aqui”, garante, lembrando o ambiente agradável entre os colaboradores minutos antes da entrevista. Se hoje houvesse outra proposta de trabalho, ela garante que ia pensar muitas vezes antes de aceitar. “O clima aqui é muito bom”, reitera. Nos finais de semana, a carga horária de trabalho se divide entre as funcionárias da equipe de limpeza. Quando está trabalhando, Irma costuma ajudar nas tarefas à beira da piscina, local mais frequen-

tado pelos associados durante o Verão. Mesmo com tarefas intensas, ela garante que interage com os sócios e cria um bom relacionamento. “A gente trabalha, mas também se diverte”, revela. Na hora de escolher o lugar preferido em toda a área do clube, ela destaca o Espaço Gourmet e a área de estacionamento, que conta com árvores e espaços naturais. “Estar ao ar livre é sempre bom e refrescante, por isso é a parte que mais gosto”, confessa.


Agora em diante Enquanto continua colaborando com o trabalho e a manutenção da estrutura do Bandeirante, Irma mantém os sonhos pessoais de forma paralela à função no clube. Hoje, Irma considera que o maior objetivo é ver garantido o futuro da filha Fernanda Kniss, de 14 anos. “Ela ainda não sabe muito bem o que quer, mas quero estar ao lado dela para ajudá-la”, conta. Esse ano, em função do calendário cheio do clube, Irma espera meses movimentados e com muitas realizações. E assim, a funcionária segue atendendo as necessidades do clube com o leve sorriso tímido no rosto. Daniel Zimmermann

As áreas verdes são os locais do clube que mais atraem Irma Will


Melhorias

Mãos à obra

Trabalho no clube não para e espaços são recuperados para melhor atender os sócios

Os trabalhos de planejamento e execução de obras e melhorias na estrutura do Bandeirante continuam em pleno vapor. A diretoria do clube e a gerência administrativa buscam soluções estruturais que garantam conforto e comodidade para os associados.

Entre as principais ações está a reforma do campo de futebol, que trouxe aspectos visuais mais agradáveis para a área esportiva. Liberado desde o início de fevereiro para a prática da modalidade entre os associados, o campo recebeu obras que recuperaram o espaço e visam melhorar a segurança e a estrutura

para beneficiar a realização dos torneios do Bandeirante ao longo do ano. Além dos projetos que já estão em fase de implantação, novas ações são estudadas pela diretoria e pela gerência para contribuir com o bem-estar dos associados do clube.

Divulgação

A recuperação do gramado do compo de futebol vai favorecer o desempenho dos atletas Divulgação

16


Daniel Zimmermann

A quadra de vôlei recebeu areia para melhorar o piso. Cuidados especiais também no tênis

Daniel Zimmermann

Outras reformas já feitas • Troca das caixas d’água do restaurante • Pinturas de postes e muros • Colocação de areia nas quadras de vôlei e futebol (anexo ao parque infantil) • Reforma do banheiro masculino (anexo ao restaurante social) • Reforma da entrada do restaurante

Daniel Zimmermann

Entre as recentes melhorias também se destaca a reforma da entrada do restaurante do clube

17


festas

Crianças caem na folia Fotos divulgação

Para comemorar o carnaval, a Sociedade Esportiva Bandeirante organizou a tradicional folia infantil. Filhos de sócios participaram, devidamente trajados da folia de Momo na terça-feira, 16 de fevereiro. Houve concurso de fantasias, muita marchinha e música infantil e, é claro, muita diversão para os pequenos sócios do clube.

Pedro Augusto Testoni usou a fantasia “Maravilha ser criança”

Fantasias • CLASSIFICAÇÃO do DESFILE Masculino 1º Leonardo Renaux – Pirata 2º Henrique Rodrigues – Mickey 3º Felipe Zanon Coelho – Pirata 4º Kal El Avila – Super Homem Feminino 1º Hannah Marina Appel Gohr – Carmem Miranda 2º Maria Eduarda Polli – Pedrita 3º Maria Eduarda Testoni – Branca de Neve 4º Kendra Avila - Fadinha

18


Fotos divulgação

Hannah Marina Appel Gohr, de Carmem Miranda

Gustavo Amorim, de pirata, faz festa junco com a mãe

Mateus Gevaerd Gomides entrou no clima de Copa do Mundo

O “maquinista” Lucas Gevaerd Gomides

Liniker Peroza homenageou o ídolo pop Michael Jackson

Dieter Erbe estava a caráter para uma festa no Hawaii

19


Fotos divulgação

FESTAS

Raquel Renaux com o filho Leonardo Renaux

Maria Eduarda Testoni: a Branca de Neve ficou com o 3º lugar

20

Hannah Marina Appel Gohr, 1º lugar no concurso feminino

Felipe Zanon Coelho, de pirata, ficou com o 3º lugar

O 2º lugar ficou com Henrique Rodrigues

O 4º lugar foi para Kal El Avila, o Super Homem


Fotos divulgação

FESTAS

22

Amanda Francieli Polli com a filha Maria Eduarda, 2ª entre as meninas

As ganhadoras Maria Eduarda Testoni, Kendra Avila, Hannah Marina Appel Gohr e Maria Eduarda Polli

Leonardo Renaux, de pirata, foi o vencedor do concurso entre os meninos

Henrique Rodrigues, Leonardo Renaux , Felipe Zanon Coelho e Kal El Avila: os vencedores do concurso masculino


Fotos divulgação

FESTAS

Joice Ávila com a filha Kendra, que ficou na 4ª colocação

Raquel Renaux com os filhos Leonardo e Maria Clara Renaux

24

Camila Andrade de Mara Maravilha

Barbara Edite Limas (Carmem Miranda), Kendra Ávila (Fadinha), Alanis Avila (Pirata do Caribe) e Kal El Avila (Super Homem)


Aconteceu no Bandeirante

Noite Feliz

A Fotos divulgação

festa Forever Young, que aconteceu na noite de Natal, foi marcada por muita diversão e gente bonita. Mais uma vez, a Sociedade Esportiva Bandeirante reuniu associados e não-sócios para comemorar essa data tão especial. Confira alguns flagrantes deste belo evento:

Festa transcorreu em alto astral na área das piscinas Fábio Potrick e amigos

Marcela Dellagnolo, Barbara Zen Dalago e amiga

Jonathan Peterman curtindo a festa bem acompanhado

26

Marcelo Pavan aproveita a festa ao lado de amigos

Mariana dos Santos e João Paulo Sassi

Clube recebeu decoração especial


FESTAS

23º Baile do Hawaii Vem aí a melhor festa tropical da região. O 23º Baile do Hawaii será realizado em 6 de março, na Sociedade Esportiva Bandeirante e promete muita diversão. A edição está recheada de atrações (veja quadro).

Serviço Ingressos antecipados (1º lote até 3 de março) • Sócios: R$ 20,00; • não-sócios: R$ 25,00 Postos de Venda • Wave Surf Wear, Secret’s Perfumes, Union Brasil, Calçados Gevaerd, Posto Havan, Base e Bandeirante Informações e reservas de mesas • (47) 3351-1133 / 3351-4277 / 9952-7133

Atrações Palco Principal • Tribus da Lua • Banda S/A

Boate • Allan Gee • DJ Grillo (Hip Hop & Funk)

Tenda • Pagode com Paralelos do Ritmo • Edu & Evandro


Aconteceu no Bandeirante

Country agita a colina aproximadamente 1,3 mil pessoas que se divertiram por horas. As atrações da primeira Festa Country do clube fi-

zeram as pessoas dançar a noite toda. Confira as fotos dessa entusiasmada festança:

Fotos divulgação

No dia 28 de novembro, a Sociedade Esportiva Bandeirante foi palco de uma animada festa. O evento reuniu

Não faltou gente bonita e animada na festa

Danuza de Souza curtindo a noite na colina com amigos

Gabriele Mafra com o anfitrião Roger Zen e convidadas

As tendas para a festa foram armadas na área das piscinas

Um grande público, entre sócios e não-sócios, compareceu à colina para a primeira festa country do Bandeirante

28


Esportes

Disputas nas quadras Tenistas do clube entraram em quadra para definir os campeões da Copa São Luiz marcaram a conquista dos vencedores em quatro categorias: Adulto A, Adulto B, Adulto C e Infanto (veja quadro). O Campeonato da escolinha de tênis

foi outra disputa que movimentou as quadras entre os jogos da Copa São Luiz. No dia 16 de dezembro, um jantar celebrou a premiação dos vencedores e o encerramento das atividades de tênis no Bandeirante.

Fotos divulgação

A última competição esportiva de 2009 na Sociedade Esportiva Bandeirante reuniu tenistas para a disputa da 4ª Copa Colégio São Luiz – campeonato interno por equipe. As decisões aconteceram em 11 de dezembro e

José Carlos Meurer e Isabella de Miranda Meurer

João Benvenutti, André Baran e Johnny Gamba

Sérgio Azevedo, Elias Nunes e Samuel

Sandro Baran, Carlos Walter Arcari e Carlos Vitor Arcari

Henrique Floriani e Milton Floriani

Álvaro Siemsen e Samuel Walendowsky

4ª Copa Colégio São Luiz de Tênis Adulto A Campeões: Sandro Baran e Carlos Victor Arcari Vice-campeões: Sérgio Azevedo e Samuel Walendoswky Adulto B Campeões: Fabiano Becker e Adriana Becker Vice-campeões: Renato Benvenutti e Luiz Gonzaga da Costa Jr. Adulto C Campeões: Guilherme Conti Floriani e Allysson Meirelles da Silva Vice-campeões: Giovano Visconti e Henrique Conti Floriani Infanto Campeões: João Benvenuti e Johnny Gamba Vice-campeões: Júlia Pertschy e Isabela Meurer

30

Gulherme Floriani, Valter Kohler e Allysson Meirelles da Silva Disputas acirradas e de bom nível nas quadras

Luiz da Costa Jr., Carlos de Souza Filho e João Benvenutti


Fotos divulgação

Intercâmbio esportivo No dia 20 de janeiro, a equipe de futebol Amigos da Bola, da Sociedade Esportiva Bandeirante, enfrentou o Grupo União, do Rio de Janeiro, nas dependências esportivas do Bandeirante. A partida faz parte da ação de intercâmbio entre os grupos, que acontece desde 2003. Depois do jogo, os atletas foram recepcionados com uma tradicional Paella, preparada pelo gourmet Jorge Bocão nas dependências da churrasqueira familiar

Amigos da Bola e Grupo União realizaram intercâmbio esportivo em janeiro, no Bandeirante

Integrantes da patota Amigos da Bola, da Sociedade Esportiva Bandeirante. Abaixo, o Grupo União, do Rio


Administração

Novas carteirinhas Daniel Zimmermann

Sócios têm três meses para fazer a troca da atual carteira pelo novo documento

O anos de 2010 será de muitas novidades para a família Bandeirante. Com a continuação do Projeto Renovação, que é a profissionalização do clube, uma das ações que estão sendo colocadas em prática é o acesso através de carteirinhas informatizadas. Mas porquê desta informatização? Através desse projeto, o associado e dependente terá maior segurança ao entrar e frequentar o Bandeirante e poderemos, assim, conhecer melhor o perfil dos sócios. Sabemos que toda mudança pode gerar algum desconforto e, neste período de troca das carteirinhas, o Bandeirante estará atento para solucionar os transtornos que possam ocorrer. E você, associado e dependente, faça valer seu papel: compareça à Central

32

de Atendimento e faça a nova carteirinha. Durante os próximos três meses, teremos atendimento especial para confecção das mesmas. A emissão da carteirinha terá custo de R$ 10,00 por unidade, ou seja, o associado que tem dois dependentes pagará a emissão de três carteirinhas. O custo é em razão da confecção e gerenciamento, porém, esta taxa é cobrada uma única vez. O associado e dependentes devem zelar pela conservação do documento, evitando assim a taxa de emissão de segunda via, que terá valor de R$ 30,00.

bem-estar do associado e, por isso, novos projetos estão sendo elaborados. Entre eles, a reforma da academia, da piscina e a construção do espaço infantil. Acompanhe nas próximas edições o detalhamento destas novidades que o Bandeirante prepara a você. E lembre-se: o nosso site está sempre atualizado com as informações da Sociedade Esportiva Bandeirante. Aproveite para conhecê-lo no endereço www.sebandeirante.com.br e vote na nossa enquete. Sua participação é essencial!

Mais novidade

Um grande abraço e até a próxima edição.

As melhorias não param por aí. A diretoria está sempre pensando no

Daniel Carvalho de Toledo Gestor de clubes


Relembrar é viver

Divulgação

Carnaval nos anos 1980

N

a terça-feira, 16 de fevereiro, a Sociedade Esportiva Bandeirante realizou mais uma edição do tradicional Carnaval Infantil. Para recordar edições antigas da folia de Momo, a Turn.verein traz duas fotos da resta em 1985. Pequenos sócios da época, que hoje já passaram dos 30 anos, caiam na folia nas dependências do clube. E os adultos, é claro, também brincaram o carnaval naquele ano.


Mural

Cinema com desconto De segunda a quinta-feira, os associados da Sociedade Esportiva Bandeirante têm desconto de 30% nos filmes em cartaz no Cine Gracher. Os ingressos com preços promocionais estão à venda na secretaria do clube.

Esquentando o Panela O Departamento de Esportes do Bandeirante abriu inscrições para o Campeonato Panela 2010. As equipes devem se inscrever até o dia 5 de março, na secretaria do clube. O certame começa no dia 11 do mesmo mês. Venha participar! Outras informações pelo telefone (47) 3351-1133.

Débito bancário A Secretaria do clube comunica aos associados que o pagamento das mensalidades pode ser feito via débito bancário. Os bancos conveniados são Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica Federal. Mais informações, consulte a secretaria do clube.

odorizzi

Publicidade em destaque O departamento de marketing da Sociedade Esportiva Bandeirante oferece ações promocionais na comercialização dos espaços publicitários do clube. A iniciativa visa aprimorar a visibilidade das empresas e também arrecadar fundos para investir em melhorias no Bandeirante. Os interessados em destacar a empresa no mercado devem entrar em contato pelo telefone (47) 3351-1133.


Turnverein - Ed. 16  
Turnverein - Ed. 16  

Revista da Sociedade Esportiva Bandeirante, de Brusque. Produzida pela Mundi Editora, Blumenau / SC.

Advertisement