Issuu on Google+

TieBreak Ano 10 - dezembro 2012

#82

magazin

feliz 2013! Especial Nรกutica


1° Ofício de Registro de imóveis, comarca de Blumenau, sob a matrícula número R5-38.055


Imagens meramentre ilustrativas.

Uma aliança eterna entre você e a felicidade.

Vendas

www.imoveispremium.com


Um lugar tão incrível que até a praia pode ficar para depois. Venha conhecer um apartamento completo feito especialmente para você.


Apto. mobiliado para visitação. Agende uma visita.

Excelente localização | Ampla área de lazer Acabamento de alto padrão

Área Total

Área Total

133m² Dorm.

E n t re g

a

2013

Blumenau - SC Bairro Victor Konder

175m² Dorm.


Blucredi, parceira no crescimento da sua empresa.

Produtos e serviços integrais e exclusivos.

A Blucredi oferece um amplo portfólio permitindo uma parceria sólida, pautada pela confiança, segurança e na constante busca de soluções financeiras para empresas de todos os tamanhos. Faça parte da cooperativa que é muito melhor que um banco, faça parte da Blucredi.

Cobrança

Cartão Alimentação

Crédito

SicoobNet

Seguros / Previdência

Consório

Cartões

Saúde e Odontologia

Investimentos

Conheça mais em www.blucredi.coop.br


33 Agências no Vale do Itapocú, Vale do Itajaí e Litoral Catarinense.


S贸 existe uma coisa melhor do que dar um presente O Botic谩rio no Natal.


O sorriso que vocĂŞ recebe de volta.


TieBREAK

TieBreak expediente

FOTO DE CAPA: Banco de imagens TEMA: réveillon

TABAJARA TÊNIS CLUBE Diretoria Presidente Alberto Stein • Vice-Presidente Renato Medina Pasquali • Diretor Administrativo Thomas Bueckmann • Secretário Jorge André Ritzmann de Oliveira • Tesoureiro Alcemir Karasinski • Diretor de Patrimônio Felipe Avelar Ferreira • Vice-Diretor de Patrimônio Maurício Carlos Kreibich • Diretoras Sociais Cynthia K. Baumgarten, Rita Schürmann e Lorna Stein • Diretor do Tênis / Squash André Germano Bürger • Vice-Diretor do Tênis Edson Moser • Diretor de Esportes / Ouvidoria Clóvis Lenzi • Diretor do Futebol Bruno José Cunha • Diretor do Tiro Carlos Adell Péricas • Diretor da Bocha Joaquim Teixeira Paulo Filho • Diretor do Bolão Rubens Tadeu Varella • Diretora da Ginástica Rubiamara Becker Cunha • Diretor de Marketing Cao Hering • Diretor da Piscina Taiana Olívia de Amorim Justino Conselho Deliberativo Após A.G.O 2010 Presidente Theo Kirchner Falce Vice-Presidente José Roberto Antunes Santos Secretário Evelásio Paulo Vieira Membros Natos - Jorge Luiz Buechler, José Roberto Antunes Santos, Edson Pedro da Silva e Otávio Guilherme Margarida • Efetivos - Mandato Até A.G.O de 2015 Marcos S. Leyendecker, Sérgio I. Margarida, Jorge Luiz Rodacki, Marcio Milton Mafra e Gualberto José Guedes • Suplente - Mandato Até A.G.O de 2015 - Rolf D. Buhr • Efetivos - Mandato Até A.G.O de 2013 - Theo K. Falce, Egon Alberto Stein, Valdir Righetto Filho, Hercílio Baumgarten e Otto Baier • Suplentes - Mandato Até A.G.O de 2013 - Raphael Gomes Santhiago, Ronaldo Baumgarten Junior e Carlos Ivan Beduschi • Efetivos - Mandato Até A.G.O de 2014 - José Carlos Müller, Walter Luiz Persuhn, Evelásio Paulo Vieira, Roberto Carneiro Bauer, Ronaldo Reichow e Clóvis Barbieri • Suplentes - Mandato Até A.G.O de 2014 - Roberto Grossenbacher Neto, Lothar Stein, Mauro César Dorigatti e Artur Fouquet Conselho Fiscal Jaime Luiz Leite (Presidente) Efetivos - Giovani Mainhardt e Dario L. Agnoletto • Suplentes - Marco Aurélio Poffo, Juliano Daniel Scheefer e Richard Cordeiro de Oliveira Gerente Marcello Rubineck Pereira Fone (47) 3221-2600

mundi editora Editor Sidnei dos Santos 1198JP (MTb/SC) Palavra Escrita Ltda. ME sidnei@mundieditora.com.br editora assistente Francielle de Oliveira Reportagem Daiani Caroline Coelho, Mariana Tordivelli e Rafael Meira GER. de Arte E deseNVOLVIMENTO Lucas Gonçalves / lucas@mundieditora.com.br diagramação Lucas Gonçalves e Tiago de Jesus

12

EditorA-chefe Danielle Fuchs Fuchs Editorial Ltda. ME danielle@mundieditora.com.br Gerente de mercado Eduardo Bellidio eduardo.bellidio@mundieditora.com.br gerente comercial geral Cleomar Debarba debarba@mundieditora.com.br Diretor-Executivo Niclas Mund

niclas@mundieditora.com.br CIRCULAÇÃO circulação@mundieditora.com.br SUGESTÃO DE PAUTA tiebreak@mundieditora.com.br TIRAGEM 2.500 TIRAGEM VIRTUAL 50.000

Conselho Editorial Alberto Stein, Carlos Hering, Cynthia Baumgarten, Marcello Rubineck Pereira e Rita Schürmann Fone (47) 3035-5500 mundieditora.com.br facebook.com/mundieditora twitter.com/mundieditora


Ti

e

18

B

24

Í NDICE

edição 82 - Ano 10 - DEZEMBRO 2012

14

18

réveillon

20

bom de avental

22

ginástica

24

vida saudável

28

perfil

30

melhor amigo

Confira as festas de fim de ano no clube Uma boa sugestão para a ceia de Natal

Um grupo de senhoras para lá de ativas Cuidados com a dentição deve começar no pré-natal

Conheça um pouco mais sobre Fernanda Nasser Os bixhinhos amados de Maria Luiza Tavares D’Amaral

28


r e a k 38

44

34

tie estilo

36

moda

Aposta nas estampas étnicas

38

verão

Abertura da piscina

44

festas

Sócios tocam no Die Kneip

48

esportes

59

especial náuticA

59

com Luciana Margarida Kaestner Fantoni

A aventura de cruzar o Atlântico em um veleiro

15


Hora de celebrar Outro final de ano se aproxima e é hora de comemorar as realizações de 2012 junto a familiares e amigos. Para isso, o Tabajara Tênis Clube prepara almoço festivo de Natal, dia 25, e a grande festa de Réveillon, no dia 31. Então, reúna a família e venha festejar com os amigos no clube. O clima de fim de ano está presente nesta edição da Tie Break Magazin, cuja capa saúda a todos com um merecido brinde. E como é Verão ao Sul do Equador, a edição 82 mostra como foi a festa de abertura da piscina, quando crianças e adultos celebraram a estação mais quente do ano com muitas brincadeiras e animadas conversas. Para quem gosta de navegar, preparamos um especial sobre náutica em que o destaque fica por conta da aventura vivida por Jorge Luiz Rodacki, que cruzou o Atlântico, partindo do Litoral francês, a bordo do veleiro J&B 7. E como é fim de ano, confira quem se destacou em diferentes modalidades esportivas, como tênis, futebol, dominó, canastra e bolão. Os encerramentos reuniram muitos sócios apaixonados por esses esportes. Além disso, a edição traz reportagem sobre saúde bucal, com a odontopediatra Marcia Sganzerla, o perfil da colunista social Fernanda Nasser e a amizade entre a menina Maria Luiza Tavares D’Amaral e os cinco cães da família. Por fim, desejamos a todos os leitores maravilhosas festas de fim de ano e muita esperança, realizações e alegrias em 2013. Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

16


17


TieBreak réveillon

Daniel Zimmermann

Fim de ano à Tabajara Almoço de Natal, jantar e baile de Réveillon agitam as festas de final de ano no clube 18


Banco de imagens

Mais uma sequência de festas de fim de ano se aproxima e mais uma oportunidade para celebrar a vida e o próximo ano que chegará. Sendo assim, aproveite para comemorar o Natal e o Réveillon no Tabajara Tênis Clube. Reúna a família no Almoço Festivo, que acontecerá no Restaurante Dr. Blumenau, dia 25 de dezembro, a partir das 11h30min. No cardá-

pio, saladas variadas, maionese de camarão, beef tartar, peixe à presidente, peru à Califórnia, pernil à brasileira, strogonoff de filé, filé ao molho de ervas finas com massa branca e verde, além de diversos tipos de sobremesas. A gerência recomenda que seja feita reserva pelos telefones 3326-1269 ou 3326-2703 ou contato@restaurantetabajara.com.br.

Baile da virada

A chegada do ano novo será comemorada em grande estilo. A festividade começa a partir das 21h do dia 31, no Salão Principal, quando o jantar começará a ser servido. A Banda Açú, com repertório repleto de clássicos como ‘New York, New York’, ‘What a Wonderful World’, ‘La mer’ e, também, as melhores músicas da atualidade, vai embalar os convidados. O DJ Duda dará sequência à festa da virada. Para completar, o show de fogos, que iluminará o céu do clube e dará boas vindas a 2013. A estrutura especial para crianças garantirá a tranquilidade dos pais.

19


TieBreak bom de avental

Para uma

noite especial Aprenda a preparar uma deliciosa receita para celebrar o natal com familiares e amigos

O Natal se aproxima e já está mais do que na hora de pensar nos preparativos para a ceia. Segundo a literatura, a ceia natalina originou-se do antigo costume europeu de deixar as portas das casas abertas no dia de Natal para receber viajantes e peregrinos e esses, juntamente com a família hospedeira, confraternizavam aquela data tão significativa para os cristãos. Para essa comemoração, era preparada bastante comida, uma mesa composta por diversos pratos. Essa

20

tradição foi se espalhando pelo mundo e cada região acrescentando uma particularidade, como, por exemplo, a adição do peru na ceia norte-americana, peculiaridade que logo passou a fazer parte dos costumes de outros países, como no Brasil.

temperado, cozido e defumado, o que dá o sabor e a textura características do tender. Para quem não gosta ou não pode comer carne de porco, são oferecidas no mercado algumas opções de tender feitos com outros tipos de carne, como o de peru.

Outra carne que é bastante apreciada nesta época do ano é o tender. Seu sabor se assemelha bastante ao do presunto comum. Em geral, o tender é feito com carne de porco desossada e processada. O embutido também é

Nesta edição do Bom de Avental convidamos a chef do Restaurante Tabajara, Cristina Santos Oliveira, para ensinar a preparar um delicioso risoto de tender com damasco e amêndoas, um prato bem sugestivo para o Natal.


Risoto de tender com damasco e amêndoas Ingredientes 1 unidade de tender 300g de arroz arbório ou carnaroli 1 unidade de cebola picada 2 colheres (sopa) de manteiga 2 xícaras (chá) de vinho branco seco 150g (1 pote) de Cream Cheese Philadelphia 1 xícara (chá) de damasco cortado em cubos 1,5 litro de caldo de frango 100g de queijo parmesão ralado 180g de amêndoas laminadas

Fotos banco de imagens

Modo de preparo 1.Refogue a cebola picada com a manteiga. 2.Coloque o arroz e mexa bem. 3.Adicione o vinho branco e misture até incorporar ao arroz. 4.Acrescente o tender picado. 5.Em fogo médio, acrescente, aos poucos, o caldo de frango quente e vá mexendo delicadamente até incorporar ao arroz. Sempre que incorporar, coloque mais caldo. Repita este processo até que o arroz esteja cozido, porém, “al dente”. 6.Quando o arroz estiver cozido, mas com um pouco de caldo ainda, desligue o fogo e incorpore o Cream Cheese Philadelphia. E os damascos picados. 7.Corrija o sal e sirva com parmesão ralado. E, por último, coloque sobre o risoto as amêndoas douradas na manteiga.

21


TieBreak planeta tabajara

Charmosas

e ativas

Fotos Daniel Zimmermann

Mais de uma década de amizade é motivação para a ginástica semanal deste animado grupo É muito mais motivador acordar cedo e ir para a ginástica quando há um grupo de animadas amigas esperando. As 15 cativantes senhoras frequentam assiduamente a aula de ginástica que acontece duas vezes por semana no Tabajara Tênis Clube. Marlene Odebrecht conta que participa há quatro anos das aulas e que a prática faz muito bem para o corpo e para a cabeça, pois são mo-

22

mentos de descontração com as companheiras. De acordo com Dalva Schead, o grupo existe há mais de 15 anos. Por muito tempo, a professora Sueli Klein esteve à frente das aulas. Atualmente, Cíntia Krauzer acompanha a turma, que aprovou e recebeu muito bem a nova profissional.


Dança e lembranças Entre as atividades realizadas estão caminhada no clube, alongamento, exercícios localizados, controle da respiração e relaxamento. Cíntia cita também os exercícios lúdicos, às vezes feitos com bolas, e também os rítmicos. “Elas gostam mesmo é de dançar. Escolhemos um ritmo para usar na aula e realizamos as atividades que trabalham com a frequência cardíaca”, conta Cíntia. A professora explica que prepara as aulas com muito apreço, pois é preciso cuidar das articulações e estar ciente das lesões de cada uma das alunas. Cíntia acentua que procura reservar um momento da aula para que elas dividam suas lembranças e, assim, exercitar também a memória.

A profissional garante que se diverte durante as aulas. Além de descontraídas, Cíntia conta que elas são muito unidas. “Quando uma aluna falta,

outra sempre liga para saber se está tudo bem”, comenta. “No fim das contas, acho que aprendo com elas muito mais do que ensino”, completa.

DR. 23


TieBreak vida saudável Fotos Eduardo Sofiati

Cuidados desde

o ventre da mãe Para a boa saúde bucal, primeira consulta com o odontopediatra deve ser logo após a concepção A odontopediatria é considerada uma das especialidades mais importantes da odontologia, pois proporciona um tratamento sem traumas, aliando a psicologia e delicadeza com um tratamento preventivo dos problemas de saúde bucal de bebês, crianças e adolescentes. O que muita gente não sabe é que esse trabalho de prevenção começa desde a gestação. “O ideal é que a mãe, ainda grávida, procure um odontopediatra para que a oriente quanto aos cuidados com a sua saúde bucal e a do bebê, pois a

24

condição da mãe tem influência direta na dentição saudável da criança. A partir da sexta semana após a concepção, inicia-se a formação dos dentes de leite e uma alimentação rica em cálcio e fósforo é bastante benéfica, aumentando, assim, a probabilidade de o bebê ter dentes e gengivas saudáveis”, explica a odontopediatra Marcia Sganzerla.

organismo. “A sucção do seio é um exercício importante para o desenvolvimento dos músculos da boca e dos dentes, além de criar hábitos corretos de deglutição (ato de engolir) e, futuramente, para a mastigação”, explica. A primeira consulta do bebê com o odontopediatra deve ser realizada nas primeiras semanas de vida.

Segundo Marcia, o leite materno é essencial no primeiro ano de vida do bebê, pois possui tudo o que ele precisa, inclusive, anticorpos para defesa do

Esse trabalho precoce também serve para orientar os pais sobre amamentação, higiene adequada, tipo de mamadeiras e chupetas, erupção dos dentes, alimenta-


ção, crescimento e desenvolvimento normal dos maxilares e da face e o uso racional do flúor. A dentista ressalta que é preciso cuidar da dentição decídua (dentes de leite), pois eles possuem importantes funções no desenvolvimento dos ossos da face, preservam o espaço para os dentes permanentes, não permitindo a redução do arco dentário e mantendo o equilíbrio da musculatura oral, da mastigação, deglutição e fala. O odontopediatra também tem a atribuição de ensinar a criança a ter prazer e diversão na hora da escovação e desenvolver o hábito do uso do fio-dental.

A PARTE MAIS GOSTOSA DA ALEMANHA FICA NA ALMIRANTE BARROSO

“O tratamento para crianças requer um cuidado especial. Elas precisam de atenção específica, pois é importante que a visita ao dentista seja agradável. O ambiente também deve ser atrativo, ajudando a criança a se sentir confiante e descontraída”, destaca Marcia. Para que a consulta ocorra da melhor forma possível, o profissional dialoga com a criança para estabelecer um clima de confiança, serenidade e segurança. Esse acompanhamento é fundamental para garantir que a criança não desenvolva nenhuma doença bucal e para inibir o aparecimento de cáries e prevenir problemas de mordida (oclusopatias). “A grande quantidade de carboidratos e açúcar presentes na alimentação infantil, nos suplementos alimentares e na medicação infantil aumenta o risco de desenvolvimento da cárie ou inflamação das gengivas”, alerta. Recomenda-se que crianças com até três anos consultem o dentista a cada três meses. Dos três anos em diante, a criança poderá ser avaliada a cada seis meses. O odontopediatra amplia ou reduz o intervalo entre as consultas conforme a avaliação de risco.

O Tabajara

em minha vida Marcia Sganzerla

“Vivi no clube momentos inesquecíveis. Sem dúvida, os mais marcantes foram os bailes de debutantes das minhas filhas. As duas festas foram maravilhosas e em ambas tive a oportunidade de compartilhar minha alegria ao lado dos meus familiares e amigos. O Restaurante Tabajara também me reserva boas memórias, afinal, lá tive excelentes momentos na companhia de pessoas especiais”.

I M P ORTA D O RA - ABERTO AO PÚBLICO A lm ir a n te B a r roso, 1 3 6 0 Vila No v a - B lu men au w w w. s tu ttg a r t.co m .b r BISCOITOS • CERVEJAS • CHÁS • CHOCOLATES MARZIPANS • PÃES CONGELADOS • PÃES DE MEL QUEIJOS • SALSICHAS • SPÄTZLE • SUCOS


Informe Publicitário

A Torresani Empreendimentos Imobiliários recebeu convidados, clientes e amigos para o lançamento oficial do Ibiza Trade & Financial Center. O Teatro Carlos Gomes foi o local escolhido para apresentar o primeiro condomínio comercial de Blumenau. Com 26 andares, o projeto reúne tecnologia e bem-estar, com estrutura personalizável e localização privilegiada: na Rua Dr. Léo de Carvalho, 135, bairro Velha, próximo das instalações do Fórum e da Justiça Federal, ao lado do Parque Ramiro Ruediger. “Para a Torresani esta obra é mais um desafio. Mas entendemos que Blumenau merece o Ibiza e o primeiro prédio corporativo da cidade vai surpreender”, garante o diretor da Torresani Holding, Valter Torresani. Entre as facilidades que oferece, o empreendimento tem 432 vagas de garagem, alameda de serviços e heliponto, além de um vestiário completo, “uma forma de incentivo à prática da atividade física. Com o Parque Ramiro e várias academias nas proximidades, decidimos por mais este diferencial”, ressalta o diretor.

26


O Ibiza é uma ótima oportunidade para escritórios e consultórios, além de servir como sede administrativa para empresas de grande porte, que têm a sua disposição os andares corporativos,”alguns já comercializados”, avisa Torresani. A proposta de reunir tantas facilidades em um único local agradou as advogadas Tânia Morastoni e Adriane Thiem, que após a apresentação se disseram “impressionadas”. “A otimização do tempo é fator decisivo hoje em dia e o Ibiza vai concentrar muitas das nossas necessidades, evitando a perda de tempo no trânsito, por exemplo”, observa Tânia. A proximidade com o centro cívico (Fórum e Justiça Federal), também chamou a atenção, “uma boa logística faz toda a diferença”, destaca Adriane. A Alameda de Serviços do Ibiza deve reunir agências bancárias, cafeteria, restaurante e se depender da sugestão das clientes, também serviços de beleza e estética, além de lavação de carros e bicicletário. Na arquitetura do Ibiza Trade & Financial Center o hall de entrada terá pé-direito duplo e decorado, uma sala de reunião multiuso equipada e decorada e salas de 46 m² até 480 m ², com pé-direito alto, permitindo forro rebaixado e piso elevado, possibilitando mais flexibilidade de layout. Gerador de energia, aproveitamento de água da chuva e sistema de ar-condicionado que renova o ar do ambiente também fazem parte do projeto, já com 42% das salas comercializadas. “A partir de agora vamos realizar um trabalho de visitas dirigidas. O empreendimento tem potencial para encantar e sentimos o mercado bastante receptivo. Acreditamos que o Ibiza será um divisor de águas para a cidade de Blumenau”, comenta o gerente de vendas da L.Fernando Imobiliária, Júlio Cesar de Souza. Presente ao lançamento, o presidente reeleito da OAB de Blumenau, César Wolff, acredita que para a advocacia blumenauense o Ibiza “é um importante diferencial”. Ele destaca a proximidade com o centro cívico e reforça que o empreendimento “consolida o profissionalismo no âmbito do serviço judiciário pelo qual Blumenau já é conhecida, além de ser um forte propulsor do desenvolvimento regional”. VENDAS EXCLUSIVAS

L. Fernando Imobiliária Rua Petrópolis, 56 - Blumenau (47) 3035 7200 www.lfernando.com.br

Rua Joinville, 209 - Sala 101 - Blumenau Fone: (47) 3035-7300 torresani@torresani.com.br www.torresani.com.br


TieBreak perfil

O charme do

colunismo social Fernanda Nasser fala sobre a rotina de trabalho como nova colunista social do principal jornal da região Atire a primeira pedra quem passa ileso pela leitura de um jornal e não para, ao menos um minuto, nas páginas da coluna social. “Muitas pessoas podem falar que não gostam, mas todos leem a coluna social”, afirma Fernanda Nasser, responsável pela coluna publicada na editoria Lazer do Jornal de Santa Catarina. Fernanda conta que foi convidada para fazer uma entrevista no jornal e concorrer à vaga de colunista social. “Além de mim, chamaram várias outras pessoas. Depois que passei por essa primeira entrevista, ainda tive que fazer uma

28

bateria de testes: prova de redação, de português, de conhecimentos gerais e de inglês, além de passar por mais cinco entrevistas”, destaca. Em agosto, depois de aprovada em todas as etapas, começou a trabalhar no jornal e, desde setembro, a coluna leva o seu nome. De segunda a sexta-feira, Fernanda mostra os principais acontecimentos da sociedade, além de dar dicas de moda, viagens, música, entre outros. Os assuntos foram escolhidos e divididos de acordo com um novo projeto criado para a editoria. Para dar uma cara nova à coluna, Fer-

nanda conta que se inspirou em algumas revistas, como a Vogue, onde não existem, por exemplo, legendas nas fotos. “Resolvi trazer isso para a minha coluna. Quando fui aprovada, comecei a estudar, conversei com meus pais e fiquei pensando em como mudar um pouco a cara da coluna. Dividi também por assuntos: na terça, por exemplo, convido alguém para falar sobre moda; na quarta, falo sobre viagens, geralmente a lugares em que já estive”, destaca. Além disso, nas quintas-feiras, a colunista dedica o espaço para destacar empresas ou pessoas que agem ou contribuem de forma diferenciada em algum projeto para o bem


Fotos Daniel Zimmermann

coletivo. “Procuro dar prioridade às coisas que acontecem por aqui, como a Altenburg, que completou 90 anos e doou edredons para entidades da região. Sempre estou procurando alguma coisa legal que acontece na sociedade para dar um destaque. Não só coisas, mas também pessoas que merecem um reconhecimento, uma menção”, salienta Fernanda. Nos fins de semana, na revista Viver! – encartada no Jornal de Santa Catarina –, Fernanda fala sobre o cotidiano de personalidades do Vale do Itajaí, mostrando diferentes preferências e opiniões. Além disso, mantém um blog (santa.com.br/fernandanasser), que serve como complemento das colunas publicadas nas edições impressas do jornal. “Na sexta-feira, geralmente, falo sobre música e deixo uma playlist para o fim de semana no blog”.

Do Direito ao teclado Formada em Direito, com pós-graduação em Direito Tributário e Processo Civil, Fernanda sempre esteve envolvida com colunismo social. Quando era pequena, o pai, o médico Nilton Nasser, foi diretor social do Tabajara Tênis Clube. Depois, ela própria foi diretora social do Die Kneipe. “Além disso, também ajudava os colunistas do jornal, como a Neusinha (Neusa Manzke). Era uma coisa muito natural, pois sempre estava antenada, lendo ou saindo e, em meio a tudo isso, ficava sabendo do que acontecia na região”, destaca. Com a chegada do Verão, Fernanda quer dar uma diferenciada na coluna, mostrando o que está acontecendo no Litoral. “Pretendo fazer uma coluna com cara de Verão, com fotos de pessoas na praia, e mostrar o que acontece em cidades como Balneário Camboriú. Quero circular mais por lá, porque, afinal, é para a praia que a maioria das pessoas vai durante o fim de ano”, salienta.

A rotina Casada com o advogado Márcio Passold, Fernanda tem três filhos: Antônia, 12 anos, e os gêmeos Augusta e Enrico, 7 anos. A rotina da colunista divide-se entre a redação, festas, compromissos sociais e a família. “Geralmente, deixo a coluna pronta até o horário do almoço, quando passo um tempo com as crianças. Levo os gêmeos para a aula e, quando consigo, adianto as coisas em casa. Se é um dia em que os três têm atividade à tarde, eu vou para a redação do jornal. Quando não posso, envio a coluna de casa”, explica. Fernanda conta que, desde que começou a trabalhar, teve que adaptar a nova rotina ao convívio com a família. “Tenho na cabeça, como qualquer mãe, que devo cuidar para dar o máximo de atenção aos meus filhos. Antes era mais folgado, ficava o dia todo com eles, no Tabajara ou em casa. Mas acredito que são somente algumas horinhas por dia a menos que passo com eles. E como trabalho de casa, eles não sentem tanto essa distância”, diz.

O Tabajara

em minha vida Fernanda Nasser

“O Tabajara faz parte da minha vida desde que nasci. Debutei e casei no clube. Tenho ótimas lembranças de quando meu pai foi diretor social e de quando eu mesma fui diretora social do Die Kneipe. Sempre que posso, estou lá com minha família e amigos”

29


TieBreak melhor amigo

A maltês e os

labradores Fotos Daniel Zimmermann

Maria Luiza Tavares D’Amaral adora a companhia da pequena Luma e dos brincalhões Sheick, Hugo, Barney e Billy

30


O cachorro é o melhor amigo do homem. Para Maria Luiza Tavares D’Amaral esse ditado é mais do que verdade. Afinal, além de uma pequena maltês – Luma, o xodó da casa – a menina de 11 anos convive com mais quatro cães, esses, grandes labradores. Dos cinco cachorros, Sheick é o mais velho, tem 12 anos. Ele veio de um criadouro especializado em labradores, em São Paulo. Depois dele, a família adotou ainda Hugo, hoje com 10 anos. Então chegaram Barney e Billy, hoje com 8 e 7 anos, respectivamente. Esses dois são filhos do Sheick. “Quando eles nasceram, foram trazidos apenas para que nós víssemos como eram os filhinhos do Sheick, mas nos apaixonamos e quisemos ficar com eles também”, destaca Maíse, mãe de Maria Luiza. A menina conta que todos convivem muito bem. Os labradores têm canis construídos na área externa da casa e ajudam a vigiar a propriedade. “Eles sempre são soltos de dois em dois, ou ficam em locais diferentes, porque, por mais que se dêem bem, às vezes acontece alguma confusão. Todos têm personalidades muito diferentes”, destaca. Sheik é considerado o mais bravo, mas também é o que aceita mais comandos, principalmente do seu Francisco, um dos guardas da casa que adora ensinar novos truques para eles. Hugo é o mais calmo e adora receber carinho; Billy é o mais brincalhão, sempre está correndo ou querendo pular no colo de alguém; e Barney é do tipo mais independente, mais “se achão”, como diz Maria Luiza. Com a pequena Luma, todos se dão bem. “Eles a respeitam e a adoram, principalmente o Hugo, que já chegou a entrar na casa – o que para eles é proibido –, e foi até o quarto para brincar com ela”, conta Maria Luiza.

31


TieBreak melhor amigo

A mascote da casa Luma tem três anos, é uma cachorrinha calma e vive no colo de Maria Luiza. A pequena maltês foi adotada depois que a irmã de Maria Luiza, que mora em São Paulo, deixou a cachorrinha Lily – da mesma raça – para que a família cuidasse por um período. “A gente se apegou à Lily e não queríamos mais devolvê-la. Depois disso, resolvemos adotar nossa própria cachorrinha maltês. A Luma veio do mesmo canil que a Lily,

em São Paulo, pois queríamos um cachorrinho bem pequeno”, salienta Maria Luiza. A Luma adora ficar no colo e sempre está procurando companhia. Mas, apesar dessa personalidade calma e dócil, a maltês também tem os momentos travessos, como quando arranca os botões das blusas, uma das brincadeiras preferidas. “Já aconteceu de o pai deixar a camisa em cima

da cama, apenas por um momento, e ela já estava sem os botões. O legal é que a Luma gosta mesmo é de arrancar só os botões, não estraga nada blusa”, conta Maria Luiza. Por enquanto, a família não pretende adotar mais nenhum cachorro, apesar de Maria Luiza querer um golden retriever. “Sempre quis ter um cachorro dessa raça, que é muito carinhosa, conta a menina.

Fotos Daniel Zimmermann

O Tabajara

em minha vida Maria Luiza Tavares D’Amaral

32

“Sempre estou com a minha família no Tabajara. É o local onde encontro e me divirto com meus amigos.”


peugeot.com.br/308

C o n qu i s t e sua vida c o m e s t i l o.

Fonte: www.cesvibrasil.com.br

IPVA GRÁTIS GR IS

Versões a partir de

R$

Respeite a sinalização de trânsito. Central Multimídia WIP NAV

Teto panorâmico CIELO

Luzes diurnas em LED

50.200 à vista

Motores 1.6L FLEXSTART e 2.0L Flex

Design e sofisticação. Potência e esportividade. Segurança e tecnologia. O Peugeot 308 chegou com a personalidade que você sempre quis em um carro: teto panorâmico CIELO, luzes diurnas em LED, rodas esportivas 17”, central multimídia WIP NAV com tela de 7” retrátil, GPS, sistema de som com conexão USB e iPod, Bluetooth para telefonia e áudio com comando na coluna de direção. Tudo isso com até 6 air bags, com 8 pontos de proteção, motores 2.0L Flex de até 151cv e 1.6L Flexstart de até 122cv. Valor promocional a partir de R$ 50.200,00 para o Peugeot 308 Active 1.6L Flexstart, 5 portas, pintura sólida, ano/modelo 12/13. *3 anos de garantia total nos termos dos respectivos manuais. Estoque 3 unidades para o modelo 308 Active 1.6L Flexstart, 5 portas, ano/modelo 12/13. **Consulte os preços das revisões. Prazo de vigência, para pedidos firmes fechados, de 09/11/2012 a 30/12/2012 ou enquanto durarem os estoques. IPVA Grátis válido para o exercício 2012 promoção válida somente nas concessionárias Strasbourg.

STRASBOURG PEUGEOT 308

Rep. Argentina, 2077 - Ponta Aguda - Blumenau - (47) 3331-4500 - www.strasbourg.com.br


TieBreak tie estilo

Luciana Margarida

Kaestner Fantoni

Para o dia, prefere peças confortáveis e, para a noite, ama um brilho. Isso para combinar com sua personalidade. Diz adorar a moda por sua flexibilidade e, ao mesmo tempo, ousadia. Concordo, Lu! Ela mostra que seu armário é um verdadeiro tesouro, onde se garimpam peças de outras gerações, bem como os mais novos lançamentos do mundo da moda – Luv it!

TOP LIST 1. Amo comprar: maquiagem. 2. O que marca meu estilo: básico e elegante. 3. Como escolho um look para uma festa: depende muito do humor do dia, mas sempre começa pela parte de baixo – saia, shorts, calça. 4. Inspiração fashion: de revistas, vitrines, filmes. Se eu vejo e gosto, corro atrás. E de amigas descoladas, também. (adorei, Lu!) 5. Peças de investimento: de agora, um shorts de couro de verdade. 6. Peça que considero uma relíquia ou peça de estimação: amo um casacão Dior de lã batida com pele que foi comprado pela minha mãe, há 35 anos – pena que o clima aqui não colabora muito para usá-lo – e acessórios, também da minha mãe, como cintos e colares que eram da época da Noelita, Isoca e Ki Amor. Tem um branco de escamas que, quando uso, sempre me perguntam onde eu comprei.

34

Fotos divulgação

Já tem algum tempo que conheço Luciana – minha querida amiga Lu. E quanto mais tempo convivo, mais aprendo a admirar. Dona de uma personalidade verdadeira, amiga dos amigos e de uma inteligência e perspicácia ímpares. Linda em todos os sentidos. Tem o estilo todo dela. Clássica, sabe fazer escolhas no mundo fashion. Ama alfaiatarias bem como jeans. Dá valor para peças duráveis e as eterniza com bom gosto em seu guarda roupa. Conjuga acessórios com extremo bom gosto e transforma um básico em roupa de festa – coisas de iniciada!


ReferĂŞncias 1

4

7

8

5 2 9

3

6 Jeans imagem 1 imagem 2 imagem 3 ClĂĄssicos com estilo imagem 4 imagem 5 imagem 6 We Love: imagem 7 - shorts imagem 8 - acessĂłrios imagem 9 - Paris

Aline Ritzmann de Oliveira Produtora de Moda e Personal Stylist www.reinventandomoda.com.br aline@reinventandomoda.com.br

35


TieBreak moda

Gingado

étnico

As estampas do mundo dão as caras com inspiração indígena norteamericana, asteca e de tribos africanas Fotos divulgação

A mulher brasileira veste muito bem peças adornadas com estampas étnicas. Pode ser o clima, pode ser o gingado, ou, de acordo com Taisa Paloma, do departamento de produto da Mineral, a razão de tanta naturalidade ao incorporar cores e padronagens pode estar no próprio DNA das moças. “A mistura de raças e etnias é intrínseca ao estilo das brasileiras. E as cores e as formas combinam com a criatividade nacional”, define. A tendência é cíclica e surgiu na década de 1970, quando os jovens estavam descobrindo novas culturas. Mais uma vez, retorna às passarelas de importantes grifes como a inglesa Burberry Prorsum, que, inspirada no Oriente, trouxe grafismos típicos de teares e de artesanatos. Por aqui, a aposta na padronagem étnica foi da Neon, que inspirou-se nos lenços vintage da Índia e nos origamis japoneses. A FH por Fause Haten apresentou sua coleção de Verão com referências africanas presente nas cores, estampas e acessórios. Já a Animale mergulhou nos desenhos abstratos da savana da África para compor saias e vestidos. Para Taisa, é uma tendência que nasce diretamente da cultura dos povos, ou da mistura dessas culturas, que carrega identidade, raízes. “É feita para cidadãos do mundo, não é mais restrita a um povo específico. As riquezas das civilizações mais exóticas foram adaptadas ao contemporâneo”, afirma.

O mundo na produção A mistura de cores e grafismos muitas vezes faz da peça o elemento mais importante do look. Sendo assim, vale a pena conferir essas dicas: Aposte na combinação com peças lisas e de cores neutras O clash de estampas é tendência, mas é melhor evitar a mistura no caso de ter uma peça com bossa étnica no look Para a noite, é possível misturar a etnicidade com brilhos, camisas de tecidos Para quem não gosta de ousar muito, a dica é abusar dos acessórios. Sapatos, sandálias, cintos ou bolsas alegram e colorem a produção Estampa étnica não é necessariamente colorida. Padronagens bicolores com o fundo branco são modernas e fáceis de combinar Vista o seu lar. Ao trazer a decoração étnica para seu ambiente, você coloca um pedacinho de um canto do mundo em casa

36


CENTRAL EXECUTIVA DE NEGÓCIOS | 47 3361.1000 WWW.FGEMPREENDIMENTOS.COM.BR

UTILIZE O LEITOR DE QR CODE DO SEU CELULAR OU TABLET PARA CONHECER OS ÚLTIMOS LANÇAMENTOS DA FG EMPREENDIMENTOS.

37


TieBreak verão

Tchibum

animado Não só as altas temperaturas indicam que a temporada de Verão começou. A festa de abertura da piscina do Tabajara Tênis Clube também deu boas vindas ao calor e aos associados no dia 11 de novembro ao som da Banda Bengala. A

decoração ficou por conta da L’Apparato e um bufê diferenciado do restaurante Dr. Blumenau foi servido. A festa, que começou como um happy hour, se estendeu e terminou no Die Kneipe com a participação de 130 associados.

02

03

04

1 - Abertura da piscina refresca o Verão no Tabajara / 2 - Crianças aproveitaram para brincar na água / 3 - Teve até brincadeira de torta na cara / 4 - Um dia de diversão no clube

38

Fotos Edemir Garcia

01


39


TieBreak verão

06

07

08

09

5 - Nada melhor que uma piscina com os amigos / 6 - O desafio para ver quem é mais rápido / 7 - A Banda Bengala animou o dia / 8 - Olha eu aqui! / 9 - Max Konradt Jr., Glauco Beduschi, Fábio Pagel, Nelson Abujanra e Luís Carlos Medeiros

40

Fotos Edemir Garcia

05


Escolha o Audi que vai surpreender você. A1 Sportback a partir de: R$

Attraction

89.900,00*

A4 Attraction 2013 a partir de: R$

118.900,00*

• Motor 1.4 TFSI

• Motor 2.0 TFSI

• Teto-solar

• Câmbio Multitronic

• Faróis Bi-xenônio com LEDs

• Faróis Bi-xenônio com LEDs

FAÇA REVISÕES NO SEU VEÍCULO REGULARMENTE. R. 2 de Setembro, 460, Itoupava Norte, tel.: (47) 3323 4500, Blumenau. *OFERTAS VÁLIDAS ATÉ 30/12/2012 OU ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES. SOMENTE PARA MODELOS: AUDI A4 ATTRACTION 12/13 CÓDIGO 8K205H, AUDI A1 SPORTBACK ATTRACTION 4 PORTAS COM TETO SOLAR 12/12 CÓDIGO 8XAADG. VALOR À VISTA SEM VEÍCULO NA TROCA.


TieBreak verão

11

12

13

14

10 - Adriana Konell, Ana Gláucia Fritzke, Fernanda Schmidt de Carvalho e Ana Lúcia Candemil / 11 - Bufê preparado pelo restaurande Dr. Blumenau / 12 - Rosangela e Theo Falce, Margit e Adilson Beer, Dalva e Arildo Schoenau / 13 - Júnior Justino e Taiana, Mirela e Edson Moser, Alfredo Fantoni e Jorge Ritzmann de Oliveira / 14 - Mais diversão na piscina

42

Fotos Edemir Garcia

10


TieBreak festas

Santo

de casa A prata da casa foi prestigiada por aproximadamente 160 associados na noite do último dia 30. A banda Rockforty, formada inteiramente por sócios, agitou o Die Kneipe ao som de clássicos do rock. O vocal ficou por conta de Marcus Marquetti, Jeferson Mafra na guitarra, instrumento também tocado por Jorge Theilacker. No baixo Rodrigo Cunha e na bateria Alexandre Garbe. A noite também foi embalada pelas picapes do DJ Erick Fernandes.

01

03

02

04

1 - Banda Rockfort, formada por sócios do clube / 2 - Geane Pinheiro e Aline Ritzmann de Oliveira / 3 - Caroline Maia Milchert e Marcello Rubineck Pereira com Benhur Lanzarini e Alessandra / 4 - Luís Guilherme Kuhn e Fernanda, com Andrea e Roberto Carneiro Bauer

44


06

Fotos Edemir Garcia

05

07 08

09

5 - Juliana Finardi, Rubiamara Cunha, Silvia Mafra e Alessandra Kaimi Peruzzo / 6 - Aliciana Stein, Inara Pasquali e LetĂ­cia Bauer / 7 - Rodrigo Cunha / 8 - Jeferson Mafra / 9 - Lorival Lobe Jr. e Ionara

45


TieBreak festas

11

12 13

14

10 - Marcus Marquetti / 11 - S贸cios prestigiaram a banda / 12 - Adriana e Alvin Rauh Neto / 13 - Luiz Fernando Belli e Francine / 14 - Luciano Hugo Praun

46

Fotos Edemir Garcia

10


CAMPEテグ DA COPA TTC DE FUTEBOL


CRICIÚMA Antônio Menestrina Luciano Pereira Arno Buerger Neto Julimar Michels Develon da Rocha Gustavo Costa Enerson Marciano Alves da Costa

Eduardo Sofiati


TieBreak esportes

Vitória no gramado Fotos Eduardo Sofiati

No dia 3 de novembro, foi conhecido o grande campeão da tradicional Copa TTC de Futebol. O resultado da final foi 5 a 2 para o Criciúma sobre o Figueirense. O Metropolitano completou o pódio. Destaques da competição Atleta destaque: Gustavo Heizen Artilheiro: Antônio Menestrina (19 gols) Goleiro menos vazado: Edemir Garcia Revelação: Luciano Pereira Homenageado: Vilberto de Olveira Schurmann O Figueirense ficou com o vice-campeontato da Copa TTC de Futebol

50


O homenageado O craque de futebol homenageado nessa edição da Copa TTC é Vilberto de Oliveira Schurmann, que durante muitos anos vestiu a camisa do Palmeiras e, em 1962, fez sua primeira partida entre os profissionais contra o Carlos Renaux, de Brusque, com a missão de segurar o ‘capeta Pereirinha’. Vilberto jogou várias vezes pela Seleção Catarinense Universitária e atuou algumas vezes pelo Paysandu, de Brusque, Floresta e Vera Cruz, de Pomerode. Em 1969, foi convidado para fazer parte da Seleção Universitária Brasileira, porém, devido a um problema de saúde de seu pai, foi substituído pelo irmão Vilfredo. Ao longo dos 12 anos em que atuou como jogador de futebol, conseguiu a proeza de jamais ter sido expulso de uma partida. Graças ao bom desempenho, chegou a ser convidado a jogar por várias equipes de outros Estados, mas sempre rejeitou por trabalhar na empresa do pai e cursar as faculdades de Direito e Economia. Em 1974, pendurou as chuteiras depois de passar por cinco cirurgias no joelho, porém, sempre participou de partidas festivas do Tabajara, Bela Vista e Cube Locomotiva.

O homenageado Vilberto de Oliveira Schürmann, com Clóvis Lenzi e Renato Madina Pasquali. Abaixo, Vilberto quando atuava pelo Palmeiras, que marcou época no futebol de Blumenau Arquivo pessoal

51


TieBreak esportes

Tênis premia melhores do ano Fotos Daniel Zimmermann

No dia 28 de novembro, a turma do tênis reuniu-se no salão do Bar da Piscina para o jantar de encerramento da modalidade, com a entrega da premiação da 3ª Etapa Copa TTC de Tênis e do ranking geral de 2012. O jantar contou com a presença dos patrocinadores da terceira etapa e do tenista André Sá, que participaram da entrega dos troféus.

3ª Etapa Copa TTC de Tênis 1ª Classe Damas Campeã: Ana Luiza Duarte Vice-campeã: Marilise Kreibich 2ª Classe Damas Campeã: Marcia Ferreira 1ª Classe Campeão: Ivo Rischbiether Jr. 2ª Classe Campeão: Luiz Felipe Souza Vice-campeão: Ralf Grasel 3ª Classe Campeão: Sergio Rodacki Vice-campeão: Valmor Borba 4ª Classe Campeão: Ricardo Faht Vice-campeão: Nelson Abujamra Jr. 5ª Classe Campeão: José Henrique Schweder Vice-campeão: Fernando Fiuza Lima

52


53


TieBreak esportes Fotos Daniel Zimmermann

Ranking Geral 2012 1ª Classe Damas Campeã: Ana Luiza Duarte Vice-campeã: Marilise Kreibich 2ª Classe Damas Campeã: Marcia Ferreira Vice-campeã: Catia dos Santos 1ª Classe Campeão: Ivo Rischbiether Jr. Vice-campeão: Arno Buerger Neto 2ª Classe Campeão: Marcio Gonçalves Vice-campeão: Ralf Grasel 3ª Classe Campeão: Mauricio Kreibich Vice-campeão: Eduardo Fiuza Lima 4ª Classe Campeão: Ricardo Faht Vice-campeão: Fernando Fallgatter 5ª Classe Campeão: Jose Henrique Schweder Vice-campeão: Eduardo Lopes

54


Imagens meramente ilustrativas, de acordo com a Lei nº 4.591/64. Incorporação devidamente registrada no 1º Ofício de Registro de Imóveis de Itajaí com matrícula nº 28.365.

PRAIA BRAVA • ITAJAÍ • SANTA CATARINA

5 mil m2 de área de lazer A uma quadra do mar

Incorporação e Construção:

www.amoresdabrava.com.br

Fale com nossos corretores de plantão Rua Delfim de Pádua Peixoto, 600 Praia Brava - Itajaí - Santa Catarina

47 3349.1001


TieBreak esportes must have

Tabajara tem festival de canastra Para marcar o encerramento das atividades de 2012 da canastra, foi promovida, em 27 de novembro, a última competição. Em seguida foi realizada a cerimônia de premiação das cinco melhores jogadoras de 2012. Antes, em 30 de outubro, aconteceu o oitavo encontro de canastra do ano.

Fotos Divulgação

56


8º 1º 2º 3º

encontro lugar: Maria Christina Dorigatti / Rosangela Falce lugar: Francis Axt / Lair Rausch lugar: Mariza Spranger / Marcela Odebrecht

9º 1º 2º 3º

encontro lugar: Lilian Wanser / Silvia Alcadeo lugar: Marisa Trindade / Anamaria Weickert lugar: Rosangela Falce / Maria Christina Dorigatti

Melhores 1º lugar: 2º lugar: 3º lugar: 4º lugar: 5º lugar:

de 2012 Helena Sombrio Marisa Trindade Rosangela Falce Maria Christina Dorigatti Marcia Ferreira

Tabajara tem colônia de férias Desde o dia 3 de dezembro, o Projeto S21 está recebendo crianças a partir dos cinco anos na Colônia de Férias. As atividades prosseguem até o dia 20, quando ocorrerá uma pausa. A colônia retornará dia 14 de janeiro e irá até dia 5 de fevereiro. Não é necessário fazer inscrição antecipada e, para mais informações, procure a Secretaria Esportiva do Tabajara Tênis Clube ou entre em contato pelo telefone 8428-2600.

57


TieBreak esportes

Dominó encerra atividades do ano Para marcar o encerramento das atividades de 2012 do dominó, foi promovido, no dia 4 de dezembro, um jantar para premiar os cinco melhores colocados no ranking do segundo semestre.

Fotos Daniel Zimmermann

Ranking 1º 2º 3º 4º 5º

58

lugar: Carlos Alberto Lehmkuhl lugar: Thomas Bueckmann lugar: Angelito Barbieri lugar: Eduardo Fiuza Lima lugar Mauro Dorigatti


Ti

e

B

r e a k

Especial Nรกutica

59


TieBreak especial náutica

32 dias no Atlântico

Da costa francesa ao porto de Salvador, Jorge Luiz Rodacki realizou o sonho de cruzar o oceano

D

o gosto de velejar, Jorge Luiz Rodacki encarou o maior desafio de sua vida ao cruzar o Atlântico capitaneando o barco a vela J&B 7. Desde a juventude, este blumenauense aventureiro teve a navegação como um hobby que o encanta e fascina até hoje, aos 61 anos. “O sonho da maioria dos garotos após a maioridade é a aquisição de um carro. No meu caso, foi adquirir um veleiro”, destaca Rodacki.

60

Para quem havia apenas percorrido distâncias de 350 milhas da costa catarinense rumo Angra dos Reis e Paraty, no Rio de Janeiro, aventurar-se em alta escala de um continente ao outro colocou à prova todo o conhecimento marítimo e coragem. De outubro de 2011, quando comprou o veleiro, até a partida, em 10 de julho deste ano, Rodacki tratou de mapear a rota e estudar as condições as quais estaria sujeito em alto mar, sem falar

do condicionamento físico e mental que o desafio exigiu. O empresário comprou o barco em Les Sables D’Olonne, na França, através de uma importadora e, por recomendação da empresa, escolheu o skiper Gustavo Pacheco pela experiência de 17 travessias no currículo. Martin, filho de Rodacki, fez parte da tripulação em um trecho da viagem, das Ilhas Canárias até Fernando de Noronha.


Fotos Arquivo pessoal

O caminho a seguir A travessia, que levou 32 dias, superando as expectativas de 40 dias, foi dividida em etapas. A primeira perna da viagem, partindo de Les Sables, percorreu até La Corunha, na Espanha. A segunda perna foi até as Ilhas Canárias e a terceira até o arquipélago de Cabo Verde, na costa africana. A sequência da rota levou os velejadores até Fernando de Noronha e, por fim, ao porto de Salvador. “Seguimos a mesma rota do descobridor do Brasil, Pedro Alvarez Cabral que, por sinal, também é rota dos navios comerciais”. Enfrentar alto mar e as possíveis tempestades e tormentas é a grande preocupação de boa parte dos navegadores. “Por termos percorrido uma distância de 4,6 mil milhas, até que não podemos reclamar das condições climáticas, pois foram apenas 72 horas em condições duras de navegação”, conta Rodacki.

Chuva ou sol, calor ou frio, a rotina dos velejadores era apenas navegar, ficando 24 horas por dia em função do barco. Jorge explica que o método adotado pela tripulação na travessia foi de revezamento a cada quatro horas por tripulante. A alimentação também foi preservada ao máximo dentro da normalidade. Como o barco estava equipado com freezer e geladeira, as refeições, geralmente, foram à base de congelados.

Entre as peripécias durante a aventura dos velejadores, o empresário revela que, em certo ponto, o barco colidiu com algo que ele acredita ser uma baleia. “Naquele momento, ficamos apreensivos, pois a possibilidade de alguma rachadura no casco do barco poderia interromper drasticamente nossa travessia”. Rodacki também ressalta os navios que passam assustadoramente perto e conta que, na costa de Aracajú, foram convidados a se retirarem de uma região petrolífera por onde passavam.

61


TieBreak especial náutica

Fotos Arquivo pessoal

Terapia em alto mar A aventura pelo Atlântico, diante de paisagens cinematográficas e animais exóticos, proporcionou a Rodacki uma satisfação única. “Foi quase um ano dedicado à aventura. E naqueles 32 dias velejando tive a oportunidade de viver em outro cenário completamente

62

“Seguimos a mesma rota do descobridor do Brasil, Pedro Alvarez Cabral que, por sinal, também é rota dos navios comerciais”

diferente da rotina em que vivemos e, ainda, voltar renovado e de bem com a vida”. Segundo ele, o apoio da família é fundamental para a realização de um sonho como este. Quando decidiu adquirir o veleiro e fazer a travessia, a esposa foi a primeira a incentivar. A maneira encontrada pelo velejador para se manter em sintonia com familiares e amigos foi através de um blog em que registrava o resumo do dia.

A colaboração da tecnologia não para por aí. Por meio de transmissão via satélite, os aventureiros acompanhavam regularmente as condições climáticas as quais estariam sujeitos. A aventura só aventura só chegou ao fim em novembro. De Salvador os navegadores seguiram até Parati, no Rio de Janeiro, e, finalmente, rumaram do Litoral fluminense para Porto Belo, onde o JB7 está ancorado. detalhes da parte final e de toda a aventura podem ser conferidos no blog de Rodacki.


Etapas da viagem 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª

perna: perna: perna: perna: perna:

Les Sables até La Corunha La Corunha até Ilhas Canárias Ilhas Canárias até Cabo Verde Cabo Verde até Fernando de Noronha Fernando de Noronha até Salvador

Aventura na rede

Conheça mais sobre a travessia do Atlântico no blog de Jorge Luiz Rodacki: http://jb7.zip.net/index.html

63


TieBreak especial náutica

Roteiro marítimo Diversas cidades espalhadas pelo mundo viram palco dos principais lançamentos do setor náutico A partir do dia 14 de fevereiro de 2013 as âncoras estarão fincadas no principal salão náutico internacional. Até o dia 18 do mesmo mês, o Miami International Boat Show apresentará mais de 3 mil barcos e 2 mil empresas de todo o mundo em três locais: Miami Beach Convention Center, Sea Isle Marina & Yachting Center e Miamarina, em Bayside. O que há de novo em lanchas, veleiros, motores, eletrônicos e equipamentos de marinha será exposto, assim como dezenas de atrações náuticas. Os destaques do Miami International Boat Show ficam por conta das centenas de clínicas de barco com experientes capitães, passeios de veleiro, música ao vivo e apresentações de celebridades, incluindo o famoso marinheiro Jimmy Cornell, Chris Fischer e Brett McBride.

no setor, o visitante pode passear pela marina de barcos usados e quem sabe adquirir um dos 40 modelos expostos. Durante o evento, os participantes são convidados a aproveitar a experiência de navegar em iates espetaculares.

Antes de Miami, a primeira parada é no New York Boat Show, que acontece logo em janeiro, de 3 a 6, no Javits Center. Trata-se de uma feira anual que apresenta barcos para todos os gostos, estilos de vida, atividades e orçamentos. O New York Boat Show traz as últimas novidades em barcos, motores, acessórios, equipamentos eletrônicos e de pesca, presentes náuticos etc. De 10 a 13 do mesmo mês, acontece o Atlanta Boat Show, a feira náutica mais importante da Georgia. O evento inclui seminários de técnicas de pesca, segurança a bordo e programa de atividades para crianças.

O agitado mês de janeiro é encerrado pelo Boot Düsseldorf, na Alemanha. Trata-se de uma feira anual dedicada às novidades no setor de embarcações. Expositores internacionais reúnem-se para apresentar os últimos descobrimentos em acessórios e produtos de luxo. As categorias mais representadas na feira são as de iates, motores, eletrônica marinha e de navegação, software e acessórios. Também estarão presentes na Boot Düsseldorf associações de velejadores e serviços de seguro e financeiros. Do dia 19 a 27 janeiro de 2013.

Do outro lado do oceano, em Londres, acontece o Tullett Prebon London Boat Show, de 12 a 20 de janeiro. Além de conhecer o que há de mais luxuoso Divulgação

Atraque-se no Rio Em águas nacionais, o Rio Boat Show 2013 – maior salão náutico outdoor da América Latina, está com data marcada: será entre 25 de abril e 1º de maio, no Píer Mauá. O evento já está com mais de 80% do espaço ocupado e contará com a participação dos principais estaleiros do País. De acordo com a organização, a versão passada do Rio Boat Show apresentou números impressionantes: R$ 270 milhões em negócios realizados – 8% a mais do que a expectativa inicial da organização do evento. A edição 2012 atraiu cerca de 100 expositores em uma

64


TieBreak especial náutica

A importância da

habilitação náutica Seja um Jet sky ou um iate, é preciso habilitação para se aventurar nas águas Divulgação

Escolas Náuticas Rafael Despachante Marítimo 5ª Avenida,180, Bairro Vila Real, Balneário Camboriú (47) 3367-5554 | (47) 9983-0737 rafael@rafaeldespachantemaritimo. com.br

Pilotar um jet sky ou velejar em um belo fim de semana de sol pode ser extremamente relaxante, porém, o que muita gente não sabe é que, assim como os veículos terrestres, os meios de transporte náuticos também exigem habilitação dos seus condutores. Portanto, quem planeja adquirir uma lancha ou mesmo um pequeno barco com motor de popa precisa ter em mente a necessidade da habilitação que, no caso de embarcações náuticas, chama-se Arrais. De acordo com a Capitania dos Portos de Itajaí, o perfil de quem procura se habilitar para navegar é, especialmente, de pessoas que têm a intenção de utilizá-la com a finalidade de atividades recreativas. A habilitação é dividida por faixas. Arrais-Amador é a carteira exigida para quem pretende pilotar barcos pequenos e lanchas. Dentro dessa faixa, existem as categorias Veleiro, para aqueles que estão aptos para conduzir embarcações a vela sem propulsão a motor, e Motonauta, que se designa aos condutores de jet ski.

66

Outros tipos de licenças são a Mestre-Amador e a Capitão-Amador. A primeira habilita pilotos para conduzir embarcações entre portos nacionais e estrangeiros nos limites da navegação costeira. E, a segunda, permite a pilotagem de embarcações entre portos nacionais e estrangeiros, sem limite de afastamento da costa. Para a habilitação de Arrais-Amador, que permite pilotar embarcações de pequeno porte (barcos de pesca, lanchas e jet skis), não são exigidas aulas práticas, nem sequer é preciso fazer um teste prático. É exigido, apenas, fazer um teste teórico e acertar 50% para ser aprovado. De acordo com o assessor de Segurança do Tráfego Aquaviário, capitão-de-corveta Antonio Carlos Chiodi Neves, é de profunda importância que as pessoas sejam habilitadas. “A habilitação é o documento que certifica a capacidade da pessoa para determinado tipo de navegação”, destaca. A punição para quem for flagrado sem carteira de habilitação é multa e apreensão da embarcação.

Solnautica Rua Miguel Pinto, 37, Bairro Nossa Senhora da Paz, Piçarras (47) 3345-0915 | (47) 9985-2896 Haroldo Despachante Maritimo Rua Olimpio Miranda Junior, 30, Centro, Itajaí (47) 3348-4052 | (47) 9983-6684 marmeu@terra.com.br Marina Porto Itá Rua Santos Dumont, 449, Bairro Cidade Velha – Itajaí-SC Tel: 49 3444 2792 | Cel: 49 99892000 josemarsartoretto@yahoo.com.br Senat – Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte Av. Leopoldo Sander, 3500 D, Bairro Engenho Braun – Chapecó-SC Tel: 49 3319 6111 gelterferreira@sestsenat.org.br


TieBreak especial náutica

Embaixo d’água Com águas claras e ricas em vida marinha, o Litoral catarinense apresenta os melhores pontos de mergulho da Região Sul do Brasil Os encantos do mundo submarino, com toda a variedade de peixes e outros animais com cores e formas diferentes, surpreendem quem se aventura na prática do mergulho. Apesar de muitas pessoas considerarem esse esporte um pouco complicado, ele é acessível a qualquer um, sendo apenas necessário adequar o nível de esforço exigido de acordo com o perfil e o objetivo de cada mergulhador. A prática do mergulho pode ser dividida em diferentes formas, sendo que as principais delas são a livre e a autônoma. Na livre, o mergulho é feito sem o auxílio de aparelhos para a res-

68

piração. Conhecida como snorkeling, nessa prática utilizam-se nadadeiras e máscara, para permanecer na linha da água observando o fundo, e o snorkel – um tubo de aproximadamente 40 cm para respirar sob a água. No mergulho autônomo, são utilizados equipamentos específicos para a respiração subaquática. Para praticar essa modalidade é preciso fazer um curso básico, em que o aluno recebe aulas teóricas e treinamento em águas rasas para se familiarizar com o equipamento. A duração do curso depende da evolução do aluno que, depois de aprovado, recebe certifica-

ção que o torna apto a mergulhar em qualquer lugar. Em Santa Catarina, a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo – composta pelas ilhas de Galé, Arvoredo, Deserta e Calhau de São Pedro – é reconhecida como o melhor lugar para realizar mergulho autônomo na Região Sul e um dos melhores de todo o Brasil. No local, é possível observar uma grande biodiversidade marinha, que reúne garoupas, polvos, arraias, lulas, lagostas, tartarugas e diversas outras espécies. As águas da reserva ainda guardam o cargueiro Lili, naufragado próximo à Ilha da Galé.


Fotos Divulgação

Mais

informações

Mergulho livre Para quem quer observar o fundo do mar, mas sem precisar fazer um curso específico para isso, existem alguns pontos mais indicados. Em Bombinhas, por exemplo, existem várias enseadas com boas condições para o mergulho livre. O local é conhecido como a capital do mergulho ecológico e reúne qualidades para a prática, como águas claras e diferentes espécies de peixes. Além da fauna variada, na Ilha do Macuco – também em Bombinhas – é possível observar os destroços do navio Orion, naufragado em 1912. A Ilha de Porto Belo também é ideal para a prática do snorkeling, já que possui um conjunto de belas trilhas subaquáticas que podem ser vistas mesmo por quem não fez curso de mergulho autônomo. No local, quem quer mergulhar pode contar com o acompanhamento de monitores, que oferecem os equipamentos necessários para a atividade. Para quem procura belas paisagens, a cidade de Garopaba, localizada mais ao Sul do Estado, possui ótimas praias e traz diversas opções de lazer. Entre elas, está a saída diária de barcos de turismo que param em diversos pontos – como na Ilha do Coral, Moleques do Sul e Ilhote do Siriú – para a prática de snorkeling. Outros locais bons para mergulho, tanto livre quanto autônomo, são as ilhas da Paz, em São Francisco do Sul, e a Pedra de Campo Bom, próxima a Laguna, que possuem águas calmas e com boa visibilidade.

Pata da Cobra Escola e Operadora de Mergulho www.patadacobra.com.br (47) 3369-2119

Para iniciantes Para quem não quer, necessariamente, fazer um curso de mergulho, mas também quer ir mais fundo no mar do que permite o snorkeling, existe o “discovery scuba”. Nesse mergulho, de aproximadamente 30 minutos, a pessoa é acompanhada o tempo todo por um instrutor de mergulho, que auxilia em qualquer dificuldade. Essa modalidade pode ser encontrada na maioria das operadoras de mergulho.

69


TieBreak especial náutica

Baladas sobre as águas

Festas particulares acontecem longe da disputada faixa de areia das praias de Santa Catarina Curtir o Verão a bordo de uma lancha, com música e gente bonita. Em Santa Catarina, muitos turistas estão trocando as disputadas praias por embarcações que avançam em alto-mar para curtir a temporada de uma forma um pouco diferente. No Estado, os principais pontos onde se torna comum encontrar embarcações enfileiradas, em que todos curtem a mesma festa no

Praia do Tinguá

mar, são as regiões da Praia do Tinguá, em Governador Celso Ramos, o Caixa d’Aço, em Porto Belo, e a Ilha do Francês, em Florianópolis. Nesses locais, ocorrem dois tipos de festas: a de família, em que é possível ancorar para passar o dia, fazer churrasco a bordo e relaxar acompanhado da família e amigos; e a festa jovem, com muita música, bebida e agito – muitas vezes, se tornam balada pública, quando outros barcos se juntam. Divulgação

Muito movimentada durante a temporada, com uma extensão de aproximadamente 300 metros, a Praia do Tinguá tem um mar com ondas normalmente calmas, fazendo do local um balneário ótimo para os banhistas. A praia é um dos locais preferidos para quem procura badalação e já existe até uma tradicional festa aquática: o Tinguaço. Essa festa ocorre todos os meses do ano e, durante o Verão, reúne dezenas de barcos, que são atracados no meio da baía, um ao lado do outro. Qualquer tipo de embarcação pode atracar. Durante a festa, restaurantes da praia oferecem serviços de boat delivery – um botinho inflável que circula entre as embarcações, anotando pedidos e entregando comida e bebidas aos frequentadores marítimos – e existe até um marinheiro à disposição para quem exagerar nas bebidas.

70

Caixa d’Aço

Ilha do Francês

Esta enseada é praticamente inacessível para pedestres, já que a única praia que existe é de difícil acesso e bem pequena. Assim, a maioria das pessoas que frequenta o lugar chega pelo mar, de barco, jet ski, lancha ou iate. O local é extremamente calmo e, entre as facilidades para quem resolver passar o tempo por lá, existem bares flutuantes com restaurantes físicos e também serviço de boat delivery, que serve pratos açorianos, típicos da região. Com um mar de cor verde-esmeralda, a Enseada do Caixa D’Aço é conhecida por ser um dos locais mais belos do Litoral catarinense.

A Ilha do Francês está localizada na costa da Praia de Canasvieiras, próximo à praia de Jurerê, em Florianóplis. O acesso à ilha é fácil, mas boa parte dela é propriedade particular. Ao contrário da Praia do Tinguá ou do Caixa D’Aço, o local é mais tranquilo e voltado para as famílias que querem passar um tempo tranquilo em alto-mar, fazendo um churrasco, pescando ou tomando banho nas águas que circundam a ilha. O local é cercado por rochedos e muito verde, além de ter uma pequena praia. Tranquila e reservada, a ilha não dispõe de serviços como bares ou restaurantes.


Ti

e

B

r e a k

acesse, curta e compartilhe!

/tiebreakmagazin

72

@tabatenisclube

t a b a j a r at e n i s c l u b e . c o m . b r



Tie Break Magazin - Ed. 82