Page 1

CARTA DA TIA DAG

Educar, um ato de amor O amor de educar O amor e o dever Se me perguntarem por que faço tudo o que faço, por que trabalho como uma louca, direi sem pestanejar que é por amor. Trabalho por amor. Educação é amor. Toda a minha vida, privada ou pública, familiar ou profissional, só vale proporcionalmente ao amor que nela coloquei ou encontrei. Educar pra mim não se restringe a um dever. Educo por amor. Ao amor não damos ordens, não podemos comandá-lo. Quanto mais colocamos amor no ato de educar menos ele se torna uma obrigação. Como poderia escolher entre os meus vários amores, ainda que entre vários desejos diferentes, minhas netas, meu filho, meu marido, minha equipe de trabalho, as crianças e os jovens – em função deles? Enquanto o dever de ensinar é pra mim uma obrigação, o amor de ensinar é a plena liberdade. É claro que dever e amor se complementam. Ambos são necessários. O amor é o próprio bem, já o dever é uma imposição da nossa consciência. O ato do amor de educar é dar-se a si mesma. Qual mãe alimenta o filho por dever? O ato generoso de escutar uma criança, de sentir seus medos e sonhos, faz do educador um privilegiado. Parar a aula, parar o pensamento para dar atenção a um pequenininho é essencial como escutar o barulho de uma folha caindo. O educador que conquista o silêncio amoroso com seus alunos atinge o amor quieto, não precisará mais gritar. A sedução, o encanto, o despertar da natureza de cada aluno é o ato de amizade que a educação oferece. Amar uma criança é praticar de bom grado todos os meus deveres de educadora para com ela. Você não pode dizer que devemos fazer alguma coisa pelas crianças pobres, por que o mandamento de que devemos é em si contraditório, o amor não é um mandamento, é um ideal que nos guia e nos ilumina.

Livro Pedagogia do Cuidado Um Modelo de Educação Social

Celso Antunes e Dagmar Garroux Editora Vozes

Tia Dag (Dagmar Garroux, Presidente da Casa do Zezinho)


A realidade...


S達o Paulo (zona Sul) Parque Santo Ant担nio Cap達o Redondo Jardim S達o Luiz


A ponte...


o h ! n i z o s รก Aqui a g nte nunca t e


Transformando a vida de milhares de crianças e jovens de baixa renda A Associação Educacional e Assistencial Casa do Zezinho, ou, simplesmente CASA DO ZEZINHO, é uma organização social sem fins lucrativos, localizada próxima ao Parque Santo Antonio, zona Sul da cidade de São Paulo, na Subprefeitura do Campo Limpo, uma região com aproximadamente 1 milhão de habitantes. Fundada em 06 de março de 1994 para ser um espaço de atuação para crianças e jovens pertencentes a famílias de baixa renda moradoras de bairros próximos, começou com 7 crianças e hoje atende, anualmente, mais de 1.500 Zezinhos, crianças e jovens de ambos os sexos, com idade entre 6 e 32 anos. Estes Zezinhos, que frequentam mais de 60 escolas públicas da região, são envolvidos em atividades de educação, arte, cultura e formação geral e em oficinas de capacitação profissional. A Casa do Zezinho, desde sua fundação, tem sido um espaço de oportunidades de desenvolvimento para crianças e jovens em situação vulnerável. Cria condições para a formação do pensamento crítico e o desenvolvimento de potencialidades e da autoconfiança dos Zezinhos, bem como da capacidade de tomar decisões maduras sobre sua própria vida. A Casa do Zezinho é lugar de reconhecimento, respeito, inclusão e amigos. Lugar de esperança para o futuro tocado pela graça da convivência, do afeto e, sobretudo, da liberdade. Aqui os sonhos se tornam realidade.

Missão “Criar condições, por meio da educação, da arte e da cultura, para que crianças e jovens, em situação de vulnerabilidade social e baixa renda, superem as limitações impostas pelo meio em que vivem e conquistem autonomia de pensamento e de ação para escolher e trilhar seus próprios caminhos de vida.”


1.500 Crianças, jovens e adultos Manhã, tarde e noite

Pedagogia do Arco Íris Ao entrar na Casa do Zezinho a criança é convidada a percorrer um caminho através das 7 cores do Arco Iris. Desde a Sala Violetas, que recebe os Zezinhos de 6 anos, até a Sala Coração, quando eles completam os 21 anos. Sala Violetas 06 a 08 anos Sala Jeans 08 a 09 anos Sala Mares e Rios 09 a 10 anos Sala Matas 10 a 12 anos Sala Solar 12 a 14 anos Sala Oriente 14 a 16 anos Sala Coração 16 a 21 anos


Atividades e Oficinas

Aprender Bricando Educação para o Século XXI Vaga-Lume Movimento Toca, Zezinho! Se Cuida Zezinho! Makaya Arte & Cultura na Periferia Animação Gastronomia Informática Design Robótica Web 2.0 Garagem Estúdio de Som Cursinho Foto & Vídeo Teatro Jornalismo Zezinho nos Apps Mosaico


Se Cuida, Zezinho! 100 atendimentos em média por sábado, aos familiares de Zezinhos e à comunidade, com diversas técnicas: Naturologia Medicina Oriental Complementar Massoterapia Auriculoterapia Acupuntura Yoga Massagem Mandala Atendimentos individuais em psicologia Palestras pais e Zezinhos

hoje


O Sonho...


Se Cuida, Zezinho!


construindo o Se cuida, Zezinho! O projeto realiza atualmente cerca de 5 mil atendimentos/ano para crianças, jovens e adultos da comunidade, nos espaços da Casa do Zezinho. Nosso sonho é maior! Já temos o terreno, agora só falta construir. Com esse novo espaço, conseguiremos atender mais de 10 mil pessoas/ano.

Valor total do Projeto: R$ 750.000,00 Todos os Projetos (estrutura, hidráulica, elétrica etc) serão realizados por arquitetos, projetistas e engenheiros voluntários e parceiros.

Cronograma previsto da obra Julho 2012

Agosto 2012

Setembro 2012

Outubro 2012

Novembro 2012

Elaboração Projetos Execução Obra

Dezembro 2012

Janeiro 2013


Seja parceiro deste sonho visite o nosso site www.secuidazezinho.org.br

Se Cuida, Zezinho!  

http://www.secuidazezinho.org

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you