Issuu on Google+

PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE TRABALHO: A CULPA É DA DIREÇÃO DA CEDAE

ONDE ESTÁ NOSSO SINDICATO? Não podemos esquecer que foram as péssimas condições de trabalho existentes na CEDAE que quase matou o companheiro Marco Antonio, em um incêndio na elevatória Mendes de Moraes. Fato como esses, onde trabalhadores vem se acidentando, tem sido uma constante na empresa. A direção da CEDAE tenta vender à opinião pública uma imagem que trabalhamos em ambientes seguros e pouco insalubres, para isso tem feito gastos astronômicos em publicidade. O comprometimento da direção do SINTSAMA com a Direção da CEDAE tem levado nossa categoria ao abandono total. Não só a direção da empresa é culpada pelo acidente ocorrido com Marco Antonio, mas também a Direção do SINTSAMA na medida que não cumpre com suas obrigações de defender nossos interesses e de exigir da CEDAE melhores condições de trabalho para todos (as). É preciso mudar essa situação e devolver o sindicato para nossa categoria. As próximas eleições para a Direção do Sindicato será uma grande oportunidade para dar um basta em tanto descaso. UNIDOS PRA LUTAR MUDAREMOS ESSA HISTÓRIA.

NOSSOS COMPROMISSOS 1

Para fortalecer nossa atuação nos locais de trabalho faremos eleição de delegados sindicais e de membros de CIPAS comprometidas com os interesses dos trabalhadores;

2

Defender em nossa próxima data-base o retorno imediato dos 100% de garantia no emprego e a luta pelo cumprimento de todos os direitos garantidos em lei e acordos coletivos tais como periculosidade e insalubridade;

3

Lutar pela ampliação de todas as nossas conquistas, em especial das mulheres. Combatendo o assédio moral e sexual;

4

Lutar por melhorias nas condições de trabalho e na distribuição imediata de EPI (s) e EPC (s); Lutar pela distribuição de protetor solar a todos os trabalhadores que realizam tarefas externas contra o câncer de pele;

5

Lutar pela entrada imediata na justiça das ações de recebimento de adicional de insalubridade e periculosidade a partir de estudo e levantamento realizado pelo Ministério do Trabalho e acompanhado pelo Sindicato;

6

Aproximar nosso sindicato da categoria para resolver seus problemas com a implantação plantão de diretores no sindicato aos sábados, domingos, feriados e melhorar a comunicação entre a base da categoria com a direção do sindicato, implantando o serviço de 0800 (ligação gratuita) para emergências emergências;

7 8

O setor jurídico do sindicato é inoperante, ninguém tem acesso a informações, nem sabe do andamento de ações judiciais. Assumimos o compromisso de contratar uma assessoria jurídica que nos possibilite ter advogados com plantões permanentes e atendimento diário na sede da entidade. Implantar delegacias sindicais de base, com espaço físico necessário para atender os trabalhadores nas suas regiões de trabalho.

O NOSSO COMPROMISSO É COM A CATEGORIA “Nossa última greve foi contra a privatização da CEDAE que para concretizá-la o governador Sergio Cabral (PMDB) e o Sr. Wagner Victer se aliaram a direção de nosso sindicato (CUT/CTB e UST/Força Sindical) para acabar com nossa garantia de 100% no emprego. Nessas eleições assinamos uma carta compromisso com a categoria que poderá processar qualquer membro de nossa direção caso não cumpra o prometido. Como futuros Presidente e vice-presidente do SINTSAMA reafirmamos o compromisso de pautar em todas as nossas lutas contra o governo do Estado, seja ele quem for, e a direção da companhia, o retorno dos 100% de garantia de nosso emprego, a luta pela melhoria em nossas condições de trabalho, a isonomia (direitos iguais) entre todos os funcionários da companhia, inclusive os novos concursados, e fundamentalmente organizar a luta por um PCCS que venha atender nossas necessidades funcionais e acabe com os desvios de função. Quem nos conhece sabe que nosso único compromisso é com a categoria. Não admitiremos nenhuma demissão de trabalhadores, nem redução de direitos, pois direitos não se reduzem, se amplia”.

Tânia Patrocinio – Candidata a Presidente do SINTSAMA CHAPA 2 – UNIDOS PRA LUTAR – MUDANÇA NO SINTSAMA e Alex Lopes “Papagaio” - Candidato a Vice-presidente

“Assim como a companheira Tânia, fui votada pelos trabalhadores da CEDAE para representá-los nas negociações junto ao Ministério Público do Trabalho em nossa última greve, porque a direção de nosso sindicato estava fazendo o jogo do governo e concordando com o fim da garantia de 100% em nosso emprego. A UST (Força Sindical) através do Sr. Marcelo Gonçalves e Márcio Ventura teve a ousadia de propor, sem nenhuma consulta a base de nossa categoria, critérios para nossa demissão. Essa foi a prova concreta que a Força Sindical não só concordava em acabar com nossa garantia no emprego, como já queria negociar quem seriam os demitidos. Nós como representantes da base da categoria denunciamos essa postura publicamente. Se tiver a honra de contar com o voto de confiança dos CEDAEANOS para estar na direção do sindicato, reafirmo o compromisso que fizemos questão de reconhecer em cartório onde em nossa gestão a base da categoria decidirá tudo, nada será feito as escondidas, nem por trás dos panos”.

Luzinete Teixeira – Candidata a Diretora de Finanças do SINTSAMA -CHAPA 2 – UNIDOS PRA LUTAR – MUDANÇA NO SINTSAMA


CHAPA 1 E CHAPA 3 SÃO FARINHA DO MESMO SACO Caiu a máscara! A Chapa 1 (UST) é a Força Sindical, uma Central criada em 1991 pelo corrupto ex-presidente Fernando Collor para sustentar seu governo. Desde sua fundação, esta "central" foi sinônimo de promiscuidade do sindicalismo com o poder, com os governos e os patrões, onde em troca de mordomias e dinheiro, negociam os interesses dos trabalhadores. Esteve a pouco tempo envolvida em um mega escândalo de corrupção: A Polícia Federal através da operação "Santa Tereza" denunciou um esquema de fraudes no BNDES beneficiando o cofre clandestino da Força Sindical. Se não fosse um acordo político que envolveu diretamente o presidente Lula e a CUT, esse escândalo poderia ter terminado na cassação do mandato do Deputado Federal Paulinho da Força Sindical.

Igual a Chapa 1, a Chapa 3, apoiada e financiada pela CUT/CTB quer dirigir o SINTSAMA para melhor negociar a venda da CEDAE.

QUEM FOI QUEM EM NOSSA ÚLTIMA GREVE Tanto a CHAPA 1 como a CHAPA 3 fazem parte do governo Lula e ocupam ministérios importantes: A CHAPA 1 (da FORÇA SINDICAL chamada de "Farsa Sindical") ocupa com Carlos LUPI o Ministério do Trabalho e a CHAPA 3 (CUT/ CTB) o Ministério da Previdência e o Ministério do Esporte. Por isso junto com os patrões e o governador Sérgio Cabral querem seguir à frente de nossa entidade para facilitar a privatização da companhia e a demissão de trabalhadores. Foi assim em nossa última greve. A Força Sindical, (chapa 1): apresentou critérios de demissão

de trabalhadores. Muitos furaram a greve com a desculpa de trabalharem em serviços essenciais. A CUT/CTB, (chapa 3): apoiou a proposta da empresa de quebra dos 100% de garantia no emprego e do fim do tempo acumulado para nossa licença prêmio. Porém, nós que integramos a Chapa 2, Unidos Pra Lutar - Mudança no SINTSAMA defendemos a manutenção dos 100% de garantia no emprego e do tempo acumulado para licença-prêmio. Estivemos contra a privatização da CEDAE e temos exigido da empresa melhorias nas condições de trabalho.

DIREITO NÃO SE REDUZ, SE AMPLIA! POR ISSO NAS ELEIÇÕES DO SINTSAMA, DIGA UM "NÃO" BEM GRANDE ÀS CHAPAS E CENTRAIS QUE NEGOCIAM NOSSOS DIREITOS

Como todo negócio que envolve muito dinheiro, a exemplo da CAC e PRECE, eles só não estão juntos nessas eleições por divergências

na divisão entre si do dinheiro dos trabalhadores. Os carros importados, zero quilômetro, usado por diretores do sindicato, as regalias conseguidas junto à direção da companhia e a forma como se portaram em nossa última greve, onde negociaram a nossa garantia de 100% no emprego é uma sinalização do que de pior pode ocorrer se uma dessas chapas ganhar as eleições do sindicato. Atenção trabalhadores! Hoje na disputa da direção do SINTSAMA existem três chapas, mas somente dois projetos: A CHAPA 1 e a CHAPA 3 tem defendido junto com o governo a retirada de nossos direitos. A CHAPA 2 - UNIDOS PRA LUTAR - MUDANÇA NO SINTSAMA - A Chapa da CONLUTAS defende a manutenção e ampliação de nossas conquistas.

A FARSA SINDICAL E A CUT/CTB APÓIAM O FIM DO 13° SALÁRIO E O PARCELAMENTO DE NOSSAS FÉRIAS O governo Lula com a ajuda do governador Sérgio Cabral (PMDB) quer aprovar no Congresso Nacional corrupto de José Sarney, Collor de Melo, Renan Calheiro e do senador Paulo Duque, o fim do 13° salário. É a reforma sindical e trabalhista do governo Lula que além de acabar com o 13° salário, também quer acabar com a licença maternidade, a multa de 40% do FGTS e parcelar as férias. Esse ataque aos nossos direitos foi aprovado no Fórum Nacional do Trabalho e contou com o apoio da FARÇA SINDICAL/UST (Marcelo Gonçalves e Márcio Ventura) e da CUT/CTB (Birinha e Paulinho da Rocinha). A justificativa dada por Lula e os patrões para atacar nossos direitos é que o mundo vive uma crise econômica e que a única solução seria reduzir o custo trabalhista e, para tanto, acabar com nossas conquistas e privatizar estatais e empresas públicas. Por isso querem vender a CEDAE e a SABESP. São os ricos e poderosos que devem pagar a conta da crise não nós trabalhadores e o povo pobre.

DIGA SIM À CHAPA 2 - UNIDOS PRA LUTAR - MUDANÇA NO SINTSAMA - A CHAPA DA CONLUTAS!

ELEIÇÕES DO SINTSAMA SÃO ADIADAS PARA 7, 8 E 9 DE OUTUBRO

Grupos ligados ao governo e a direção da empresa querem intervir em nosso sindicato Os grosseiros vícios que indicavam a possibilidade de fraude nas eleições do SINTSAMA obrigaram à Justiça adiar o processo eleitoral. Mas a Chapa 1 (UST/FARÇA SINDICAL) que, ajudada pelo Ministério do Trabalho, se gaba de ter conseguido o adiamento, também é parte destas irregularidades que enlameam nosso sindicato, já que, como parte da atual direção, nada fizeram nestes últimos anos para reverter essa situação. Nestas eleições o sentimento de nossa categoria é de completa MUDANÇA e não temos dúvidas de que vamos derrotar os falsos dirigentes de nossa entidade. O adiamento das eleições do sindicato deve servir para fortalecer ainda mais a única oposição no SINTSAMA: a Chapa 2, formada por novos e valorosos CEDEANOS que mostraram quem é quem na última greve. Deve servir também para que todos possam conhecer quem é quem nesse processo eleitoral. Por outra parte, convidamos nossa categoria a ficar em alerta máximo, já que a pesar de que eles publicamente se atacam, chamam uns aos outros de ladrões e vendidos, por trás de tudo isso podem ter um acordo para, apoiados nas suas relações com o governo, provocar uma intervenção em nossa entidade para que todos possam se perpetuar em seus mandatos. Ninguém agüenta mais essa situação. Queremos MUDANÇA JÁ em nosso sindicato! POR ISSO NOS DIAS 07, 08 E 09 DE OUTUBRO VOTE N A CHAP A NA PA 2 , - UNIDOS PRA LUT AR - MUD ANLUTA DA ÇA NO SINTSAMA.

CHAPA 1 E CHAPA 3 ESTÃO JUNTAS NA DIREÇÃO DO SINDICATO Exigimos transparência em tudo. Nada pode ser ocultado de nós trabalhadores. O mandato dessa direção que não foi eleita pelos CEDAEANOS termina dia 1° de outubro, com a decisão judicial o mandato também será prorrogado por mais 15 dias sem a autorização da categoria. Chega de blá-blá-blá! Quem se diz oposição e não renunciou aos cargos que ocupa na direção do sindicato, como no caso da UST/FARSA SINDICAL engana a categoria e não merece seu voto de confiança.

BOCA NO TROMBONE SULAMÉRICA. Comenta-se pelos corredores da empresa que muita gente se deu bem na assinatura desse convênio, menos os trabalhadores.

RELAÇÕES PERIGOSAS Alex Bastos, candidato da CHAPA 1 – FARSA SINDICAL – era o mais afoito, quando estava à frente da CAC, pelo convênio com a

FURA GREVE A FARSA SINDICAL faz jus ao nome. Em nossa última greve muitos dos integrantes dessa chapa furaram nossa greve com a desculpa de trabalharem em áreas essenciais da empresa. Os pelegos tem nome de destaque não só na CHAPA 1 mas também na CHAPA 3.

MATERIAL ESCOLAR Se os novos não conhecem, os mais antigos CEDAEANOS se recordam que o Sr. Dantas, candidato na CHAPA 3 – CUT/ CTB, foi destituído da Presidência de nosso sindicato por acusação de desvio do dinheiro do material escolar da entidade. CRITÉRIOS DE DEMISSÃO Marcelo Gonçalves (CHAPA 1) foi o autor dessa proposta em mesa de negociação no Ministério Público do Trabalho em plena

greve pela defesa de nossa garantia de 100% no emprego. CARRO DO ANO Ninguém consegue explicar porque muitos dos diretores do sindicato que pertencem a CHAPA 1 e a CHAPA 3 desfilam pela cidade em carrões do ano ocupando a função na empresa de serventes de pedreiro. PRÓ-LABORE Ser ou ter sido diretor do SINTSAMA é coisa do outro mundo já que diretor liberado sempre ganha um extra para exercer suas atividades sindicais. Talvez isso explique o porque de muitos possuírem apartamentos alugados em vários municípios do estado e morarem em casas de meter inveja a qualquer um.


OPOSIÇÃO CHAPA 2