Page 1

NATUREZA CORPUSCULAR DA MATÉRIA


Situações do dia-a-dia  Se adicionares 50 ml de álcool a 50 ml de água, qual será o volume final obtido?

50 ml de água

? +

50 ml de álcool

Qual o volume final obtido?


Situações do dia-a-dia  Quando adicionas um pouco de açúcar a um copo com água, o que acontece ao açúcar? Porque é que deixou de se ver?

 Porque razão é que quando alguém perfumado entra numa sala, o aroma do perfume se espalha por toda a sala?


Situações do dia-a-dia  O que será que acontece quando misturamos 50 ml de feijão com 50 ml de arroz?

O arroz vai ocupar os espaços vazios deixados pelo feijão. Desta forma, o volume total da mistura é menor que 100 ml.


Situações do dia-a-dia  Quando adicionas um pouco de açúcar a um copo com água, o que acontece ao açúcar? Porque é que deixou de se ver?

Entre as partículas da água, existem muitos espaços vazios. O que acontece é que as partículas de açúcar vão ocupar os espaços vazios deixados pelas partículas de água.


Situações do dia-a-dia O mesmo sucede quando adicionamos o álcool à água. As partículas de água deixam espaços vazios entre elas, e esses espaços serão ocupados pelas partículas de álcool, por isso o volume final obtido é menor que 100 ml.

? Qual o volume final obtido?


Teoria Cinético – Corpuscular da Matéria A Teoria que explica todas estas situações anteriores designa-se por: Teoria Cinético - Corpuscular da Matéria Movimento

Corpúsculos (partículas)

1. Toda a matéria é constituída por corpúsculos (partículas), com dimensões muito reduzidas;

Partículas de silício vistas ao microscópio.

2. Estes corpúsculos têm movimento permanente.

3. Entre os corpúsculos existem espaços vazios;


Teoria Cinético – Corpuscular da Matéria Como serão estes movimentos nos diferentes estados físicos da matéria? Vapor de água


Caracterização dos Estados Físicos da Matéria

SÓLIDOS Propriedades microscópicas: - dispõem-se ordenadamente; - os corpúsculos estão muito próximos uns dos outros; - o espaço entre eles é muito reduzido; - apenas podem vibrar.

Propriedades macroscópicas: - têm forma própria e volume constante; - são muito difíceis de comprimir.


Caracterização dos Estados Físicos da Matéria

LÍQUIDOS Propriedades microscópicas: - os corpúsculos estão, em geral, menos organizados do que nos sólidos; - movem-se mais livremente do que nos sólidos; - apresentam movimentos de vibração, rotação e translação.

Propriedades macroscópicas: - têm a forma do recipiente onde se encontram; - têm volume constante; - tal como os sólidos, são muito difíceis de comprimir.


Caracterização dos Estados Físicos da Matéria

GASES Propriedades microscópicas: - os corpúsculos estão muito afastados uns dos outros; - movem-se rápida e desordenadamente; - os movimentos de vibração, rotação e translação são mais intensos do que nos líquidos.

Propriedades macroscópicas: - têm a forma do recipiente onde se encontram; - não têm volume constante, logo expandem-se com facilidade ocupando todo o volume do recipiente; - comprimem-se facilmente.


Como caracterizar um gás?

Quando temos um gás no interior de um recipiente, há quatro fatores que devemos considerar: • Pressão a que o gás se encontra;

• Volume do recipiente; • Número de partículas do gás; • Temperatura a que se encontra o gás.


Como caracterizar um gás? O que é a Pressão? Pascal foi um importante filósofo, matemático, físico, teólogo e escritor. Em homenagem às suas descobertas em matérias como a Pressão Atmosférica, foi dado o seu nome à Unidade SI (Sistema Internacional de Unidades) da Pressão – o Pascal – símbolo Pa. As partículas de um gás chocam com as paredes do recipiente onde se encontram. Quanto maior for o número de choques por unidade de superfície, mais elevada será a pressão exercida pelo gás nas paredes do recipiente. A unidade SI de pressão é o Pascal (Pa).


O que será que acontece…?

Quando pressionas o êmbolo da seringa o que acontece ao ar no seu interior?

O que acontece quando enches o pneu da tua bicicleta?

Porque razão é que as botijas de gás explodem, quando sujeitas a uma fonte de calor?


O que será que acontece…? Quando pressionas o êmbolo da seringa o que acontece ao ar no seu interior?

• O Número de Partículas permanece igual (constante) • A Temperatura do gás também permanece igual (constante) O que é que varia então? • Varia o Volume (Diminui). • Varia a Pressão (Aumenta). Pode-se então concluir que: Mantendo o número de partículas e a temperatura constantes, se o volume do recipiente diminuir, a pressão a que está o gás vai aumentar e vice-versa.


O que será que acontece…? O que acontece quando enches o pneu da tua bicicleta?

• O Volume permanece constante • A Temperatura do gás também permanece constante O que é que varia então? • Varia o Número de Partículas (Aumenta). • Varia a Pressão (Aumenta). Pode-se então concluir que: Mantendo o volume do recipiente e a temperatura constantes, se o número de partículas aumentar, a pressão a que está o gás também vai aumentar e vice-versa.


O que será que acontece…? Porque razão é que as botijas de gás explodem, quando sujeitas a uma fonte de calor?

• O Volume permanece constante • O Número de Partículas também permanece constante O que é que varia então? • Varia a Temperatura (Aumenta). • Varia a Pressão (Aumenta). Pode-se então concluir que: Mantendo o volume do recipiente e o número de partículas constantes, se a temperatura aumentar, a pressão a que está o gás também vai aumentar e vice-versa.


Em síntese

Pressão exercida pelos gases Atribui-se aos choques dos corpúsculos entre si e com as paredes do recipiente que o contém.

Se o nº de corpúsculos aumentar, a pressão também aumenta. Variação da pressão com o volume e com a temperatura  Se T ↑ => P ↑ (aumenta a agitação das partículas pelo que aumenta o nº de choques)  Se V↑ => P ↓ (o mesmo nº de corpúsculos passa a ocupar um espaço maior, pelo que a probabilidade de chocarem entre si e com as paredes do recipiente é menor).

3 3 1 nat corp matéria  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you