Issuu on Google+

APRESENTAÇÃO “Rosa flor, vê quanta mangueira e o cheira-cheira do tacacá. Meu amor, ata a baladeira, embalança a beira do rio mar” Chico Sena

A ideia da construção deste livro surgiu durante as conversas sobre o projeto “Azuvejo: cantos e recantos de Belém”, elaborado e desenvolvido pelos professores Ivani Rocha, Edson Paixão, Sílvia Leão e Silene Faro com os alunos do CII – 2º ano. Para a construção dos textos, os alunos leram com a professora de sala de leitura, Sílvia Leão, o livro de Darcy e Ítalo Flexa Di Paolo “Belém, cidade das mangueiras”. Na biblioteca, ouviram poemas de outros autores, que também, falaram de sua terra natal. A apresentação de vídeos sobre os monumentos históricos de Belém, a audição de músicas de compositores que cantaram seu amor por nossa cidade e as aulas-passeios ao centro histórico para conhecer os pontos turísticos da cidade vieram munir os alunos de informações para a produção de seus textos. Sob a orientação das professoras Sílvia Leão, da Sala de Leitura; Silene Faro, da biblioteca e Ivani Rocha, sala de aula os alunos iniciaram a produção de seus textos. Já o trabalho com as ilustrações e acabamento final do livro ficou por conta do professor de Artes, Edson Ney Paixão. Foi um trabalho árduo, mas que no final nos trouxe grande alegria e satisfação, pois os alunos se esforçaram e conseguiram deixar seus sentimentos aflorarem por Belém. Parabéns a vocês, alunos, vocês provaram que quando motivados e “provocados”, criam e produzem. Que este projeto sirva de motivação para a realização de grandes projetos em suas vidas! Profa. Silene Faro


Para aqueles que acreditam no potencial das crianças e amam a cidade

morena,

a

cidade

das

mangueiras, Belém do Grão Pará!


Belém Cidade das Mangueiras Olá! Quero convidar você para conhecer um pouco da minha terra. Sou uma cidade voltada para as águas. Eu também sou conhecida como “Cidade das Mangueiras”! Por quê? Porque tenho mesmo muitas mangueiras. Tenho várias ruas com outros tipos de árvores além de mangueiras, com frutas exóticas como: o cupuaçu, a pupunha e o açaí, e assim vai. Em certas épocas do ano essas comidas típicas são mais solicitadas, como por exemplo, no decorrer do Círio de Nazaré, a maior festa dos paraenses. Vale a pena conhecer a Estação das Docas. É um lugar que existe muitas belezas naturais. Eu convido você para conhecer o meu estado. Marcela Cardias Borges


Belém Olá! Quero convidar você para conhecer um pouco da minha terra. Sou muito conhecida como cidade morena, mulata faceira e tenho cheiro de mato também. Sou conhecida como Cidade das Mangueiras, tenho mangueiras por todos os lados, quando a manga cai todo mundo vai atrás, puxa pra cá pra lá ninguém quer largar. Belém tem muitos pontos turísticos como a Estação das Docas, Forte do Castelo, Ver - o - Peso e outros mais. Tem também as comidas típicas, como o tacacá, o caruru, o vatapá, a maniçoba e as frutas exóticas como o açaí, a pupunha e o cupuaçu. Ah! não podemos esquecer do Círio de Nazaré, a maior festa dos paraenses. Eu vivi tempos de um período de grandes riquezas. Marcela Cardias Borges


Feliz Lusitânia Cidade das mangueiras, cheia de encantos. Ela tem o Forte do Castelo, tem o túnel das mangueiras, tem o Vero-Peso, tem o Museu Emílio Goeldi, tem a Praça da República e a Estação das Docas. Belém também tem muitas ilhas: Ilha do Cumbu, Ilha de Cutijuba, Ilha de Outeiro e a Ilha de Mosqueiro. A minha cidade também tem muitas frutas que não tem em outro lugar: açaí, bacaba, pupunha, bacuri e cupuaçu. Essa é a cidade onde eu nasci. Valber Junior da Silva


Belém do Pará, cidade das mangueiras Belém eu te gosto muito, quando eu vou passear por ti ando às vezes no Ver-o-Peso e tomo açaí, como pupunha, peixe frito, tacacá, tucupi e outras delicias. Belém te quero bem, te adoro, te gosto, te amo! O Círio de Nossa Senhora de Nazaré é emocionante, quando ela passa pela rua eu fico triste por ver as pessoas se empurrando, andando de joelhos e desmaiando. Belém é também conhecida como cidade das mangueiras. Quando é época de manga, as pessoas sobem nas árvores para apanhar mangas amarelinhas! Eu nunca vi cidade bela como essa: cidade do norte, Belém do açaí com farinha de tapioca. Engleson Roberto Pantoja Couto


Belém do Pará, cidade das mangueiras Minha terra é uma cidade linda e maravilhosa. É a cidade das mangueiras, é uma cidade cheia de muitos encantos e de muito orgulho. A Praça da Republica, o Forte do Castelo e o Museu são orgulhos de Belém. As danças de Belém do Pará: carimbó, brega, forró e as comidas, como o tucupi, maniçoba, açaí, vatapá, bacaba e pupunha são algumas das maravilhas de minha cidade. Do que eu mais gosto de Belém, são as mangueiras e o Forte do Castelo. Marcela Braga da Costa


A cidade de Belém A minha terra tem açaí, tapioca, cupuaçu, tacacá, pupunha. A minha terra tem danças típicas: o carimbó, o síria, o forró de Bragança, o lundu e as danças são maravilhosas. A minha terra tem comidas típicas, como: Pato no Tucupi, maniçoba, vatapá, farinha da água e o famoso tacacá. E por isso que eu gosto de Belém. Gabriely do Rosário Trindade


Belém cidade das mangueiras Eu convido você para conhecer a minha cidade. Vamos lá! A minha cidade, tempos atrás era muito feia porque antes era apenas uma vila, mais ficou muito bonita. Mas tem um problema: muitos assaltos e muitos ladrões. Belém é muito grande e as ruas são muito bonitas. Na minha rua tem bastante plantação: mangueira, jambeiro, açaizeiro. Na minha cidade todos os dias chove à tarde e de manhã tem um sol que chega a queimar a pele. Em Belém, os paraenses gostam de dançar hip hop, dance, melody, brega, forró, carimbó. Essa é a minha cidade! Eduardo Pimentel de Souza


Belém cidade das mangueiras Você já veio em Belém? Não? Eu moro nesta cidade maravilhosa. Sabe, você que não veio, precisa vir para conhecer a Casa das Onze Janelas, o Forte do Castelo, a Estação das Docas e outros lugares que só Belém tem. Se você quer conhecer Belém de perto venha conhecer as tardes de chuva, mas traga o seu guardachuva! Quando começa a ventania, vão caindo as mangas das mangueiras, elas estão fresquinhas! No mês de outubro tem ma maior festa paraense, Círio de Nazaré, onde a nossa mãe vem navegando pelas ruas de Belém. Não esqueça do Ver-o- Peso, a feira mais popular, lá vendem de tudo: açaí, tacacá, peixe, ervas, etc. Temos também o Teatro da Paz, o mais importante da Amazônia. Para finalizar, conheça também a Vitória- Régia, uma planta exótica e a maior flor da Amazônia. Valéria Vitória Jesus do Nascimento


Belém, minha cidade Belém é a cidade onde eu nasci. Eu já conheci algumas partes de Belém, tipo a ilha de Mosqueiro, de Outeiro e a de Cutijuba, as praças Waldemar Henrique, Batista Campos e da República. Belém também tem muitos pontos turísticos como Bosque, o Museu, a Estação das Docas, o Ver-o-Peso e o Hangar. Você esta vendo como Belém é bonita? Ah, também tem a vitória-régia, a maior flor da Amazônia! E para quem gosta tem o forró, hip hop, melody e o carimbó. Luciana Correia Cardoso


Belém, cidade das mangueiras Belém, cidade do norte, capital do estado do Pará, foi fundada pelos portugueses em 12 de janeiro de 1616, por Francisco Caldeira Castelo Branco. Seu primeiro nome foi Nossa Senhora de Belém, depois Santa Maria de Belém do Grão do Pará e por fim Belém. Hoje, Belém é um lugar onde as pessoas gostam e aqui tem muitas coisas divertidas: tem praça, praia e parque e outras coisas. Mas pra mim Belém é e sempre vai ser o lugar que eu mais gosto! Evellyn Leiticia Nascimento Miranda


A Maravilhosa Belém A cidade de Belém é muito legal. Pra mim a cidade de Belém é a melhor cidade com suas belezas puras que ninguém tem, como: tecno, melodi, o açaí e o tacacá. Belém é uma ilha cercada de água, além disso, Belém tem uma coisa que eu adoro: carimbó, uma dança cultural. Belém tem seus lugares bonitos como o Parque da Residência, Shopping Center, Praças, muitas gente bonita como minha Professora Ivani, minha mãe Silvia, minhas irmãs Jessica, Jaqueline, meus amigos e amigas Karem Eduardo etc. Belém criou muitas pessoas legais, como eu também, então essa terra é abençoada por Deu, eu amo Belém. Juliana Eweline da Luz Vidal


Belém, cidade das mangueira Eu li o livro Belém, cidade das Mangueiras. Ele fala que Belém foi fundada no dia 12 de janeiro 1616, pelos portugueses. Na minha cidade, as chuvas ocorrem quase todas as tardes a ventania balança os galho e às vezes a chuva fica muito forte e cai sozinha as mangas e todo mundo pega pra comer. As comidas típicas da minha cidade são muito saudáveis e saborosas como: vatapá, maniçoba, pato no tucupi e o famoso tacacá. Venha conhecer a minha cidade, suas belezas e encantos, a minha Belém do Pará. Ellen Cristina Araújo Gaia


Belém, cidade das mangueiras Eu adoro Belém. É uma cidade maravilhosa. É onde eu nasci, Belém de todos os sabores! Tem uma cozinha maravilhosa: aqui tem açaí, tacacá, pato no tucupi. Belém é onde vivo, de muitas flores e árvores. Belém é onde eu moro, Belém do carimbo, das festas juninas. Belém do Pará, eu quero dormir nas tuas redes. A tua música me embala nas tardes chuvosas. Ah, Belém do Pará eu te amo! Eveny Larisa Melo da Costa


Belém do Pará Aqui é a terra que eu nasci, Belém do Pará. Sou paraense de coração. A chuva que cai refrescando o clima, as árvores balançando, os periquitos cantando. Sou paraense do peixe com açaí. Sou paraense do Pato no tucupi. Sou paraense do vatapá. Sou paraense do tacacá e o sol raiando de manhã. Oh, grande Belém, és uma cidade maravilhosa! “Belém das Mangueiras”, cidade cabocla, cheia de encantos e belezas naturais, mais que maravilhosa. Oh, grande Belém do Pará, Belém do açaí, Belém do xibé, Belém do tucupi, Belém do tudo. Sou Brasileira, sou paraense e eu tenho orgulho disso. Agatha Caroline Ferreira Gomes


A minha terra... ela tem tudo A minha terra tem muita pupunha E também nela eu como unha. A minha terra tem muitas mangueiras e também tem muitas freguesas A minha terra tem grandes belezas Ah! sim, tem natureza! Oh! sim, o açaí e o muruci Também estão ali O lindo rio Guamá e o Guajará Só me fazem chorar Ah, sim de tanto amar! Ah! Sim, diga bem, Belém. Te quero bem! Luiza Fernandes Sena de Araujo


Belém, cidade das mangueiras Neste livro, eu vi muitas coisas que muita gente nem liga. Belém é da região amazônica. Nesse livro também aprendemos que Belém tem a casa das Onze Janelas, Feliz Lusitânia, Belém do açaí, também Belém das mangueiras, das mangas deliciosas, das chuvas à tarde. Belém do Museu Emilio Goeldi, que mostra um pouco da fauna e da flora. E também da Universidade Federal do Pará. Aqui na nossa terra já viveram índios. Aqui também teve grandes riquezas da exploração dos nossos minerais e da borracha. Aqui tem grandes belezas naturais por causa das árvores, flores e etc... Luiza Fernandes Sena de Araujo


Belém do Pará Belém, minha Belém, como te quero bem. Belém era uma simples vila e hoje é isso: uma cidade maravilhosa, cheia de encantos e belezas. Se dependesse de mim, não jogavam lixo em ti, querida cidade, não jogariam lixo nos seus rios e lagos. Se dependesse de mim, tudo seria diferente, iriam te preservar, oh, querida cidade. Você é muito linda, é tão bonita que vale apena preservar sua flora, sua fauna e suas mangueiras. Você, Belém, só você tem os lugares mais lindos como o “Forte do castelo” que antigamente era chamado de “Forte d presépio”, como a casa das Onze Janelas, como Castelo Branco e muitos outros lugares a mais. Por isso se a gente ama essa cidade, nós devemos preservá-la. Preservar os lugares lindos que ela nos consagra. Belém, te amo, te amo, por isso ti quero bem. Wanessa Eduarda Gonçalves Conceição


Belém, cidade da mangueiras No livro Belém cidade das mangueiras a gente vê que Belém é uma cidade de muita beleza, de muitas lendas e mitos. Belém tem tantas belezas como o Forte do Castelo o Ver-o-Peso, que é um dos locais que consagram o conjunto de manifestações culturais mais expressivos do povo amazônico, a Estação das Docas, as margens da baia do Guajará, que é um ambiente simpático e acolhedor, a praça da República, e etc... E também as comidas típicas como o tucupi, a maniçoba, peixes diversos e o tacacá e também o pato. Em certas épocas do ano, essas comidas típicas são solicitadas como, por exemplo no decorrer do círio de Nazaré, a maior festa dos paraenses, que acontece nas ruas, e que também é considerada uma das maiores manifestações religiosas. Tem também os frutos considerados exóticos como o cupuaçu, o bacuri, a pupunha, o taperebá, o bacuri, o muruci, a bacaba e o açaí. Belém, cidade maravilhosa. Wanessa Eduarda


Belém, cidade das mangueiras Belém é uma cidade maravilhosa, cheia de encantos e belezas. As nossas comidas típicas como: tacacá, pato no tucupi, vatapá são comidas saborosas que as pessoas costumam comer em aniversários e datas comemorativas como o círio de Nazaré. Belém tem muitos pontos turísticos que as pessoas querem aproveitar para aprender mais sobre Belém como: Ver-o-Peso, as Estações das Docas, as praças, etc... Minha terra tem muita coisa para se aproveitar, venha conhecê-la! Jamilis Ramos de Góis


Belém, cidade das mangueiras Belém é uma cidade muito admirável e é muito provável que todas as pessoas gostem dela, porque tem varias coisas para se aproveitar. Muitas vezes eu penso que em outras cidades tem pessoas necessitando de comida, roupas e muitas outras coisas, e eu agradeço que eu vivo aqui nessa cidade maravilhosa que tem de tudo. Tem muitas comidas típicas como: pato no tucupi, tacacá, vatapá, e maniçoba. Nas tardes chuvosas, as mangas caindo das árvores e, não é só manga, também tem açaí, cupuaçu, bacaba, muruci e taperebá. Além disso, tem também lugares como: Ver-o-Peso, Estação das Docas, Casa das Onze Janelas e é isso. Venha conhecer minha cidade! Você não vai se arrepender! Jamilis Ramos de Góis


Belém, cidade maravilhosa Belém do Pará, das tardes chuvosas Belém do açaí Belém das mangueiras Belém das comidas típicas Tucupi, vatapá, farinha d’água, pato no tucupi Belém das frutas exóticas Cidadezinha cabocla Conhecida por vários pontos turísticos Teatro da Paz, Teatro Waldemar Henrique, Praça da Republica e muitos outros. Evely de Souza Viana


Belém Belém foi fundada pelos portugueses no dia 12 de janeiro de 1616. Antes de Belém ser cidade, era vila, 39 anos depois foi à categoria de cidade. Belém agora tem muitos pontos turísticos, como: Ver-o-Peso, Feliz Lusitânia, Praças, teatros, centros históricos e muito mais... Belém é rodeada por mangueiras. Na Presidente Vargas, tem um túnel de mangueiras. Além de mangueiras, também temos outras árvores exóticas como: pupunha, bacuris, cupuaçu e tudo mais... Quando chega o mês de outubro, vem a maior festa religiosa de toda Belém, as pessoas formam um rio, porque parece um rio caminhando. Mas, Belém é uma maravilhosa cidade. Não tem mais que contar. Vocês têm que vir para ver, porque contando não dá. Karem Caroline


Belém, cidade das mangueiras