Issuu on Google+

MARIA FALA E PENSA COM A PALAVRA DE DEUS U

E

Ia, que 'conservava todas estas recordações e meditava em seu coração', ensina-nos o primado da escuta da palavra na vida do discípulo e missionário. O magnificat 'está inteiramente tecido pelos fios da sagrada escritura, os fios tomados da palavra de Deus. Assim, se revela que nela a palavra de Deus se encontra de verdade em sua casa, de onde sai e entra com naturalidade. Ela fala e pensa com a palavra de Deus; a palavra de Deus se faz a sua palavra e sua palavra nasce da palavra de Deus. Além disso, assim se revela que seus pensamentos estão em sintonia com os pensamentos de Deus, que seu querer é um querer junto com Deus. Estando intimamente penetrada pela palavra de Deus, Ela pode chegar a ser mãe da palavra encarnada'. Esta familiaridade com o mistério de Jesus é facilitada pela reza do rosário, onde: 'o povo cristão aprende de Maria a contemplar a beleza do rosto de Cristo e a experimentar a profundidade de seu amor. Mediante o rosário, o cristão obtém abundantes graças, como recebendo-as das próprias mãos da mãe do Redentor'" (Doc. Aparecida - 271). Este texto é um verdadeiro programa de vida. Olhando o exemplo de Maria, podemos aprender com Ela as atitudes próprias de um verdadeiro discípulo de Cristo e seguir

Ela nos mostra como

Deus é amor ...

com Ela esse caminho da fé. A palavra de Deus em nossas vidas deve ser lida, meditada, vivida e proclamada. Todo verdadeiro discípulo de Cristo é antes e acima de tudo alguém que se nutre da palavra que é Ele mesmo. O cântico de Maria, entoado na casa de Isabel, é uma manifestação da fé de Maria que se nutria da palavra de Deus e a fez transbordar de seu coração. No cântico de Maria - o magnificat - está a síntese da fé, da esperança, do louvor, da aliança, do amor fiel que Deus manifestou em Maria e convoca todo seu povo a relembrar e a aclamar com a vida no encontro com os outros, lugar do encontro preferencial com Deus. Vemos Maria em perfeita harmonia com Deus. Sua vida estava nele e Deus tinha em Maria o espaço ideal para "fazer grandes coisas". Essa atitude de Maria ensina que nossa relação com Deus, na fé, deve ser de familiaridade. Ela nos mostra como Deus é amor e como somos para Ele a causa desse amor. O texto nos ensina ainda que o rosário é antes de tudo o reconhecimento de um percurso de fé. Cada mistério meditado é um passo para o caminho da fé, um estágio de nosso seguimento de Cristo, e nos convoca a uma nova conversão e abeltura para novas e renovadoras expressões do amor.

056


Maria Fala e Pensa com a Palavra de Deus