Page 1

Ano 12 | Nº 53 | Dezembro/2018 a Fevereiro/2019

“Ele vem morar conosco!”

Esse é o tema dos nossos Encontros de Advento motivando nossa preparação ao Santo Natal, vivenciando a Campanha da Evangelização no Regional Sul III: “Ele vem morar conosco!”. Mensagem essa que meche conosco, enche nosso coração de alegria por lembrar que o Senhor, o Deus da vida estabeleceu sua morada entre nós, veio e vem viver conosco e como nós, igual em tudo menos no pecado, mas como diz Paulo: “se fez pecado para dele nos libertar”. Na Linguagem de João: “O Verbo se fez carne e habitou entre nós”. Assim a carne humana tornou-se lugar da manifestação de Deus. Ele desceu até nós e nos assumiu para que por Cristo possamos

chegar a Deus, vivermos uma relação de amizade e comunhão única, dignificante e emancipatória. Deus inaugurou uma nova forma de diálogo com a humanidade. Essa iniciativa de Deus manifesta ternura pelo ser humano. Nossa resposta natalina deverá se traduzir em acolhida, diálogo, cuidado e encontro. Acolher: se 'Natal é vida que nasce e Cristo que vem', como cantamos nesse tempo, então o que nos cabe é acolher a Cristo em nossa vida, em nossa família e comunidade, quais presépios de Belém, na mais pura simplicidade e singeleza de coração. Como lemos no pórtico de Aparecida: “Acolher bem também é Evangelizar”. Dialogar: a essência do Natal é diálogo, comunicação, decida e subida entre humano e divino. O mistério da encarnação começa com um diálogo entre o anjo Gabriel e a jovem de Nazaré que acaba na feliz resposta: “Eis aqui a serva do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra”. O cristão ou é pessoa de diálogo, capaz de dar e receber, ou não é ainda autenticamente cristão. Cuidar: cuidar da vida é sempre um desfio que tem várias dimensões. O Advento nos ensina a cuidar uns dos outros. Aprendemos isso de José que, chamado por Deus a colaborar com seu plano de salvação, acolheu em sua casa Maria grávida de Jesus. Somos todos chamados a abrir nossa casa para a hospitalidade e cuidar com amor dos pere-

grinos que batem a nossa porta. Encontrar: o sinal oferecido aos pastores: “Encontrarão um menino envolto em panos e deitado numa manjedoura”. Acreditaram na Palavra, se puseram a caminho com simplicidade de coração e tiveram a alegria de encontrar Jesus, o Messias prometido. Que possamos transformar nossas casas em verdadeiros presépios, lugares de encontro com os irmãos e com Deus. Como não lembrar aqui a feliz síntese de Aparecida? “Conhecer Jesus é o melhor presente que qualquer pessoa possa receber; tê-lo encontrado foi o que de melhor ocorreu em nossas vidas e torná-lo conhecido com nossas palavras e obras é nossa alegria”? A realização desses quatro encontros em pequenos grupos, junto com pessoas e famílias próximas, é uma forma simples, mas muito concreta de renovar a experiência natalina do Deus que vem encontrarse conosco e comunicar-nos a alegria da paz. Esses quatro verbos podem ser uma ótima receita para nós cristãos do Litoral Norte: acolher a todos como irmãos, dialogar com cada um que passa pela nossa vida, cuidar dos que necessitam de nossa solidariedade e encontrar em cada rosto a presença daquele que vem colocar sua tenda entre nós: Jesus! Um feliz Natal e um abençoado Ano Novo a todos os que cruzarem por nossas vidas nestes meses de renovação física e espiritual.

DESTAQUES NOVOS AMBIENTES DE COMUNICAÇÃO

TRANSFERÊNCIAS DE PADRES E NOVOS REFERENCIAIS Pág. 02

Pág. 03

DIOCESE ORDENARÁ NOVOS DIÁCONOS

ENCONTRÃO DOS GRUPOS DE FAMÍLIAS Pág. 03

Pág. 04


NOVOS AMBIENTES DE COMUNICAÇÃO

AGENDE-SE (principais atividades/eventos do período)

JANEIRO 1º | 61 anos da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes – Tramandaí 1º | Jubileu de Prata de Ordenação Presbiteral Padre Jair Pinho 11 | Ordenação Diaconal de Fabrício Raupp Alves – Capão da Canoa

FEVEREIRO

O tema do Dia Mundial das Comunicações Sociais 2019 foi anunciado pelo Papa Francisco em setembro de 2018: “Somos membros uns dos outros (Ef 4,25). Das comunidades às comunidades”. O tema escolhido pelo Papa Francisco ressalta a importância de dar à comunicação uma perspectiva ampla, baseada na pessoa, e enfatiza o valor da interação entendida sempre como oportunidade de diálogo e encontro com o outro. A proposta para o próximo Dia Mundial das Comunicações Sociais, celebrado na sua 53ª edição, em 2 de junho de 2019, é sobre o estado atual e sobre a natureza das relações na internet. Segundo a Santa Sé, algumas tendências prevalentes nas redes sociais colocam homens e mulheres diante de uma pergunta fundamental: “Até que ponto podemos falar de comunidade verdadeira diante das lógicas que caracterizam algumas comunidades nas redes sociais?”. A metáfora da rede como comunidade solidária exige a construção de um nós, baseado na escuta do outro, no diálogo e, consequentemente, no uso responsável da linguagem. Em artigo publicado em 2018, pelo comunicador e pesquisador, Moisés Sbardelotto, ele constata sobre as interações nas redes sociais, especialmente entre as pessoas que se identificam como católicos e católicas, a presença dos discursos e interações “intolerância, ódio,

indiferença, discriminação, difamação, desinformação (...), como panorama das relações midiáticas. E pondera: “A pessoa que está do outro lado da tela já não é um 'irmão ou irmã na fé', mas apenas alguém sobre o qual se descarregam toda a raiva e o rancor pessoais, camuflados de defesa da tradição, da doutrina e da liturgia, com citações artificiosamente pinçadas da Bíblia e do Catecismo. Nada nem ninguém estão acima desse 'Tribunal da Santa Inquisição Digital', nem mesmo o Papa Francisco ou os bispos”. Na mensagem de 2018, o Papa nos pediu atenção sobre o fenômeno das Fake News, tema que esteve e está tão presente no nosso cotidiano. Para 2019, o Santo Padre confirma a sua atenção em vista de novos ambientes de comunicação, em particular, para as redes sociais onde o Pontífice está presente com a conta @Pontifex, no Twitter, e o perfil @Franciscus, no Instagram. A mensagem do Papa Francisco para este dia é tradicionalmente publicada na festa de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas, em 24 de janeiro de 2019, e o dia é celebrado na Solenidade da Ascenção do Senhor, nesta ocasião, 2 de junho de 2019.

Melissa Maciel Jornalista diplomada pela Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS) e assessora de comunicação da Diocese de Osório.

PISTAS PARA REFLEXÃO: 1. Como avalias a sua convivência nas redes sociais? 2. As redes sociais podem ser espaço solidário para a construção de uma sociedade melhor? De que forma contribuo para isso? 3. Minha fé e os princípios cristãos que pautam a minha vida refletem na interação que tenho nas redes sociais? -2-

02 | 111ª Festa de Nossa Senhora dos Navegantes – Tramandaí 10 | Ordenação Diaconal de Laudemir Demarchi – Sarandi 16 e 17 | Primeira etapa da Escola de Assessores da Juventude (Regional) – Santa Cruz do Sul 13 | 1 ano da Romaria da Terra – Rio de Dentro, Mampituba 19 a 28 | 126ª Romaria Diocesana de Nossa Senhora das Lágrimas – Caraá 22 | Reunião do Conselho Diocesano da Pascom 24 | Congresso da RCC – Três Cachoeiras Santuário Diocesano Nossa Senhora das Lágrimas - Caraá

Intenção do Papa Francisco Dezembro: Para que as pessoas comprometidas com o serviço da transmissão da fé encontrem uma linguagem adaptada aos nossos dias no diálogo com as culturas. Janeiro: Pelos jovens, especialmente os da América Latina, para que, seguindo o exemplo de Maria, respondam ao chamado do Senhor para comunicar ao mundo a alegria do Evangelho. Fevereiro: Pelo acolhimento generoso das vítimas do tráco de pessoas, da prostituição forçada e da violência. EXPEDIENTE Publicação bimestral da Diocese de Osório Rua Dr. Mário Santo Dani, n 218, Centro - Osório/RS Diretor: Dom Jaime Pedro Kohl - Bispo Diocesano Jornalista: Melissa Maciel / MTb 17111 Conselho editorial: Dom Jaime Pedro Kohl, Pe. Leonir Alves, Pe. Luciano Motti, Pe. Rodrigo Schüler de Souza, Edson Boff e Melissa Maciel Revisora: Izandra Alves Tiragem: 5.500 exemplares Impressão: Gráfica TC Contato: pascom@diocesedeosorio.org (51) 98410-1945 (Whatsapp) www.diocesedeosorio.org www.facebook.com/dioceseosorio


TRANSFERÊNCIAS DOS PADRES

e novos referenciais nas pastorais e movimentos Para 2019 algumas paróquias da Diocese de Osório contarão com novos párocos e vigários paroquiais. A Diocese divulgou no seu site - www.diocesedeosorio.org a relação completa das alterações. Para o próximo ano também está previsto o início do processo de criação de nova paróquia em Imbé, desmembrando da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes que, atualmente compreende esta cidade e Tramandaí. De acordo com o bispo da Diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, as transferências e nomeações de padres são processos normais na composição da Igreja Diocesana; por isso, devem ocorrer em clima de tranquilidade, tanto para o padre que sai, quanto para o que chega. Igualmente, para as comunidades, a acolhida de um novo pároco ou vigário paroquial, pode ser vivida como um momento bonito da caminhada de evangelização e organização. Atualmente, a Diocese é composta por 22 paróquias, abrangendo o território entre Palmares do Sul e Torres, com o total de 32 padres, entre religiosos e diocesanos, 7 diáconos permanentes e, em 2019, contará com mais 2 diáconos transitórios (em vista da ordenação presbiteral). As pastorais, movimentos eclesiais e ministérios leigos diocesanos que são acompanhados por padres referenciais também passaram por mudanças. Confira a relação completa:

Bispo Diocesano: Dom Jaime Pedro Kohl Vigário Geral: Pe. José Marcelino Willrich Coord. Diocesano de Pastoral: Pe. Edegar Pereira da Rosa COMIDI: Pe. Rodrigo Schüler de Souza Setor Juventude: Sem. Adriano Bittencourt e Diác. Fabrício Raupp Iniciação à Vida Cristã: Ir. Rejane Carvalho, Pe. Gilberto Silva de Fraga e Pe. Luciano Motti Apostolado da Oração e Capelinhas: Pe. Ozéias V. dos Santos Ecumenismo: Pe. Tiago de Fraga Gomes Encontro de Casais com Cristo: Pe. Ceverino Craco Equipes de Nossa Senhora: Pe. Antônio Dall'Ó Grupos Bom Pastor: Pe. Hilário Sozo Grupos de Famílias: Pe. Rodrigo Schüler de Souza IAM e JM: Pe. Rodrigo Schüler de Souza Pastorais Sociais: Pe. Adalberto Lummertz Borges, Pe. Vilson Schäfer e Diác. Antônio Heliton Alves Pastoral da Pessoa Idosa: Pe. José Marcelino Willrich Pastoral do Dízimo: Pe. Nilso Ricardo Zanella Liturgia e Ministérios: Pe. Ricardo Justin Jacoby e Pe. Luiz Carlos Rosa da Silva Movimento de Cursilhos: Pe. Jair Peres de Pinho Ensino Religioso: Pe. Tiago de Fraga Gomes Pastoral da Educação: Pe. Tiago de Fraga Gomes Pastoral da Mobilidade Humana: Diác. Laudemir Demarchi Pastoral Carcerária: Frei Romualdo José Breda e Pe. Vilson Schäfer Pastoral da Comunicação: Dom Jaime Pedro Kohl e Pe. Leonir Alves Pastoral da Criança: Pe. Eder Matos dos Santos Pastoral Presbiteral: Pe. Edegar Pereira da Rosa Renovação Carismática: Pe. Ozeias Vieira dos Santos e Pe. Carlos Alberto da Rosa Serviço de Anim. Vocacional: Pe. Rodrigo Schüler de Souza e Pe. Edson Luiz Bataglin Ecônomo da Diocese: Pe. Ildomar Ambos Danelon Reitor do Seminário Maior: Pe. Rodrigo Schüler de Souza

ORDENAÇÕES DIACONAIS Fabrício Raupp Alves, natural de Três Cachoeiras/RS, e Laudemir Demarchi, de Sarandi/RS, serão ordenados diáconos e, posteriormente, presbíteros para a Igreja Católica na Diocese de Osório. Para os seminaristas será uma alegria poder contar com todos aqueles que acompanharam a trajetória de formação, participando das ordenações diaconais nas Celebrações Eucarísticas que acontecerão nas paróquias, conforme segue: Ordenação diaconal de Fabrício Raupp Alves: 11 de janeiro de 2019, sexta-feira, às 20h, no Santuário Nossa Senhora do Trabalho, em Capão da Canoa, cujo lema de ordenação é “Como é bom, como é agradável a irmãos viverem juntos” Salmo 132(133). Ordenação diaconal de Laudemir Demarchi: 10 de fevereiro de 2019, domingo, às 9h, na Igreja Nossa Senhora de Lourdes, em Sarandi, com o lema de ordenação “Para mim, com efeito, a vida é Cristo” (Fl 1,21). O que faz o diácono? O diácono é ordenado para o serviço, e este serviço se dá pela ajuda nas três mesas: mesa da Palavra (pregação do Evangelho), mesa da Eucaristia (ajuda ao padre no serviço do altar) e a mesa da caridade (serviço aos pobres e necessitados). Fabrício e Laudemir contam com as orações e a presença de todos, tanto na ordenação diaconal, bem como na presbiteral, especialmente, os membros das paróquias em que eles atuaram mais fortemente durante a trajetória da formação. Participe desse importante momento da vida de nossos jovens seminaristas e da nossa Igreja Diocesana.

-3-


DESTAQUE Capivari do Sul – que junto ao município de Palmares do Sul forma a paróquia São José – recebeu no dia 9 de novembro, sábado, o Encontrão dos Grupos de Famílias, que reuniu cerca de 1500 participantes vindos de todas as regiões da Diocese de Osório. O Encontrão é um dos eventos mais esperados do ano, pois é aí que se expressa a principal e mais forte Ação Evangelizadora escolhida pela Diocese, em vista do impulso missionário desta igreja local. De acordo com o bispo da Diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, o “Encontrão dos Grupos de Famílias foi um momento de bênção e graça para a nossa Diocese! Significa uma feliz conclusão da dinâmica de trabalho que propõe a Diocese, e, por isso, motivo para seguir na caminhada, de casa em casa, comunicando a fé”. Desse modo, afirmou o bispo, devemos continuar motivando mais pessoas a se encontrar com Jesus. Disse ainda que é pelo encorajamento e pela animação manifestados no Encontrão que continuaremos com a confiança que brota do espírito do Evangelho. Com a realização do Encontrão dos Grupos de Famílias deste ano concluiu-se um ciclo de temas visando o aprofundamento do Documento 100 da CNBB – “Comunidade de Comunidades – Uma Nova Paroquia”. Foram refletidos e rezados quatro temas: Comunidade: Casa para Todos – 2015; Comunidade: Casa da Palavra – 2016; Comunidade: Casa do Pão – 2017; Comunidade: Casa da Caridade - 2018. Segundo o coordenador diocesano para a Animação Missionária, Pe. Rodrigo Schüler de Souza, “em 2019 viveremos um período especial, portanto, o Encontrão marcará a recordação de toda a história da caminhada dos Grupos de Famílias desde a sua fundação, em 2000”. No próximo ano a Diocese pretende intensificar a Animação Missionária no mês de outubro, conforme a promulgação do papa Francisco para o Mês Missionário Extraordinário, com o tema “Batizados e Enviados”, recordando os cem anos da carta apostólica “Maximum Illud”. Ao final da celebração eucarística, Pe. Rodrigo anunciou a Paróquia São Cristóvão, município do Caraá, como o local em que será realizado o Encontrão de 2019.

ENCONTRÃO DIOCESANO DOS GRUPOS DE FAMÍLIAS SOMOS CASA DA CARIDADE

LÁGRIMAS, É O TEU SANTUÁRIO

19 a 28 de Fevereiro Romaria diocesana de Nossa Senhora das Lágrimas – Caraá Campanha dos devotos Venha fazer parte da obra da casa da Mãe Mais informações: (51) 98410-2652 ou saocristovao@diocesedeosorio.org -4-

informativo-53-1  
informativo-53-1  
Advertisement