Page 1

nº 87 Setembro de 2016

“Deus conta contigo por aquilo que és, não pelo que tens: a seus olhos, não vale mesmo nada a roupa que vestes ou o telemóvel que usas; não Lhe importa se andas na moda ou não, importas-Lhe tu, assim como és. A seus olhos, tu vales; e o teu valor é inestimável”. (Papa Francisco, Jornada Mundial da Juventude, 31 de Julho 2016)


“Jesus, um coração aberto aos outros” Nos dias 28 e 29 de maio, as crianças do 6º ano do centro de catequese de Aguiar (S. Cosme – Gondomar), estiveram em retiro no Movimento Oásis com o tema “ Jesus, um coração aberto para os outros “ a refletir sobre as Obras de Misericórdia e a importância da Eucaristia nas suas vidas de pequenos Cristãos, com vista a preparar a sua Profissão de Fé. Foram dois dias em que eles puderam fazer várias atividades e onde foram muito bem acolhidos e orientados pelas animadoras do centro. Quando chegaram ao Oásis foram instalados nos seus respetivos quartos, os rapazes no rés do chão e as meninas no primeiro andar, seguidamente foram apresentados aos animadores e ás outras crianças vindas da Areosa (Porto) e Mafamude (V. N. Gaia). Depois de dinâmicas de acolhimento e apresentação para se conhecerem uns aos outros, formaram-se grupos com elementos dos vários centros e fizeram um pedipaper onde tiveram de refletir e responder a várias perguntas sobre as Obras de Misericórdia. Claro que um pedipaper tem que ter um vencedor, e foi bonito de ver que quem ganhou, partilhou o tesouro conquistado com os restantes participantes. Na parte da tarde, depois de um ótimo almoço, reunimos e cada grupo apresentou em resumo as respostas dadas no pedipaper realizado de manhã. Foi bom termos a presença de um senhor Padre nessa apresentação que fez uma conclusão muito proveitosa de tudo o que foi dito. Seguidamente os vários grupos conviveram entre todos com várias dinâmicas e prepararam a Vigília a realizar depois do jantar. A Vigília foi algo de espetacular, com as crianças a fazerem silêncio e a ouvirem o próprio Jesus a responder e a falar das obras de Misericórdia com que eles tinham estado a trabalhar durante todo o dia. No final, Jesus ofereceu-lhes uma pulseira para colocarem e não se esquecerem desse momento algo transcendental. No dia seguinte, depois de uma noite em que custou um pouco a adormecer devido à novidade da situação em que muitos se encontravam pela primeira vez, participaram em workshops sobre momentos importantes da Eucaristia, que os levaram a meditar sobre a sua importância e localização no decorrer da santa Missa. Como resultado dessa participação, cada grupo ficou responsável pela animação de uma parte da Eucaristia a realizar da parte de tarde, já com a presença dos pais. No final fez-se um lanche partilhado entre todas as famílias presentes e animadores. Que bom foi ver a alegria estampada na cara de cada criança, com algumas já com uma lágrima por o encontro estar no fim. Foram dois dias muito bem passados, onde os pré adolescentes do meu centro me pediam para no próximo ano voltarmos a repetir esta experiencia que eles muito gostaram. Um bem hajam a todos os que tornam possível que as crianças e adolescentes passem por estes momentos alegres de crescimento na Fé, em especial à Ana Maria e à Antónia. Muito obrigado, Adalberto Ferreira Crescer on-line - Setembro de 2016 - Página nº 1


Grupo de Casais Piquenique de fim de ano Domingo, 10 de Julho, 30º à sombra, o grupo de casais "semente" encerrou as actividades antes de férias com o tradicional piquenique, desta feita em Espiunca, Arouca... De manhã o percurso dos Passadiços do Paiva, que a alma também se lava, sacia e perfuma da beleza da criação e o esforço de superação (como à noite havíamos de perceber melhor) é o que nos faz crescer. Já tardava uma refrescadela no Rio Paiva e depois o animado almoço-convívio, seguindo-se o tradicional cafezinho para os "quotas" e jogos de cartas para os "filhos"... Ah, nada como o “dolce fare niente” na melhor companhia... Depois de mais um banho e ainda cedo, que os nervos da final já começavam a espreitar, foi tempo de arrumar e regressar a casa, para terminar o dia da melhor maneira, à campeão. Boas férias. Isabel Peixoto

Crescer on-line - Setembro de 2016 - Página nº 2


ACAMPAMENTO ÓASIS 2016 “FONTES PARA O MUNDO” De dia 21 a 26 de agosto um grupo de jovens de várias cidades distintas encontraram-se em Paço de Sousa na Quinta da Paz (ou Quinta da Pas como acabou por ficar conhecida). Eu tive o privilégio de fazer parte desse grupo de 30 jovens com idades entre os 13 e os 18 anos. Foi uma semana incrível proporcionada pelo Movimento Oásis, foi uma semana não só de encontro com antigos amigos e com novos amigos mas principalmente de encontro com nós próprios e com Deus. Durante o acampamento desenvolvemos o tema de como sermos fontes para o Mundo, tivemos a possibilidade de nos encontrarmos com várias pessoas que, na freguesia de Paço de Sousa, são o exemplo de fontes para o Mundo através do serviço prestado no seu dia a dia. Tivemos a oportunidade de caminhar pela freguesia para, não só a ficarmos a conhecer melhor, como também para aprofundar os laços entre grupos e principalmente com o grupo de jovens ReNascer. Tivemos também o dia do silêncio, um dia dedicado sobretudo à reflexão e ao diálogo mais próximo e mais atento com Deus. Todas as tardes foram passadas no meio de muita diversão e convívio na piscina. Ao final da tarde tínhamos sempre os ateliers à escolha, lectio divina, momento do ser ou oração do terço. As noites eram sempre animadas pelo telejornal que cada grupo fazia terminando com o debate sobre os 5 pontos da espiritualidade. Terminávamos o dia sempre em oração; numa das orações tivemos o privilégio de ter um concerto da Claudine Pinheiro. Foi no meio de muita comunhão, de partilha, de serviço, de diversão, de amizade que este grupo de jovens, que no domingo eram desconhecidos uns aos outros e que no sábado se despediram no meio de uma imensa saudade, passou uma semana inesquecível; uma semana em que acabamos por sofrer uma mudança interior bastante enriquecedora. Nada disto seria possível sem o serviço prestado pelos nossos animadores, o Padre Paulo e o Padre Sérgio como orientadores das atividades em geral; a Ana Rita, a Ana Amélia, o Dani, o Jójó, a Andreia, a Matilde, o Emanuel e o Zé Luís que estiveram a acompanhar os grupos e por fim a Linda, a Marta e a Filipa que prestaram uma ajuda louvável na cozinha. Todos eles foram o maior exemplo de “Fontes Para o Mundo” com os quais convivemos a semana toda e com os quais criamos laços tão fortes que se deixou de sentir tanto a distinção entre os animadores e nós, todos partilhamos juntos momentos únicos e inesquecíveis. Em nome de todos nós um imenso obrigado ao Movimento Oásis e a todos os responsáveis por este acampamento fantástico que nos fez crescer e reconhecer que não há amor maior do que o amor do nosso Pai. Milene Nunes Crescer on-line - Setembro de 2016 - Página nº 3


Olá! Antes de mais, gostaria de agradecer por esta semana inacreditável que vivi, excedeu completamente as minhas expectativas, desde a receção à despedida. Achei que foi uma semana diferente ao que estava habituado, apesar de ter já participado em diversos retiros, creio que esta ficará na memória. Foi uma semana cheia de descobertas, amizades feitas, capacidades espirituais, humanas e intelectuais desenvolvidas.... O dia do silêncio, que para quem não sabe, é literalmente permanecer em silêncio durante determinado tempo, foi uma experiência que sentia que não seria capaz de realizar, mas, que no final compensou...Tive também o prazer de conhecer muita gente nova, vinda de todo o lado, gente disposta a ajudar e a conviver, algo que a juventude mais necessita hoje em dia... Tive também o prazer de conhecer o Padre Sérgio e Padre Paulo, ambos pessoas magníficas que me servirão de exemplo no que uma pessoa deverá ser, humilde, honesto, simpático, sincero, entre muitas outras... Também conheci o grupo de jovens de Paço de Sousa, grupo este que eu desconhecia mas que no final chegou a tornar-se uma grande descoberta com o seu famoso "Puxa!" Resumidamente, foi uma semana na qual creio ter levado um pouco mais de Deus, assim como a memória de uma semana feliz que será recordada por muito tempo. André Rosa

Crescer on-line - Setembro de 2016 - Página nº 4


Obrigada por nos terem dado a oportunidade de irmos a este acampamento de verão. Não sabíamos o que nos esperava, mas queremos dizer que gostamos imenso da semana que passamos com vocês. Definitivamente superaram as nossas expetativas. Foram muitas as atividades que nos proporcionaram, todas elas bastante criativas, mas de todas as que mais nos agradaram foram: o dia do silêncio, o concerto da Claudine, a caminhada e os momentos de convivência na piscina, momentos esses que nos permitiram estabelecer relações próximas entre todos os participantes do acampamento. Por fim, gostávamos de referir que temos todo o gosto em fazer parte do grupo Oásis. Mais uma vez, obrigada e da nossa parte... até à próxima! Alice, Ana Rita, Lucília e Sandra (Instituto Bom Pastor)

Crescer on-line - Setembro de 2016 - Página nº 5


CURSOS OÁSIS AÇORES 2016 “A misericórdia tem sempre um rosto jovem” Esta certeza do Papa Francisco tornou-se também minha, a partir do momento em que ele a pronunciou, diante de dois milhões de jovens que acorreram à Polónia. Com mais certeza fiquei quando, nos dias 22 a 29 de Agosto, Deus me concede a graça de ir até aos Açores e lá, encontrar na verdade, este rosto jovem da misericórdia. Nestas belas e sagradas terras de Portugal, eu e a Antónia encontramo-nos com adolescentes e jovens para dois cursos fantásticos sobre a Misericórdia com os temas: “Com Jesus um coração aberto aos outros” e “Cristo, Rosto da Misericórdia do Pai”. Pelo coração descobrimos a grandeza do grande desafio lançado por Jesus, pois não há sim que não seja dado pelo coração, nem serviço que não seja vivido sem o coração. Deste modo, os adolescentes foram descobrindo o sentido do nosso coração através da descoberta da beleza do coração de Deus, pela prática das obras de misericórdia e pela própria prática da vida de Jesus que, nos revela a possibilidade daquilo que muitas vezes julgamos impossível. Do coração fomos conduzidos até à cruz, e desta vez, com os jovens que desde o início do encontro se mostraram sedentos de Deus. Nada melhor do que nos voltarmos para a cruz, de onde corre a verdadeira água e se torna a única fonte que nos pode saciar a nossa sede. Com os jovens, então, procuramos olhar o rosto de Cristo, especialmente nos pobres, no rosto de quem nos rodeia e perceber que, é possível ver Jesus no outro, quando nos deixamos interpelar pelo amor, pela misericórdia, pela nossa capacidade de praticar aquelas parábolas que Jesus nos deixou como modelos para a prática da misericórdia. Não há misericórdia sem cruz, e nas nossas cruzes queremos ter a marca da misericórdia porque só através dela é que o nosso sofrimento é aliviado, o seu peso é suportado, e a nossa vida é verdadeiramente vivida. Foram dias fantásticos! E quero em nome de todos agradecer ao Pai este grande dom: de quem organiza, nos recebe e tudo faz para que nada falhe; o dom dos que participam e das suas famílias que os incentivam. Pai, eu te agradeço! Pe Cláudio Crescer on-line - Setembro de 2016 - Página nº 6


O Nosso Testemunho (Encontro de adolescentes) O movimento Oásis ou Curso Oásis (como quiserem dizer, porque movimento é algo que mexe connosco e curso porque nos ensina algo), este ano de 2016 teve como tema “Com Jesus, um Coração aberto aos Outros”. Como este ano é o Ano Santo da Misericórdia nós falamos muito das Obras de misericórdia, sendo elas divididas em dois grupos, as corporais e as espirituais, ao todo 14 obras. Mas o Movimento Oásis não foi só momentos de encontro. Também jogámos, falámos, rezávamos e principalmente convivemos. Fizemos 4 grupos tendo como nomes: “Os Bambus da Misericórdia”, “Os Portadores da Vida”, “Os Misericordiosos da Vida” e “Os Libertadores”. No total éramos 29 adolescentes, dos quais 5 eram da nossa Paróquia de Nossa Senhora do Socorro - Salão. Para suporte das nossas atividades tínhamos um Coração em que escrevíamos os nossos compromissos, desejos, as nossas vontades e, em comum, todos escreveram o significado do Movimento Oásis, que é a FELICIDADE. Estivemos juntos cerca de 3 dias. No último tivemos a missa de encerramento às 18:30h com a presença dos pais e amigos. Um dos hábitos que o Movimento nos queria dar era o da ORAÇÃO. Todos os dias à noite, antes de deitar e depois de acordar, íamos à Igreja rezar junto de Jesus para nos sentirmos mais abertos ao outro, nesse dia. E mesmo antes de comermos agradecíamos ao Senhor a comida que nos deu. Em geral nós “os cinco” gostámos muito e esperamos que haja mais para o ano, sendo uma boa maneira de acordarmos das férias e lembrarmo-nos de Jesus. Queremos agradecer aos responsáveis pela iniciativa e aos nossos orientadores, o Sr. Padre Cláudio e à Antónia, que nos ensinaram que há momentos e tempo para tudo. Só é preciso querer. Bem hajam! Gonçalo Furtado, Ana Gomes, João Pereira, Joana Vilela e Simão André

Crescer on-line - Setembro de 2016 - Página nº 7


Outros Testemunhos… Gostei do encontro. Tanto dos jogos como das orações e até das “palestras” que me ajudaram a perceber e encontrar respostas para algumas dúvidas que tinha. Gostei muito do facto de os pontos de reflexão estarem intercalados com os jogos e o convívio… mantém-nos interessados e motivados. Conseguiram fazer-nos reflectir e parar a nossa vida para pensar. Obrigada por falarem connosco abertamente e darem a oportunidade de podermos desabafar. Gostei de tudo. Ter existido aquele momento de discussão sobre o tema dos casais foi importante pois serviu para esclarecer dúvidas e devia haver em todos os “cursos” pelo menos um momento de esclarecimento de dúvidas como esse. “Curso” 5 estrelas. Muito bom e importante para formação pessoal. Neste encontro consegui ter a calma que precisava. Gostei muito do momento da reconciliação, pois percebi que tenho que me abrir sempre. Gostei também do momento em que estivemos sozinhos. Os momentos de convívio são sempre bons e divertidos e também gostei muito dos temas abordados. Gostei de ter havido discussão em grupo sobre temas da actualidade que inquietam os jovens. De todos os anos que participei este foi um dos encontros que mais me tocou. Fomos todos muito bem recebidos e o convívio foi muito bom. Aprendi muito acerca da misericórdia que, para mim, não era uma palavra significativa. Mas agora já é. Crescer on-line - Setembro de 2016 - Página nº 8


PALAVRA DO FUNDADOR Eu sou teu servo “Eu sou teu servo; teu servo e filho da tua serva” (Salmo 116, 16) “Servo”: disponível; pronto a fazer o que Tu queres que eu faça; pronto a confiar-me a Ti, a confiar em Ti, a entregar-me a Ti, para que Tu digas, disponhas e peças. Eu sou o Teu servo, com todos os deveres de um servo. Eu sou Teu “servo”: não “ocasionalmente”, não adquirido, não comprado, mas por natureza; de facto, sou filho da Tua serva; nasci em estado de serviço; sou servo a partir do primeiro momento do meu existir; sou “todo” servo; tudo em mim é para o Teu serviço, destinado ao Teu serviço. Sou filho da Tua serva. A Tua serva é Maria, que Tu “pensaste” e “quiseste” e “plasmaste” servindo-Te da Tua omnipotência, da Tua sapiência e do Teu amor. Fizeste-a como era Teu poder fazê-la: nada lhe falta daquilo que uma criatura pode ter. A Tua serva é Maria que é, também, Tua mãe porque no seu seio Te formaste, Te fizeste homem, entrando na história, fazendo-Te como nós, tornando-Te um de nós. Sou filho desta Tua serva. Sinto-me filho. Este pensamento enche de alegria a minha alma. Trata-se, então, de ver, de saber, se imito a minha mãe – a Tua Mãe – nesta totalidade, espontaneidade, generosidade e alegria de serviço. Trata-se de ver se da “nossa” Mãe eu acolho a atitude da humildade: a inefável atitude que espanta quando a descobrimos ao ler o Evangelho de Lucas; Trata-se de saber se sei esquecer-me de mim, se reconheço as maravilhas e as atribuo, com imediata espontaneidade, Àquele que é todo-poderoso; se sei calar-me para ouvir, para conservar a Tua palavra, para a reflectir e a tornar realidade a todo o custo. Trata-se de ver se eu sirvo a Deus como O serviu Maria. Maria, entrando, por assim dizer, na minha vida conferiu tons gentis, ténues e, todavia, quentes à minha relação com Deus: verdadeiro Patrão absoluto e, contudo, meu Pai amantíssimo. (Ascolta, si fa sera, pág. 331)

Movimento Oásis Centro de Espiritualidade Rua Mirante de Sonhos, 105 4445-511 Ermesinde - tel. 229712935 http://www.movimentooasis.com Contactos : padrearaujo@sapo.pt / oasis@movimentooasis.com Crescer on-line - Julho de 2015 - Página nº 2

Crescer On-line - setembro de 2016  

Boletim do Movimento Oásis em Portugal

Advertisement