Page 1

nº 80 Fevereiro de 2016

As obras de misericórdia A misericórdia de Deus transforma o coração do homem e faz-lhe experimentar um amor fiel, tornando-o assim, por sua vez, capaz de misericórdia. É um milagre sempre novo que a misericórdia divina possa irradiar-se na vida de cada um de nós, estimulando-nos ao amor do próximo e animando aquilo que a tradição da Igreja chama as obras de misericórdia corporais e espirituais. Estas recordam-nos que a nossa fé se traduz em atos concretos e quotidianos, destinados a ajudar o nosso próximo no corpo e no espírito e sobre os quais havemos de ser julgados: alimentá-lo, visitá-lo, confortá-lo, educá-lo. (Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2016)


PALAVRA DO FUNDADOR (…) A quem lê a Sagrada Escritura, recomenda-se três atitudes (…). A leitura deve ser feita com humildade. A Bíblia não é um livro de ciência. Não é verdade que a compreende melhor quem tem maior é a preparação cultural. Compreende-a melhor quem acolhe a luz de Deus: o Espírito Santo. Ora, a atitude de humildade abre a mente e o coração a esta luz. A humildade está para a luz de Deus como a criatividade e o estudo estão para a ciência. Jesus diz: “ Dou-Te graças, ó Pai, porque escondeste estas coisas aos sábios e aos doutores a as revelaste aos pequeninos” (Mt. 11, 25-27) A leitura deve ser feita com simplicidade, isto é, somente com a intenção de ouvir, na palavra da Sagrada Escritura, a voz de Deus que nos manifesta a sua perfeição e a sua vontade para que possamos caminhar no caminho da vida, para ir ao Seu encontro. Finalmente, a leitura deve ser feita com fidelidade, isto é, com a vontade de pôr em prática na vida o que se lê e se ouve.(…) ( 3 minuti per te) Meu Deus: arrependo-me, de todo o coração, dos meus pecados porque, pecando, mereci o Teu castigo e, muito mais, porque Te ofendi, a Ti que és infinitamente bom e digno de ser amado sobre todas as coisas. Proponho-me, com a Tua santa ajuda, A não te ofender mais e a fugir das ocasiões de pecado. Senhor, meu Deus, misericórdia: perdoa-me.

Crescer on-line - Fevereiro de 2016 - Página nº 1


Testemunho “COM JESUS UM CORAÇÃO ABERTO AOS OUTROS” Foi com este tema que decorreu o encontro de conhecimento e reflexão de 22 a 24 de Janeiro na casa do “Movimento Oásis”, que nos acolhe todos os anos com este coração aberto o qual refletimos durante o fim semana. Assim neste fim de semana juntaram-se 40 adolescentes do 7º e 8º ano das Paroquias de S. Cosme e Valongo e juntos, pensaram, escutaram trabalharam e brincaram. Neste percurso em que já vão 8 anos, retiros como o Oásis, são forças que nos atraem para mais junto de Jesus. É um retiro, é uma família, é uma união encontro com Jesus, este Jesus que nos olha nos e ama. Num fim de semana, sentimo-nos em casa rodeados de carinho e solidariedade. Tivemos oportunidade de aprofundar as obras de Misericórdia onde nos comprometemos em praticar mais estas obras de Deus. Escutamos ainda belos testemunhos de pessoas que dedicam o seu tempo á ajuda do próximo. Foi bom perceber que á pessoas que mesmo tendo a sua familia, o seu trabalho ainda conseguem no seu dia a dia servir o outro com amor, humiladade, e alegria. Para finalizarmos este testemunho tivemos ainda dois momentos altos o Sacramento da Reconciliação do qual saíram felizes e onde se sentiram abraçados pelo “Pai Misericordioso” o qual tudo perdoa, e no domingo a celebração da Eucaristia que foi o culminar de todo este fim de semana Após a Eucaristia estes adolescentes e familias partilharam o lanche o que permite um momento de comunhão e fratenidade ente familias, e partiram cada um rumo a suas casas com uma certeza no coração, temos que abrir mais o coração aos outros no nosso quotidiano, olhando e amandosem perconceitos e descriminação. Um bem haja a esta casa que nos acolhe de coração aberto, com amor e a todas as pessoas que nos propocionaram este fim de semana 8º ano da Paróquia de S. Cosme Gondomar

Crescer on-line - Fevereiro de 2016 - Página nº 2


Com Jesus, um coração aberto aos outros No fim de semana de 22 a 24 de Janeiro, o Oásis recebeu para mais um retiro um grupo de jovens de 7º e 8º ano, que vinham de Valongo, S. Cosme e Lordelo. A noite de sexta feira começou com jogos, enquanto os jovens se começavam a conhecer uns aos outros. Depois de divididos em grupos, seguiu-se a oração da noite. A manhã de sábado foi dedicada a trabalhar as Obras de Misericórdia, com a ajuda do Padre José Augusto e da Sara Queiroga. Da parte da tarde, deu-se o Sacramento da Reconciliação onde os jovens foram convidados a participar. Á noite, houve tempo para apresentar trabalhos de grupo que os jovens foram fazendo durante o dia e para mais jogos. O dia terminou com a Vigília, onde os jovens foram convidados a refletir à cerca da presença de Jesus nas suas vidas. A manhã de Domingo foi passada com os testemunhos do Irmão Teófilo, da Sara Queiroga e de um casal de Bombeiros, o Filipe e a Filomena. À tarde deu-se a Eucaristia, com a presença dos pais e dos familiares com um lanche partilhado no final. Pela primeira vez tivemos a oportunidade de participar num retiro enquanto animadoras. Foi uma experiência enriquecedora porque não só pudemos partilhar com eles as nossas experiências, como também acabamos por aprender com eles. Sentimos uma responsabilidade acrescida, por um lado porque fomos vistas como um exemplo e por outro lado porque o nosso contributo não foi só no sentido de "animar" o retiro, mas também de ajudar na cozinha e em todas as tarefas que eram necessárias fazer. Ainda assim não deixamos de sentir a presença de Deus em todos os momentos e chegamos ao final deste encontro com a vontade de querer contribuir mais com o nosso SIM. Jéssica Barros e Maria João Silva

Crescer on-line - Fevereiro de 2016 - Página nº 3


GRUPO DE CASAIS No dia 21 de Fevereiro o grupo de casais Oásis teve a sua reunião mensal, como habitualmente no Centro de Espiritualidade Oásis. O tema desta reunião foi: “Estar próximo da humanidade e curar o Amor”. Foi orientado pelo Pe Fernando Silva, pároco de Cedofeita, que falou da sua experiência pastoral no contacto com casais e famílias. Todos foram partilhando as suas preocupações com as feridas que afectam hoje as famílias e com a resposta que a Igreja vai dando. O diálogo que foi surgindo foi muito interessante e todos manifestaram a necessidade de a Igreja ser mãe que sabe acolher a todos e não criadora de mais sofrimento.

Crescer on-line - Fevereiro de 2016 - Página nº 4


ANO JUBILAR DA MISERICÓRDIA Quais são as práticas características do Jubileu? O Ano Jubilar (Ano Santo) tem várias práticas que o caracterizam: A PEREGRINAÇÃO A peregrinação é um sinal peculiar no Ano Santo, enquanto imagem do caminho que cada pessoa realiza na sua existência. A vida é uma peregrinação e o ser humano é viator, um peregrino que percorre uma estrada até à meta desejada.Cada pessoa deverá fazer, segundo as próprias forças, uma peregrinação. Esta será sinal de que a própria misericórdia é uma meta a alcançar que exige empenho e sacrifício. Por isso, a peregrinação há de servir de estímulo à conversão. (MV 14) A PORTA A porta santa, evoca a passagem do pecado à graça, que cada cristão é chamado a realizar. Jesus disse: "Eu sou a porta" (Jo 10,7). (...) O sinal da porta lembra a responsabilidade de todo fiel quando atravessa o seu limiar. Passar a porta santa significa confessar que Jesus Cristo é o Senhor, revigorando a fé nele para viver a vida nova que nos deu. “Ao atravessar a porta santa, deixar-nos-emos abraçar pela misericórdia de Deus e comprometer-nos-emos a ser misericordiosos com os outros, como o Pai o é connosco” (MV 14) A INDULGÊNCIA “A misericórdia de Deus torna-se indulgência do Pai que, através da esposa de Cristo, alcança o pecador perdoado e liberta-o de qualquer resíduo das consequências do pecado, habilitando-o a agir com caridade, a crescer no amor em vez de recair no pecado. (…) Viver a indulgência no Ano Santo significa aproximar-se da misericórdia do Pai, com a certeza de que o seu perdão cobre toda a vida do crente. A indulgência é experimentar a santidade da Igreja que participa em todos os benefícios da redenção de Cristo, para que o perdão se estenda até às últimas consequências aonde chega o amor de Deus”. (MV 22)

Movimento Oásis Centro de Espiritualidade Rua Mirante de Sonhos, 105 4445-511 Ermesinde - tel. 229712935 http://www.movimentooasis.com Contactos : padrearaujo@sapo.pt / oasis@movimentooasis.com Crescer on-line - Julho de 2015 - Página nº 2

Crescer On-line - fevereiro de 2016  

Boletim do Movimento Oásis em Portugal

Advertisement