Page 1

nº 47 – Dezembro de 2012


REUNIÃO DE CASAIS No dia 25 de Novembro, em Ermesinde, foi novamente ocasião de encontro do grupo de Casais Semente. Desta feita, sob a orientação do Dr. Jorge Cunha, foi ocasião de refletir a Fé e a vida familiar. Numa apresentação muito viva e com uma abordagem inesperada, pela enunciação inicial das inconciliabilidades, nem sempre imediatamente alcançáveis: entre a Fé, transmitida através das gerações, decisivamente por intermédio da família e a Fé que começa original e originariamente em cada um, como opção pessoal que não pode transmitir-se; o espaço da Fé na vida conjugal, posto que o encontro com o Divino o é pela abertura a um Terceiro, que não apenas pela alteridade do casal... Houve ocasião de meditar o modelo de relação Trinitária como exemplo para a vida familiar e de refletir e discutir, com participações acaloradas (como convinha numa tarde fria, em que a lareira começava a apagar), incisivas e não coincidentes, como educar para a Fé os filhos, no meio de um contexto que desvaloriza o matrimónio como sacramento... Mais que as respostas, foi a proposta de reflexão nova e renovada sobre a Fé na vida familiar, logo aceite e reconduzida à avaliação das várias experiências educativas que vamos fazendo (ou não estivessem particularmente empenhados os pais com filhos mais velhos...), que levou o orador a ter como bem cumprida a tarefa a que se propusera, como reconheceu. Isabel Peixoto

Crescer - on-line nº 47 Dezembro de 2012 Página nº 2


FÉ VIVIFICANTE -

diálogo

de

P.

Rotondi

com

os

Jovens

O mundo tem necessidade de jovens entusiastas, de jovens que não caminhem nas trevas, mas que sigam o Senhor. Por isso, é preciso jovens de fé consciente, de fé vivida, de fé vivificadora. Muitas vezes, estás triste, desconfortável e isso deve-se ao facto de não olhares com os olhos de Deus. Não sabes que os olhos de Deus olham tudo na luz e transformam a nossa vida numa “vigília de céu”? É Deus que quer “a prova” para a alma, para a elevar; é Deus que permite o mal, a dor, a perturbação porque respeita a nossa liberdade; mas vela pelas Suas criaturas como Pai e quer tirar um bem de cada mal, deixando aos homens a faculdade de usar da sua liberdade. Não permaneças no estado de criança que balbucia, mas alimenta a tua fé de maneira bela e profunda, com é a que dá consistência e fortaleza ao teu “credo”. Gostarias de ver uma pessoa desenvolvidíssima em todos os seus órgãos, mas permanecesse criança num só órgão, sabendo que esse órgão é importante para o crescimento e a vida? Julgá-loias um deficiente; dar-te-ia pena. Muitas vezes, isto acontece com a nossa fé. A fé que te conduz ao céu, que tem ressonância de eternidade - só porque não te traz uma vantagem material e palpável – não te merece o mesmo cuidado que tens para desenvolver outras dimensões humanas, que têm o seu fundamento no humano e no terrestre e são passageiras e transitórias. Fé que é espírito de fé. Fé que é alma do teu mundo. Será, então, como se tu visses com os olhos de Deus. Ver as coisas e os acontecimentos com os olhos de Deus; ver com os olhos de Deus as pessoas, os teus superiores, os teus iguais, os teus inferiores; ver com os olhos de Deus o tempo, o sucesso, a derrota, a riqueza, a pobreza, a doença, a saúde: será um outro olhar, será um outro compreender. É vida maravilhosa, vigília de festa que anuncia a eterna alegria do céu. Mas, para pensares assim, tens de acreditar. Assim, estarás pronto para concretizares e pores em acção as ideias que enchem e alimentam a tua inteligência. Deves ser cristão; deves estar todo inteiro no lugar para onde o Espírito te conduzir. Por isso, deves acreditar e viver a fé: “o justo viverá da fé” ( Rm.1,17) ( in,P. Rotondi, Se non hai paura, pg.56). Crescer - on-line nº 47 Dezembro de 2012 Página nº 3


Oásis no Faial

No dia 9 de Novembro, 6ª feira, os Oásistas do Faial reuniram-se na paróquia dos Cedros juntamente com os orientadores do costume, que nos trouxeram um novo membro para a nossa grande família. Esse novo membro é o sr. Pe Tiago que, para começar bem, fez uma apresentação explicando o que é a fé, em vários pontos. Depois disso a Lúcia Pereira mostrou um vídeo com as fotos que nos foram tiradas durante o curso do último verão… Foi um bom momento, com umas boas gargalhadas porque havia fotos hilariantes e muito engraçadas. Como de costume houve tempo para cantarmos e para jogarmos. No final também fizemos oração, agradecendo a Jesus o nosso encontro e a nossa relfexão. Ana escobar

Movimento Oásis Centro de Espiritualidade Rua Mirante de Sonhos, 105 4445-511 Ermesinde - tel. 229712935 http://www.movimentooasis.com Contactos : padrearaujo@sapo.pt / oasis@movimentooasis.com

Crescer On-line - dezembro de 2012  

Órgão informativo e formativo do Movimento Oásis

Advertisement