Page 1

nº 45 – Outubro de 2012

ANO DA FÉ O SIM DA FÉ: PARA UM RENOVADO ENTUSIASMO DO ENCONTRO COM CRISTO

Nesta edição: Página 2 - O SIM DA FÉ Página 3 - ENCONTRO DE ANIMADORES Página 4 e 5 - OÁSIS NOS AÇORES, TESTEMUNHO Página 6 - PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2012/2013


ANO DA FÉ O SIM DA FÉ: PARA UM RENOVADO ENTUSIASMO DO ENCONTRO COM CRISTO “Precisamente para dar renovado impulso à missão de toda a Igreja de conduzir os homens fora do deserto, em que muitas vezes se encontram, para o lugar da vida, para a amizade com Cristo que dá a vida em plenitude, desejo anunciar que decidi proclamar um Ano da Fé. Este Ano da Fé começará em 11 de outubro de 2012, no 50.º aniversário da abertura do Concílio Vaticano II, e terminará em 24 de novembro de 2013, solenidade de Cristo Rei. Será um momento de graça e de empenho para uma mais plena conversão a Deus, para reforçar a nossa fé n’Ele e para anunciá-Lo com alegria ao homem do nosso tempo. Considero que, meio século após a abertura do Concílio ligado à feliz memória do Beato Papa João XXIII, seja oportuno chamar à beleza e à centralidade da fé, à exigência de reforçá-la e aprofundá-la a nível pessoal e comunitário, e fazê-lo numa perspetiva não tanto celebrativa, mas antes missionária, na perspetiva precisamente da missão ad gentes e da nova evangelização”. (Bento XVI)

Crescer - on-line nº 45 Outubro de 2012 Página nº 2


ENCONTRO DE ANIMADORES No dia 22 de Setembro teve lugar o encontro de animadores, em Ermesinde. Em perfeita sintonia com o lema escolhido para o ano pastoral ora iniciado: O Sim da Fé: para um renovado entusiasmo do encontro com Cristo, o qual se constitui já como uma resposta do Movimento ao repto de Bento XVI e dos Bispos da Igreja do Porto à vivência do Ano da Fé, foi tempo de refletir, sob a orientação do Dr. Jorge Cunha, Diretor da Faculdade de Teologia do Núcleo do Porto da UCP, sobre a Fé Ser Crente em Tempo de Crise.

permitiu um aprofundamento das dimensões desta Fé encarnada em homens e mulheres deste tempo, concluindo-se com uma reflexão individual sobre os aspetos negativos da vivência da fé, os pontos de abertura para a fé que existem no mundo e, finalmente, os aspetos carecidos de mudança para uma afirmação de credibilidade da Igreja. Enriquecidos pela profundidade e clareza da apresentação, interpelados a "pensar" o que ouvimos e beneficiários da partilha da reflexão de cada um foi então o tempo de planear o ano de atividades. Início auspicioso da formação dos animadores, que "abriu o apetite" para novas aproximações a um tema que não nos abandonará ao longo do ano. Queiramos abrir o coração e o entendimento a esta Fé, que tanto é necessária nesta época de descrença e desesperança. Isabel Peixoto

A partir de uma compreensão que se pretendeu, antes de mais, pessoal sobre a origem e o começo da Fé (de cada um), houve ocasião de encontrar Jesus: a testemunha da Fé e de, a partir desse encontro, refletir sobre o Ato de Fé, que, no sentido hodierno, não pode bastar-se com a verbalização de um "creio" desenraizado de uma experiência concreta. Descortinar a relação entre fé e oração, fé e salvação, fé e sacramento, fé e moral, fé e porvir Crescer - on-line nº 45 Outubro de 2012 Página nº 3


OÁSIS NOS AÇORES Testemunho Ainda os cursos de Verão… Nos passados dias 27 a 29 de Agosto realizou-se mais uma vez, nos Cedros, outro curso Oásis para jovens dos 13 aos 16 anos, com o seguinte tema “Vocação: Dizer SIM ao chamamento de Jesus”. Nestes 3 dias, como já devem ter percebido pelo nome do tema, falámos sobre a vocação. O que vos posso dizer com o novo conhecimento que adquiri nestes dias, é que a vocação é o chamamento de Deus a uma pessoa para uma missão em particular. Mas falar de vocação não só significa escutar o que Ele propõe a cada um de nós como também devemos ir em busca e à procura. Para isso temos de abrir o nosso coração, orar e estar em silêncio para falar com Deus. Neste curso tivemos testemunhos vocacionais, cada um diferente do outro. O testemunho de um casal, cuja vocação foi o matrimónio; falaram da sua vida até agora, como tem sido, dando-nos a certeza de que são felizes (Continua na página 5)

Crescer - on-line nº 45 Outubro de 2012 Página nº 4


(Continuação da página 4)

enquanto casal. O testemunho de uma freira, uma irmã aqui do Faial, que nos indicou a sua caminhada e que enfrentou todos os seus medos para se encontrar com Deus, pois apercebeu-se que Deus a chamava. O testemunho de um sacerdote que nos disse que nunca pensou em desistir e tem orgulho de o ser. E de uma professora de EMRC, que serve por amor e que, apesar de trabalhar tanto, esforça-se para estar com Jesus, e ajudar outras pessoas a encontrarem-se com Ele. Mas este curso não foi nada, sem os bons momentos de diversão em que, cantámos todos juntos, fizemos jogos, bailámos a “chamarrita” (dança tradicional dos Açores) , e fizemos muito convívio. Mas principalmente não seria

nada sem os animadores, os Sacerdotes e os “ajudantes”, claro, que nos deram o seu carinho, o seu amor, as suas mãos para fazerem a comida e para nos aturarem, querendo agradecer a eles o esforço que fizeram para estar lá. Em suma, foi mais um curso que me marcou, em que fiz novas amizades, convivi e me diverti e me ajudou a purificar a alma, o meu coração e a estar atenta para ouvir o que Deus quer de mim. Vanessa Silva, Praia do Norte (Faial – Açores)

Crescer - on-line nº 45 Outubro de 2012 Página nº 5


Movimento Oรกsis Centro de Espiritualidade Rua Mirante de Sonhos, 105 4445-511 Ermesinde - tel. 229712935 http://www.movimentooasis.com Contactos : padrearaujo@sapo.pt / oasis@movimentooasis.com

Crescer On-line - outubro de 2012  

Órgão informativo e formativo do Movimento Oásis

Advertisement