Page 33

Artes cênicas e dança folclórica

consequentemente da avaliação dos jurados, as equipes vencedoras do primeiro, segundo e terceiro lugar foram premiadas. Na parte da manhã as equipes vencedoras foram Bauru (1°), Limeira (2°) e Votuporanga (3°). No período da tarde o podium foi formato por Santa Cruz do Rio Pardo (1°), Fernandópolis (2°) e Guaíra (3°). Além destas apresentações houve exposição e avaliação de artesanato, artes visuais e artes literárias, que também tiveram seus artistas premiados. Na modalidade artesanato, onde os participantes puderam exibir todas suas habilidades criativas, a classificação foi Votuporanga, Santa Cruz do Rio Pardo e Caraguatatuba, com primeiro, segundo e terceiro lugar respectivamente. Já nas artes visuais, categoria de muita inspiração e pintura, a colocação ficou Sorocaba, Cravinhos e Jaboticabal. E para fechar com chave de ouro, as artes literárias classificaram General Salgado (1°), Cravinhos (2°) e Miracatu (3°). Nesta última esfera, o público pode se emocionar com histórias de superação e rompimento de barreiras por parte dos escritores, que são pessoas com deficiência intelectual e/ ou múltipla.

E toda a empolgação do dia de apresentações não parou por aí. À noite, os participantes do Festival se divertiram na festa a fantasia e dançaram ao som do cantor Rafinha, artista da cidade de Taubaté.

ARTES MUSICAIS E DANÇA Apesar da festa do dia anterior, os artistas pularam cedo da cama, afinal, todas as produções deveriam estar impecáveis logo pela manhã, quando se iniciaram as apresentações de artes musicais. Os shows musicais foram abertos com a apresentação “Toques Fanfarras”, de Santa Cruz das Palmeiras. Guiados pelo seu professor e maestro, os artistas transmitiram a verdadeira energia dos tambores, cornetas e instrumentos de percussão, dando uma pequena amostra do que estava por vir. Nesta categoria, os ritmos brasileiros também foram foco. As APAEs de Limeira, Patrocínio Paulista, Itapevi, Mauá e Várzea Paulista, diversificaram os ritmos do país entre MPB, Olodum e Rock Nacional. Lençóis Paulista e Itapevi foram algumas das APAEs que levaram mais integrantes ao palco. Lençóis, que também tocou “Fanfarra” reuniu 15 músicos no palco, enquanto que Itapevi, levou 10 músicos para tocar “Sons do Brasil”. O estilo gospel

APAE EM DESTAQUE • ANO 2016 • EDIÇÃO 14

33

Profile for FEAPAES - SP

Revista APAE em Destaque 014  

FEAPAES-SP

Revista APAE em Destaque 014  

FEAPAES-SP

Advertisement