Page 98

As conquistas na Nova Holanda Associação de Moradores (AMANH) A Associação de Moradores e Amigos da Nova Holanda (AMANH) foi criada em 1981, fruto da exigência do governo federal de desenvolver o processo de urbanização da área da Maré, preconizado pelo Projeto Rio, a partir de uma negociação direta com as associações comunitárias. Os dirigentes locais da Fundação Leão XIII, não tendo legitimidade ou interesse para deflagrar um processo democrático para a constituição da associação de moradores, constituíram uma valendo-se de meios “cartoriais” e participação de pequeno grupo de moradores cooptados. Assim, a Associação de Nova Holanda não representava os interesses dos moradores e sua diretoria era omissa e descomprometida com qualquer processo de mobilização da comunidade no que dizia respeito às obras de urbanização. Os agentes do Posto de Saúde Comunitária, após diversas tentativas para encaminhar determinadas lutas junto à direção da associação, buscaram outras vias para interferir na entidade e aliaram-se com outros grupos constituídos na comunidade. Após duros enfrentamentos, em 1984, os grupos da Igreja, do “Postinho” e do bloco carnavalesco, articulados ao longo do período, conseguiram deflagrar um processo eleitoral para a renovação da diretoria da associação criada. Em seguida, realizaram plenárias com a participação de todos para deliberar sobre a composição de uma chapa concorrente ao pleito. Surgiu então a Chapa Rosa. Com ela concorreu a Chapa Azul, integrada por moradores que mantinham relações “clientelistas” com políticos que, dentro da velha estrutura “chaguista”, dominavam a região. Por isso, essa segunda chapa era apoiada pela Fundação Leão XIII. Após uma campanha eleitoral bastante difícil e disputada, acompanhada com interesse pela grande mídia, a Chapa Rosa obteve 1.137 votos contra 417 da concorrente. Foi uma vitória fundamental para o movimento popular na Nova Holanda e, de maneira geral, para o movimento de organização das favelas no Rio de Janeiro. Depois de 22 anos de controle da Fundação Leão XIII, finalmente os moradores puderam viver

96

memória e identidade dos moradores de nova holanda

Profile for Mórula Editorial

Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda  

O livro “Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda” faz parte de um projeto mais amplo e ambicioso: apresentar a história e memória...

Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda  

O livro “Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda” faz parte de um projeto mais amplo e ambicioso: apresentar a história e memória...

Profile for morula
Advertisement