Page 150

// Seu José Adriano Knaup

E

u sou José Adriano Knaup. Sou de Minas Gerais. Nasci lá em São Lisburgo e vim para o Rio, em 1961. E a minha vida em Minas Gerais foi muito sofrida. Na época do café, trabalhava-se muito. Foi na época do governo Getúlio Vargas, que foi muito bom para o Rio de Janeiro, mas para Minas Gerais foi um péssimo presidente na época! A gente apanhava café, eu levava comida na roça e aí, vinha com a cana. Eu tinha que moer a cana, eu tinha que socar o café, tinha cortar lenha, tinha que debulhar o milho... Nós somos de descendência de suíços também. Meus parentes vieram da Suíça na época da guerra, em 45, quando eu nasci. E eles vieram da guerra para Cantagalo. Aqui, em Niterói, eles atravessaram de barco, porque na época não tinha a ponte. Daqui eles foram para São Lisburgo, que era um lugar que, na época, não tinha nada, era tudo mato mesmo. Eles abriram uma clareira na mata e lá ficaram. Eu ouvia dos meus tios, eles falavam para mim sobre a vida deles. Não tinha carro, não tinha nada naquela época. Até uma vez lá em Minas, eu estava na roça e quando passou o primeiro avião, nós todos nos deitamos de baixo do pé de café. Era uma coisa que vinha lá de cima, do ar e tudo.

148

memória e identidade dos moradores de nova holanda

Profile for Mórula Editorial

Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda  

O livro “Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda” faz parte de um projeto mais amplo e ambicioso: apresentar a história e memória...

Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda  

O livro “Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda” faz parte de um projeto mais amplo e ambicioso: apresentar a história e memória...

Profile for morula
Advertisement