Page 138

Mas se tem coisas tristes aqui, que marcam a gente e que a gente nunca esquece e que sabe que

pode acontecer com a gente e com os filhos da gente, são essas crianças morrendo inocentes”.

e com os filhos da gente, são essas criança morrendo inocentes. Essas coisas. Já o que eu mais gosto de fazer aqui é sentar na porta do bar e tomar minha cervejinha. Tem o Mário. É na Principal. E se eu tenho um lugar que eu vou para pensar, descansar, é aquela pracinha ali perto do Brizolão, aquela pracinha perto do Samora Machel. É o lugar mais calmo daqui. Às vezes, eu vou pra lá escondidinha. Fico ali pensando, refletindo um pouco. Meu sonho? Sinceramente? É ir embora daqui! Ir morar em outro lugar, mais tranquilo. Um lugar mais sossegado. Eu até gosto daqui, mas tem lugar que é mais calmo, que é mais tranquilo de se viver. E eu, com esse monte de filhos, eu desejo, meu sonho mesmo, é viver bem em um lugar que não tenha tanta coisa à vista, sabe?! Meu maior medo? Que alguns dos meus filhos entrem para o mundo do crime. Antigamente, era bem melhor aqui. Era um lugar mais tranquilo. Eu me lembro, quando eu era criança, não via tantas coisas como a gente vê agora, não é mesmo?! Era tudo mais reservado.

136

memória e identidade dos moradores de nova holanda

Profile for Mórula Editorial

Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda  

O livro “Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda” faz parte de um projeto mais amplo e ambicioso: apresentar a história e memória...

Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda  

O livro “Memória e Identidade dos Moradores de Nova Holanda” faz parte de um projeto mais amplo e ambicioso: apresentar a história e memória...

Profile for morula
Advertisement